Páginas

terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Eu não aguento mais estar sozinho


Gênesis 1.18: “disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só, far-lhe-ei uma auxiliadora.”.

Só quem realmente conhece e convive com a solidão sabe o que é isso! Tudo é com você. E, quando falo tudo, é tudo mesmo!

Às vezes, não é nem o caso de não se ter uma família ou amigos. Para ser bem direta: a situação, o grande problema é dormir e acordar sozinho, não ter ninguém para formar uma família, para fazer planos para o futuro, para dividir alegrias e choros... Ter “alguém” mesmo, entendeu?

Um grande amor que preenche nossos dias, que se preocupe com a gente nos detalhes e que a gente também se preocupe com ela (e), nas pequenas coisas... Alguém que tenha tudo a ver com você!

De repente, nesta solidão, todas as suas amigas ou amigos decidiram casar! É nestes momentos que vem aquele gemido, aquele clamor ou, até mesmo, um grito carregado de raiva e tristeza: “Deus, o Senhor não está vendo o meu sofrimento? Eu simplesmente não aguento mais estar sozinho!”.

Para você que se sente assim, posso te dizer que, antes mesmo de você sofrer esta solidão, Deus, no principio de tudo, quando fez o homem, viu que a solidão poderia trazer danos, traumas e dificuldades, até mesmo de desfrutar de todo aquele paraíso.

Diante disso, só nos resta concluir que problema não está em Deus. Por incrível que pareça, está em nós! É claro que, para falar sobre isso direito, eu precisaria escrever um livro, mas vou só enumerar algumas das coisas que podem estar te impedindo de viver este sonho de amor e de família:

1-Você tem medo de sofrer ou reviver situações da sua infância!

Então, você só se associa com pessoas que você tem certeza que não correrá o risco de amar, a ponto de casar... Neste caso, você precisa procurar uma igreja e ser ministrado, em cura interior.

2- Na realidade, você não quer, porque esta muito bem assim!

Está trabalhando, estudando, viajando... a mil por hora! Na verdade, você nem tem tempo para pensar nisso! O duro é a cobrança da família e os programas que você gostaria de fazer que só teria graça com mais um. Busque em Jesus a sua verdade! Assim você se reconciliará consigo mesmo!

3-Você teve alguém e, simplesmente, não deu certo!

Existem dois grandes problemas: manter um namoro, sabendo que não dará certo, pois você não consegue se desligar emocionalmente do relacionamento anterior ou não acreditar em mais ninguém. Você precisa de libertação!

4- Você está procurando alguém no lugar errado!

Lembro-me de uma moça que aconselhei, que posso chamar de “sedentária feliz”. Por conta disso, era “gordinha”, não fazia ginástica, dieta, caminhadas, ou coisa parecida... Mas só entrava em sites de relacionamentos de homens que tinham, como suas prioridades, a aparência, a prática de esportes, exercícios, suplementos alimentares... Resultado: não passava do primeiro encontro! E, ainda, voltava frustrada e decepcionada com Deus.

Tem pessoas que procuram relacionamentos duradouros em lugares de relacionamentos superficiais, como baladas e bares!

Você precisa entregar sua vida para Jesus, porque até agora o que tem dirigido sua vida é uma carência e um modismo!

5- você está no lugar errado!

Também baseada em minhas experiências de gabinete ministerial: havia uma moça que tinha um chamado, uma missão de Deus para pregar o evangelho, mas ela não queria, achava que não conseguiria, em fim... Sempre se escondia atrás da desculpa do trabalho e por aí vai...

Mas a pessoa que Deus tinha preparado para ela, porém, tinha em seu coração que encontraria sua esposa no altar da igreja pregando, louvando, ministrando...

Às vezes, quem aumenta o tempo da solidão somos nós mesmos. Cada um de nós, além de uma profissão, temos uma missão na Terra. Ao nos dispormos a cumpri-la, trabalhando para Deus, fazendo a vontade d´Ele, encentramos o que só Ele pode nos dar: o bom, perfeito e agradável!

Em suma, esta é uma área da sua vida estéril, simplesmente improdutiva e te faz sofrer a carência do “fruto” que ela deveria dar? Para vencer a esterilidade, seja em que área for, há algumas atitudes que você deve tomar:

1-Entregar sua vida para Jesus!

Deixe que Ele seja realmente o teu Senhor, frequentando uma igreja, a prendendo e praticando a Palavra de Deus. Foi assim que Isaque venceu a esterilidade na terra que ele habitava!

2-Campanhas de jejum e oração!

Foi assim que Isaque venceu a esterilidade de sua mulher, que acabou não só engravidando, mas gerando gêmeos, em uma época em que nem de longe se sonhava com inseminação artificial ou coisa parecida.

Pense nisso!

domingo, 23 de janeiro de 2022

Você não perde por confiar!



Isaías 30: 15 a 18 “Porque assim diz o SENHOR Deus, o Santo de Israel: Em vos converterdes e em sossegardes, está a vossa salvação; na tranquilidade e na confiança, a vossa força, mas não o quisestes. Antes, dizeis: Não, sobre cavalos fugiremos; portanto, fugireis; e: Sobre cavalos ligeiros cavalgaremos; sim, ligeiros serão os vossos perseguidores.

 Mil homens fugirão pela ameaça de apenas um; pela ameaça de cinco, todos vós fugireis, até que sejais deixados como o mastro no cimo do monte e como o estandarte no outeiro. Por isso, o SENHOR espera, para ter misericórdia de vós, e se detém, para se compadecer de vós, porque o SENHOR é Deus de justiça; bem-aventurados todos os que nele esperam.”

Hoje, mais do que nunca, com toda a violência que nos ronda, nós precisamos de milagres e muitos livramentos. É aterrorizador o que a gente vê nos noticiários! Saímos de casa sem saber se voltaremos sãos e salvos!

Nesta passagem, o Senhor fala para colocarmos cada uma destas situações diante d’Ele e clamar por justiça.

O povo, naquela época, estava exatamente nesta situação que estamos vivendo, de insegurança, de medo, de incertezas...

A nossa tendência, quando vivemos situações de calamidade, é nos afastarmos de Deus. Não faça isso! Converta o seu coração diante d’Ele. Mude sua maneira de enxergar as situações!

A tua solução está em entregar os teus caminhos a Deus. Ele é a solução, não o problema! Quando fugimos da presença d’Ele, o mal, que tanto tememos, nos sobrevém! A nossa salvação está no Senhor, não na força do nosso braço!

Espere, porque Ele já está trabalhando e preparando um grande livramento para você.

Peça para o Senhor te ensinar a caminhar em vitória no meio desta luta. Desta forma, você verá a diferença entre aquele que serve e aquele que não serve a Deus!

Pense nisso!

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

Cuidado com os seus desejos!


2 Samuel 13.1 a 16"E aconteceu depois disto que, tendo Absalão, filho de Davi, uma irmã formosa, cujo nome era Tamar, Amnom, filho de Davi, amou-a. E angustiou-se Amnom, até adoecer, por Tamar, sua irmã, porque era virgem; e parecia aos olhos de Amnom dificultoso fazer-lhe coisa alguma.

Tinha, porém, Amnom um amigo, cujo nome era Jonadabe, filho de Siméia, irmão de Davi; e era Jonadabe homem mui sagaz. O qual lhe disse: Por que tu de dia em dia tanto emagreces, sendo filho do rei? Não mo farás saber a mim? Então lhe disse Amnom: Amo a Tamar, irmã de Absalão, meu irmão.

E Jonadabe lhe disse: Deita-te na tua cama, e finge-te doente; e, quando teu pai te vier visitar, dize-lhe: Peço-te que minha irmã Tamar venha, e me dê de comer pão, e prepare a comida diante dos meus olhos, para que eu a veja e coma da sua mão.

Deitou-se, pois, Amnom, e fingiu-se doente; e, vindo o rei visitá-lo, disse Amnom, ao rei: Peço-te que minha irmã Tamar venha, e prepare dois bolos diante dos meus olhos, para que eu coma de sua mão. Mandou então Davi à casa, a Tamar, dizendo: Vai à casa de Amnom, teu irmão, e faze-lhe alguma comida.

E foi Tamar à casa de Amnom, seu irmão (ele porém estava deitado), e tomou massa, e a amassou, e fez bolos diante dos seus olhos, e cozeu os bolos. E tomou a frigideira, e os tirou diante dele; porém ele recusou comer. E disse Amnom: Fazei retirar a todos da minha presença. E todos se retiraram dele.

Então disse Amnom a Tamar: Traze a comida ao quarto, e comerei da tua mão. E tomou Tamar os bolos que fizera, e levou-os a Amnom, seu irmão, no quarto.

E chegando-lhos, para que comesse, pegou dela, e disse-lhe: Vem, deita-te comigo, minha irmã. Porém ela lhe disse: Não, meu irmão, não me forces, porque não se faz assim em Israel; não faças tal loucura. Porque, aonde iria eu com a minha vergonha? E tu serias como um dos loucos de Israel. Agora, pois, peço-te que fales ao rei, porque não me negará a ti.

Porém ele não quis dar ouvidos à sua voz; antes, sendo mais forte do que ela, a forçou, e se deitou com ela. Depois Amnom sentiu grande aversão por ela, pois maior era o ódio que sentiu por ela do que o amor com que a amara. E disse-lhe Amnom: Levanta-te, e vai-te. Então ela lhe disse: Não há razão de me despedires assim; maior seria este mal do que o outro que já me tens feito. Porém não lhe quis dar ouvidos."

Olha só isso! Quantas pessoas não vivem o mesmo. São consumidas por desejos de trair, de abusar, de se drogar, de comer que nem um descontrolado... Aquilo fica martelando, martelando, martelando em sua cabeça, dia e noite. Você sabe que está totalmente errado, mas você se deixa dominar.

O que aparece para ajudar?  Um “amigo”, que te dá dicas e estratégias para você realizar o seu desejo, sem ser exposto, como se fosse possível!

E o que acontece? Você cede, prática aquele mal e depois não consegue nem mais ver, de tanta aversão.

Só que a consequência é inevitável. Aconteceu com Amnom! Seu irmão, Absalão, ficou sabendo do estupro e bolou uma estratégia para matá-lo.

Sabe por que Amnonm morreu e quase desgraçou toda a família? Porque não soube dominar os seus desejos.

Hoje, eu quero te perguntar: O quanto tem te custado não dominar os teus desejos? Será que realizá-los vai trazer a paz que você tanto busca, ou vai te deixar arrasado?

Talvez, seu caso não seja tão extremo como estes. Podem ser outros. Por exemplo, existem tantas pessoas que, por problemas pessoais, ficam postando um monte de indiretas na internet. E eu pergunto: Valeu a pena perder esse tempo? Por que você tem que ser um portador de más notícias? Se Deus te deu capacidade, use-a para o bem!

De onde vem tanta fofoca? De Deus, com certeza, não! Jesus veio para libertar os cativos, formar discípulos, não para fazer picuinhas. Se somos continuadores de suas obras, para que ficar criando intrigas e perder tempo com discussões improdutivas?

De repente, você é jovem e, do nada, decidiu liberar geral e se arrebentar na balada. O que você ganhou com isso?

Traidores, mentirosos, ladrões... para muitos, estes são espertos! Só que inteligente e sábio é aquele que sabe se dominar. Um dos frutos do espírito Santo é o domínio próprio.

Eu sei que muitas pessoas não conseguem, não tem forças! Se você está assim, vá para a igreja! Tenha momentos diários de oração! Não se dobre! Não seja o seu maior inimigo!

Estes impulsos e estes pensamentos são uma arma do inimigo! Contra ela, só o sangue de Jesus Cristo!

Faça um jejum! O jejum nos purifica, nos torna disciplinados e nos fortalece.

Você vai se encher da palavra de Deus! Chega de cair na mesma armadilha! Saia deste caminho de morte!

Você pode, sim, dominar todas as coisas, se fortalecendo no Senhor! Não ignore o seu adversário! Lembre-se do que está escrito em  2 Coríntios 2.11: "não ignore os desígnios de Satanás, para que ele não alcance vantagem sobre ti."

O Espírito Santo nos convence do pecado, da justiça e do juízo! Ele não traz loucura, traz paz! Ele traz amor, não uma obsessão. Ilumina nosso caminho, não nos deixa padecer nas trevas!

Se você está dominado por esses desejos, coloque a mão na sua cabeça e clame: Senhor, eu quero levar cativo todo pensamento à obediência de Jesus Cristo! Eu não quero mais errar. Eu não quero mais me destruir e prejudicar as pessoas que estão no meu caminho! Ajude-me, Senhor, e me dê graça para que eu seja uma bênção!”

O Senhor vai te fortalecer, te dar graça! Vá para a igreja, porque a Palavra de Deus nos livra daquilo que é mortal!

Se Amnom, antes de se render aos seus desejos, tivesse buscado um sacerdote, para se aconselhar, ou mostrasse suas dificuldades ao seu pai, o rei Davi, ele teria recebido uma palavra de vida, e esta história não terminaria em tragédia!



Pense nisso!

quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

A base do evangelho é o amor!


Hoje, eu gostaria de repartir com vocês uma mensagem especial. Está em Lucas 10.26 a 37: “Então, Jesus lhe perguntou: Que está escrito na Lei? Como interpretas? A isto ele (interprete da lei) respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

Então, Jesus lhe disse: Respondeste corretamente; faze isto e viverás. Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: Quem é o meu próximo?

Jesus prosseguiu, dizendo: Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e veio a cair em mãos de salteadores, os quais, depois de tudo lhe roubarem e lhe causarem muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semimorto.

Casualmente, descia um sacerdote por aquele mesmo caminho e, vendo-o, passou de largo.  Semelhantemente, um levita descia por aquele lugar e, vendo-o, também passou de largo.

Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou-lhe perto e, vendo-o, compadeceu-se dele. E, chegando-se, pensou-lhe os ferimentos, aplicando-lhes óleo e vinho; e, colocando-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e tratou dele.

No dia seguinte, tirou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: Cuida deste homem, e, se alguma coisa gastares a mais, eu to indenizarei quando voltar.

Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores? Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo.”.

Na figura do bom samaritano, nós vemos que, muitas vezes, a nosso socorro não vem daqueles que têm uma formação técnica ou, até mesmo, teológica, mas vem daqueles que são transformados pelo Espírito Santo de Deus, daqueles que cumprem o mandamento de amar o próximo. Aqueles que amam de maneira pura e verdadeira! Aqueles que praticam um amor livre de interesses.

Também podemos perceber que o nosso socorro vem do Senhor Jesus. Ele é o nosso bom samaritano. Ele pagou um preço alto por nossas vidas e, ainda, deixou o Espírito Santo para que nós pudéssemos ser completamente restaurados e restituídos.

Ele, com o seu amor inesgotável, incomparável e imensurável, nos livrou dos salteadores, curou nossas feridas, nos acolheu e nos deu uma nova perspectiva de futuro.

Essa parábola é muito conhecida entre os cristãos, mas decorá-la pode, no máximo, te tornar aquele sacerdote. Ela não pode ser apenas decorada, ela precisa ser uma verdade em sua vida, não apenas no Dia do Amor. Aquele bom samaritano não tinha tanto conhecimento como os outros homens, mas ele fez a verdadeira pregação do evangelho!

Medite nesta Palavra! Eu tenho certeza de que ela vai trazer muitos outros ensinamentos preciosos, principalmente, sobre compaixão e misericórdia! Lembre-se de que a base do evangelho é o amor, e amor envolve doação, envolve entrega, envolve carinho, zelo e respeito!

1 Coríntios 13.2 a 8: “Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.

O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba...”

Pense nisso!

terça-feira, 18 de janeiro de 2022

Vítima ou vencedor?


Salmo 73.1 a 5:  “Com efeito, Deus é bom para com Israel, para com os de coração limpo. Quanto a mim, porém, quase me revelaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos. Para eles, não há preocupações, o seu corpo é sadio e nédio. Não partilham as canseiras dos mortais, nem são afligidos como os outros homens.”.

Hoje, quero deixar a seguinte pergunta para você: Essa luta que você está passando é para sofrer ou para vencer?

Se for para sofrer, uma boa maneira, alias, uma das melhores, é ficar olhando para os lados, se comparando com os outros. Mas não com aqueles que estão piores, mas com aqueles que estão mais felizes e vivem melhor do que você!

Se for para vencer, é melhor se conscientizar do seu desafio e buscar ao Senhor. Se os outros estão superando mais ou menos que você, sendo corruptos e indignos... Isso não é seu problema e nem sua solução!  Na verdade, olhar para os lados, só nos torna mais vulneráveis!

O nosso socorro vem do alto, vem do Senhor, que fez os céus e a terra! Ele está te guardando e te protegendo!

Por isso, em vez de ficar procurando culpados ou justificativas, vá atrás da solução. Olhe somente para Jesus e busque-o, em oração! Busque forças e ajuda aonde Ele derrama sua bênção. Sabe de qual lugar estou falando? Da Casa do Senhor.

Quero finalizar o Pensamento de hoje, com Hebreus 4.16:  "Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.".

Pense nisso!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

E quando o alvo da fofoca é você!


Neemias 6.3: “E enviei-lhes mensageiros a dizer: Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse, e fosse ter convosco?”.

O Senhor chamou Neemias para reconstruir os muros de Jerusalém. Quando os opositores da obra souberam que o muro tinha sido edificado e que nele não havia nenhuma brecha, tentaram intimidá-lo, através de uma conspiração. Eles diziam: Venha ao nosso encontro. Estamos nas aldeias e temos uma coisa muito importante para te dizer. Você não tem noção do que as pessoas estão falando ao seu respeito!

A conspiração era tão grande, que eles contrataram Noadia, uma profetisa, para falar “em nome de Deus”, para que Neemias ficasse preocupado com os comentários e deixasse a obra de lado.

Que crueldade! Sabe qual foi a reação de Neemias?

Através de seus mensageiros, ele deu o seguinte recado: Estou fazendo uma grande obra e não posso parar!

As pessoas não se limitam em apenas falar mal de você, mas fazem questão de mostrar isso! Sabe por quê? Para te intimidar, te desviar do foco, para te desestruturar, para te fazer perder a linha!

Neemias estava cercado de inveja. Os vizinhos queriam, de qualquer jeito, paralisar a obra. Enquanto Neemias motivava o povo, eles colocavam empecilhos.

 A Palavra de Deus nos adverte em relação a pessoas assim.

2 Timóteo 3.1 a 5: “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.

Por isso, nestes casos:

1- Fuja! Se puder, delete de todas as redes sociais

Já percebeu que quando você está feliz e bem resolvido, sempre aparece alguém no Facebook com indiretas para, literalmente, azedar seu dia? Você não precisa de amigos assim. Alias, quem disse que isso é amizade?


2- Ocupe-se com a obra de Deus, com sua família e com seu trabalho!

Faça o dobro! Sabe, ninguém tem inveja ou fala mal de derrotados! Estes, eles já ignorara, faz tempo!

Em Neemias 4.8 e 9, está escrito: "E ligaram-se entre si todos, para virem guerrear contra Jerusalém, e para os desviarem do seu intento. Porém nós oramos ao nosso Deus e pusemos uma guarda contra eles, de dia e de noite, por causa deles."


3- Ore, jejue e coloque esta situação diante do Senhor

A vingança pertence a Deus. Sabe, o fato de você continuar de pé, firme e inabalável já é uma grande vingança e uma prova, incontestável, de que maior é aquele que está em você.
Isso foi exatamente o que Neemias fez.

Neemias 4.3 a 5: “E estava com ele Tobias, o amonita, e disse: Ainda que edifiquem, contudo, vindo uma raposa, derrubará facilmente o seu muro de pedra. Ouve, ó nosso Deus, que somos tão desprezados, e torna o seu opróbrio sobre a sua cabeça, e dá-os por presa, na terra do cativeiro. E não cubras a sua iniquidade, e não se risque de diante de ti o seu pecado, pois que te irritaram na presença dos edificadores.”


4- Lance toda sua ansiedade diante de Deus e clame até que a paz do Senhor invada seu coração

Isso te protegerá e te ajudará a realizar, sem alteração de ritmo ou de ânimo.

Filipenses 4: 5 a 7 “Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor.
Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.”


5- Confie na justiça de Deus

Não permita que isso contamine seu coração. Tenha consciência de que quem quer falar mal de você não vai mudar de opinião com suas explicações ou com os seus revides.

Romanos 8.31 a 33: “Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.”

Pense nisso!

domingo, 16 de janeiro de 2022

Assim não dá!


Olá querido internauta, que sempre está ligadinho no meu blog! Nada melhor do que começar o dia meditando na Palavra de Deus! Ela é o nosso alimento diário!

O “Pensamento do Dia” está baseado no sexto estudo da “Primavera” da “Bíblia da Mulher +QV”.

Vamos começar meditando em 1 Samuel! Vamos falar um pouquinho sobre Ana, mãe do profeta Samuel! Ana era uma mulher estéril que, apesar de muito amada e honrada pelo seu marido, sofria uma afronta e uma humilhação constante!

Para vocês entenderem a dimensão das dificuldades que ela enfrentava, vou explicar como funcionava naquela época. Quando o homem se casava com uma mulher estéril, para poder dar continuidade à família, ele poderia ter outra mulher... Nem preciso dizer que foi assim com Ana, não é memo?

Ana ia para a Casa do Senhor e sempre chorava, por causa das humilhações que sofria... De ver a outra oferecer a seu marido tudo o que ela não podia... Em vez de se alegrar com o carinho que recebia...

Ficar se comparando com os outros não resolve seu problema! Cada um tem uma missão na terra. Mesmo a outra podendo ter filhos, Ana era a favorita! Era mais honrada e amada!

Posso falar uma coisa? Talvez vocês fiquem chocados, mas Ana sofria porque não tinha fé. Essa era a fonte dos problemas!

Na verdade, ela nunca enxergou que, na Casa de Deus, ela poderia encontrar um caminho de transformação. Ela achava que não adiantava orar. Sabe quando você só frequenta, mas não ouve a palavra? Entra e sai do culto do mesmo jeito? Só bate cartão na igreja?

Quantas vezes, Ana orou para que Deus desse a ela um filho? Quantas vezes ela orou para que seu marido não precisasse casar com outra? Quantas vezes ela orou para engravidar primeiro?

Mas sabe o que aconteceu? A outra teve mais de um filho, e Ana não teve nenhum. O maior erro dela foi não enxergar o lugar da bênção! Apesar de ir à igreja, ela não enxergava que, por meio da boca do profeta, ou por meio de uma comunhão profunda com Deus, ela poderia achar o caminho da vitória.

Quantas vezes você vai à igreja, tem uma religião, mas carrega dor, mágoa e frustração, porque Deus não te atende? Parece que Deus ouve a oração de todos, mas não presta atenção na sua. Isso é mentira!!!

Posso ser sincera? Você se chateou, porque Deus não te atendeu na hora que você achou que Ele tinha que atender! Por causa disso, você deixou de orar, perdeu a fé. Você deixou o inimigo roubar uma arma poderosa de vitória para a sua vida. Quem desiste no meio do caminho é perdedor!

Você parou de louvar, de fazer votos no altar, porque Deus não atendeu as suas expectativas. Mas sabe de uma coisa? Nós somos aqueles que, pela perseverança, alcançamos a promessa!

Em Hebreus 10, está escrito que Deus não se agrada daqueles que retrocedem. O inimigo quer que nada seja completo na sua vida. Ele quer você vá à igreja, sem fé. Ele quer que você vá para a igreja, e não se abra para receber a palavra profética.

Quer entender melhor? Leia comigo Hebreus 10.35 a 39: “Não lanceis fora, pois, a vossa confiança, que tem uma grande recompensa. Porque necessitais de perseverança, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Pois ainda em bem pouco tempo aquele que há de vir virá, e não tardará. Mas o meu justo viverá da fé; e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porém, não somos daqueles que recuam para a perdição, mas daqueles que creem para a conservação da alma.”.

Em nome de Jesus, você vai ficar firme. Você vai voltar para a Casa do Senhor, mas vai para sair, verdadeiramente, transformado. Comece este dia de uma forma diferente!

Creia no Senhor e estará seguro, creia nos profetas e prosperareis! Não dá mais para ficar do jeito que você está! Em vez de se lamentar, louve. Em vez de reclamar, clame ao Senhor. A oração do justo muito pode em seus efeitos. Uma palavra pode mudar o rumo da tua vida.

Ana viveu um grande milagre, quando entendeu isso. Ela não teve somente um filho, teve um grande profeta de Deus, Samuel! Pense nisso!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

As lutas não definem quem somos, mas nossas reações, sim!


Daniel 1.6 a 8: “Entre eles, se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias. O chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel, o de Beltessazar; a Hananias, o de Sadraque; a Misael, o de Mesaque; e a Azarias, o de Abede-Nego.

Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se.”

Veio o grande cativeiro, e os príncipes foram arrastados até a Babilônia.  Sabe, queridos, as lutas vêm para desorganizar nossa vida, para nos tirar do eixo.  

Vou citar um exemplo bem simples! O que acontece quando você vai ao mercado sem saber o que tem na dispensa da sua casa? Você acaba comprando o que está sobrando e deixa de levar o que você realmente precisa.

Por causa da desorganização, gastamos nossos recursos e nossa energia desnecessariamente. E, ainda por cima, ficamos com um grande prejuízo.

As lutas vêm para que você também deixe de enxergar o Senhor. Do que você mais precisa no meio da luta? De Deus, é claro! A última coisa que você precisa é ficar confuso. A última coisa que você precisa é se entregar ao desespero, porque o que vence o mundo é a nossa fé. Só se aproxima de Deus quem tem fé!

Mantenha sua fé, porque as lutas vêm para mudar o seu nome, assim como mudaram o nome de Daniel (para Beltessazar), Hananias (para Sadraque), Misael (para Mesaque) e de Azarias (para Abednego), na Babilônia.  

O inimigo quer mudar o seu nome. Quer que você seja conhecido como endividado, abandonado, azarado, estéril, doente, incapaz...

Em nome de Jesus, você não é nada isso. Você vai se levantar e buscar ao Senhor. Você não vai deixar que esta luta de contamine.

O que vai prevalecer é o nome que Deus te deu. Você é amado! Tão amado, que Ele entregou seu único filho para te salvar, te livrar e te fazer viver a diferença!

Quiseram mudar o nome de Daniel, mas não conseguiram. Ele se manteve firme no propósito de ser aquilo que Deus determinou. Sabe o que quer dizer Daniel? "O Senhor é o meu juiz".

Todos os reis da Babilônia caíram. Da mesma forma, esta enfermidade não vai permanecer, esta perseguição não vai permanecer, essa crise financeira não vai permanecer, essa loucura não vai permanecer...

Deus é o seu juiz. Ele vai julgar a seu favor! 

Pense nisso!

quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Sonhos roubados!


Querido internauta, quero deixar uma mensagem especial para você meditar nesta terça-feira.

Não se arrependa por estar buscando a paz. Eu sei que você poderia entrar em vingança, poderia desfalecer, ou fazer o mal, mas você preferiu buscar a paz, por isso você verá a Glória de Deus.

Se você não tem dado lugar à ira, nem ao furor, você será reconhecido como filho de Deus. Em Mateus 5, está escrito que os mansos são bem aventurados e herdarão a terra. Em nome de Jesus, que o Senhor realmente cumpra cada uma das bem-aventuranças na sua vida.

Hoje, eu queria falar sobre o quando Eva foi roubada em seus sonhos! Ela tinha um futuro maravilhoso de promessas para viver. Mas ela acabou se deixando levar pala boca do inimigo. Sempre tem alguém para questionar os seus posicionamentos de fé, mas nunca se esqueça, no Reino de Deus, não existem perdas, existe semeadura! Seu trabalho não é vão no Senhor.

Talvez, a sua situação em que você se encontra não tem nada a ver com o paraíso. Pode ser um vale de dor, um lugar de abandono, um ambiente se recursos, mas é o tempo e o lugar que o Senhor escolheu para você.

Se buscar a Deus e deixar que a palavra d’Ele te conduza, você vai viver um final de ano maravilhoso, e os seus sonhos não serão roubados. Mas, para isso, você precisa guardar os seus ouvidos. A única opinião que interessa é a de Deus!

Em um de nossos cultos, nós estudamos a história do Rei Ezequias. Ele reparou e abriu as portas do templo, tirou toda imundícia do local e acendeu as lâmpadas. Nós, hoje, somos o templo do Espírito Santo. O Senhor nos restaurou.

Você não vai fechar o seu coração e, muito menos, os seus ouvidos para Deus. Pelo contrário, você vai se abrir e reforçar as portas para que nenhuma malignidade entre, nem sentimentos, nem pensamentos e opiniões de pessoas que vêm para roubar a tua fé e as tuas forças.

Não deixe a lâmpada se apagar. Sabe o que é a lâmpada? É a palavra de Deus. A palavra de Deus é luz para os teus caminhos e lâmpada para os seus pés.

Sabe aquelas pessoas que não vêm para trazer solução para a sua vida, mas adoram falar mal dos ungidos de Deus? São juízes, não é? Mas, sabe de uma coisa: nem Jesus julgou. Tem um monte de gente julgando e dando veredictos. Sabe quem era assim? Os “amigos” de Jó. Mas quem deu a última palavra? Deus!

Hoje, você vai buscar a Casa do Senhor. Vai se encher da Palavra que traz transformação. Pode o tempo passar, mas a palavra de Deus jamais se esvaziará. Deus vai saciar a sua fome, vai te conduzir em triunfo e te fazer bem-aventurado.

Deus tem planos para você neste ano, assim como ele tinha para Eva. Mantenha-se incorruptível e seja fiel ao Senhor. Não se deixe levar pelo mau humor, pela falta de fé, pela incredulidade e pela rebeldia. Não leve mais destruição para a sua casa e para o seu trabalho. Seja cheio do Espírito Santo.

É como eu sempre falo: Tira essa cara de mexerica e olhe para o Senhor. Deixe que Ele ilumine os teus caminhos. Entre em comunhão com Deus e medite na palavra!

Anime-se, hoje! Sonhos roubados, nem pensar! Nós somos novas criaturas do Senhor, somos vencedores. Vamos viver todos os sonhos e promessas de Deus, em nome de Jesus!


Pense nisso!

terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Não entregue os pontos!


2 Coríntios 4.16 a 19: “Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, com tudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que não se veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas”.

Como a gente faz para enxergar os contornos da nossa promessa? Sabe, eu aprendi que, independente de qualquer coisa, eu não posso desanimar! Não tem acordo! Eu não vou viver a minha promessa, porque eu tenho condição humana, porque todos acreditam, porque eu tenho uma torcida ou porque eu não tenho nenhum pecado.

Eu vou procurar me santificar, vou procurar buscar mais a Deus e não vou me deixar abater! Eu tenho que seguir em frente.

Se você quiser viver uma promessa de Deus, é necessário manter-se firme, inabalável, para poder superar os dias maus! Não desanime! Não entregue os pontos!

“Mas, bispa, eu estou destruída, eu estou mal, por causa dos erros que cometi, me sinto sujo, eu não mereço viver nenhuma promessa!”.

Você reconhece seus erros? Assumiu as consequências? Então, vamos dar um jeito! Agora, você vai para a igreja, vai buscar a Deus, vai confessar o seu pecado e vai pedir para que Ele te dê forças, para você não cair mais! Olha, pior do que cair é ficar prostrado!

Você vai levantar, em nome de Jesus, e vai buscar a bênção de Deus para sua vida! Se tiver que se limpar, pedir perdão, se tiver que recomeçar, amém! Vamos nessa! Não podemos desanimar!

Sabe, eu aprendi que nenhuma guerra dura para sempre! Lutas acabam! O que não acaba, em nossas vidas, é a bênção, a misericórdia e o amor de Deus por nós. O Senhor não muda. Por isso, nós não somos consumidos.

Quando resistimos, persistimos, buscamos, oramos, louvamos, jejuamos e caminhamos, de acordo com o que cremos, sabe o que acontece? Somos visitados pelo Senhor. O poder, o amor e o consolo do Espírito Santo invadem nossas vidas, nos agasalhando e nos abençoando, de tal forma, que sentiremos o peso da Glória de Deus.

Podem passar dias, meses, anos... mas você será renovado! O tempo não vai corroer seus sonhos e suas esperanças. Podem até questionar: Poxa, você ainda está nessa luta? Mas sabe qual vai ser sua resposta? Será a seguinte: Está tudo diferente, sabe por quê? Porque estou muito melhor, estou muito mais fortalecido, e eu sei que o que vem virá e não tardará! Eu não estou olhando para o que está acontecendo agora, eu estou olhando aquilo que eu enxergo, pela fé. A minha fé não é cega e a minha esperança nunca será frustrada!

Quando você caminha desta maneira, independente da situação que você esteja passando, tudo fica leve, tudo fica possível , começa a ficar factível, Deus honra sua fé e te dá vitória!

Em nome de Jesus, nada de desanimar, nada de entregar os pontos, nada de declarar a sua derrota e nada de acusações!


Essa leve e momentânea tribulação vai produzir um grande peso de honra! Aquilo que você não vê, porque só está no campo da fé, vai se manifestar! 

Pense nisso! O melhor ainda está por vir!

segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Quais são seus verdadeiros adversários?


Efésios 6.10 a 12: “Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.”

Sabe, muitas vezes, você acha que o grande problema da sua vida é o teu pai, ou tua mãe, ou o marido, ou o filho, ou a nora, ou a cunhada, ou, até mesmo, aquele colega de trabalho, que é hipócrita e faz de tudo para prejudicar os outros!

Mas será mesmo que o grande problema está nas pessoas? O que Paulo no ensinou? Que a nossa luta não é contra carne ou sangue, mas contra principados, potestades e dominadores, ou seja, é contra seres espirituais que possuem um reino!

Na prática!         

Por exemplo, na sua família, reinava a enfermidade. Muitos parentes foram recolhidos por causa de um câncer! E, de repente, este mesmo reino acaba se manifestando na sua casa ou na sua vida!

Isso te consome, te amedronta, te deixa angustiado, e você acaba se tornando uma pessoa infeliz e improdutiva. O que você está enfrentando? Um principado!

Talvez, seu problema seja outro! De repente, você não consegue progredir! Não consegue se manter em nenhum emprego! Começa a caminhar, chega até um determinado pronto e retrocede! Quando você finalmente consegue colocar suas contas em dia, tudo começa a quebrar dentro da sua casa!

O que você está enfrentando? Uma potestade! São poderes que estão debaixo de um principado! São poderes do mal que te mantém sempre amarrado a uma situação. É algo que deixa subjugado, porque é maior do que você.

Quem sabe a sua guerra seja contra alguns desejos. Você não consegue trabalhar direito, porque não consegue parar de pensar no que vai comer! Você mal se levante da mesa do café da manhã e já está pensando no almoço. Isso não é normal, porque te domina! É um domínio da sua mente para que você não seja produtivo, constante e disciplinado!

Existem pessoas que não saem do celular e não param de ficar investigando a vida dos outros! Há outros que estão presos na pornografia! Não conseguem ficar um dia sem acessar determinado site!

O que essas pessoas estão enfrentando? Um dominador!

A esfera da nossa guerra

Eu citei alguns exemplos para você entender a esfera da sua guerra! Sua luta é contra principados, potestades e dominadores deste mundo tenebroso!

Talvez, em meio a tudo isso, você esteja se sentindo fraco! Mas Paulo nos deixa um segredo espiritual em Efésios 6.10: “Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder.”.

Busque ao Senhor, busque ser cheio do Espírito Santo e você terá liberdade e autoridade sobre essa língua perseguidora, sobre a gula, sobre essa situação financeira, contra esse domínio mental, sentimental e espiritual, que, simplesmente, não te deixa caminhar!

Isso é o mundo espiritual se abrindo! Mas a boa notícia é que nós temos uma proteção! Jesus Cristo morreu na cruz do calvário para nos salvar!

O sangue de Jesus te purifica de todos os pecados e do seu passado. Não sei o que você foi até agora, mas sei o que você pode ser daqui pra frente! Eu não sei como você está, mas sei como você pode ficar.

Busque ao Senhor! Vá à igreja, alimente-se da Palavra de Deus, tenha uma vida de louvor e oração! Desta forma, esses principados, potestades e dominadores não terão mais autoridade sobre sua vida!

Nosso poder está no sacrifício e na ressurreição de Cristo!


Pense nisso!

domingo, 9 de janeiro de 2022

Da esterilidade para os dias de alegria!


Gênesis 18.9 a 15: “Então, lhe perguntaram: Sara, tua mulher, onde está? Ele respondeu: Está aí na tenda. Disse um deles: Certamente voltarei a ti, daqui a um ano; e Sara, tua mulher, dará à luz um filho. Sara o estava escutando, à porta da tenda, atrás dele. 

Abraão e Sara eram já velhos, avançados em idade; e a Sara já lhe havia cessado o costume das mulheres. Riu-se, pois, Sara no seu íntimo, dizendo consigo mesma: Depois de velha, e velho também o meu senhor, terei ainda prazer?

Disse o Senhor a Abraão: Por que se riu Sara, dizendo: Será verdade que darei ainda à luz, sendo velha? Acaso, para o Senhor há coisa demasiadamente difícil? Daqui a um ano, neste mesmo tempo, voltarei a ti, e Sara terá um filho. Então, Sara, receosa, o negou, dizendo: Não me ri. Ele, porém, disse: Não é assim, é certo que riste.”

Sara estava desgastada e esgotada. Depois de 30 anos andando atrás de uma promessa, ela continuou estéril. Sabe, queridos, o caso dela era bastante delicado. É diferente daquelas mulheres que chegaram a engravidar, mas tiveram um aborto espontâneo. É diferente do caso daquelas mulheres que não conseguem segurar uma gravidez por causa de problemas de saúde! Sara não chegou nem perto. Não tinha um pingo de esperança!

Naquela época, Abraão não era íntimo de Deus. Ele ouviu apenas uma vez a voz do Senhor e se dispôs a ter uma relação profunda com Ele. Depois de muitos anos, aparecem dois anjos – dois homens cheios de autoridade que foram reconhecidos como anjos – para deixarem uma mensagem que mudaria a história daquele casal: “Daqui um ano, nós voltaremos! Neste tempo, sua mulher terá um filho!”.

Sara, ouvindo aquela profecia, começou a rir. Aquela risada tinha um tom de desabafo, revolta e de rejeição… Eu até imagino o que pode ter passado pela cabeça dela: “Não, não e não! Eu estou até vendo. Eu estou com 90 anos, e ele, com 100. Temos idade para sermos bisavós. Não somos aptos fisicamente para isso! Eu sempre fui estéril e já passei pela menopausa. Só pode ser brincadeira! Sinceramente, eu acho que já sofri demais acreditando nessa promessa! Já me conformei, sabe? Na minha caminhada, eu presenciei muitos milagres! O Senhor me protegeu. Mas eu preciso aceitar que eu não nasci para ser mãe”.

Sabe, Sara era muito bonita. Os reis a cobiçaram e, por duas vezes, a levaram para se casarem com ela… Abraão, com medo, disse que era apenas irmão dela. Sabe o que aconteceu? Deus a livrou, a preservou e a defendeu nas duas vezes. Nenhum rei a tocou!

Sara teve experiências com Deus, mas, no momento da profecia, ela riu no seu esgotamento, no seu estado de “eterna espera”: “Pra mim, já deu! Agora, eu estou procurando um lugar onde eu possa ir desta para melhor!”

Sabe o que Deus fez? Repreendeu-a, dizendo: “Por que você riu? Acaso, haverá alguma coisa demasiadamente difícil para Mim?”.

Deus queria livrá-la do peso dos trinta anos de espera! Depois daquele dia, o ânimo de Sara mudou! Naquele momento, nasceu uma mãe!

Talvez, você tenha perdido a esperança em dias melhores! Mas, posso falar uma coisa? Não é por acaso que você está lendo esse post!

Talvez, você nem queira mais ouvir falar nada sobre Deus! Parece que até te ofende! Mas você está viva! E, enquanto há vida, há uma esperança!

Deus quer te curar desta dor! Quer te aliviar desta carga de decepção, de frustração e da falta de fé!

Então, receba o poder curador, aliviador e transformador da voz de Deus! O que o Senhor disse para Sara, Ele te diz hoje: “Acaso, haverá alguma coisa demasiada difícil para mim?”.

Comece a praticar o que está em Isaías 35.3: “Fortalecei as mãos frouxas e firmai os joelhos vacilantes.”.

Ande de acordo com o que Deus te falou, não de acordo com as circunstâncias! Restaure seu relacionamento com o Senhor. Sabe, nesses momentos, ter uma aliança com Ele faz toda a diferença.

Levante-se! Disponha-se: “Olha, essa é a última chance que eu estou me dando de viver milagres! Não é uma chance que eu estou dando para o Senhor, porque quem sou eu para dar uma chance para Deus? Mas é a minha! Eu vou acreditar mais uma vez! Vou me permitir viver esse milagre!”.

Lembre-se de que, no Senhor, não existem situações irreversíveis! Quem disse que a estéril não poderia dar à luz?

Sara teve Isaque. Sabe o que significa Isaque? Riso, filho da alegria! Aqueles dias de choro, de frustração, foram transformados em dias de felicidade!

Não entregue os pontos! Venha para a igreja! Deixe a gente orar por você! Deixe a gente te ajudar, e se dê mais uma chance! Permita-se experimentar a restauração que está em Jesus Cristo!

Permita-se ter a alegria daqueles que andam pela fé e vivem milagres!


Pense nisso!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

De repente, tudo mudou!


Filipenses 3.12 a 14: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus. 

Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

No programa “De Bem com a Vida”, somos edificados com muitos testemunhos. Um deles foi a fonte de inspiração para o Pensamento de hoje. É de uma moça que viu, do dia para noite, sua vida virar de cabeça pra baixo.

Ela tinha um relacionamento de quatro anos e achava que conhecia o noivo como ninguém. Ela convivia com os pais desse rapaz, conheceu os filhos, os irmãos... Se prepararam para o casamento, viram apartamento, planejaram a festa, fizeram o enxoval... Era uma relação aparentemente normal.

Dois meses antes da cerimônia de casamento, veio a bomba. O noivo decidiu fazer uma revelação: “Olha, eu preciso te falar algo! Me desculpe não ter falado antes, eu não tive coragem, porque nosso relacionamento é tão bom, somos tão felizes... Eu te amo demais, mas preciso ser honesto com você. Sou casado há 18 anos com outra pessoa!”.

Meu Deus! O sonho de amor simplesmente desmoronou. E, no meio daquela loucura, ela conseguiu tomar uma atitude sábia: desistir daquele relacionamento. Ela fez certo em não querer ser responsável pela destruição de uma família.

A mãe dessa jovem tinha o costume de convidá-la para assistir cultos. Desolada, ela, então, decidiu conhecer a igreja. Ali, encontrou meios para administrar toda aquela mudança. E, no meio desse processo, aquele passado persistiu em bater na sua porta: “Olha, eu te amo! Fica comigo! Eu não vivo sem você!”...       

Ela saiu de um relacionamento, mas a nova realidade era ficar sozinha e sem perspectivas. Ela tinha alguém que a acolhia, que a protegia, que lhe dava carinho... para depois não ter nada!

Sabe, mudanças como essas nos fazem ficar lembrando de um passado, desejando voltar para um lugar que simplesmente não existe mais... Para aquela jovem, não existia mais o noivo, mas o enganador, o mentiroso, o traidor....

Seguir em frente com esse relacionamento seria o mesmo que assinar uma sentença de enganação perpétua, afinal, ele mentiu para todos e por tanto tempo. Quem garante que ele não mentiria mais?

Aquele relacionamento nunca existiu, alias, só existiu para ela! Imagine a situação. Como não deve ter sido difícil para ela colocar uma pedra naquela situação e seguir um novo rumo.

Sabe você pode, diante de algumas coisas, dizer: “Eu não consigo! Eu quero meu casamento de volta!”, mas não pode se entregar!

Sabe, Paulo nos deixou dois conselhos preciosos. E eu quero terminar este post dividindo esses conselhos com vocês:

1- Feche a porta para o passado

Foi bom? Foi incrível? Então: “Senhor, muito obrigada, porque eu tive um passado feliz! Ajude-me a construir um bom futuro. Eu escolho seguir em frente com serenidade e dignidade!”.


2-Prossiga para o alvo: coloque objetivos.

Aquela moça não enterrou seus sonhos e seu futuro naquele relacionamento que não deu certo.

Pelo contrário, viajou, trabalhou, curtiu a família, saiu com as amigas, se envolveu no ministério, começou a praticar esportes... Colocou sua vida em movimento! Ela escolheu dar valor aos que ficaram...

A história dela não acabou na decepção, mas na restituição! Deus enviou, literalmente, a pessoa certa para ela! Hoje, ela tem um relacionamento verdadeiro!

Em nome de Jesus, administre a mudança, mudando também, se deixando transformar e se abrindo para o novo tempo que o Senhor tem.