Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2021

Quando não sabemos estabelecer prioridades

Imagem
Mateus 6.21: “porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.”. Preste bem atenção porque esta escolha determinará se você será livre ou escravo. Esta escolha determinará se você será feliz ou infeliz nos seus relacionamentos. Esta escolha determinará se você terá paz ou se você ficará atormentado. Esta escolha determinará se você será amado ou dispensável. Onde está o teu tesourou? Existem pessoas que têm como o seu tesouro os bens materiais. Existem mulheres que ficam desesperadas, porque a cunhada tem uma bolsa da moda, e elas não. Porque a amiga tem o carro do ano, e elas andam de ônibus. Porque a vizinha viajou, e elas passaram as férias em casa. O tesouro delas são os valores materiais. Sabe qual é a consequência desta escolha? Um inferno nos relacionamentos, principalmente familiares. O marido, de repente, já não presta. Não importa se ele é trabalhador, se ele é fiel, se ele é honesto... O que importa é o que ele pode ou não te dar!

Escolha ser livre

Imagem
Números 13: 30 a 33 “Então, Calebe fez calar o povo perante Moisés e disse: Eia! Subamos e possuamos a terra, porque, certamente, prevaleceremos contra ela. Porém os homens que com ele tinham subido disseram: Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nós. E, diante dos filhos de Israel, infamaram a terra que haviam espiado, dizendo: A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra que devora os seus moradores; e todo o povo que vimos nela são homens de grande estatura. Também vimos ali gigantes (os filhos de Anaque são descendentes de gigantes), e éramos, aos nossos próprios olhos, como gafanhotos e assim também o éramos aos seus olhos.” Esse é o tipo de escravidão que você mesmo se impõe. É uma questão de escolha, não de condição! Vou citar um exemplo! Recentemente, eu aconselhei uma moça que perdeu a mãe. Sabe, queridos, despedir-se de alguém que você ama não é nada fácil. Ninguém é substituível. Mas nós temos uma escolha! Ou escolhemos

Faça uma aliança com a vida!

Imagem
Jó 19.25 a 27: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra. Depois, revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus.  Vê-lo-ei por mim mesmo, os meus olhos o verão, e não outros; de saudade me desfalece o coração dentro de mim.” Em um curto espaço de tempo, Jó perdeu seus bens e seus filhos. Seu corpo estava debilitado e cheio de tumores abertos. Era uma situação realmente desesperadora. Seus “amigos”, em vez de consolá-lo, acusaram-no: “Qual pecado você cometeu para precisar passar por tudo isso?”. Até a esposa dele, a única que sobrou da família, atormentava-o: “Jó, amaldiçoa seu Deus, e morre!”. Em meio a tudo isso, ele se levanta cheio de convicções e afirma: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra. Depois, revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus. Vê-lo-ei por mim mesmo, os meus olhos o verão, e não outros; de saudade me desfalece o coração dentro

É tarde demais! Será?

Imagem
Hoje, eu quero falar com vocês sobre ansiedade! Eu vou usar como base uma das parábolas de Jesus mais conhecidas, a do Filho Pródigo. Lucas 15.11 a 32: “ Continuou: Certo homem tinha dois filhos; o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me cabe. E ele lhes repartiu os haveres. Passados não muitos dias, o filho mais moço, ajuntando tudo o que era seu, partiu para uma terra distante e lá dissipou todos os seus bens, vivendo dissolutamente. Depois de ter consumido tudo, sobreveio àquele país uma grande fome, e ele começou a passar necessidade. Então, ele foi e se agregou a um dos cidadãos daquela terra, e este o mandou para os seus campos a guardar porcos. Ali, desejava ele fartar-se das alfarrobas que os porcos comiam; mas ninguém lhe dava nada. Então, caindo em si, disse: Quantos trabalhadores de meu pai têm pão com fartura, e eu aqui morro de fome! Levantar-me-ei, e irei ter com o meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já nã

Carvão ou diamante?

Imagem
Romanos 8.28 e 29: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.” Nós fomos criados com uma missão: voltar ao projeto original. Fomos criadas à imagem e semelhança de Deus. Como Jesus se relacionava com o Pai? Ele se ofertou. Despojou-se de toda sua glória para ser um homem e nos mostrar como viver aqui na terra. Depois, Ele se entregou como sacrifício vivo para a nossa salvação. No terceiro dia, venceu a morte e ressuscitou! Sabe, muitas pessoas não sabem encarar o dia da dor e do sacrifício. Elas fogem da presença de Deus e se perdem no meio do caminho. Os dias de dor, de pressão e de enfermidade não trazem para elas a ressurreição, mas trazem a morte, a morte de valores, a morte da fé.... O que você vai fazer no dia mau? O