Páginas

quarta-feira, 23 de junho de 2021

Não é o fim da linha!


Salmos 31.1 a 5 e 14. “Em Ti, Senhor, me refugio; não seja eu jamais envergonhado; livra-me por tua justiça. Inclina-me os ouvidos, livra-me depressa; sê o meu castelo forte, cidadela fortíssima que me salve.

 Porque Tu és a minha rocha e a minha fortaleza; por causa do Teu nome, Tu me conduzirás e me guiarás. Tirar-me-ás do laço que, às ocultas, me amarram, pois Tu és minha fortaleza. Quanto a mim, confio em Ti, Senhor. Eu disse: Tu és meu Deus.”.

Davi estava passando por uma situação desesperadora quando escreveu este Salmo. Talvez, hoje, você esteja passando por lutas, dificuldades e esteja, literalmente, encurralado. Parece que a única solução é desistir! Desistir da reconciliação do casamento, desistir dessa porta de emprego, desistir da salvação dos seus filhos, desistir da cura desta enfermidade...

Mas você não vai fazer isso! Deus não te deu espirito de medo, mas de ousadia e de moderação. Você vai passar por isso de cabeça erguida e com os ânimos equilibrados.

Não se sinta impotente diante de uma notícia ruim ou por que as coisas não aconteceram da forma que você idealizou! Deus te fez livre emocionalmente e espiritualmente!

Você é livre para entregar os seus dias nas mãos do Senhor e de descansar na sombra do Onipotente! Ele está no controle de tudo! Deixe que Ele dirija sua vida, ainda que o caminho esteja cheio de pedras e obstáculos.

Peça sabedoria, graça e paz. Sabe, não existe alegria maior do que estar na presença do Senhor.

Anime o seu coração! Não murmure, louve, porque Deus habita no meio dos louvores. Em vez de criar um ambiente de briga, confusão e insatisfação, crie um ambiente para o Senhor agir. Quem faz o clima somos nós! Mesmo que você esteja no deserto creia no Senhor, porque haverá água! Haverá provisão!

O que você está passando é só uma fase, para que amanhã você viva o melhor! Você vai olhar para traz e pensar: O que eu vivi não passou de uma leve tribulação, perto da glória que tem se manifestado!

Tempo de guerra não é tempo de chorar! Na guerra, buscamos forças para lutar, resistir e vencer! Depois, na hora de comemorar, você pode até chorar de alegria!


Pense nisso!

terça-feira, 22 de junho de 2021

Um novo coração!


Ezequiel 36.26 e 27: “Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis.”

Este é o milagre da graça de Deus. Não dá para ninguém ser salvo, sentindo do mesmo jeito, andando do mesmo jeito, pensando do mesmo jeito... Assim como não dá para emagrecer, comendo o mesmo tanto e não fazendo ginástica. A mudança só ocorre quando você muda também.

Ao ler isso, você deve estar se perguntando: “Mas o que eu faço para deixar de sentir o que eu sinto? O que eu faço para deixar de desejar o que tanto me prejudica? Como faço para mudar meus pensamentos?”.

É pela graça! É por esse motivo que Deus enviou Jesus ao mundo. Ele entregou seu único filho para que nós tivéssemos um novo coração. Nós somos transformados através do amor de Deus!

Quer que eu explique melhor?

Eu vou repartir uma história com vocês...

Havia família. E, nesta família, havia uma menina de 13 anos. Eles foram para uma estação de ski. Lá, todos se divertiram. De repente, aquela jovem sofre um acidente e tem uma morte cerebral. Foi um choque terrível para todos. Foi assustador. Mas o pai e a mãe dela, em oração, resolveram fazer desta tragédia um refrigério para outras pessoas. Eles decidiram doar todos os órgãos da filha, inclusive o coração, que ainda estava batendo.

Paralelamente, existia outra família que estava chorando a morte lenta de sua filha. Fazia cinco anos que ela estava na cama do hospital, porque seu coração estava enfraquecido. Eles mal sabia que, naquele momento, a ressurreição estava a caminho.

O transplante aconteceu, e aquela menina que estava quase morrendo no hospital, já enfraquecida, recebeu uma nova chance.

As famílias se encontraram. A mãe da menina que recebeu o novo coração pegou o estetoscópio, o colocou no ouvido da mãe que havia perdido a filha e no coração da jovem ressurreta.

Qual coração ela estava ouvindo? O coração da menina viva ou daquela que morreu? Ela estava ouvindo o coração vivo, pulsante, da filha que Deus já havia recolhido.

Assim também é quando você entrega sua vida para Jesus. Deus, na Sua graça, tira o coração, que já não sentia mais a presença do Senhor, que já não sentia mais amor pelo próximo, que está carregado de mágoa, que está descrente de tudo... Tira este coração de pedra e, no lugar, coloca um coração com o sentimento de Cristo.

Depois que entregamos nossas vidas para Jesus, ao olhar para nós, o Senhor enxerga o coração batendo dos filhos de Deus.

Os filhos de Deus têm o sentimento do Criador! Amam ao próximo, desejam estar mais próximos do Pai, têm um sentimento de paz, têm um desejo de ver a obra de Deus crescendo.

Se você quiser, você pode viver hoje mesmo esta experiência.
Venha renascer em Cristo! Venha receber este transplante do céu! Venha receber um coração que sinta a presença de Deus, que te mova a ter atitudes abençoadoras e que vão mudar a tua história!


Pense nisso! 

segunda-feira, 21 de junho de 2021

Palavras: Veneno ou remédio para a alma?


Provérbios 18.20 e 21 “Do fruto da boca o coração se farta, do que produzem os lábios se satisfaz. A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto.”

As nossas palavras nos alimentam. Quando mais você fala: “Não vai dar certo!”, “Acho que não vou conseguir!”, “Não nasci para isso!”, “Estou com medo”... Quanto mais você exterioriza o que o inimigo quer, mais você invoca o mal para a sua vida!

Salomão compara as palavras ao alimento! Então, se você só professa coisas ruins, do que você se alimentará? De um fruto podre! Será algo que, com certeza, vai prejudicar sua saúde. Não sei... De repente, sua pressão pode subir, pode dar palpitação, tremedeira, problemas intestinais, dificuldades respiratórias... Sem contar o abalo emocional!

Vou dar um exemplo cientifico desta afirmação. Para os arqueólogos descobrirem a idade de um fóssil, sabe qual exame eles fazem? Ultrassonografia! Esse exame mede a quantidade de som acumulado! O que isso quer dizer? Que as palavras ficam acumuladas! Por isso que o inimigo quer que você declare: “Não vou conseguir!”, “Acho que Deus não me ama!”, “Acho que Deus se esqueceu de mim!”, “Não adianta orar!”, “Não adianta ir à igreja”... Ele quer que você fique intoxicado! Quer que você produza o seu próprio veneno!

A vida e a morte estão no poder da língua. Aquele que bem a utiliza vai se alimentar do seu fruto! Então, você vai mudar sua dieta! Só vai se alimentar de coisas saudáveis! Vai alinhar, a partir de hoje, as suas palavras com os ensinamentos que o Senhor deixou! Você vai fazer da Bíblia o seu manual!

O que está escrito? Que o Senhor é o Seu pastor, e nada te faltará! Então, você vai declarar: Eu vou fazer o Salmo 23 a minha oração e a minha verdade. Senhor, vem ser o meu pastor, vem ser a minha verdade, vem ser o meu suprimento! Mostre-me o caminho que eu devo andar!

Quando você deixa Jesus ser o seu pastor, não te falta nada! Isso é uma verdade absoluta! A palavra é viva e eficaz. Nenhuma promessa deixará de ser cumprida!

O fato de muitos não terem sido curados dessa enfermidade não quer dizer que você não será curado! O fato de muitos não terem passado no processo seletivo para essa vaga de emprego não quer dizer que você não vai passar! Lembre-se do que está escrito em Salmo 91.7: “Mil cairão ao seu lado, dez mil a sua direita, mas você, servo amado, não será atingido!”.

O fato de já ter passado muitos anos não quer dizer que o seu milagre não será liberado. Quem disse que Deus só resolve problema novo? Em qual Bíblia está escrito isso?

O feijão nasce da noite para o dia, já o ser humano leva nove meses! O fato de demorar mais não quer dizer que não vai nascer! A perseverança e a fé nos fazem viver a promessa de Deus.

Então, elimine todo o discurso negativo do script da sua vida! Comece a declarar as promessas de Deus: Tudo o que eu fizer eu vou prosperar, porque eu faço do Salmo 1 a minha verdade!

O Salmo 1 é uma das passagens mais conhecidas entre os cristãos, mas poucos a praticam! É um capítulo carregado de conselhos precisos. Vamos pontuar alguns?

Bem aventurado é aquele que não anda segundo o conselho dos ímpios, ou seja, daqueles que não conhecem a Deus, nem se detém no caminho dos pecadores!

Sabe, existem muitas pessoas inconsequentes. Fazem coisas erradas na sua frente, desafiam o teu Deus e, ainda, fazem questão de mostrar que estão melhores do que você!

Olha, nada como um dia após o outro! O tempo mostra quem fez a melhor escolha! De Deus ninguém zomba! O que o homem plantar, isso também ceifará!

Vamos continuar com o Salmo 1: Bem aventurado é aquele que não se assenta na roda dos escarnecedores, ou seja, daqueles que zombam das coisas espirituais, mas, antes, tem seu prazer na Palavra de Deus e, nela, medita de dia e de noite. Este será como uma árvore plantada junto ao ribeiro de águas e, na estação certa, dará frutos! Tudo o que ele fizer prosperará!

Faça desta palavra a sua palavra! Faça desta palavra o seu caminho! Faça desta palavra o seu alimento diário!


Pense nisso!

domingo, 20 de junho de 2021

Cansei de esperar!


Gênesis 18.9 a 15: “Então, lhe perguntaram: Sara, tua mulher, onde está? Ele respondeu: Está aí na tenda. Disse um deles: Certamente voltarei a ti, daqui a um ano; e Sara, tua mulher, dará à luz um filho. Sara o estava escutando, à porta da tenda, atrás dele. Abraão e Sara eram já velhos, avançados em idade; e a Sara já lhe havia cessado o costume das mulheres. Riu-se, pois, Sara no seu íntimo, dizendo consigo mesma: Depois de velha, e velho também o meu senhor, terei ainda prazer?

Disse o Senhor a Abraão: Por que se riu Sara, dizendo: Será verdade que darei ainda à luz, sendo velha? Acaso, para o Senhor há coisa demasiadamente difícil? Daqui a um ano, neste mesmo tempo, voltarei a ti, e Sara terá um filho. Então, Sara, receosa, o negou, dizendo: Não me ri. Ele, porém, disse: Não é assim, é certo que riste.”

Sara estava desgastada e esgotada. Depois de 30 anos, andando atrás de uma promessa, ela continuou estéril. Sabe, queridos, o caso dela era bastante delicado. É diferente daquelas mulheres que chegaram a engravidar, mas tiveram um aborto espontâneo. É diferente do caso daquelas mulheres que não conseguem segurar uma gravidez por causa de problemas de saúde! Sara não chegou nem perto. Não tinha um pingo de esperança!

Naquela época, Abraão não era íntimo de Deus. Ele ouviu apenas uma vez a voz do Senhor e se dispôs a ter uma relação profunda com Ele. E, depois de tantos anos, aparecem dois anjos – dois homens cheios de autoridade que foram reconhecidos como anjos – para deixarem uma mensagem que mudaria a história daquele casal: “Daqui um ano, nós voltaremos! Neste tempo, sua mulher terá um filho!”.

Sara, ouvindo aquela profecia, começou a rir. Aquela risada tinha um tom de desabafo, revolta, rejeição... Eu até imagino que pode ter passado pela cabeça dela: “Não, não, não! Eu estou até vendo. Eu estou com 90 anos, e ele com 100. Temos idade para sermos bisavós. Não somos aptos fisicamente para isso! Eu sempre fui estéril e já passei pela menopausa. Só pode ser brincadeira! Sinceramente, eu acho que já sofri demais acreditando nessa promessa! Já me conformei, sabe? Na minha caminhada, eu presenciei muitos milagres! O Senhor me protegeu. Mas eu preciso aceitar que não nasci para ser mãe”.

Sabe, Sara era muito bonita. Os reis a cobiçaram e, por duas vezes, a levaram para se casarem com ela... Abraão, com medo, disse que era apenas irmão de Sara. Sabe o que aconteceu? Deus a livrou, a preservou e a defendeu nas duas vezes. Nenhum rei a tocou!

Sara teve experiências com Deus, mas, no momento da profecia, ela riu no seu esgotamento, no seu estado de “eterna espera”: “Pra mim, já deu! Agora, eu estou procurando um lugar onde eu possa ir daqui para melhor!”

Sabe o que Deus fez? A repreendeu, dizendo: “Por que você riu? Acaso, haverá alguma coisa demasiadamente difícil para mim?”.

Deus queria livrá-la do peso dos 30 anos de espera! Depois daquele dia, o ânimo de Sara mudou!

Talvez, você tenha perdido todas as esperanças! Mas, posso falar uma coisa? Não é por acaso que você está lendo esse post!

Talvez você nem queira mais ouvir falar nada sobre Deus! Parece que até te ofende! Mas você está vivo! E, enquanto há vida, há uma esperança!

Deus quer te curar dessa dor! Quer te aliviar desta carga de decepção, de frustração e da falta de fé!

Então, receba o poder curador, aliviador e transformador da voz de Deus! O que o Senhor disse para Sara, Ele te diz hoje: “Acaso, haverá alguma coisa demasiada difícil para mim?”.

Comece a praticar o que está em Isaías 35.3: “Fortalecei as mãos frouxas e firmai os joelhos vacilantes.”.

Ande de acordo com o que Deus te falou, não de acordo com as circunstâncias! Restaure seu relacionamento com o Senhor. Sabe, nesses momentos, ter uma aliança com Ele faz toda a diferença. Levante-se e faça como Gideão: “Olha, essa é a última chance que eu estou me dando de viver milagres! Não é uma chance que eu estou dando para o Senhor, porque quem sou eu para dar uma chance para Deus? Mas é a minha! Eu vou acreditar mais uma vez! Vou me permitir viver esse milagre!”.

Não entregue os pontos! Venha para a igreja! Deixe a gente orar por você! Deixe a gente te ajudar, e se dê mais uma chance! Permita-se experimentar a restauração que está em Jesus Cristo!

Permita-se ter a alegria de ter se disposto e de andar pela fé!

Pense nisso!

quinta-feira, 17 de junho de 2021

"Eu me basto!". Será?



Romanos 1: 28 a 31 “E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes, cheios de toda injustiça, malícia, avareza e maldade; possuídos de inveja, homicídio, contenda, dolo e malignidade; sendo difamadores, caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais, insensatos, pérfidos, sem afeição natural e sem misericórdia.”

Sentimentos como estes tomam conta da sua vida, quando você despreza o conhecimento de Deus.

“Eu, Bispa? Conhecer Deus? Você acha mesmo que eu preciso d’Ele? De jeito nenhum! Eu me basto!”.

É mesmo? Se você é tão esperto, tente acrescentar mais um dia na sua vida!

Você é tão incrível, tão espetacular, então, por que o seu filho tem tantos problemas? Você é tão bom, então, por que o seu casamento está desabando? Por que você não consegue cuidar da sua família? Por que você está amarrando nesta cama de depressão. Por que você precisa tomar remédios para dormir? Este conhecimento todo e esta autossuficiência realmente estão resolvendo todos os seus problemas?

A vontade de Deus é boa, perfeita e agradável. Ela só se manifesta na sua vida, quando você O reconhece e O busca: “Não aguento mais errar. Senhor, qual é o seu jeito?”.

Nem sempre virá a resposta que você quer. Talvez, Ele fale: “O meu jeito é você perdoar aquele que te fez mal!”. Ou, até mesmo, o que Ele falou para o jovem rico, na passagem bíblica de Mateus 19: 16 a 24: “Vai, vende os teus bens, dá aos pobres e terás um tesouro no céu; depois, vem e segue-me.”.

Aquele jovem foi o único que saiu da presença de Deus sem solução. Ele continuou atormentado e com medo da morte. Ele não entendeu que sua garantia de vida eterna estava em Deus, não nas riquezas.

Querido, abra mão dessa raiva, desse ódio, dessa malícia, desse desejo de matar e dessa inveja..., comece fazendo uma oração: “Senhor, coloque sua luz em mim! Eu quero ser transformado. Eu entrego minha vida nas tuas mãos. Jesus, escreva a minha história. Eu não posso e nem quero mais errar. Ensina-me a viver!”.

Humilhe-se! Quando eu falo em humilhação não estou me referindo à vergonha, mas ao ato de se sujeitar à vontade de Deus! Assim, você receberá o Espírito Santo, que o ensinará todas as coisas.

Pense nisso!

quarta-feira, 16 de junho de 2021

Haverá bom futuro



Rute 1.19 e 20: "Então, ambas se foram, até chegarem a Belém; sucedeu que, ao chegarem ali, toda a cidade se comoveu por causa delas, e as mulheres diziam: Não é esta a Noemi? Porém ela lhes dizia: Não me chameis de Noemi; chamai-me de Mara, porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso."

Noemi, em uma época de fome e de muitas dificuldades, saiu de Belém com seu marido e ambos foram para Moabe. Na terra dos moabitas, ela, subitamente, perdeu os filhos, o marido e tudo o que mais amava.

Eu creio que Noemi, nessa situação, deveria ter se irado contra Deus e questionado: “Por que não me levou junto? Assim, o Senhor me poupava de tanto sofrimento! Não sobrou mais nada, somente as minhas noras! Nem netos, eu tive!”.

Querido, quantas vezes, o inimigo vem com esse discurso: “Olha, você não tem mais futuro! Não tem mais perspectiva”. Talvez, você tenha 40 ou 50 anos e acha que Deus não pode trazer nada de novo para a sua vida.

De repente, seu marido te deixou, ou sua esposa faleceu, ou você foi traído, perdeu seu emprego, foi abandonado e acha que, por causa disso, não há mais caminho, não há direção. Mas esta sentença está quebrada, em nome de Jesus.

Noemi, pra quem não sabe, significa “graça e favor de Deus”, mas o sofrimento foi tanto, que ela decidiu mudar seu nome para Mara, que quer dizer “águas amargas”.

O inimigo quer mudar o seu nome, quer que você seja conhecido como problemático, falido, endividado, bandido, desonesto e depressivo. Sabe de uma coisa? Uma situação difícil não define quem você é.

O fato de você não enxergar solução, não significa que Deus não está ao seu lado, que você não tem um povo, ou que você não tem um lugar para habitar.

Noemi não se enxergava vitoriosa, mas sua nora disse: “Eu não vou te deixar, seu povo é o meu povo e o Seu Deus é o meu Deus”. Noemi não enxergava que tinha um povo, mas Rute enxergava.

Querido, não caia na mentira de Satanás de que, para você, é o fim da linha. Os dias de alegria e de vitória virão. Nenhuma calamidade dura para sempre, mas a bênção de Deus é eterna.

Hoje, em vez de lamentar, você vai se renovar no Senhor. Mesmo que você tenha errado, não deixe a acusação te afastar do Senhor, Ele tem um caminho de transformação para você. Levante-se, porque Deus vai te sustentar com Sua destra fiel.

Você nunca será provado além do que você pode suportar. Lembre-se de que, com a luta, o Senhor sempre te dará um escape.

Sabe qual foi o final da história que acabamos de ler? Noemi teve dias de riso. Rute deu-lhe um neto. O resgatador se levantou.

Ela se casou com Boaz ,e ambos foram progenitores da linhagem de Davi. O filho deles, Obede, era avô do grande rei de Israel.

Eu quero finalizar o estudo de hoje deixando o versículo de Zacarias 9.12: “Voltai à fortaleza, ó presos de esperança; também, hoje, vos anuncio que tudo vos restituirei em dobro.”.

Pense nisso e creia, porque haverá bom futuro e será muito melhor do que você pensou!

terça-feira, 15 de junho de 2021

Uma nova história!


Hoje, eu quero te convidar a meditar comigo no livro de Josué 2.

Sabe, estive pensando... Quantas vezes nós já não desejamos uma mudança radical? Simplesmente, pegar tudo o que já vivemos, amassarmos, como se faz com uma folha de papel, e jogar fora... Assim, quem sabe, ele levaria todas as dores, perdas, lembranças ruins e só permaneceria o que é bom! Aí, então, escolher um belo papel de carta para escrever uma nova história, para fazer escolhas novas e acertar desta vez!

Foi isso o que aconteceu com Raabe, a prostituta que morava sobre os muros de Jericó e onde os dois espiões enviados por Josué ficaram escondidos e libertos da morte!

Raabe ouviu, como nós temos ouvido, os milagres que Deus estava fazendo com o povo de Israel. De como o Senhor os livrou da escravidão do Egito e ainda venceram o que ninguém tinha coragem de desafiar. Ela ouviu e se enxergou liberta da escravidão, da prostituição, vencendo preconceitos, barreiras sociais, culturais, religiosas e até de autoridades que a oprimiam, já que ela era obrigada a ser uma prostituta cultual. Ou seja, seu “deus” fez dela uma prostituta.

Quantas mulheres, atualmente, ainda não conseguem vencer as barreiras sociais, culturais e até mesmo de uma religiosidade que prega um evangelho superficial, porque a igreja é mais parecida com um clube social, do que com o local em que adoramos a Deus? Pois é! Quantas não foram vencidas por “reis e reinos” deste tempo: traumas, abusos, violência, humilhações... e foram morar “em cima do muro”, já descaracterizadas, sem personalidade, levadas por qualquer um que entrasse em sua casas, sendo moedas de troca, vendendo seu corpo, por carência ou por necessidade?

Sabe, vivemos em um mundo de muitas “Raabes”, em que o “príncipe deste século”, ao saber que acolhemos alguém ou algo que possa nos trazer o Reino de Deus, não pensa duas vezes em entrar em nossas vidas, a fim de matar tudo que possa nos transportar para um Novo Reino, que nos tornar participantes do povo de Deus.

Se você realmente quer ou precisa virar a pagina e escrever uma nova história, é necessário:

1) Faça as pazes com o seu passado

Você não pode mudar as situações que aconteceram em sua vida, mas pode escolher o que fará com cada uma delas! 

Em vez de ser conhecido pelo sofrimento, busque ser conhecido pela superação. Lembre-se de que as adversidades não vem "contra nós", mas "para nós". Como assim? Para a nossa evolução e fortalecimento. É um treinamento para você receber coisas melhores! 

Faça deste limão uma limonada!

2)Tenha a Palavra de Deus como verdade absoluta e pratique-a, sem se importar com a opinião dos outros!

Não se conforme em só ouvir milagres! Lute para vivê-los (Tiago 1: 22 a 25).

Só vive transformação quem muda de atitude e encara o que o escraviza, agindo pela fé em Deus e em seus profetas (2 Crônicas 20: 20 e 2 Crônicas 24: 1 a 25)

3) Faça um compromisso com o seu futuro e abra-se para ser transformado pelo Senhor!

Muitas vezes, não queremos uma mudança radical, porque estamos ligadas, emocionalmente, ao passado. Agimos como a mulher de Ló que, apesar de livre, literalmente, não conseguia se desligar de Sodoma e Gomorra.

Sabe, há perdas necessárias para que o novo de Deus se manifeste. Isso dói, pois, às vezes, nos coloca em situações de perda total... mas é só questão de tempo, para que o plano do Senhor se manifeste! Raabe foi completamente transformada, constituiu uma família e entrou para a genealogia de Jesus!


Pense nisso!

segunda-feira, 14 de junho de 2021

Qual espírito habita em você?


Romanos 8.11: “Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita.”

Muitas vezes, a morte não atinge somente aqueles que partiram, mas também os que ficaram. Existem muitas pessoas que, após uma perda, ficam mortas por dentro. Elas não vivem mais, apenas existem.

Talvez, o seu caso seja diferente. Ninguém morreu, mas você foi magoado profundamente por alguém que sempre teve de você o melhor. Você foi traído, abandonado e esquecido. Com você, só ficou a dor!

Você não tem mais motivações, está deprimido. Não sai mais de casa, porque não consegue nem se levantar. A morte, simplesmente, se alojou em seu corpo, te deixando enfermo.

Hoje, eu quero te perguntar: Qual é o espírito que você quer que habite em você?  O espírito de vida ou o espírito de morte?

Por que estou perguntando? Porque é uma questão de escolha. Todas as pessoas passam por momentos difíceis. Mas cabe a nós escolher a forma como vamos passar por eles. As nossas atitudes vão expor se habita em nós a morte ou a vida!

Mateus 5.45: “... porque Ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos.”

Salmo 34.19: “Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas.”

João 16.33: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.”

Sabe, quando eu era pequena minha avó tinha o costume de dizer: “Fulana tem ‘espírito de porco!’. Ela se referia assim a pessoas que destruíam tudo o que estavam em sua volta. São pessoas que, por onde passam, deixam o ambiente pesado. São pessoas que acham defeito em tudo!

Pessoas assim matam todas as possibilidades de serem amadas! E, mesmo que alguém as ame, não conseguem conviver, porque têm o espírito crítico, odioso, perfeccionista...

Existem pessoas que são tomadas por um espírito de crueldade. Falam mal de todo o mundo, não conseguem se alegrar com nada!

Sabe, eu aprendi que quem determina o clima do nosso dia somos nós. No lado de fora, pode ter pancadas de chuva, mas, dentro de nós, o dia está iluminado e florido. Isso ocorre quando fazemos aliança com a vida, e não com a morte!

Hoje, você vai abrir o seu coração para o Senhor te curar, e essa cura se manifestará em todo o seu corpo!

Se você está doente porque perdeu o emprego... Se você está doente porque alguém te abandou... Se você está doente porque foi traído... entregue estas situações ao Senhor. Não deixe que isso tire de você a alegria de viver. Não deixe que uma fase determine como será o resto da sua vida... Deus tem muito mais para você!

Não se destrua mais! Quebre essa aliança com a morte e venha renascer em Cristo!


“Mas, Bispa, mesmo depois de tudo o que aconteceu comigo?”. Se habitar em você o espírito que ressuscitou Jesus Cristo entre os mortos, nada mais poderá tirar o brilho da sua vida, nada mais poderá afetar a sua saúde, nada mais poderá tiras suas forças, nada mais poderá tirar sua paz e nada mais poderá te afastar do amor de Deus. 

Pense nisso!

domingo, 13 de junho de 2021

Você é mais forte do que pensa!



Daniel 1.6 a 8: “Entre eles, se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias. O chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel, o de Beltessazar; a Hananias, o de Sadraque; a Misael, o de Mesaque; e a Azarias, o de Abede-Nego.

Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se.”

Veio o grande cativeiro, e os príncipes foram arrastados até a Babilônia.  Sabe, queridos, as lutas vêm para desorganizar nossa vida, para nos tirar do eixo. 

Vou citar um exemplo bem simples! O que acontece quando você vai ao mercado sem saber o que tem na despensa da sua casa? Você acaba comprando o que está sobrando e deixa de levar o que você realmente precisava.

Por causa da desorganização, gastamos nossos recursos e nossa energia desnecessariamente. E, ainda por cima, ficamos com um grande prejuízo.

As lutas vêm para que você também deixe de enxergar o Senhor. Do que você mais precisa no meio da luta? De Deus, é claro! A última coisa que você precisa é ficar confuso. A última coisa que você precisa é ficar incrédulo, porque o que vence o mundo é a nossa fé. Só se aproxima de Deus quem tem fé!

Mantenha sua fé, porque as lutas vêm para mudar o seu nome, assim como mudaram o nome de Daniel (para Beltessazar), Hananias (para Sadraque), Misael (para Mesaque) e de Azarias (para Abednego), na Babilônia. 

O inimigo quer mudar o seu nome. Quer que você seja conhecido como endividado, abandonado, azarado, estéril, doente, incapaz...

Em nome de Jesus, você não é nada isso. Você vai se levantar e buscar ao Senhor. Você não vai deixar que esta luta de contamine. Não permita mais que estas lutas te deixarem sem chão.

O que vai prevalecer é o nome que Deus te deu. Você é amado! Tão amado, que Ele entregou Seu único filho para te salvar, te livrar e te fazer viver a diferença!

Sabe, quiseram mudar o nome de Daniel, mas não conseguiram. Ele se manteve firme no propósito de ser aquilo que Deus determinou. Sabe o que quer dizer Daniel? "O Senhor é o meu juiz".

Todos os reis da Babilônia caíram, e Daniel permaneceu. Da mesma forma, esta enfermidade não vai permanecer, esta perseguição não vai permanecer, essa crise financeira não vai permanecer, essa loucura não vai permanecer...

Deus é o seu juiz. Ele vai julgar em seu favor!

Pense nisso!

quinta-feira, 10 de junho de 2021

O que os outros vão falar realmente importa?


O Pensamento do Dia de hoje está em 2 Samuel 6: 12 a 23.

Sabe, eu acredito que grande maioria de nós cresceu ouvindo: “Menina (o), que vergonha! O que vão falar de você?”... “Faça isso e você vai ver o que todo mundo vai falar” ... “Olha o que você está fazendo! Todo mundo está olhando”...

Estas e tantas outras frases que expressam a mesmíssima preocupação acabam por se tornar, muitas vezes, um grande problema em nossa vida. A necessidade de aprovação por parte de outras pessoas nos impede de ter censo crítico próprio, de discernimos qual a opinião que é realmente importante e a quem desejamos, por fim, agradar.

Mical, apesar de ser filha de um rei e de ser a esposa do maior rei que Israel já teve (Davi), por se preocupar tanto com as aparências e o que os outros iriam falar, acabou tendo um fim terrível: perdeu o amor, a atenção e admiração do próprio marido. 

Davi, ao entrar com a Arca de Deus em Jerusalém, a procurou para trazer aquela bênção ao lar deles, mas Mical o desprezou, porque ele estava dançando e, por dar mais valor a opinião dos outros do que a de Deus, morreu estéril.

Aquilo que fez com que Mical desprezasse o rei Davi era tudo o que ela precisava para se a mulher mais feliz da Terra: a bênção de se alegrar por ter de volta a Arca da Aliança, mas não! Ela estava mais preocupada em dar satisfações aos servos, servas e aos nobres da época!

É um absurdo o que a nossa baixa autoestima faz conosco! Simplesmente, ela é quem dita as regras! Ela decide se você vai ou não à determinada festa, se você vai ou não à praia, se você tem bom  desempenho no trabalho ou não... ela até define como serão seus relacionamentos: se serão prazerosos, cheios de insegurança ou infrutíferos, como acabamos de ler!

Quando buscamos, em primeiro lugar, agradar a Deus, ter as reações e atitudes que Ele espera que tenhamos em cada situação, seja esta boa ou ruim, acabamos por ser honrados sempre, ainda que tenhamos por um tempo que enfrentar críticas e comentários.

Se você tem sido assolado por essa necessidade absurda de aprovação dos outros, e isso tem te consumido, o caminho da sua libertação está em Jesus! Busque n´Ele razão para viver! Busque se alegrar o que o agrada, a despeito de comentários e olhares maldosos!

Evite saber ou procurar saber o que estão falando de você. Se, em seu interior, você tem paz em Deus e a sua consciência está tranquila, ainda que por um tempo você venha a sofrer danos com comentários, cheios de inveja, o reconhecimento de Deus virá e Ele mesmo vai te honrar, diante dos homens, assim como está no Salmo 91!


Pense nisso e lembre-se: opiniões alheias não são verdades absolutas! 

quarta-feira, 9 de junho de 2021

Será que eu estou orando do jeito certo?



Tiago 4.2 e 3: “Cobiçais e nada tendes; matais, e invejais, e nada podeis obter; viveis a lutar e a fazer guerras. Nada tendes, porque não pedis; pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres.”

Talvez, ao ler estes dois versículos, você esteja se preguntando: “Como faço para saber se eu estou pedindo da maneira correta?”

Na Bíblia, existem muitas promessas de Deus para as nossas vidas! Por que, em vez de ficar questionando se existe a “fórmula para a oração perfeita”, você não ora para que elas se manifestem em sua vida?

Promessas, querido internauta, são os desejos que o Senhor tem para nós! Se nós buscarmos andar segundo a vontade d´Ele, Ele vai cumpri-las!

Como nós nos relacionamos com nossos filhos? Mostrando que, se eles optarem por trilhar o caminho da honestidade, do trabalho, do esforço, da disciplina..., o destino deles, com certeza, não será a destruição! O Senhor age conosco da mesma maneira, porque Ele é o nosso Pai celestial! Mas as promessas d´Ele só são alcançadas por aqueles que perseveram!

Hebreus 10.38: “... todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma.”

Gálatas 6.9: “E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos.”

Para que você viva o que Ele prometeu, é necessário vencer e superar seus questionamentos, suas frustrações, seus medos, sua ansiedade, sua rebeldia, sua prepotência, sua autossuficiência... É necessário reaprender! É necessário buscar ser e agir de acordo com a Palavra que você quer viver!

Para te inspirar e te motivar, eu separei um tempinho para compartilhar com vocês algumas das promessas que o Senhor nos deixou:

Salmos 144.12: “Que nossos filhos sejam, na sua mocidade, como plantas viçosas, e nossas filhas, como pedras angulares, lavradas como colunas de palácio...”

Não é este o desejo que você tem para os seus filhos? Então, ore: “Senhor, ensina-me a trilhar o caminho que pode me levar a viver essa promessa!”.

Salmos 144.13: “...que transbordem os nossos celeiros, atulhados de toda sorte de provisões; que os nossos rebanhos produzam a milhares e a dezenas de milhares, em nossos campos...”

Quem não quer isso? Ainda mais para repartir com quem precisa! Então, ore para que essa promessa se manifeste... Ore para que Deus abra uma porta de honra! Ore para que você consiga desfrutar do fruto do seu trabalho!

Salmos 144.14 e 15: “...que as nossas vacas andem pejadas, não lhes haja rotura, nem mau sucesso. Não haja gritos de lamento em nossas praças.”

Ore para que a crise não alcance sua família! Ore para que sua casa seja um ambiente de paz!

Para finalizar, o Salmista afirma:

Salmos 144.15 Bem-aventurado o povo a quem assim sucede! Sim, bem-aventurado é o povo cujo Deus é o SENHOR!”

Sabe o que podemos concluir? Que, quando deixamos que Deus dirija nossas vidas, quando nós pedimos segundo a vontade d´Ele e quando o buscamos sem limites, vivemos o que jamais pedidos, pensamos ou imaginamos! Este é o jeito certo de pedir!

1 Coríntios 2.9: “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.”

Pense nisso!

terça-feira, 8 de junho de 2021

Pior do que cair é ficar prostrado


Salmo 145.14 a 21: “O Senhor sustém os que vacilam e apruma todos os prostrados. Em ti esperam os olhos de todos, e tu, a seu tempo, lhes dás o alimento. Abres a mão e satisfazes de benevolência a todo vivente. 

Justo é o Senhor em todos os seus caminhos, benigno em todas as suas obras. Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade. Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva. 

O Senhor guarda a todos os que o amam; porém os ímpios serão exterminados. Profira a minha boca louvores ao Senhor, e toda carne louve o seu santo nome, para todo o sempre.”

Sabe, queridos, eu costumo dizer que pior do que cair é ficar prostrado. Pior do que errar é se conformar e ainda se condenar ao pior!

Talvez, você tenha feito diversas tentativas e chegou à conclusão de que é melhor desistir de tudo, inclusive de você mesmo!

Não entregue os pontos!

Em primeiro lugar, quem vai te reerguer é o Senhor. Então, não tente fazer o trabalho d’Ele! Abra-se para que Deus se manifeste. Você lembra do primeiro milagre que Jesus realizou? Foi em uma festa de casamento! Sabe o que faltava naquele casamento?

Com certeza, não faltou Jesus, porque Ele esteva entre os convidados! Na verdade, faltava eles se abrirem para que Cristo fosse o Senhor daquele casamento e Senhor daquela situação!

Sabe por que você caiu e não consegue se levantar? Porque você tem lutado com sua própria força. Nós temos ministrado todos os dias sobre o poder de um voto, sobre o poder de um jejum, sobre o poder da oração... A hora que você se esforçar e se valer também de uma arma espiritual, você será completamente fortalecido!

Deus é quem vai te levantar! Deus é quem vai te reerguer! Ele é quem vai te ensinar a estar de pé e a não cair mais nessa cilada do inferno! Ele é quem vai transformar essa fraqueza em honra!

Em nome de Jesus, você não pode ficar nesta situação de calamidade! Você vai contribuir para o plano de Deus e vai se santificar. Nisso, você começará a fortalecer seus elos!

O primeiro passo para a santificação é confessar o seu pecado e se arrepender de verdade! Enquanto você se preocupa somente em ficar se justificando, você não encontrará um caminho de arrependimento! Quando você assume os seus erros e se dispõe a mudar, Deus te honra!

Não enfrente essa barra sozinho! Não lute sozinho! Esteja na igreja, porque as portas do inferno não prevalecem contra ela.

Faça votos no altar que te façam ser lembrado diante do Senhor!

No Salmo que lemos no começo do nosso estudo, está escrito que perto está o Senhor de todos os que o invocam em espírito e em verdade! Essa verdade precisa estar presente nos nossos pensamentos, nos nossos sentimentos, nas nossas palavras e nas nossas atitudes.

Comece a andar pelo que você crê, não pelo que você sente, porque essa fé vence o mundo! 

Pense nisso!

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Como ter paz em tempos de guerra?


2 Reis 6.15 a 20: “Tendo-se levantado muito cedo o moço do homem de Deus e saído, eis que tropas, cavalos e carros haviam cercado a cidade; então, o seu moço lhe disse: Ai! Meu senhor! Que faremos? Ele respondeu: Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles. Orou Eliseu e disse: SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos para que veja.

O SENHOR abriu os olhos do moço, e ele viu que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu. E, como desceram contra ele, orou Eliseu ao SENHOR e disse: Fere, peço-te, esta gente de cegueira. Feriu-a de cegueira, conforme a palavra de Eliseu. Então, Eliseu lhes disse: Não é este o caminho, nem esta a cidade; segui-me, e guiar-vos-ei ao homem que buscais.

E os guiou a Samaria. Tendo eles chegado a Samaria, disse Eliseu: Ó SENHOR, abre os olhos destes homens para que vejam. Abriu-lhes o SENHOR os olhos, e viram; e eis que estavam no meio de Samaria.”

O rei da Síria resolveu fazer guerra contra Israel. Tudo aquilo que ele planejava, o Senhor revelava ao profeta Eliseu, que, por sua vez, dava as devidas orientações ao rei de Israel.

O rei da Síria ficou enfurecido e começou a desconfiar da existência de um traidor. Os generais garantiram que não havia nenhum homem que tivesse coragem de traí-lo e explicou a verdadeira estratégia do povo inimigo.

Ao saber da existência do profeta Eliseu, o rei convocou um exército e pediu sua cabeça.

O primeiro passo foi cercar o monte em que Eliseu morava. O segundo foi vasculhar todas as casas da região. 

Ao ver aquele cenário pré-guerra, o ajudante de Eliseu ficou desesperado.

Eliseu, com toda a calma do mundo, disse: “Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles!”.

Eliseu pediu a Deus para que visão de seu ajudante fosse aberta! Depois disso, aquele homem passou a enxergar o mundo espiritual e viu que, entre o exército da Síria e eles, havia um exército de anjos, cavalos e carros de fogo, para defendê-los.

O profeta, então, orou e disse: “Fere, peço-te, esta gente de cegueira!”. E o Senhor o atendeu!

Eliseu, então, conduziu o exército inimigo ao centro da cidade, alegando que os levaria para o encontro do homem que eles tanto procuravam.

Depois de conduzi-los ao ponto estratégico, Eliseu pediu a Deus para que os olhos daqueles homens assassinos fossem abertos. O Senhor, mais uma vez, o atendeu. De repente, eles se depararam com o exército de Israel, que estava de prontidão.

O rei de Israel quis aproveitar a oportunidade para aniquilá- los, mas o profeta o repreendeu, dizendo: “Você vai fazer isso com quem o teu braço tiver alcançado. Você alimentará estes homens, e, antes de dispensá-los, você vai dizer: ‘Eu podia tê-los matado, mas Deus foi misericordioso com vocês!’”.

Sabe o que aconteceu depois? Enquanto Eliseu viveu, não houve mais guerra entre a Síria e Israel. O povo, finalmente, viveu um tempo de paz!

Sabe, queridos, nós estamos vivendo dias tão difíceis. Dias em que a gente se vê cercado de atrocidades! São más notícias para todos os lados. 

Parece que os valores bons ficaram perdidos no meio do caminho. Ninguém mais se respeita, ninguém mais se tolera! Nas redes sociais, então, a gente vê cada crueldade. Fica nítido o desejo que algumas pessoas têm de destruírem as outras! É um absurdo!

Vimos isso até entre pessoas cristãs! Muitas, inclusive, falando mal de alguém que já as abençoou. No primeiro erro, vem a enxurrada de críticas e indiretas! As pessoas se valem mais dos erros do que dos acertos! E você, ao ver toda esta loucura, fica aterrorizado, pois tem medo de ser o próximo alvo.

Sabe, o Senhor cuida de cada um de nós! Ele dá ordem aos seus anjos ao nosso respeito, para que nos guarde em todo o caminho. É o que está escrito no Salmo 91. Tire o dia para meditar nele!

Se você está só enxergando um cenário de guerra, tenho alguns conselhos:

1º) Desenvolva um relacionamento mais profundo com o Senhor

As escamas do medo e das más notícias vão cair dos seus olhos. Você vai começar a enxergar que a misericórdia de Deus é maior na sua vida e poderosa para te dar livramentos sobrenaturais.

2º) Peça a Deus estratégias!

Em vez de sair brigando com todo mundo, em vez de se destruir, busque ao Senhor! A solução vem do autor e consumador da nossa fé!

3º) Aquiete seu coração!

Tudo depende de como você enxerga as situações. Se você enxergar pela fé, debaixo de uma autoridade espiritual que orou por você em santidade, o mal que veio se transformará em bem! Deus transforma maldição em bênção.

 Lembre-se de que sua vida está nas mãos do Senhor, e só acontecerá o que Ele permitir!

domingo, 6 de junho de 2021

Deus não é o problema, é a solução


Provérbios 3: 5 a 8 “Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal; será isto saúde para o teu corpo e refrigério, para os teus ossos.”

Daniel era um homem que tinha todos os motivos para não caminhar mais com Deus! Ele era um príncipe e, de repente, foi reduzido à condição de escravo. Foi tirado de sua casa e, durante dois meses, foi arrastado até a Babilônia.

Chegando lá, para servir no palácio do rei, foi mutilado em seu corpo! Todos seus sonhos e projetos de vida desmoronaram diante dos seus olhos. Que futuro teria um escravo estrangeiro? Que futuro teria um homem cujo órgão reprodutor foi decepado?

Mas Daniel, em nenhum momento, considerou Deus o causador do seu mal! Pelo contrário, ele viu no Senhor a solução de todos os problemas.

Sabe, meu pai é advogado, e ele me ensinou que cada um interpreta a lei de uma forma diferente, ou seja, uma lei pode, ao mesmo tempo, absolver e condenar alguém!

Na passagem que nós acabamos de ler, está escrito: Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento!. O que isso quer dizer? Que, muitas vezes, somos enganados por nossas próprias deduções. Às vezes, caminhar de acordo com o que você interpreta pode ser um péssimo negócio, porque você pode estar entendendo tudo errado!

Você acaba interpretando as situações da maneira que o inferno quer que você interprete! Por isso, existem tantas pessoas machucadas e assoladas fora da igreja e culpando a Deus! Chegou a hora de dar um basta nesta situação!

Chega de fazer de Deus o culpado! Comece a fazer d’Ele sua solução! Foi isso que Daniel fez! Ele não culpou Deus, porque teve que deixar sua casa, porque sua família foi destruída, porque seu povo foi assolado...

Ele não culpou Deus por ter sido arrastado até a Babilônia! Ou você acha que ele foi a cavalo? Não! Foi acorrentado como um prisioneiro!

No versículo 6, do terceiro capítulo de Provérbios, está escrito: Reconheça a Deus em todos os seus caminhos.

Esse, justamente, foi o segredo de Daniel!

Hoje, você vai começar a se posicionar como ele. Comece orando: “Deus, eu acho que o Senhor não está comigo, mas, se o Senhor estiver, ajude-me a enxergá-Lo!”.

Você vai ver que, apesar das dificuldades da vida, Deus tem te acompanhado! Se você não enxerga nada, pelo menos, enxergue Deus! Ele está, através deste texto, falando: “Você pode estar machucado, abandonado, com a saúde comprometida, mas Eu estou contigo! Se você Me invocar, Eu te responderei!”.

Daniel pensou dessa forma e ainda jejuou! Entregou uma oferta! O que ele tinha para entregar? Os banquetes do rei! Deus deu graça a ele. Em dez dias, ele já estava melhor que os outros príncipes.

Faça o mesmo! Não se conforme em estar nessa situação que você está! Não se conforme em ser essa pessoa cheia de ódio! Mas levante-se e busque ao Senhor! Volte! Deus é a solução! Ele enviou Jesus para nos salvar! Salvar de quê? Dos nossos sentimentos, pensamentos e deduções!

No versículo 7, das passagem que eu citei acima, está escrito: Não seja sábio aos seus próprios olhos!  Você está distante de Deus e ainda acha que está certo? Para onde este caminho está te levando? Volte!

Deus te dará o mesmo que deu para Daniel: luz, inteligência e excelente sabedoria!

Seja o tempo bom ou ruim, favorável ou desfavorável, Deus vai te honrar, porque Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente!

Pense nisso!

quinta-feira, 3 de junho de 2021

Alegria de viver!


Mateus 10. 28 a 32: “Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma quanto o corpo. 

Não se vendem dois pardais por um asse? E nenhum deles cairá em terra, sem o consentimento do vosso Pai. E, quanto a vós outros, até os cabelos todos da cabeça estão contados. 

Não temais, pois! Bem mais valeis vós do que muitos pardais. Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também ei o confessarei diante do meu Pai, que está nos céus.”.

Sabe, o peso da tristeza e das ameaças é uma das formas que o inimigo usa para levar as pessoas ao desespero. Quando eu falo desespero, eu falo sobre perder o controle emocional e ser controlado pelos problemas! Parece que as situações ao nosso redor são como “deuses” em nossas vidas! São capazes de mudar nosso comportamento, nossas atitudes, dominam nossos pensamentos, moldam o nosso humor e abalam nossa fé!

É como se nós estivéssemos em uma guerra sem fronteiras, sem vencedores e sem fim! Uma vida sem paz e sem equilíbrio, porque quando uma área vai bem a outra está despencando. Perdemos sono, dinheiro, tempo e, em casos mais extremos, quem mais amamos.

Pode ser uma humilhação na família, uma ordem de despejo, uma ameaça de demissão, um diagnóstico desastroso... em fim, aquelas situações que nos deixam desnorteados, sem esperanças e sem perspectivas de futuro!

Mas, hoje, eu tenho uma boa notícia para você: se o inferno tem suas armas, seus enviados e suas estratégias, nós temos, ao nosso lado, Jesus Cristo. Ele veio para salvar a humanidade, através do seu sacrifício na cruz e deixou o Espírito Santo em nós, para nos consolar, nos direcionar e nos convencer do pecado, da justiça e do juízo!

Por mais incrível que pareça, a arma que Deus nos dá para vencer o desespero é consequência do Espírito Santo em nós, a alegria!

A alegria que vem da fé em Jesus, de saber que até os fios de nossa cabeça estão contados e que só vai acontecer o que o Senhor permitir.

A alegria de ter um Deus que é socorro bem presente na hora da angústia, como está em Salmo 46.1 “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações.”.

A alegria de ter a convicção, a certeza que é fruto da fé na Palavra de Deus, assim como está em 1 João 4.4: “Maior é aquele que está em nós do que aquele que está no mundo.”.

A alegria que vem com a certeza que a Palavra de Deus nos dá através de Salmo 37.5 “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n´Ele e o mais Ele fará.”.

Agora, mude sua disposição interior! Você não está “largado” no mundo! Refugie-se em Deus, na sua Palavra, busque-o em oração, abrindo seu coração, procure estar o maior tempo possível na igreja, ouvindo a Palavra de Deus.

Quero finalizar o estudo de hoje, com dois versículos:

Lucas 1.37: “Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas!”

Salmo 34.6: “Clamou este aflito e o Senhor o ouviu e o livrou de todas as suas tribulações.”


Só é possível ter paz, em dias de guerra, quando entendemos que o nosso general é Cristo! Maior do que as dívidas, do que as confusões na sua casa, do que uma perseguição no trabalho, do que uma enfermidade, do que a morte... é aquele que está em você! 

Pense nisso!