Páginas

terça-feira, 29 de dezembro de 2020

Será no tempo e do jeito d'Ele



João 12.9 a 11: “Soube numerosa multidão dos judeus que Jesus estava ali, e lá foram não só por causa dele, mas também para verem Lázaro, a quem ele ressuscitara dentre os mortos. Mas os principais sacerdotes resolveram matar também Lázaro; porque muitos dos judeus, por causa dele, voltavam crendo em Jesus.”

Lázaro era um homem íntegro e de bom coração, pois sempre hospedava Jesus e sua comitiva durante suas viagens a Jerusalém. Cristo o considerava um grande amigo.

Como as Escrituras Sagradas nos mostram, ele adoeceu e morreu.

João 11.1 a 26: “Estava enfermo Lázaro, de Betânia, da aldeia de Maria e de sua irmã Marta. Esta Maria, cujo irmão Lázaro estava enfermo, era a mesma que ungiu com bálsamo o Senhor e lhe enxugou os pés com os seus cabelos. Mandaram, pois, as irmãs de Lázaro dizer a Jesus: Senhor, está enfermo aquele a quem amas. Ao receber a notícia, disse Jesus: Esta enfermidade não é para morte, e sim para a glória de Deus, a fim de que o Filho de Deus seja por ela glorificado.

Ora, amava Jesus a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro. Quando, pois, soube que Lázaro estava doente, ainda se demorou dois dias no lugar onde estava. Depois, disse aos seus discípulos: Vamos outra vez para a Judéia. Disseram-lhe os discípulos: Mestre, ainda agora os judeus procuravam apedrejar-te, e voltas para lá? Respondeu Jesus: Não são doze as horas do dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo; mas, se andar de noite, tropeça, porque nele não há luz.

Isto dizia e depois lhes acrescentou: Nosso amigo Lázaro adormeceu, mas vou para despertá-lo. Disseram-lhe, pois, os discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo. Jesus, porém, falara com respeito à morte de Lázaro; mas eles supunham que tivesse falado do repouso do sono. Então, Jesus lhes disse claramente: Lázaro morreu; e por vossa causa me alegro de que lá não estivesse, para que possais crer; mas vamos ter com ele.

Então, Tomé, chamado Dídimo, disse aos condiscípulos: Vamos também nós para morrermos com ele. Chegando Jesus, encontrou Lázaro já sepultado, havia quatro dias. Ora, Betânia estava cerca de quinze estádios perto de Jerusalém. Muitos dentre os judeus tinham vindo ter com Marta e Maria, para as consolar a respeito de seu irmão. Marta, quando soube que vinha Jesus, saiu ao seu encontro; Maria, porém, ficou sentada em casa.

Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se estiveras aqui, não teria morrido meu irmão. Mas também sei que, mesmo agora, tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá. Declarou-lhe Jesus: Teu irmão há de ressurgir. Eu sei, replicou Marta, que ele há de ressurgir na ressurreição, no último dia. Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente. Crês isto?”

Como algo ruim pode contribuir para a glória de Deus? Você pode se perguntar isso todos os dias! Mas existe somente uma resposta: Os caminhos do Senhor são mais altos que os nossos!

Lázaro estava morto há quatro dias. Marta, ao ver Jesus, em vez de se alegrar, ficou indignada: “O Senhor poderia ter evitado esta grande dor, mas não evitou”.

Jesus não chegou a tempo de propósito? Jesus deixou Lázaro morrer de propósito? Jesus os deixou sofrer de propósito? Não... Mas com um propósito!

Romanos 8.28: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”

Aquela morte era necessária para que um novo homem nascesse! Depois de sair daquela sepultura, Lázaro foi desatado e nunca mais foi o mesmo!

Você está aqui, porque o Senhor quer ter libertar de todas as amarras espirituais e emocionais que têm te impedido de avançar!

Hoje, eu vou citar algumas:

1- Vaidade

Marta estava aprisionada em suas vaidades, em sua arrogância, em sua necessidade de dar explicações. Em vez de se abrir para ser consolada, de buscar uma solução, ela tira satisfações com Jesus!

“Quando souberem o que aconteceu comigo...”. Muitas vezes, ficamos mais preocupados com a opinião dos outros, com o nosso orgulho, com o nosso ego, do que em viver uma verdadeira transformação!

Ficar revoltado e desesperado não resolve! Se Deus permitiu que você passasse por esta situação, tenha paz, porque tudo isso vai cooperar para o seu bem!

Mateus 6.10: “Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu...”.

Será tudo no tempo e do jeito d’Ele, a sua parte é confiar! A sua parte é fazer desta oração a sua verdade!

2- Frustração

Maria, a outra irmã de Lázaro, veio com o mesmo discurso, mas em um tom de decepção, porque suas expectativas foram frustradas.

Mesmo com dor, ela humilhou-se na presença de Jesus e o adorou. Assim, ela encontrou consolo e solução.

João 11.32 e 33: “Quando Maria chegou ao lugar onde estava Jesus, ao vê-lo, lançou-se-lhe aos pés, dizendo: Senhor, se estiveras aqui, meu irmão não teria morrido.  Jesus, vendo-a chorar, e bem assim os judeus que a acompanhavam, agitou-se no espírito e comoveu-se.”

Muitas vezes, ficamos aprisionados em nossos erros, pois não nos sentimos merecedores das promessas e das bênçãos do Senhor.

Salmos 103.12: “Quanto dista o Oriente do Ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões.”

Nós vencemos a frustração quando nos abrimos para o cumprimento dos propósitos de Deus, independente do nosso passado!

Tiago 1.2 e 3: “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança.”

3- As opiniões contrárias

João 11.39 e 40: “Então, ordenou Jesus: Tirai a pedra. Disse-lhe Marta, irmã do morto: Senhor, já cheira mal, porque já é de quatro dias. Respondeu-lhe Jesus: Não te disse eu que, se creres, verás a glória de Deus?”

O que falam de você expõe somente o que há no coração de quem fala. A última palavra é a do Senhor!

Depois daquele milagre, Lázaro não era mais somente um amigo de Jesus, mas uma pregação viva!

Se você está vivendo o seu maior pesadelo, prepare-se para viver o seu maior sonho!

Persevere, porque a fé vence o mundo! Sua esperança no Senhor jamais será frustrada!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Ressurreição para uma nova vida!



Ressurreição é a morte e o surgimento de uma nova vida. Ou seja, o que havíamos vivido até então ficou definitivamente para trás... Simplesmente, não existe mais!

Essa nova vida que recebemos em Jesus requer novos pensamentos, sentimentos e reações! Se a quisermos, não podemos mais ser os mesmos! Não podemos mais querer voltar para um passado que não tem futuro!

Filipenses 3.13 e 14:  “Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

Para ressuscitarmos, muitas vezes, precisamos enterrar nossos planos! Esta em nós o poder de escolha: ressuscitar para uma vida medíocre, carregada de ressentimentos ou para uma vida melhor! Só vive uma nova vida quem sai definitivamente do ambiente de morte!

Paulo tinha outro nome – Saulo –, era respeitado, bem relacionado, tinha projeção social, era desenvolvido intelectualmente, foi um grande estudante da lei... Mas, assim como muitos de nós, não sabia que precisava ressuscitar, que precisava de libertação.

Naquela época, existiam homens que não tiveram a mesma formação intelectual e que, diferente dele, tiveram experiências profundas e pregavam com liberdade e sabedoria, como Estêvão, por exemplo. Saulo, em sua ignorância, ordenou seu apedrejamento.

Durante sua viagem em direção a Damasco, ele foi surpreendido por uma luz e pela voz de Jesus Cristo. Depois daquela experiência, ficou cego!

Durante três dias, ele entrou em contato com a escuridão que havia dentro de si, com o ambiente de morte que ele gerou! Ele percebeu que sua religião o tornou uma pessoa sanguinária e cruel! Naquele momento, entrou em contato com suas verdades e percebeu que suas percepções e sentimentos estavam distorcidos!

Após receber a palavra de um profeta, seus olhos se abriram. A palavra profética nos direciona. Saulo, até então, achava que a solução estava em suas próprias mãos.

Saulo se tornou Paulo – de perseguidor para seguidor de Cristo – quando teve uma experiência transformadora, quando ressuscitou para uma nova vida! Ele nunca mais foi o mesmo.

Esse mesmo homem que respirava ameaças e morte escreveu 1 Coríntios 13! Ele definiu o amor como ninguém, sabe por quê? Porque ele foi transformado pelo amor de Deus! Em vez de matar, passou a salvar! Ele morreu e ressuscitou para uma nova vida!

Para vivermos uma nova vida, precisamos, assim como Paulo, renascer verdadeiramente em Cristo e para Cristo, sabendo que isso é muito mais do que simplesmente acreditar que Deus existe!

Mas, para isso, é necessário ser cheia do Espírito Santo, ter a mente transformada e entregar nossas vidas nas mãos do Senhor!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Jesus, o verdadeiro sentido do Natal


Isaías 9.1 a 7: “Mas para a terra que estava aflita não continuará a obscuridade. Deus, nos primeiros tempos, tornou desprezível a terra de Zebulom e a terra de Naftali; mas, nos últimos, tornará glorioso o caminho do mar, além do Jordão, Galiléia dos gentios.

O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz. Tens multiplicado este povo, a alegria lhe aumentaste; alegram-se eles diante de ti, como se alegram na ceifa e como exultam quando repartem os despojos.

Porque tu quebraste o jugo que pesava sobre eles, a vara que lhes feria os ombros e o cetro do seu opressor, como no dia dos midianitas; porque toda bota com que anda o guerreiro no tumulto da batalha e toda veste revolvida em sangue serão queimadas, servirão de pasto ao fogo.

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz; para que se aumente o seu governo, e venha paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, para o estabelecer e o firmar mediante o juízo e a justiça, desde agora e para sempre. O zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto.”

No capítulo 9, Isaías – um dos maiores profetas messiânicos – fala sobre uma situação de obscuridade. Os habitantes da região da Galileia, além do Jordão, foram oprimidos pelos midianitas. Eles estavam em uma situação deplorável, de escassez e sem esperança.

Assim, muitas vezes, é o nosso estado, não físico, mas espiritual. Muitas vezes, nos encontramos em um estado de dor, de tristeza, de destruição e de instabilidade interior. Estado em que nos sentimos desprezados, assim como Jesus Cristo na cruz do Calvário, onde Ele foi humilhado e agredido.

Os moradores daquela região estavam passando por uma situação, humanamente, irreversível, mas uma palavra profética foi liberada: “Haverá solução!”.

Por isso, hoje, você receberá luz! Uma luz transformadora! Uma luz que vai brilhar na sua vida, na sua casa, no seu trabalho... Uma luz que dará fim às trevas.

O abandono não existirá mais, porque o Messias te agasalhará e te levará para um novo tempo.

O jugo opressor, o que tem te massacrado, o que tem te colocado em uma cama de depressão, as palavras que te desestabilizaram e a rejeição não farão mais parte da sua vida. Não passarão de meras lembranças. Existe uma palavra liberada: “A luz vai ofuscar estas trevas!”.

Isso significa que, neste Natal, Jesus Cristo quebrará da sua vida tudo o que te impedia de ir além e vai iluminar os seus caminhos.

Isaías anunciou: “Um menino nos nasceu, um filho se vos deu!”. É o menino Jesus! Aquele que, no Natal, traz um significado para nossas vidas maior do que presentes e ceias fartas! O Natal é o nascimento de Jesus Cristo dentro de nós, porque, em Mateus 28, Ele disse: “Eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.”.

E o profeta messiânico continua: “E o Seu nome é Conselheiro!”. Ele vai te aconselhar e te conduzir ao caminho do amor e da vida!

“O nome d´Ele é Deus forte!”. É o Deus forte que está em 1 João 4.4: “...maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo. ”. É o Deus forte que está em Hebreus 13.8: “Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre.”. É o Deus forte que está em 2 Crônicas 32.8: “Com ele está o braço de carne, mas conosco, o Senhor, nosso Deus, para nos ajudar e para guerrear nossas guerras...”.

Ele é indestrutível, inabalável e imutável. É o nosso fundamento e a nossa sustentação. Aquele que n´Ele crê jamais será abalado.

“O nome d´Ele é Pai da Eternidade!”. O Natal é a esperança da salvação eterna. É saber que o morrer é ganho, e que o viver é Cristo. Natal é saber que Ele nasceu, morreu e, ao terceiro dia, ressuscitou. Hoje, o nome d´Ele está acima de todo o nome. Ele virá com poder e grande glória. Quando este dia chegar, todos os olhos verão e todas as línguas confessarão que Ele é o Senhor.

“Ele é o Príncipe da Paz!”. Ele tem para nós a paz que excede todo o entendimento. Ele tem paz em dias de angústia,  paz em dia de escassez, paz em dias de enfermidade, paz em dias de crise, paz em dias de guerra, paz em todo o tempo...

Este e todos os Natais são de Cristo! Que o aniversariante possa nascer e habitar dentro do seu coração.

Que a luz de Jesus Cristo brilhe na sua casa e te conduza em todos os seus caminhos! Ele é o plano perfeito! Pense nisso!

Feliz Natal!

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Jesus, o nosso bom samaritano


Hoje, nós vamos meditar em uma das parábolas mais conhecidas entre os cristãos.

O que são Parábolas? São histórias que Jesus contava aos seus discípulos e seguidores para ajudá-los a compreender o Reino de Deus, seus valores e a importância da meditação na Palavra de Deus, através de situações do cotidiano, ou hipotéticas.

Vamos à nossa leitura?

Lucas 10.26 a 37 “Então, Jesus lhe perguntou: Que está escrito na Lei? Como interpretas? A isto ele (interprete da lei) respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.  Então, Jesus lhe disse: Respondeste corretamente; faze isto e viverás. Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: Quem é o meu próximo?

Jesus prosseguiu, dizendo: Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e veio a cair em mãos de salteadores, os quais, depois de tudo lhe roubarem e lhe causarem muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semimorto. Casualmente, descia um sacerdote por aquele mesmo caminho e, vendo-o, passou de largo.  Semelhantemente, um levita descia por aquele lugar e, vendo-o, também passou de largo.

Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou-lhe perto e, vendo-o, compadeceu-se dele. E, chegando-se, pensou-lhe os ferimentos, aplicando-lhes óleo e vinho; e, colocando-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e tratou dele. No dia seguinte, tirou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: Cuida deste homem, e, se alguma coisa gastares a mais, eu to indenizarei quando voltar.

Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores? Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo.”

Na figura do bom samaritano, nós vemos que, muitas vezes, o nosso socorro não vem daqueles que têm uma formação técnica ou, até mesmo, teológica, mas vem daqueles que são transformados pelo Espírito Santo de Deus.

Também podemos perceber que o nosso socorro vem do Senhor Jesus. Ele é o nosso bom samaritano. Ele pagou um preço alto por nossas vidas e, ainda, deixou o Espírito Santo para que nós pudéssemos ser completamente restaurados e restituídos.

Ele nos livrou dos salteadores, curou nossas feridas, nos acolheu e nos deu uma nova perspectiva de futuro.

Como eu escrevi no início do post, essa parábola é muito conhecida entre os cristãos, mas decorá-la pode, no máximo, te tornar aquele sacerdote. Ela não pode ser apenas decorada, ela precisa ser uma verdade em sua vida. Aquele bom samaritano não tinha tanto conhecimento como os outros homens, mas ele fez a verdadeira pregação do evangelho!

Medite nesta Palavra! Eu tenho certeza de que ela vai trazer muitos outros ensinamentos preciosos, principalmente, sobre compaixão e misericórdia! O Natal é um bom começo para você exercitar estes princípios.

Pense nisso!

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Andando em aliança: é melhor serem dois do que um!


Eclesiastes 5.9 e 10: "Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante."

Existem pessoas que não sabem andar em grupo! Ninguém consegue prevalecer, estando sozinho! Por mais resistente que seja, sempre dois serão mais fortes que um! Por isso, nós sempre falamos da força do Corpo de Cristo!

Existem pessoas que são extremamente egoístas, inseguras e acabam ferindo outras, por medo de perder suas posições!

Vou dar uma dica: Não se compare com ninguém! Cada um tem uma missão na terra! Existem promessas de Deus para todo mundo! Na teoria, você diz: "Amém!", mas, na prática, é outra história... Vou citar alguns exemplos...

Existem meninas que brigam por causa do mesmo garoto! O mais impressionante é que todas elas receberam um sinal de Deus de que ele é o escolhido. Mas será que esta resposta veio do Senhor mesmo? Porque pode ser uma infinidade de situações que acabam iludindo. Elas confundem a voz de Deus com uma carência, com uma expectativa, com uma atitude, com um ato de gentileza, com uma postura... Pequenas coisas que as deixam obcecadas, a tal ponto de dizerem: "Bispa, se não for aquele, não será mais ninguém!".

Existem pessoas que são centralizadoras no trabalho. Não delegam tarefas, não dividem informações e ficam tão acumuladas, que precisam levar o serviço para casa! Ficar doente? Nem pensar!

O teu desejo de aparecer, de mostrar que você é o melhor só te torna alguém limitado! O grande ensina, treina e, por consequência, tem mais tempo para desenvolver outras aptidões.

Se você não souber lidar com todo o tipo de gente, sabe quando você será um bom gerente? Nunca! Porque você vai ter uma equipe despreparada, vai ficar atolado de trabalho, enquanto os outros não fazem nada e, ainda, vai ser o primeiro a levar bronca!

Será que na sua casa não é assim? Você se mata, enquanto seus filhos ficam de pernas pro ar! Você cuida mais da casa do que de você mesma! A raiz do seu cabelo já está escura, suas unhas estão descascadas...

Não custa nada seu filho arrumar a cama, guardar as roupas, lavar a louça, manter o ambiente limpo, guardar o que usou... Mas, não! Você é tão controladora, que prefere fazer tudo sozinha! Pare e pense: Não é melhor ensinar seus filhos e ainda ter um tempo com eles? É muito fácil aliar organização à diversão! Mesmo que eles façam o básico do básico, tudo fica mais leve!

Eu conheço mulheres que contratam faxineiras, mas, em vez de deixá-las fazendo o serviço, querem mostrar que limpam a casa muito melhor do que elas!

Será que não está na hora de mudar? Sinceramente, você é uma pessoa feliz? Não tem como ser feliz vivendo a vida dos outros, sendo escravo do que os outros pensam e, ainda, ser uma pessoa solitária.  Seja livre, em Jesus!

Aprenda a andar em comunhão! É melhor serem dois do que um! Este é um segredo que faz a diferença em todas as áreas da sua vida!

Dividindo, compartilhando, delegando, repartindo, você será uma pessoa mais completa e muito mais feliz!


Pense nisso!

terça-feira, 17 de novembro de 2020

Fugir? Pra onde?


Salmo 46.1 a 3: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. 

Portanto, não temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares; ainda que as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam”.

Querido, onde você tem se escondido? Tem muitas pessoas que começam a ficar ansiosas e acabam extrapolando! Olha, 90% dos casos de obesidade ocorrem por causa da ansiedade.

Sabe por que isso acontece?  Porque essas pessoas não têm para onde fugir! Não têm um refugio, então, começam a comer, comer, comer… Sem ao menos sentir o sabor. É um ciclo vicioso, porque se esquecem que comeram e voltam a comer de novo!  Como se aquilo fosse resolver os problemas.

Em alguns casos, o sofrimento é tanto, que há uma busca por algum tipo de compensação, ou algum tipo de prazer imediato. Algo que acalme a tribulação de seu coração, o nervosismo, a falta de segurança e a incapacidade de enxergar o futuro!

Quando você tem um refugio, em vez de se jogar na depressão, ou comer desenfreadamente, você vive o domínio próprio, que faz parte do fruto do Espírito Santo.

Tem gente que tranca a boca e vai secando… secando… secando, porque não sabe encarar mudanças. Às vezes, nem é algo ruim, é, simplesmente, algo novo em sua rotina. Pode ser um emprego novo, uma casa nova, ou sua empresa se fundiu com outra, testes, auditorias, ou o feriado está chegando e você não sabe o que fazer com os filhos… Algo novo ou diferente aparece e você fica se torturando de tanta ansiedade.

Hoje, você vai parar de se destruir e vai buscar, em Deus, o seu refúgio! 

Você sabia que o Senhor ordena sobre nós a sua bênção todos os dias? Sabia que o Espírito do Santo é conselheiro? Nos Sete Espíritos de Deus, há o Espírito de Conselho!

Hoje, quero te ensinar alguns passos para você vencer essa inquietação:

1) Lance sobre o Senhor toda a tua ansiedade
          
1 Pedro 5.7: “lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.”

Sabe como você vai fazer isso? Orando: “Senhor, estou nervoso, estou agitado, porque estou em uma fase de mudança. Porque eu estou vendo todas as coisas irem embora! Porque eu estou sentindo que eu estou envelhecendo e eu não tenho forças para realizar! Eu não tenho mais a mesma vitalidade! Eu não tenho mais a mesma força! Eu não tenho mais o mesmo pique, mas eu quero lançar estas situações que têm me amedrontado e deposito, em Ti, a minha confiança!”.

Continue orando: “Eu não sei, me ajuda! Eu não estou sabendo viver! Eu estou me descontrolando! Estou prejudicando o meu próprio corpo! Eu não sei viver esta situação!”

Pode ser ridículo para todo mundo! Mas isso vai trazer libertação e paz!

2) Coloque diante de Deus também o que te dá medo, porque Deus é amor, e o amor lança fora todo o medo.

Clame: “Senhor, eu tenho medo…Eu tenho medo de falhar!….Eu tenho medo de machucar as pessoas!… Eu tenho medo de decepcionar quem depende de mim!…. Eu tenho medo de perder a minha família!… De perder o meu marido!… Eu tenho medo de não casar!… Eu tenho medo de não conseguir pagar as contas!… Eu tenho medo de ser despejado!… Eu tenho medo de ser mandado embora!… Eu tenho que aquela benção que estou esperando tanto não aconteça!”

Coloque diante de Deus! Ele é o Deus que atende a oração! Quando você busca esse refúgio no Senhor, através da oração, as portas se abrem!

A Palavra talvez não apareça instantaneamente na sua cabeça. Mas, daqui a pouquinho, o Senhor te revelará. De repente, a resposta de Deus pode estar em algo que não tem nada a ver com a situação que você está passando. Ou então, por meio dessa oração, você sentirá o óleo caindo sobre você te tranquilizando. Busque o teu refugio em uma vida de oração!


Refugie-se no Senhor e Ele vai te dar uma estratégia, uma direção, vai iluminar os teus olhos. Você vai enxergar a verdade e não vai ficar atormentado! O Senhor tem o melhor para você!

 Pense nisso!

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Nós alcançamos o céu quando nossos joelhos tocam o chão



Mateus 21.22: “...e tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis.”

1 Tessalonicenses 5.17: “Orai sem cessar.”

Hoje, eu quero falar com vocês sobre o poder da oração!

A oração renova forças, acalma a alma, alimenta a fé e nos aproxima de Deus. 

Quem dela se alimenta sabe que os joelhos no chão podem derrubar gigantes, abrir o mar, derrubar muralhas e transformar situações, humanamente, irreversíveis.

Quem apresenta a Deus todas as coisas, em oração, é sábio, pois sabe que, desta forma, alcançará o melhor do Senhor.

Hebreus 10.35 a 9: “Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande garladão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa.

Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porem, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma.”

Para finalizar, eu quero destacar sete bons motivos para você ter uma vida de oração:

1- A oração nos aproxima de Deus, que é o nosso pai e melhor amigo;

2- A oração não muda Deus, ela muda quem ora;

3- A oração é a capacidade espiritual de atingir situações e pessoas, mesmo quando estão a milhões de quilômetros de distância;

4- A oração é uma arma espiritual de guerra que tem ação nas regiões celestiais;

5- A oração nos mantem vivos espiritualmente;

6- A oração nos protege e nos fortalece em dias de guerra;

7- A oração traz à existência o que não existe.

terça-feira, 13 de outubro de 2020

A perseverança nos leva à vitória!


Tiago 1: 12 a 14 e 2 a 4 “Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam. Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta. Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz.

Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações,
sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes.”

As pessoas não querem mais perseverar. Vivemos um tempo em que o imediatismo impera. Mas precisamos entender que, para vivermos o milagre, é necessário o cumprimento um ciclo.

Às vezes, nós questionamos: “Por que será que isso está acontecendo comigo? Eu não mereço passar por isso!”. Isso está acontecendo, porque houve um levante do inimigo.

A origem das provações e das tentações que você tem passado está no inimigo, não de Deus. O diabo veio para roubar, matar e destruir.

Nestes momentos de luta, em vez de entrar em crise, você deve se aproximar mais do Senhor. 

Mas esta não é a nossa tendência. Ficamos decepcionados com Deus e nos afastamos d’Ele. Desta forma, acabamos potencializando ainda mais o nosso inimigo.

Se você está em crise, com um cansaço na alma, com uma tristeza profunda, levante-se e venha renascer em Cristo!

Só o Senhor pode te levantar! Através d’Ele, você recebe forças para lutar e fé para perseverar!

Nós não vencemos as lutas só com uma atitude de fé, mas com uma maneira de viver! Esta maneira de viver é tendo consciência de que as situações adversas não podem controlar sua vida.

Nós vemos, todos os dias, o Senhor derramar Seu amor sobre nossas vidas e uma força que nos dá alegria e a paz, que excede todo o entendimento.

Persevere em crer! Essa esperança vai te renovar!

Saia desta prostração, desta loucura, deste ódio e desta raiva! Como? Venha renascer em Cristo! Deixe Jesus Cristo fazer uma morada dentro de você!

Depois de ser provado, você será aprovado! Isso não veio para arrebentar com você, mas para manifestar a glória de Deus!


Pense nisso!

segunda-feira, 12 de outubro de 2020

A certeza de que tudo coopera para o nosso bem!


Salmos 141.1 a 10: “SENHOR, a ti clamo, dá-te pressa em me acudir; inclina os ouvidos à minha voz, quando te invoco. Suba à tua presença a minha oração, como incenso, e seja o erguer de minhas mãos como oferenda vespertina. Põe guarda, SENHOR, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios. 

Não permitas que meu coração se incline para o mal, para a prática da perversidade na companhia de homens que são malfeitores; e não coma eu das suas iguarias. Fira-me o justo, será isso mercê; repreenda-me, será como óleo sobre a minha cabeça, a qual não há de rejeitá-lo.

 Continuarei a orar enquanto os perversos praticam maldade. Os seus juízes serão precipitados penha abaixo, mas ouvirão as minhas palavras, que são agradáveis, ainda que sejam espalhados os meus ossos à boca da sepultura, quando se lavra e sulca a terra. 

Pois em ti, SENHOR Deus, estão fitos os meus olhos: em ti confio; não desampares a minha alma. Guarda-me dos laços que me armaram e das armadilhas dos que praticam iniquidade. Caiam os ímpios nas suas próprias redes, enquanto eu, nesse meio tempo, me salvo incólume”.

Faça deste Salmo a sua oração! Em vez de reclamar, você vai clamar a Deus! Em vez de murmurar, você vai louvar! Em vez de se entregar à depressão, você vai se reanimar no Senhor e voltar para a igreja.

Caminhe com a certeza de que todos estes desafios vão cooperar para o seu bem, desde que você seja guiado pelo Espírito Santo, não por suas emoções!

Todas estas dificuldades vão cooperar para o seu bem, quando você colocar o Senhor em primeiro lugar!

Antes de abrir a sua boca, busque, em Deus, sabedoria e equilíbrio.

Nesta passagem que acabamos de ler, o salmista fala: "Coloque guardas em minha boca...". 

Por que ele pede isso? Porque em Provérbios 18 está escrito: "A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto."

Se tudo o que você falou hoje virasse o seu alimento, ele te envenenaria ou te fortaleceria?

Se tudo que você falou sobre sua família virasse um alimento, ele os mataria ou os sustentaria?

Peça para que o Senhor proteja seus lábios, para que você não peque contra Ele e não traga mais morte e destruição para as pessoas que você ama.

O mundo foi criado através da Palavra! Tudo o que não tinha existência passou a existir.

Cuidado para que, através das palavras, você não traga à existência o mal que não existia na sua casa!  Você tem o poder de trazer vida e de transformar qualquer ambiente!

Não seja uma pessoa provocável, explosiva! Não tenha medo das armadilhas que o inimigo preparou! Deus é fiel e não permite que a mentira e a injustiça prevaleçam!

Zele para que suas atitudes e o seu discurso expressem sua fé em Jesus Cristo! 

Não se entregue mais ao desespero e às loucuras deste mundo, porque Deus é contigo, e Ele está no controle de tudo!

 Pense nisso!

terça-feira, 29 de setembro de 2020

A melhor forma de enxergar a vida!


Mateus 6.22 e 23: “São os olhos a lâmpada para o corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se porém, os teus olhos forem maus, todo o seu corpo estará em trevas. Por tanto, caso a luz que há em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!".

A maneira como você se enxerga, nem sempre, reflete o que você realmente é! Você pode estar passando por situações difíceis, mas você não é nenhuma delas! O fato de você estar gripado não quer dizer que você seja a gripe!

Sabe, Deus não mudou só por que as coisas viraram de ponta cabeça. Não permita que esta situação de consuma! Apegue-se a Deus.

“Por que eu, o Senhor, não mudo, por isso, vós os filhos de Jacó, não sois consumidos” - Malaquias 3.6.

Se hoje está faltando saúde, dinheiro, ou qualquer outra coisa, não se desespere! Lance toda a sua ansiedade, em oração, ao Senhor e Ele te dará a paz necessária para que, em tudo, você seja vitorioso! Ele cuidará de você!

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós” - 1 Pedro 5.7.

Lembre-se de que é apenas mais uma fase da sua vida, e Deus, só Ele, pode te tirar desse tempo de tormenta e te levará ao, tão desejado, porto seguro. Apegue-se a Ele e você viverá a verdade de Salmo 91.14 e 15: “Porque a mim se apegou com amor, eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu nome. Ele me invocará, e eu lhe responderei; na sua angustia, eu estarei com ele, livrá-lo-ei e o glorificarei.”

Deixe o Senhor te conduzir, porque somente Ele é o caminho. O caminho do justo é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais, até se transformar no dia perfeito (Provérbios 4.18).

Você está só passando por uma luta, por um período de choro, de necessidade, mas continua sendo filho de Deus.

Você pode não ter escolhido a situação pela qual você está passando, mas você pode passar por ela da melhor maneira possível!

Quero finalizar o estudo de hoje com alguns versículos:

 “A caso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti” - Isaías 49.15.

“Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.” - Provérbios 3.5 e 6.

“Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.” - 2 Coríntios 4.16 a 18


Pense nisso!

domingo, 6 de setembro de 2020

Qual é o seu conceito de liberdade?


Gálatas 5.1 “Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.”

Atualmente, eu tenho visto muitas pessoas falando sobre liberdade. Cada uma expõe um conceito diferente. Mas, afinal, o que é liberdade?

Recentemente, eu estava conversando com algumas mães. Todas, sem exceção, possuem as mesmas dificuldades. Elas têm filhos jovens – de 20 anos de idade, aproximadamente –, e estavam lamentando porque perderam a autoridade sobre eles.

O argumento para tanta rebeldia é: “Mãe, eu sou livre! Eu respondo pelos meus atos!”.  Eles saem para se “divertir” e não têm hora para voltar. Muitos chegam tarde da noite alcoolizados, com os ânimos totalmente alterados.

Querido leitor, desde quando isso é liberdade? Desrespeitar a família e o próprio corpo.

De repetente, estes “amigos” de balada são o máximo, e os pais não representam nada! De repente, os dias de trabalho para que eles tivessem o melhor não importam mais. As noites mal dormidas – por conta da preocupação com sua segurança – não importam mais. Os conselhos, as longas conversar, o cuidado, o zelo, o apoio incondicional... não importam mais. Isso realmente é liberdade?

Liberdade é precisar ficar embriagado para poder se divertir em uma festa? Por que, vamos combinar, que, se essa festa realmente fosse tão boa assim, você não precisaria estar sob o efeito de bebidas alcoólicas. A própria festa já seria um bom motivo de diversão!

Para muitos, liberdade é ter aqueles famosos relacionamentos abertos! De repente, a fidelidade virou algo ultrapassado. Eu, sinceramente, não consigo entender!

Sabe, quando a gente ama realmente, não há espaço no nosso coração e na nossa mente para outras pessoas!

Quando você tem paz e é livre de todo o espírito de prostituição e de adultério, você não precisa de relacionamentos extraconjugais.

Existem pessoas que são escravas do trabalho e dos seus chefes. Não se sentem livres para expor suas ideias ou para colocar em prática o que verdadeiramente acreditam ser o melhor.  Existem outras que, mesmo neste momento de crise e de desemprego, acham que ceder à preguiça é sinal de liberdade. Fazem tudo de qualquer jeito, entregam os piores resultados e sempre estão atrasadas.

Para alguns, a liberdade é sinal de autodestruição. Para mim, ser livre é saber dizer “não” e não praticar o que me faz mal. Existem pessoas que se acham livres, mas, na realidade, não conseguem dizer “não” para as drogas, “não” para o sexo e “não” para determinadas amizades, porque têm medo, porque acham que não podem viver sem elas!

Querido leitor, liberdade é algo muito mais profundo do que você imagina! Só é livre de verdade quem é livre no espírito!

Eu posso dizer, com todas as letras, que eu entendo de liberdade. Eu entendo muito bem o que é ser livre para seguir em frente, mesmo tendo perdido um filho! A liberdade de recomeçar, mesmo quando tudo e todos dizem que é tarde demais. A liberdade de andar de cabeça erguida, mesmo quando os ventos são contrários.

2 Coríntios 3.17: “Ora, o Senhor é o Espírito; e, onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.”

Pare e pense: O que tem te escravizado? Talvez, seja um relacionamento. Você não quer mais pensar naquela pessoa, mas o teu pensamento é escravo dela! Você vive em função dela! Fica toda hora entrando em suas redes sociais para saber se ela está ou não com outra pessoa.

Talvez, você tenha se tornado escravo de quem você odeia, porque você não consegue parar de falar mal daquela pessoa. O que você ganha com isso?

Talvez, você seja escravo da comida! Almoça já pensando no jantar. Querido, onde está a tua liberdade? Onde está tua capacidade de falar: “Não! Isso me faz mal! Vou só me alimentar do que realmente vai trazer saúde ao meu corpo”.

Existem pessoas que precisam seguir uma dieta mais restrita por causa de problemas de saúde, como diabetes, colesterol alto, etc, mas, mesmo sabendo que correm risco até de morte, não conseguem se controlar! Em vez de se alimentarem de saúde, alimentam a enfermidade!

Existem pessoas que têm síndrome de pânico e, em vez de buscarem ser livres, ficam cada vez mais isoladas.

Liberdade, querido internauta, é estar cheio do poder e da autoridade que vêm de Deus! É ter poder de resistência e autoridade para dizer “não” para o que faz mal, porque a sensação de prazer temporária não compensa os estragos que esta situação podem te trazer.

Quem tem o Espírito Santo frutifica domínio próprio! No seu domínio próprio, frutifica paz. Na sua paz, frutifica longanimidade. Na sua longanimidade, a liberdade de fazer aquelas coisas que fazem bem, de pensar no que edifica e de, inclusive, dizer “não quero”! Mas isso tudo só é possível se você entregar, verdadeiramente, sua vida para Jesus e pedir para que Ele te dê poder de resistência!

Jesus Cristo foi tão livre, que enfrentou a cruz, a injustiça, mas ressuscitou. E, até hoje, está em nós através do Seu Espírito, operando sinais, milagres e maravilhas.

Deus tem essa liberdade para você!

A liberdade não está em poder ir de um lugar para o outro, porque a escravidão pode estar dentro da sua mente! Liberdade não está em você deixar uma pessoa e procurar outra, porque você leva a sua escravidão dentro dos seus sentimentos. As pessoas mudam, mas as neuras continuam.

Liberdade não está em agredir as pessoas que sempre te amaram e sair para detonar tudo com os seus amigos, porque, nisto, está a injustiça e a ingratidão. Liberdade é passar pelo dia bom, sabendo que você pode usufruir dele sem acusação.

Só existe liberdade para quem está em Jesus Cristo, porque Ele é o caminho, a verdade e a vida!

Venha renascer em Cristo e saber o que é ser livre de mágoas, do ódio, de acusações, dos complexos... Venha renascer em Cristo e descobrir o que é ser livre para superar todos os desafios na força do Deus Todo-Poderoso.

1 Coríntios 7.21: “Foste chamado, sendo escravo? Não te preocupes com isso; mas, se ainda podes tornar-te livre, aproveita a oportunidade.”


Pense nisso!

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Onde está Deus?


Salmos 145.14 a 19: “O SENHOR sustém os que vacilam e apruma todos os prostrados. Em ti esperam os olhos de todos, e tu, a seu tempo, lhes dás o alimento. 

Abres a mão e satisfazes de benevolência a todo vivente. Justo é o SENHOR em todos os seus caminhos, benigno em todas as suas obras. 

Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade. Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva.”

Uma das frases que eu ouço com muita frequência é: ‘Onde está Deus?’. ‘Onde estava Deus,  quando meu filho ficou doente?’, ‘Onde estava Deus, quando minha filha sofreu aquele acidente?’, Onde estava Deus, quando meu marido morreu? Por que Ele permitiu isso?’.

Quando você deixa esses questionamentos invadirem o seu coração com ódio, revolta e mágoa, você  passa a fazer exatamente a vontade de espíritos malignos, que vieram para te roubar e te destruir. Roubar o que? Você acha mesmo que o diabo precisa do seu relógio, do seu carro ou do seu casamento? Não! Ele quer roubar sua relação com Deus!

Ao não se relacionar com Deus e dar lugar à ira, você abre um grande espaço na sua vida para o inimigo agir! Você acaba se tornando uma pessoa amarga, incrédula e zombadora das coisas de Deus!

Você pode ver que as pessoas incrédulas são as mais duras de coração! Geralmente, são materialistas, egoístas e de difícil convivência! Tudo tem um preço, inclusive, elas!

São pessoas desprovidas de esperança! Porque acham que Deus as frustrou! Ou porque, simplesmente, não têm fé!

E o mais paradoxal é que, em todas as situações difíceis, elas atribuem a culpa a Deus!

É até cômico! Elas não buscam a Deus, gritam aos quatro ventos que não acreditam em Deus e, quando passam por um momento de aflição, são as primeiras a culpá-Lo.

Pessoas assim andam de engano em engano.

Salmo 42.7: “Um abismo chama outro abismo, ao fragor das tuas catadupas; todas as tuas ondas e vagas passaram sobre mim.”

Pessoas assim podem ter tudo nada vida, mas continuam incompletas!

Nos piores momentos da nossa vida, a tendência é nos afastarmos de Deus! Isso é um grande erro! É nestes momentos que devemos nos apegar mais a Ele.

Cale esses pensamentos destrutivos! Encerre essa agitação que está abalando seus sentimentos! Cesse este choro!  Depois de acalmar essa tempestade interior, você vai clamar o nome Jesus!

O nome de Jesus tem poder! Invoque com sinceridade, acreditando! Não invoque como se fosse um teste! Invoque para sentir Sua presença!

Não importa onde você esteja! Não importa a sua condição! Se você fizer isso, Ele vai encher o seu interior! Ele vai limpar seus sentimentos e invadir o teu ser com a paz que excede todo o entendimento.

No versículo 19 da passagem que lemos no início do nosso estudo, está escrito: “Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva.”.

Zele pela sua relação com Deus!

Tem um louvor do Marcelo Aguiar que mostra exatamente o sentimento que devemos ter. Vou postar um trechinho:

Se quiser levar tudo o que eu tenho
Pode levar, veio de tuas mãos
Mas deixe-me apenas com o meu coração
Porque foi aonde você pôs a mão
E me curou, e me curou!

Há salvação para aqueles que acreditam! Há salvação para aqueles que buscam ao Senhor! Há salvação para aqueles que meditam na Palavra de Deus e fazem dela sua verdade!

Na Bíblia, há milhares de promessas, mas não está escrito que não passaríamos por aflições! Pelo contrário, está escrito que, em todas elas, devemos ter bom ânimo!

O Senhor vai nos livrar, nos salvar e nos acudir!

No capítulo 145 do livro de Salmos, tem mais uma promessa: “O SENHOR guarda a todos os que o amam!”.

Chegou o dia do desemprego? Não vai te faltar nada, e o Senhor vai abrir uma porta maior!

Chegou o dia da enfermidade? Você terá forças! O Senhor vai fazer com que tudo coopere para o seu bem!

Chegou o dia da pior perda da sua vida? Será um ‘Até breve!’ Não te faltará consolo! Não te faltará a presença de Deus! Ele vai enxugar todas as suas lágrimas e manifestará um novo dia, com novas alegrias!

O Senhor vai te ensinar a viver sem essa pessoa! As lembranças não serão de dor, mas de todos os momentos felizes que você passou com ela!

O Senhor vai fazer raiar no seu coração um novo dia, com novas esperanças, com novas perspectivas... Eu posso falar isso com convicção, porque eu vivo isso! Eu quero repartir com você este consolo!

Haverá bom futuro! Sua esperança no Senhor não será envergonhada!


Pense nisso!

terça-feira, 25 de agosto de 2020

Eu pensei que a amizade fosse verdadeira!


Salmos 55.21: “A sua boca era mais macia que a manteiga, porém no coração havia guerra; as suas palavras eram mais brandas que o azeite; contudo, eram espadas desembainhadas.”.

Quando poderíamos imaginar que aquela amiga que ligava todos os dias, que só faltava adivinhar nossos pensamentos, que sempre esteva ali apoiando, nos dando razão em tudo e nos chamando de irmãs era só uma ilusão?

Quem poderia imaginar que esta pessoa que você amava tanto, na realidade, era só sua amiga por conveniência? O limite da amizade eram os seus próprios interesses. E você, por outro lado, deu o seu melhor.

E pensar que por esta fulana você até começou a questionar sua fé e as pessoas que realmente abençoaram sua vida com frutos concretos e permanentes! Sabe, pior do que inimigos declarados são aqueles que se vestem de amigos e entram em nossas vidas, de tal forma que vão nos dominando, nos tornando dependentes de suas opiniões e aprovações para tudo. Pessoas que usam elogios para maquiarem sua inveja e o desejo de manipular tudo o que é seu.

Todos já passaram por isso! Quantas vezes, você já foi levado por aquela fala mansa, elogios, palavras de incentivo e foi surpreendido com uma traição? É a falsidade que sempre existiu e sempre existirá.

Infelizmente, o convívio com estes tipos de pessoas é inevitável! Ser surpreendido por elas, nem sempre!
Existem alguns segredinhos básicos para lidarmos com esse tipo de situação e não sermos presas fáceis:

1-Tenha como amigos somente os amigos de Deus

A base do amor é o respeito! Quem tem problemas em respeitar sua fé, sua igreja, suas autoridades e suas entregas não é a pessoa ideal para te aconselhar.

Essas pessoas estão realmente preocupadas com você ou com o dinheiro e com o destino que você está dando a ele, assim como Judas? (João 12.1 a 8).

2-Busque do Senhor discernimento, sabedoria e não abra seus tesouros!

O rei Ezequias, por confiar nas pessoas erradas, foi roubado em tudo (2 Reis 20.12 a 18).

3- Mantenha sua relação com Deus inabalável e tenha maturidade

Entenda que, a qualquer momento, Satanás pode encher o coração de pessoas que estão dispostas a te vender por 30 moedas de prata.

4- Confie na justiça de Deus

A ira do homem não produz a justiça de Deus. Mantenha-se integro, honesto e temente ao Senhor!

5-Assim como está em Mateus 10: 16, seja simples como a pomba e prudente como a serpente!


Pense nisso!