Páginas

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

A entrega de Ana


1 Samuel 1.1 a 5, 9 e 10 “Houve um homem de Ramataim-Zofim, da região montanhosa de Efraim, cujo nome era Elcana, filho de Jeroão, filho de Eliú, filho de Toú, filho de Zufe, efraimita. Tinha ele duas mulheres: uma se chamava Ana, e a outra, Penina; Penina tinha filhos; Ana, porém, não os tinha. Este homem subia da sua cidade de ano em ano a adorar e a sacrificar ao Senhor dos Exércitos, em Siló. Estavam ali os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, como sacerdotes do Senhor.

No dia em que Elcana oferecia o seu sacrifício, dava ele porções deste a Penina, sua mulher, e a todos os seus filhos e filhas. A Ana, porém, dava porção dupla, porque ele a amava, ainda mesmo que o Senhor a houvesse deixado estéril.

Após terem comido e bebido em Siló, estando Eli, o sacerdote, assentado numa cadeira, junto a um pilar do templo do Senhor, levantou-se Ana, e, com amargura de alma, orou ao Senhor, e chorou abundantemente.”

Apesar de ser muito amada pelo esposo, Ana chorou o choro de uma vida inteira de humilhações, por ser estéril, mas tudo mudou quando ela fez um voto: “Senhor dos Exércitos, se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva te não esqueceres, e lhe deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.”.

Naquele desespero e naquela angústia, o sacerdote perguntou se Ana estava embriagada, mas ela explicou que estava angustiada. Ao ouvi-la, o sacerdote disse: “Vá para casa, porque o Senhor ouviu sua oração!”.

A esterilidade de Ana foi quebrada, porque ela deixou de olhar para si e passou a desejar um filho para Deus! Este é o segredo!

Para nossa esterilidade ser quebrada, precisamos colocar a vontade do Senhor acima da nossa! Ana sabia que Deus precisava de um sacerdote, já que os filhos de Eli eram profanos.

Ana mudou seus pensamentos: “Eu quis muito este filho para mim. Agora, eu quero para o Senhor!”.

Dê um voto de confiança para Deus! Confie n’Ele e nos Seus propósitos.

Ana optou em seguir este caminho e viveu um grande milagre! Ela não teve só um filho, mas teve sete! E um deles, Samuel, foi um grande sacerdote.


Pense nisso!