Páginas

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Quem tem fé sempre encontrará uma alternativa



2 Reis 4.38 a 44: “Voltou Eliseu para Gilgal. Havia fome naquela terra, e, estando os discípulos dos profetas assentados diante dele, disse ao seu moço: Põe a panela grande ao lume e faze um cozinhado para os discípulos dos profetas.

Então, saiu um ao campo a apanhar ervas e achou uma trepadeira silvestre; e, colhendo dela, encheu a sua capa de colocíntidas; voltou e cortou-as em pedaços, pondo-os na panela, visto que não as conheciam.

Depois, deram de comer aos homens. Enquanto comiam do cozinhado, exclamaram: Morte na panela, ó homem de Deus! E não puderam comer. Porém ele disse: Trazei farinha. Ele a deitou na panela e disse: Tira de comer para o povo. E já não havia mal nenhum na panela.

Veio um homem de Baal-Salisa e trouxe ao homem de Deus pães das primícias, vinte pães de cevada, e espigas verdes no seu alforje. Disse Eliseu: Dá ao povo para que coma.

Porém seu servo lhe disse: Como hei de eu pôr isto diante de cem homens? Ele tornou a dizer: Dá-o ao povo, para que coma; porque assim diz o SENHOR: Comerão, e sobejará. Então, lhos pôs diante; comeram, e ainda sobrou, conforme a palavra do SENHOR.”

Qual palavra você tem escutado? Qual é o som que tem dirigido sua vida?

A passagem que acabamos de ler mostra uma situação de crise. O profeta Eliseu, chegando ao acampamento de 100 homens, viu que eles não tinham nada para comer. A situação era de muita miséria.

Então, Eliseu disse: “Coloque a panela no fogo e faça um cozinhado!”.  Em vez de pegar aquilo que eles já tinham – porque achavam que, no futuro, faria falta –, eles saíram procurando e trouxeram qualquer coisa para o profeta.

Sabe, é como algumas pessoas que dizem: “Olha, eu acredito em Deus!”, mas não oram, não têm tempo para ler um Salmo por dia, não vão à igreja...

São pessoas relaxadas e que não têm compromisso nenhum com aquilo que acreditam.

Ao colocar os ingredientes na panela, aqueles homens começaram a gritar: “Morte na panela!”.

Sabe, queridos, desta história, podemos tirar grandes lições.

1ª lição: Quando você entrega qualquer coisa para o Senhor, a morte entra na tua panela, porque o que repreende a morte são os dízimos e as ofertas

É o que está escrito em Malaquias 3.10 e 11: “Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida. Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”.

Entregue um tempo do seu dia a Deus, vá à igreja, experimente orar nem que seja cinco minutos por dia! Você vai ver a diferença que isso pode trazer para sua vida.

Nos seus momentos de oração, ajoelhe-se, desligue-se de tudo a sua volta e abra o seu coração. Como você quer que o Senhor fale com você, se você não O busca?

Experimente ler um Salmo por dia, isso vai iluminar o seu dia, vai te motivar, te edificar e te curar!

Depois que gritaram “Morte na panela!”, Eliseu disse: “Trazei farinha”. Depois de recebê-la, ele a colocou na panela.

Depois que aquele oferta foi entregue, já não havia nenhum mal naquela panela!

Faça esta experiência e, na sua casa, vai começar a jorrar bênçãos de Deus. No lugar das brigas, das loucuras, virá um tempo de paz e harmonia. Em vez de cooperar para a destruição, você fará da sua casa um ambiente de louvor.

2ª lição: Quando andamos embaixo da direção de Deus, vem a multiplicação!

Foi o que aconteceu em 2 Reis. Eles estavam precisando de suprimento. Veio, então, um homem de Baal-Salisa e trouxe ao profeta pães de suas primícias.

Aqueles pães não eram o suficiente para alimentar aqueles cem homens, mas, debaixo de uma palavra profética, sobejaram.

É assim que a gente vive multiplicação nos dias de crise: com jejum, oração e buscando a Deus!

Deus tem um plano para sua vida, e Ele vai começar tirando a morte da tua panela. Para Ele, não existem situações irreversíveis.

Pense nisso!

quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Sete bons motivos para você não desistir!


Sabe, tem dias que parece que todo o amor do mundo desapareceu. Você fica triste, desconectado dos outros, de si mesmo e até de Deus. Parece que tudo o que você viveu foi uma grande mentira, que nunca ninguém ligou para você e, agora, a fonte do amor, que existia dentro de você, secou.

É como se tivessem te colocado no fundo de um poço, um lugar onde nada faz sentido e a única saída é a morte!

Mas, espere um pouco! Você não vai cair nessa, não é mesmo? Você está entrando em uma “pegadinha” do inferno. Pare agora e comece a clamar pelo amor de Jesus! Faça como aquele cego no caminho de Jericó. Mesmo que haja uma multidão de sentimentos e situações que queiram te separar do amor de Deus, não deixe de clamar para que Ele te cure, para que abra os seus olhos e você consiga enxergar o que realmente Ele tem para você.

Em Oseias 4.6, o Senhor fala que seu povo perece por falta de conhecimento – conhecimento de Deus e de Sua Palavra. Quem realmente conhece Deus e Sua Palavra sabe que não está largado no mundo, tem consciência do valor que possui.

Agora, eu vou mostrar para você, na Palavra de Deus, como Ele nos ama. E, se Ele nos ama, só pode vir do inimigo essa sensação de solidão. São sentimentos malignos que vêm para nos roubar e nos destruir.

Você sabia que desmerecer o que Deus valoriza também é pecado? Se você abrir seu coração para que esta palavra frutifique, em nome de Jesus, você vai viver uma grande libertação.

Nas passagens bíblicas a seguir, vou te mostrar o que Deus pensa sobre você. São sete bons motivos para você seguir em frente:

1- Deus te criou à sua imagem e semelhança (Gênesis 1.27)

Você acha pouco? Ele não fez isso nem com os anjos.

2- Jesus te ama e deu a vida por você (João 3.16 e Gálatas 1.4)

Não existe prova maior de amor. Com esta atitude, Ele mostrou que sua vida vale mais do que qualquer frustração.

3- Deus te criou para que você domine e reine (Gênesis 1.28)

Então, peça para o Espírito Santo visão e força para que, em nome de Jesus, você domine e não seja dominado por nenhuma situação. Deus te dará condições para que você administre todas as situações e que você possa usufruir de suas conquistas, ao lado de quem você ama.

4- Jesus nos deixou seu Espírito Santo para que, do nosso interior, fluíssem rios de água viva. (João 7.38)

O Espírito Santo ficou conosco para que aprendêssemos a nos amar, amar a Deus e amar a todos.

5- Deus trabalha em nós, pois deseja que sejamos embaixadoras do Céu na Terra (2 Coríntios 5.20)

6- Se Deus já entregou seu próprio filho, nos dará todo o resto (Romanos 8.32)

7- Deus nos garantiu proteção:

O Senhor dá ordem aos anjos ao nosso respeito (Salmo 91). Quando fazemos d´Ele a nossa segurança, mil cairão ao nosso lado, 10 mil à nossa direita, e nada nos atingirá (Salmo 91.7).

Ele nos entregou também: vestes da verdade, a couraça da justiça, os sapatos que nos levam a Cristo, o escudo da fé, o capacete da salvação, e a espada do Espírito (Efésios 6).

Esta é a verdade ao nosso respeito! Será que não está na hora de fazer uma reavaliação? Em Jesus Cristo, a despeito de todas as dificuldades que se levantam na nossa caminhada, somos mais que vencedores.


Pense nisso!

terça-feira, 11 de agosto de 2020

Desistir? Jamais!


Hebreus 10: 35 a 39 “Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. 

Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma.”

O que nos faz viver milagres é a perseverança! Não basta só crer! Você tem que continuar crendo! Continuar crendo mesmo sem ver! Continuar crendo mesmo quando a situação estiver piorando! Continuar crendo a despeito do tempo da espera!

O nosso inimigo está apostando na nossa desistência! A guerra começa quando você decide acreditar!

Vêm aqueles pensamentos malignos: “Você não vai conseguir!”, “Isso não é pra você!”, “Você acha mesmo que vai ser curado dessa enfermidade?”...

Sabe, eu perdi a conta da quantidade de doenças “incuráveis” que foram curadas, ao longo da minha caminhada ministerial! Conheço pessoas que já foram sentenciadas de morte e, hoje, estão cheias de saúde. Pessoas que tinha enfermidades degenerativas e foram completamente restauradas!

Então, aquiete o seu coração! O grande problema da sociedade é o imediatismo! Isso faz com que a gente perca a sanidade e mata a nossa relação com Deus. 

Existem pessoas que ainda têm a audácia de ficarem magoadas com Deus: “Eu jejuei, eu orei, e nada! Chega!”. Não, não e não! Você não viveu o milagre, porque você não perseverou! “Ah! Eu fui para uma igreja evangélica, me batizei, e não deu certo! Nem vou mais!”. Não deu certo, porque você não perseverou!

Quando você desiste, sabe o que acontece? Você aborta o milagre! Aquele milagre que estava nascendo dentro de você e que, no tempo certo, se manifestaria, simplesmente, deixa de existir! Então, o que te resta? Começar todo o processo novamente!

Então, acalme-se, não se precipite! Não fique mais se autosabotando!

Sabe, queridos, a fé alimenta a vida! A incredulidade alimenta o ódio, alimenta enfermidades, alimenta brigas... A fé nos deixa leves... A fé em Deus nos enche da Sua presença, renova nossas forças e nos conforta! A fé nos permite viver muito além do que poderíamos pensar ou imaginar!

No texto que nós lemos no começo do estudo, está escrito: “...aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé...”.

O que isso quer dizer? Quer dizer que cada dia é um dia a menos! Ou seja, você está cada dia mais perto do seu milagre! Hoje, você está mais perto do que estava ontem!

Tenha palavras e atitudes que combinem com sua fé! Que suas atitudes e palavras possam atrair o bem do Senhor!

Por que o Senhor realiza milagres? Porque os milagres mostram a glória d'Ele aqui na terra! A glória do Senhor atrai as pessoas e as leva para um caminho de salvação!

Então, não se esqueça: o justo viverá pela fé! Agora, se ele retroceder, Deus não se agradará! Não seja daqueles que retrocedem! Seja aquele que, pela perseverança, alcança a promessa!

Reanime-se no Senhor! O fato de você estar passando por essa dificuldade não quer dizer que Deus não está trabalhando!

Eu quero finalizar este estudo com o Salmo 121: “Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra. Ele não permitirá que os teus pés vacilem; não dormitará aquele que te guarda. É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel. 

O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita. De dia não te molestará o sol, nem de noite, a lua. O SENHOR te guardará de todo mal; guardará a tua alma. O SENHOR guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre.”.

Pense nisso!

Deixe Deus assumir o controle!



1 Samuel 7.1 a 3: “Vieram, pois, os homens de Quiriate-Jearim, tomaram a arca do Senhor e a levaram à casa de Abinadabe, no outeiro; e consagraram a Eleazar, filho dele, para que guardasse a arca do Senhor.

E desde e dia em que a arca ficou em Queriate-Jearim passou-se muito tempo, chegando até vinte anos; então toda a casa de Israel suspirou pelo Senhor. Samuel, pois, falou a toda a casa de Israel, dizendo: Se de todo o vosso coração voltais para o Senhor, lançai do meio de vós os deuses estranhos e as Astarotes, preparai o vosso coração para com o Senhor, e servi a ele só; e ele vos livrará da mão dos filisteus.”

Foram 20 anos de choro porque a Arca da Aliança estava perdida. Foram 20 anos de assolação nas mãos dos filisteus.

Eu não sei há quanto tempo você está passando por situações complicadas, mas eu posso te garantir que, em Deus, há solução, há caminho, há um escape...

Como você tem se dirigido ao Senhor? Você tem pedido para Ele mudar sua sorte? Tem clamado para que este choro se transforme em alegria?

Na Bíblia, está escrito que, onde não há profecia, o povo se corrompe. O que eu quero dizer hoje é que, onde há profecia, há um caminho! Você tem buscado uma direção no altar?

O que nos impede, muitas vezes, de vivermos uma libertação completa é colocarmos nossos problemas, nossas famílias, nosso casamento, nosso emprego... acima de Deus.

Coloque o Senhor à frente de suas guerras.

Existem tantas atitudes incoerentes. As pessoas falam que precisam de um milagre, que precisam de Deus, mas não separam nem cinco minutos do dia para buscá-lo!

Arranjam tempo para assistir novelas, séries, jogos de futebol, para jogar conversa fora nas redes sociais, mas não separam dez minutos do dia para lerem a Bíblia.

Tenha um tempo para se relacionar com o Senhor! Faça da sua casa um ambiente de adoração! Não prolongue mais este sofrimento. Prepare seu coração para os melhores dias da sua vida!

Pense nisso!

domingo, 9 de agosto de 2020

Onde está Deus?


Salmos 145.14 a 19: “O SENHOR sustém os que vacilam e apruma todos os prostrados. Em ti esperam os olhos de todos, e tu, a seu tempo, lhes dás o alimento. Abres a mão e satisfazes de benevolência a todo vivente. 

Justo é o SENHOR em todos os seus caminhos, benigno em todas as suas obras. Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade. Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva.”

Uma das frases que eu ouço com muita frequência é: ‘Onde está Deus?’. ‘Onde estava Deus quando meu filho ficou doente?’, ‘Onde estava Deus quando minha filha sofreu aquele acidente?’, Onde estava Deus quando meu marido morreu? Por que Ele permitiu isso?’.

Quando você deixa esses questionamentos invadirem o seu coração com ódio, revolta e mágoa, você  passa a fazer exatamente a vontade de espíritos malignos, que vieram para te roubar e te destruir. Roubar o quê? Você acha mesmo que o diabo precisa do seu relógio, do seu carro ou do seu casamento? Não! Ele quer roubar sua relação com Deus!

Ao não se relacionar com Deus e dar lugar à ira, você abre um grande espaço na sua vida para o inimigo agir! Você acaba se tornando uma pessoa amarga, pesada e incrédula. 

Você pode ver que as pessoas incrédulas são as mais duras de coração! Geralmente, são materialistas, egoístas e de difícil convivência! Tudo tem um preço, inclusive, elas!

São pessoas desprovidas de esperança, porque acham que Deus as frustrou! Ou porque, simplesmente, não têm fé!

E o mais paradoxal é que, em todas as situações difíceis, elas atribuem a culpa a Deus!

É até cômico! Elas não buscam a Deus, gritam aos quatro ventos que não acreditam n'Ele e, quando passam por um momento de aflição, são as primeiras a culpá-Lo.

Pessoas assim andam de engano em engano.

Salmo 42.7: “Um abismo chama outro abismo, ao fragor das tuas catadupas; todas as tuas ondas e vagas passaram sobre mim.”

Pessoas assim podem ter tudo nada vida, mas continuam incompletas!

Nos piores momentos da nossa vida, a tendência é nos afastarmos de Deus! Isso é um grande erro! É nestes momentos que devemos nos apegar mais a Ele.

Cale esses pensamentos destrutivos! Encerre essa agitação que está abalando seus sentimentos! Cesse este choro! Este choro de solidão! Depois de acalmar essa tempestade interior, você vai clamar o nome Jesus!

O nome de Jesus tem poder! Invoque-o com sinceridade, acreditando! Não invoque como se fosse um teste! Invoque para sentir Sua presença!

Não importa onde você está! Não importa a sua condição! Se você fizer isso, Ele vai encher o seu interior! Ele vai limpar seus sentimentos e invadir o teu ser com a paz que excede todo o entendimento.

No versículo 19 da passagem que lemos no início do nosso estudo, está escrito: “Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva”.

Zele pela sua relação com Deus!

Tem um louvor do Marcelo Aguiar que mostra exatamente o sentimento que devemos ter. Vou postar um trechinho:

Se quiser levar tudo o que eu tenho
Pode levar, veio de tuas mãos
Mas deixe-me apenas com o meu coração
Porque foi aonde você pôs a mão
E me curou, e me curou!

Há salvação para aqueles que acreditam! Há salvação para aqueles que buscam ao Senhor! Há salvação para aqueles que meditam na Palavra de Deus e fazem dela sua verdade!

Na Bíblia, há milhares de promessas, mas não está escrito que não passaríamos por aflições! Pelo contrário, está escrito que, em todas elas, devemos ter bom ânimo!

O Senhor vai nos livrar, nos salvar e nos acudir!

No capítulo 145 do livro de Salmos, tem mais uma promessa: “O SENHOR guarda a todos os que o amam!”.

Chegou o dia do desemprego? Não vai te faltar nada, e o Senhor vai abrir uma porta maior!

Chegou o dia da enfermidade? Você terá forças! O Senhor vai fazer com que tudo coopere para o seu bem!

Chegou o dia da pior perda da sua vida? Será um ‘Até breve!’ Não te faltará consolo! Não te faltará a presença de Deus! Ele vai enxugar todas as suas lágrimas e manifestará um novo dia, com novas alegrias! O Senhor vai te ensinar a viver sem essa pessoa! As lembranças não serão de dor, mas de todos os momentos felizes que você passou com ela!

O Senhor vai fazer raiar no seu coração um novo dia, com novas esperanças, com novas perspectivas... Eu posso falar isso com convicção, porque eu vivo isso! Eu quero repartir com você este consolo!

Haverá bom futuro! Sua esperança no Senhor não será envergonhada!


Pense nisso!

quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Como transformar fraquezas em fortalezas?



2 Coríntios 12.7 a 10: “E, para que não me ensoberbecesse com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne, mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de que não me exalte. Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. 

Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo. Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte.”

Paulo enxergava que, além de todas as situações que ele enfrentou, estavam os planos superiores do Senhor.

Nós só podemos tirar forças da fraqueza quando não nos conformamos em não poder. É quando, em vez de nos entregarmos ao desespero, entregamos nossas vidas nas mãos do Senhor: “Eu não posso, mas, através de mim, Ele pode!”.

Só por meio d’Ele conseguimos suportar e superar todas as situações. Eu posso dizer que só é possível voltar a ser feliz depois que perdemos quem amamos quando estamos cheios do Espírito Santo! Só Ele pode preencher todos os vazios da nossa alma.

É inevitável pensarmos nessas pessoas todos os dias! Mas eu posso dizer que existe, sim, vida após a morte. Podemos, sim, viver sem quem tanto amamos. Eu posso dizer, por experiência própria, que a ressurreição é para quem fica!

Talvez, o seu caso seja o fim de um relacionamento. Você se entregou tanto, que criou um vínculo quase indestrutível de dependência. É como se aquela pessoa fosse um órgão vital do seu corpo. Qual é a solução? Um processo de libertação espiritual! 

Para ser curado, você precisa quebrar todas as crenças limitantes e fundamentar sua vida em crenças libertadoras. Quem disse que você não pode viver sem essa pessoa? Quem disse que só ela é capaz de te fazer feliz? Quem disse que o seu futuro não pode ser melhor do que o seu passado?

Gálatas 5.1: “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.”

Talvez, o seu caso seja uma demissão. De repente, depois de tantos anos, você se vê começando do zero em uma nova empresa, e isso te faz se sentir inferior.

Você já parou para pensar que isso é uma grande oportunidade para você desenvolver novas habilidades? Só cresce quem sai da zona de conforto!

Precisamos ter consciência de que tudo, absolutamente tudo o que ocorre em nossas vidas é para o cumprimento de um propósito superior.

A libertação do apóstolo Paulo começou quando ele entendeu este princípio: “Eu sei por que estou passando por tudo isso. É necessário!”.

Paulo tinha uma grande tendência a se tornar arrogante. Sua autossuficiência, em algum momento, poderia afastá-lo do Senhor!

Aquele espinho era um “fio de conexão”, para que Paulo sempre se lembrasse de que Ele dependia do Senhor, e que a graça d’Ele era o suficiente.

A fraqueza na vida dele tinha uma função: equilibrá-lo emocionalmente! Era o que o mantinha no eixo, era o que o mantinha em sua missão...

O que eu passei com o meu filho faz parte da missão que o Senhor tem para mim. Com o mesmo consolo que eu sou consolada, eu posso consolar outras pessoas. Eu sou prova viva de que é possível superar a dor de uma perda e se entregar sem reservas à vontade de Deus, ainda que ela seja totalmente contrária à minha!

Antes de se sentir abandonado ou injustiçado, peça para que o Senhor uma compreensão dessa situação pela qual você está passando. Dê liberdade para o Espírito Santo!

João 3.8: “O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito.”

Através da sua vida, o Senhor quer manifestar Sua glória aqui na terra! Essa fraqueza vai mostrar a força do Deus que habita em você!

A sua parte é andar pela fé! Deus só precisa de um pouquinho para fazer muito! Coloque os seus recursos à disposição d’Ele. Tome atitudes que cooperem com este processo de superação e aguarde os próximos capítulos.

A primeira atitude que Ezequias tomou quando assumiu o reinado foi promover uma faxina geral! Faça o mesmo! Tire da sua vida tudo o que ativa sua memória de dor! Abra espaços para o novo de Deus! Nunca subestime o poder d’Ele de restaurar e restituir seus filhos!

Só tira forças da fraqueza quem acredita na Palavra de Deus e faz dela a sua verdade! O que está escrito? Que nós podemos todas as coisas naquele que nos fortalece. Não está escrito: “Tudo podemos com aquilo que temos!”.

Só existe um tipo de pessoa que não dá certo: aquela que não tem fé!

Só tiramos forças de nossa fraqueza quando reconhecemos que essa força não é nossa, mas d’Ele!

Como Davi derrubou o gigante? De onde ele tirou forças? Das experiências que Ele teve com Deus. O Senhor tinha muito mais para ele: um reinado! Davi já havia derrotado um leão e um urso. Chegou a hora de ele atingir um novo patamar!

É assim que o Senhor trabalha, principalmente quando temos a consciência de que o que habita em nós é maior do que qualquer dificuldade!

Salmos 18.29: “Pois contigo desbarato exércitos, com o meu Deus salto muralhas.”

Lembre-se de que nada vem “contra nós”, mas “para nós”. Nada acontece para a nossa destruição, mas para a nossa evolução!

O Senhor quer moldar o seu caráter e te tornar inabalável! Caminhe com essa certeza!

Romanos 8.28: “Contudo, em todas as coisas somos mais que vencedores...”

Pense nisso!

Está na hora de mudar de verdade!


Mateus 9.10 a 17:  "E sucedeu que, estando ele em casa, à mesa, muitos publicanos e pecadores vieram e tomaram lugares com Jesus e seus discípulos.Ora, vendo isto, os fariseus perguntavam aos discípulos:

Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores? Mas Jesus, ouvindo, disse: Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes. Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero e não holocaustos; pois não vim chamar justos, e sim pecadores [ao arrependimento]. Vieram, depois, os discípulos de João e lhe perguntaram: Por que jejuamos nós, e os fariseus [muitas vezes], e teus discípulos não jejua. Respondeu-lhes Jesus: Podem, acaso, estar tristes os convidados para o casamento, enquanto o noivo está com eles?

Dias virão, contudo, em que lhes será tirado o noivo, e nesses dias hão de jejuar. Ninguém põe remendo de pano novo em veste velha; porque o remendo tira parte da veste, e fica maior a rotura. Nem se põe vinho novo em odres velhos; do contrário, rompem-se os odres, derrama-se o vinho, e os odres se perdem. Mas põe-se vinho novo em odres novos, e ambos se conservam."

Se você realmente quer viver uma mudança, tenha consciência de que não existe meia mudança. O que é uma meia mudança? Meia mudança é uma casa dividida, e casa dividida não prospera. 'Ah, eu vou fazer meio regime, to mudando meu hábito alimentar, então, vou fazer regime de manhã e, de tarde, como o que eu quero'. Funciona? Além de não funcionar, ainda engorda, sabia disso? Piora mais ainda sua situação! Porque não existe meio regime! Mudança é algo completo!

Por que muitas pessoas não conseguem mudar? Porque estabeleceram ligações. Suas ligações antigas não permitem que elas mudem. O que acontece? Elas, simplesmente, acham que por um remendo novo em amizades antigas, em ambientes antigos e em prazeres antigos resolve! Sabe qual é a resultante disso? Um rombo enorme.

O que é ter amigo? Ter amigo é ter afinidades. Em quais lugares essas amizades estão estabelecidas? Vou citar alguns exemplos: 

Você mudou para um prédio. Um local onde muitas pessoas também escolheram morar. Isso já é uma grande afinidade! Ali, você vai fazer amigos, porque dividem o mesmo ambiente.

Se você vai ao bar de sempre, é sinal de que você escolheu aquele lugar para frequentar. De repente, naquele momento de "diversão", você encontra pessoas que também gostam daquele bar e de outras coisas que você gosta. O que acontece? Surgem novas amizades. Você, de repente, gosta de falar de pornografia, gosta de falar dessas coisas sujas nesse ambiente, você faz o quê? "Amigos". 

Tudo é questão de afinidade! O meu conselho é: Mude suas afinidades! Comece a gostar de coisas que edificam! Saia do clube da depressão, saia do clube da murmuração, saia do entorno das críticas!

Você critica, critica, critica... adora julgar os outros. Será que a sua vida melhorou por causa disso?

Acabe com esses relacionamentos que te levam para longe do Senhor! Busque frequentar lugares onda as pessoas louvam a Deus e andam pela fé! Isso, com certeza, trará uma transformação para sua vida! 

Quando entramos em concordância com pessoas que buscam o poder de Deus e não a destruição do próximo, Deus começa a operar na sua vida!

Venha renascer em Cristo e receber força, palavra, o envio pra viver uma mudança! Não adianta parar de fumar e viver entre os fumantes! Com certeza, você voltará para o vício. 

As mudanças começam nas atitudes, não nas palavras! Não adianta você falar: Eu nunca mais vou me envolver com aquela pessoa! Eu não quero mais ser a 'outra' e continuar manter o WhatsApp dela! 

Se você quer um vinho novo, assim como Jesus te ensinou, procure um recipiente novo! 

Mudança é algo radical! Quando você muda de casa, mas deixa alguns objetos na antiga casa, sabe o que acontece? O novo dono joga fora! Se determinadas coisas não cabem na sua vida nova, é sinal de que você precisa se livrar delas!

Se determinados hábitos não cabem no seu casamento, livre-se deles!

Um emprego novo requer novas atitudes! Seja disciplinado, pontual, seja uma pessoa agradável! 

Novo dia, novo tempo! Faça desta afirmação uma verdade! Não aceite mais cair nos mesmos erros! Não aceite mais ter uma vida de altos e baixos! 

Se você não consegue, busque forças em Deus! O único que pode mudar sua história é Jesus Cristo! Ele é poderoso pra te dar autoridade sobre o vício, sobre a depressão, sobre a incredulidade, sobre as enfermidades! 

Rompa as amizades que te levam pro mau caminho! Não seja mais amigo da mágoa, da angustia, do medo...! Seja amigo de Deus e venha renascer em Cristo!

quarta-feira, 5 de agosto de 2020

O que eu faço com toda essa inquietação?


Mateus 6.25 a 34: “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?

Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?

Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida? E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam.

Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé?

Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas; buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.”

Não tem como ter uma fé perseverante sendo ansioso! A ansiedade traz inquietação. Quando uma pessoa está inquieta, nada está bom, nada a satisfaz. Ela chega até a ficar agressiva, descontrolada, ou seja, torna-se uma presa fácil, nas mãos do inimigo.

Uma das leis de guerra mais conhecidas entre os leões nos deixa uma verdadeira lição. Vou explicar como funciona! No período da noite, o leão dá um rugido tão forte, que chega a causar ataque do coração nos outros animais. Os animaizinhos menores ficam assustados, com aquele barulho, que chega até a trepidar o chão. Eles saem de suas tocas, mas mal imaginam que as leoas estão à sua espera, em uma posição estratégica para devorá-los.

Aquele desespero, aquele medo e aquela ansiedade os fazem perder a noção do ataque. O desejo de fugir os levou para a morte! Da mesma forma acontece conosco! Em Provérbios 19.2, está escrito: Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado”.

Existem pessoas que preferem se entregar à depressão, em vez de dar um passo de fé. Preferem mergulhar no próprio choro, a mergulhar nas águas curadoras de Jesus Cristo.

Existem pessoas que perdem oportunidades de emprego por causa da ansiedade. Já começam a se desesperar, na entrevista, principalmente, quando ficam sabendo da jornada de trabalho e das exigências. Em vez de ficarem felizes, já estão pensando no estresse e no cansaço que vão sentir! Calma, você nem começou ainda! O mesmo Deus que abriu essa porta vai renovar suas forças.

A ansiedade impede que a gente viva o hoje e não nos ajuda a viver o amanhã.

Quem é ansioso não consegue perseverar, não consegue ter paz e é inconstante em todas as coisas. Dá um passo pra frente e dois para traz!

A ansiedade é uma opressão que nos impede de crer em Deus. É um espírito aprisionador e paralisador.

Algumas pessoas, por ansiedade, comem tudo o que veem pela frente, e acabam com a aparência e a saúde prejudicadas. E o problema? Continua onde está. Só que, agora, em vez de um, você acumula vários outros problemas: baixa autoestima, hipertensão, problemas de pele, indisposição...

Já outras, por ansiedade, estouram o cartão de crédito, com roupas e sapatos que nunca vão usar.

Existem muitas que, pela ansiedade, não comem nada! Essa obsessão de ficar magra, da noite para o dia, está prejudicando o seu desempenho, o seu humor e sua saúde. O que adianta ser magra, sem saúde?

Se você sofre de ansiedade, eu quero te deixar um conselho: Descanse no Senhor!

Salmo 37: 5 “Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará.”

Quando a ansiedade vier, como uma onda para te afogar – como aqueles caldos que a gente leva na praia que nos deixa atordoados, sem ar – você vai lançá-la ao Senhor!

Todas as situações que têm te abatido e te preocupado, você vai colocar diante de Deus, em oração, e vai pedir sabedoria, forças e paz, para lidar com todas elas.

Lembre-se: se você quer viver promessas, é necessário perseverar! Cheio de ansiedade, você não chegará a lugar algum!

 Lance sobre Ele toda a ansiedade, peça para o Senhor renovar suas forças e siga em frente, sem medo de ser feliz!



Pense nisso!

terça-feira, 4 de agosto de 2020

Quando nossa disposição interior muda, tudo muda!



Olá querido internauta que sempre está conectado no meu blog! Não há nada melhor do que meditar na Palavra de Deus! Ela é o nosso alimento diário!

Hoje, eu quero falar sobre Ana, mãe do profeta Samuel! 

Ana era uma mulher estéril, que, apesar de muito amada e honrada pelo seu marido, sofria uma afronta e uma humilhação constante!

Para vocês entenderem a dimensão das dificuldades que ela enfrentava, vou explicar como funcionava naquela época. Quando o homem se casava com uma mulher estéril, para poder dar continuidade à família, ele poderia ter outra mulher... Nem preciso dizer que foi assim com Ana, não é mesmo?

Ana ia para a Casa do Senhor e sempre chorava, por causa das humilhações que sofria... De ver a outra oferecer a seu marido tudo o que ela não podia... Em vez de se alegrar com o carinho que recebia dele... 

Ficar se comparando aos outros não resolve seu problema! Cada um tem uma missão na terra. Mesmo a outra podendo ter filhos, Ana era a favorita! Era mais honrada e amada! Mas não se enxergava dessa forma.

Posso falar uma coisa? Talvez, vocês fiquem chocados, mas Ana sofria, porque não tinha fé. Essa era a fonte dos problemas!

Na verdade, ela nunca enxergou que, na Casa de Deus, ela poderia encontrar o caminho da transformação. Ela achava que não adiantava orar. Sabe quando você só frequenta, mas não ouve a palavra? Entra e sai do culto do mesmo jeito? Só bate cartão na igreja?

Quantas vezes, Ana não orou para que Deus desse a ela um filho? Quantas vezes ela não orou para que seu marido não precisasse casar com outra? Quantas vezes, ela não orou para engravidar primeiro?

Mas sabe o que aconteceu? A outra teve mais de um filho, e Ana não teve nenhum. O maior erro dela foi não enxergar o lugar da bênção! Apesar de ir à igreja, ela não enxergava que, por meio da boca do profeta, ou por meio de uma comunhão profunda com Deus, ela poderia achar o caminho da vitória.

Quantas vezes você vai à igreja, tem uma religião, mas carrega dor, mágoa e frustração, porque Deus não te atende? Parece que Deus ouve a oração de todos, mas não presta atenção na sua. Isso é mentira!!!

Posso ser sincera? Você se chateou, porque Deus não te atendeu na hora que você achou que Ele tinha que atender! Por causa disso, você deixou de orar, perdeu a fé. Você deixou o inimigo roubar uma arma poderosa de vitória para a sua vida. Quem desiste, no meio do caminho, é perdedor!

Você parou de louvar, de fazer votos no altar, porque Deus não atendeu as suas expectativas. Mas sabe de uma coisa? Nós somos aqueles que, pela perseverança, alcançamos a promessa!

Em Hebreus 10, está escrito que Deus não se agrada daqueles que retrocedem. O inimigo quer que nada seja completo na sua vida. Ele quer você vá à igreja, sem fé. Ele quer que você vá para a igreja, e não se abra para receber a palavra profética.

Quer entender melhor? Leia comigo Hebreus 10.35 a 39: “Não lanceis fora, pois, a vossa confiança, que tem uma grande recompensa. Porque necessitais de perseverança, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Pois ainda em bem pouco tempo aquele que há de vir virá, e não tardará. Mas o meu justo viverá da fé; e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porém, não somos daqueles que recuam para a perdição, mas daqueles que creem para a conservação da alma.”.

Em nome de Jesus, você vai ficar firme. Você vai voltar para a Casa do Senhor, mas vai para sair, verdadeiramente, transformado. Continue esta semana de uma forma diferente! Assuma novos comportamentos.

Creia no Senhor e estará seguro, creia nos profetas e prosperareis! Não dá mais para ficar do jeito que você está! Em vez de se lamentar, louve. Em vez de reclamar, clame ao Senhor. A oração do justo muito pode em seus efeitos. Uma palavra pode mudar o rumo da tua vida.

Ana viveu um grande milagre, quando entendeu isso. Ela não teve somente um filho, teve sete!

Pense nisso!

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Perdi o rumo...


Atos 16: 16 a 26 “Aconteceu que, indo nós para o lugar de oração, nos saiu ao encontro uma jovem possessa de espírito adivinhador, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. 

Seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens são servos do Deus Altíssimo e vos anunciam o caminho da salvação. Isto se repetia por muitos dias. Então, Paulo, já indignado, voltando-se, disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, eu te mando: retira-te dela. E ele, na mesma hora, saiu.

Vendo os seus senhores que se lhes desfizera a esperança do lucro, agarrando em Paulo e Silas, os arrastaram para a praça, à presença das autoridades; e, levando-os aos pretores, disseram: Estes homens, sendo judeus, perturbam a nossa cidade, propagando costumes que não podemos receber, nem praticar, porque somos romanos.

Levantou-se a multidão, unida contra eles, e os pretores, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas. E, depois de lhes darem muitos açoites, os lançaram no cárcere, ordenando ao carcereiro que os guardasse com toda a segurança. 

Este, recebendo tal ordem, levou-os para o cárcere interior e lhes prendeu os pés no tronco. Por volta da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam louvores a Deus, e os demais companheiros de prisão escutavam. De repente, sobreveio tamanho terremoto, que sacudiu os alicerces da prisão; abriram-se todas as portas, e soltaram-se as cadeias de todos.”

Há momentos em que parece que a gente perdeu o controle da vida. Parece que tudo está ladeira abaixo. E a gente vai se arrastando junto. Parece que está tudo indo de mal a pior.

Aqueles homens simplesmente estavam indo orar, e aquela mulher possessa por um espírito de adivinhação começou a atormentá-los. Paulo, então, expulsou aquele demônio, deixando aqueles homens, que lucravam com aquela malignidade, furiosos.

Por causa disso, Paulo e Silas foram açoitados e lançados em um cárcere. Foi devastador e desesperador. 

Se sua vida está desgovernada e as dores, as aflições, as loucuras fazem de você gato e sapato, te machucam e te colocam em uma condição de humilhação, de indignidade, há um caminho para você.

Através de Paulo e Silas, podemos aprender como recuperar o controle da nossa vida.

O primeiro passo é tirar o inimigo, este problema, esta perda, este cansaço, esta dor e esta enfermidade do controle da sua vida.

O segundo passo é entregar esta situação nas mãos de Jesus Cristo. Como? Use o louvor! Eu costumo dizer que o louvor é a bussola do cristão. O som do louvor devolve sua vida no controle das mãos de Deus.

No cárcere, Paulo e Silas começaram a louvar. Mesmo machucados, sangrando e sofrendo por causa daquela injustiça, eles não deixaram de crer que suas vidas estavam no controle do Senhor. Eles resolveram não dar importância para a dor, mas buscaram a cura. Em nenhum momento, eles questionaram ao Senhor, pelo contrário, clamaram por Ele, pela justiça d’Ele.

Sabe o que aconteceu depois? A fé deles não foi envergonhada! Aquele louvor subiu aos céus, e todas as portas se abriram.

Quando você resolve dar um basta nesta loucura e clamar pelo Senhor, o sobrenatural acontece.

Aquela situação foi uma loucura tão grande, que o carcereiro pensou em se matar, mas Paulo o ministrou e explicou que ninguém havia escapado. Aquele homem, então, liberou Paulo e Silas e tratou suas feridas. Eu imagino que aquele carcereiro deveria ter pensado: “Que som é este que quebra as cadeias?”.

Hoje, eu quero te perguntar: Qual é o som que tem saído da sua boca? É um som que te deixa mais amarrado ainda ao ódio, à inveja, à magoa, ou é o som que liberta e traz o milagre para a terra?

Paulo falou do amor de Cristo para o carcereiro e para a família dele. Todos aceitaram Jesus e foram batizados.

No outro dia, a história mudou, porque descobriram que Paulo era um cidadão romano. Ele jamais poderia ter passado por aquela situação.

Aqueles homens que prenderam Paulo e Silas se humilharam diante deles e pediram perdão.

Deus vai virar o jogo ao teu favor, assim como aconteceu com Paulo e Silas. Quando? Quando você decidir tirar o controle da tua vida das mãos do inimigo, quando este problema deixar de ser o teu deus, quando esta enfermidade não for mais o teu deus, quando a inveja não for mais o teu deus, quando o ódio não for mais o teu deus.

Quando você clamar pela presença do Senhor, Ele agirá em Seu favor. Você passará pelas lutas, mas sem sofrer nenhum dano.

Pense nisso!

sexta-feira, 31 de julho de 2020

Como está o seu relacionamento com Deus?


Romanos 8.6 a 8: “Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz. Por isso, o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeito à lei de Deus, nem mesmo pode estar. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.”

O segredo para viver de bem com a vida em toda e qualquer situação está na sua comunhão com Deus.

Quando você não está conectado com Deus, você perde o brilho e se torna uma pessoa amarga, frustrada, dura, incrédula e debochada!

O que adianta ser debochado se isso não traz solução para sua vida? Criticar a fé dos outros não te torna uma pessoa bem resolvida!

Sabe por que você está debochando? Porque, de alguma forma, você foi machucado, foi magoado... Ou, então, você é uma pessoa infantil, que não tem noção das coisas. Fala e age sem pensar! Desta forma, você está eliminando o único caminho que te leva a Deus! Ou você acha que todas as estradas levam para o mesmo lugar?

O único caminho que nos leva a Deus é Jesus Cristo. E a nossa comunhão com Deus nos fortalece, nos restaura, nos edifica.

O que é comunhão? É o que há em comum entre duas ou mais pessoas. É o ato de realizar ou desenvolver alguma coisa em conjunto!

O que você tem em comum com Deus?

Você sabe qual é o som que O agrada?

Sabe, o nosso relacionamento com Deus é igual ao de um marido com sua esposa! Eu sei qual é a música favorita do meu marido, por exemplo!

Você tem um tempo que é só seu e de Deus?  Você sente falta d’Ele? Você vai aos locais que Ele gosta?

O que você faz em conjunto com Deus? Eu faço a obra!

Ou será que você tem tudo a ver com pensamentos que te destroem? Ou tudo a ver com sentimentos que te matam? Ou tudo a ver com palavras que roubam a paz de quem ouve?

Na Bíblia, está escrito que quem rouba, mata e destrói é o diabo.

Se você está agasalhando estes sentimentos assassinos, estas atitudes destrutivas e estas palavras que destroem o dia de quem as ouve, então, você está cooperando para que as forças do mal arrebentem com sua vida e com a vida dos outros.

Nas redes sociais, o que eu mais vejo são pessoas destruindo a vida dos outros. Julgam, criticam, fazem comentários maldosos. Como se elas não precisassem também da misericórdia de Deus. Elas se esquecem de que, com a mesma medida que elas medem os outros, elas serão medidas também. 

Vamos supor que você não tenha cometido o erro daquela pessoa que foi alvo dos seus julgamentos, mas você comete outros pecados, como, por exemplo, a mentira! Imagine se você julgado com o mesmo peso? Por isso que sua vida não vai pra frente! Você coopera para que o mal se manifeste, e não para que o bem prevaleça!

A partir de hoje, você vai deixar de ter tudo em comum com o que rouba a paz, destrói a vida de alguém, com o que mata o seu futuro e a sua esperança.

Clame para que o Senhor mude sua história e para que você tenha uma nova maneira de caminhar.

Se você fizer isso, o mesmo espírito de vida, que ressuscitou Jesus dentre os mortos, vai te tirar desta morte, desta destruição, e te dar uma vida plena com Deus.


Pense nisso!