Páginas

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Lutas ou oportunidades?



Atos 15.22: “Então, pareceu bem aos apóstolos e aos presbíteros, com toda a igreja, tendo elegido homens dentre eles, enviá-los juntamente com Paulo e Barnabé, a Antioquia: foram Judas, chamado Barsabás e Silas, homens notáveis entre os irmãos.”

Ainda que você, aos olhos humanos, esteja em desvantagem e sem perspectiva de mudança de vida, em Romanos 8.28, está escrito que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e daqueles que são chamados segundo o Seu propósito.

Enxergue, hoje, esta situação como uma oportunidade que Deus está te dando para mostrar ao mundo a sua vitória. O Senhor te fará um referencial a outros, te dará notabilidade, destaque e, por consequência, a liderança que vem do Espírito.

Quando encaramos os problemas e não nos afogamos em murmurações, nas drogas, no álcool, na depressão... Deus nos concede uma capacidade realizadora, de tal maneira que um de nós vale por mil e dois, por dez mil. Ele tem como uma das bênçãos espirituais a sabedoria que vem dos céus.

Tiago 1.5: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.”

Deus tem liderança e notabilidade para sua vida, porém isso depende de sua fé e atitude diante das situações. O Senhor Jesus nos diz: “Vós sois luz do mundo e sal da terra”. Deus quer te honrar para que o mundo reconheça em você a presença do Espírito Santo de Deus.

O Apóstolo Paulo nos adverte, dizendo que não podemos ignorar os intentos do diabo. 

2 Coríntios 2.11: “Para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios.”

O inimigo quer te diminuir, subtrair, te destruir e a melhor forma de conseguir isso é tocando em seus sentimentos. É colocando pessoas para te criticar, julgar e desanimar.

Se o trabalho de Satanás é esse, o trabalho do Senhor é de nos restaurar, abençoar e acrescentar.

O grande problema é que não sabemos respeitar o tempo.  Em Eclesiastes 3, está escrito que há tempo para todas as coisas debaixo do céu. Há tempo de semear e a há tempo de colher. Entre um e outro, há um intervalo.

A única forma de realmente sermos notados, reconhecidos é nos levantando na força e na sabedoria que vêm de Deus, enfrentando, perseverando e buscando ao Senhor.

O reconhecimento vem por meio de vitórias que temos nos reverses, problemas, carências e assolações pelas quais passamos.

Passamos, muitas vezes, por tribulações, mas precisamos ter a certeza de que não estamos andando para trás. Pode ser incompreensível, mas você está debaixo da Palavra de Neemias 13.2, que diz que o Senhor transforma a maldição em benção, para que Seu nome seja glorificado em nossas vidas.


Persevere! Lembre-se! Esta luta, vergonha ou enfermidade veio para que, através de você, todos vejam a Glória de Deus. Pense nisso!

quarta-feira, 19 de junho de 2019

O que você quer levar na bagagem da sua vida?



1 Samuel 17.49 a 51: “Davi meteu a mão no alforje, e tomou dali uma pedra, e com a funda lha atirou, e feriu o filisteu na testa; a pedra encravou-se-lhe na testa, e ele caiu com o rosto em terra. 

Assim, prevaleceu Davi contra o filisteu, com uma funda e com uma pedra, e o feriu, e o matou; porém não havia espada na mão de Davi.

Pelo que correu Davi, e, lançando-se sobre o filisteu, tomou-lhe a espada, e desembainhou-a, e o matou, cortando-lhe com ela a cabeça. Vendo os filisteus que era morto o seu herói, fugiram.”

Davi levava na mochila cinco pedras que ele havia tirado de um rio. Elas eram lisas, porque foram “lapidadas” pelas águas.

Nós não acreditamos em numerologia, mas, na Bíblia, os números sempre sinalizam algo. É como se fossem as placas de trânsito. Neste contexto, o número simboliza dons e habilidades daqueles que foram enviados por Deus para realizarem Sua obra aqui na terra. Por exemplo, a Bíblia cita cinco ministérios apostólicos.

Efésios 4.11: “E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres…”

Golias amedrontava o povo de Israel com suas ameaças. Ninguém tinha coragem para enfrentá-lo, exceto Davi.

Davi sabia que ele carregava dentro de si capacitações divinas. Mas, para os outros soldados, ele era um lunático. Eu imagino que foi, inclusive, motivo de gozação: “Davi, se enxerga! Você nem guerreiro é. Você acha mesmo que vai vencer o gigante com apenas cinco pedrinhas? Com apenas um supro, ele te derruba!”.

Davi era apenas um jovem pastor de ovelhas. A única arma que ele tinha era um estilingue. Mas, contrariando todas as expectativas e a afronta de Golias, manteve-se inabalável e convicto de sua vitória.

Ele enfrentou Golias cheio de fé e coragem: “As armas que eu trago comigo são poderosas em Deus. É o Senhor quem me capacita e me protege!”.

É por isso que, quando vem o gigante da afronta, o gigante da crise, o gigante da vergonha, eu não me abalo, porque eu carrego em minha bagagem armas poderosas.

E você? O que tem levado na sua bagagem? O desânimo? A tristeza? A incredulidade?

O que você tem levado na sua bagagem antes de sair para o trabalho? A preguiça? O relaxo? A indisposição?

O que você tem levado na bagagem quando se reúne com sua família? A indiferença? A inveja? O ódio? As mágoas? Uma memória de dor?

O que você leva na sua bagagem quando se depara com um desafio? A insegurança? O medo?

Deus não permite guerras que não possamos enfrentar! Só apareceram gigantes na Bíblia, quando o povo de Deus podia derrubá-los.

Se você se deparou com o gigante dos problemas financeiros, com o gigante da enfermidade, com o gigante dos conflitos emocionais..., não se abale, porque o Senhor te dará recursos – aqueles que, muitas vezes, o mundo despreza –, que serão o suficiente para você ter uma vitória histórica!

Então, querido internauta, tire da sua bagagem tudo o que tem tornado a sua vida pesada... Em vez disso, leve o discernimento, a sabedoria, a oração, o jejum, louvores, ministrações... Assim, tudo aquilo que te afronta e te envergonha vai cair diante de você!

Davi tinha cinco pedras, mas venceu aquele gigante com apenas uma!

Pense nisso!

terça-feira, 18 de junho de 2019

Não misture as coisas



João 16.33: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”

Hebreus 10: 37 a 39 “Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma.”

Quando estamos cansados, impotentes, desgastados ou com a “paciência cheia”, para não usar aquele termo chulo, a tendência é misturarmos conflitos, enfermidades, desafios e calamidades com a promessa de Deus.

Tome cuidado para você não cair nessa armadilha, porque é uma das mais eficazes do inimigo.

Por maiores que sejam suas lutas, elas não podem impedir a manifestação das promessas de Deus!

Eu costumo dizer que lutas e promessas são duas paralelas!

O fato de você estar passando por dificuldades, do seu status de relacionamento ter mudado, da sua situação familiar ter mudado, dos seus amigos terem mudado... não quer dizer que o Senhor mudou!

Malaquias 3.6: “Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.”

Em momentos de desgaste, de loucura, de dor... invoque ao Senhor, porque Ele é contigo!

O Senhor nos preveniu de que no mundo teríamos aflições, mas Ele veio justamente para nos dar essa vitória.

Para o estudo de hoje, eu escolhi usar o exemplo de Daniel. Vocês acham mesmo que foi Deus quem preparou a cova dos leões para ele? Não! Foram homens usados por demônios!

Muitas pessoas questionam: “Como é que Deus permitiu uma coisa dessas?” Queridos, porque Ele tinha poder e autoridade para derramar sobre a vida de Daniel. Ele tinha também um grande livramento!

A cova dos leões não foi o fim da história. Daniel foi jogado por aqueles homens invejosos, mas nada aconteceu com ele. Saiu ileso! Deus interferiu e o livrou!

Esse Deus também está aqui! Se você buscá-lo, se você invocá-lo e se você clamar pelo Seu nome, Ele vai interferir na sua causa!

Jesus é chamado de Salvador, porque Ele veio para isso mesmo! Ele veio para nos salvar dessas injustiças, desse desgaste, desse desânimo, desse engano... Veio para nos salvar de nós mesmos!

Não importa o que as pessoas dizem, Jesus te ama, e Ele se importa!

Tanto os bons quanto os ruins passam por dificuldades. A diferença é que aqueles que se apagam a Deus transformam seu sofrimento em superação!


Pense nisso!

segunda-feira, 17 de junho de 2019

Deixe Deus assumir o controle!



1 Samuel 7.1 a 3: “Vieram, pois, os homens de Quiriate-Jearim, tomaram a arca do Senhor e a levaram à casa de Abinadabe, no outeiro; e consagraram a Eleazar, filho dele, para que guardasse a arca do Senhor.

E desde e dia em que a arca ficou em Queriate-Jearim passou-se muito tempo, chegando até vinte anos; então toda a casa de Israel suspirou pelo Senhor. Samuel, pois, falou a toda a casa de Israel, dizendo: Se de todo o vosso coração voltais para o Senhor, lançai do meio de vós os deuses estranhos e as Astarotes, preparai o vosso coração para com o Senhor, e servi a ele só; e ele vos livrará da mão dos filisteus.”

Foram 20 anos de choro porque a Arca da Aliança estava perdida. Foram 20 anos de assolação nas mãos dos filisteus.

Eu não sei há quanto tempo você está passando por situações complicadas, mas eu posso te garantir que, em Deus, há solução, há caminho, há um escape...

Como você tem se dirigido ao Senhor? Você tem pedido para Ele mudar sua sorte? Tem clamado para que este choro se transforme em alegria?

Na Bíblia, está escrito que, onde não há profecia, o povo se corrompe. O que eu quero dizer hoje é que, onde há profecia, há um caminho! Você tem buscado uma direção no altar?

O que nos impede, muitas vezes, de vivermos uma libertação completa é colocarmos nossos problemas, nossas famílias, nosso casamento, nosso emprego... acima de Deus.

Quantas vezes, você fez a vontade do seu filho primeiro? Quantas vezes, você fez a vontade do seu chefe primeiro?

Coloque Deus à frente da sua guerra.

Existem tantas atitudes incoerentes. As pessoas falam que precisam de um milagre, que precisam de Deus, mas não separam nem cinco minutos do dia para buscá-lo!

Arranjam tempo para assistir novelas, séries, jogos de futebol, para jogar conversa fora nas redes sociais, mas não separam dez minutos do dia para lerem a Bíblia.

Tenha um tempo para se relacionar com o Senhor! Volte para a igreja. Faça da sua casa um ambiente de adoração! Não prolongue mais este sofrimento. Prepare seu coração para os melhores dias da sua vida!

Pense nisso!

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Haverá bom futuro



Rute 1.19 e 20: "Então, ambas se foram, até chegarem a Belém; sucedeu que, ao chegarem ali, toda a cidade se comoveu por causa delas, e as mulheres diziam: Não é esta a Noemi? Porém ela lhes dizia: Não me chameis de Noemi; chamai-me de Mara, porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso."

Noemi, em uma época de fome e de muitas dificuldades, saiu de Belém com seu marido e ambos foram para Moabe. Na terra dos moabitas, ela, subitamente, perdeu os filhos, o marido e tudo o que mais amava.

Eu creio que Noemi, nessa situação, deveria ter se irado contra Deus e questionado: “Por que não me levou junto? Assim, o Senhor me poupava de tanto sofrimento! Não sobrou mais nada, somente as minhas noras! Nem netos, eu tive!”.

Querido, quantas vezes, o inimigo vem com esse discurso: “Olha, você não tem mais futuro! Não tem mais perspectiva”. Talvez, você tenha 40 ou 50 anos e acha que Deus não pode trazer nada de novo para a sua vida.

De repente, seu marido te deixou, ou sua esposa faleceu, ou você foi traído, perdeu seu emprego, foi abandonado e acha que, por causa disso, não há mais caminho, não há direção. Mas esta sentença está quebrada, em nome de Jesus.

Noemi, pra quem não sabe, significa “graça e favor de Deus”, mas o sofrimento foi tanto, que ela decidiu mudar seu nome para Mara, que quer dizer “águas amargas”.

O inimigo quer mudar o seu nome, quer que você seja conhecido como problemático, falido, endividado, bandido, desonesto e depressivo. Sabe de uma coisa? Uma situação difícil não define quem você é.

O fato de você não enxergar solução, não significa que Deus não está ao seu lado, que você não tem um povo, ou que você não tem um lugar para habitar.

Noemi não se enxergava vitoriosa, mas sua nora disse: “Eu não vou te deixar, seu povo é o meu povo e o Seu Deus é o meu Deus”. Noemi não enxergava que tinha um povo, mas Rute enxergava.

Querido, não caia na mentira de Satanás de que, para você, é o fim da linha. Os dias de alegria e de vitória virão. Nenhuma calamidade dura para sempre, mas a bênção de Deus é eterna.

Hoje, em vez de lamentar, você vai se renovar no Senhor. Mesmo que você tenha errado, não deixe a acusação te afastar do Senhor, Ele tem um caminho de transformação para você. Levante-se, porque Deus vai te sustentar com Sua destra fiel.

Você nunca será provado além do que você pode suportar. Lembre-se de que, com a luta, o Senhor sempre te dará um escape.

Sabe qual foi o final da história que acabamos de ler? Noemi teve dias de riso. Rute deu-lhe um neto. O resgatador se levantou.

Ela se casou com Boaz ,e ambos foram progenitores da linhagem de Davi. O filho deles, Obede, era avô do grande rei de Israel.

Eu quero finalizar o estudo de hoje deixando o versículo de Zacarias 9.12: “Voltai à fortaleza, ó presos de esperança; também, hoje, vos anuncio que tudo vos restituirei em dobro.”.

Pense nisso e creia, porque haverá bom futuro e será muito melhor do que você pensou!

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Nós alcançamos o céu quando nossos joelhos tocam o chão



Mateus 21.22: “...e tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis.”


1 Tessalonicenses 5.17: “Orai sem cessar.”

Hoje, eu quero falar com vocês sobre o poder da oração!

A oração renova forças, acalma a alma, alimenta a fé e nos aproxima de Deus. Não há nada que a oração não possa fazer.

Quem dela se alimenta sabe que os joelhos no chão podem derrubar gigantes, abrir o mar, derrubar muralhas e transformar situações, humanamente, irreversíveis.

Quem apresenta a Deus todas as coisas, em oração, é sábio, pois sabe que, desta forma, alcançará o melhor do Senhor.

Hebreus 10.35 a 9: “Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande garladão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa.

Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porem, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma.”

Para finalizar, eu quero destacar sete bons motivos para você ter uma vida de oração:

1- A oração nos aproxima de Deus, que é o nosso pai e melhor amigo;

2- A oração não muda Deus, ela muda quem ora;

3- A oração é a capacidade espiritual de atingir situações e pessoas, mesmo quando estão a milhões de quilômetros de distância;

4- A oração é uma arma espiritual de guerra que tem ação nas regiões celestiais;

5- A oração nos mantem vivos espiritualmente;

6- A oração nos protege e nos fortalece em dias de guerra;

7- A oração traz à existência o que não existe.

terça-feira, 4 de junho de 2019

Não é questão de necessidade, mas de fé



Hebreus 11.6: “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.”

O que Deus me ensinou, ao longo de todos esses anos dedicados ao ministério, é que quem vive milagres não é aquele que precisa, mas aquele crê!

Muitas vezes, questionamos: Senhor, fulano recebeu tantos milagres, mas aquele que está em uma condição muito pior não recebe nada! Isso é injusto! Por que isso acontece?

Isso acontece, porque o outro não quer depender de Deus ou, simplesmente, rejeita as oportunidades que o Senhor entrega! Quer viver milagres, mas não quer ter relacionamento com o Deus do milagre! Isso não existe! Um depende do outro! Aliás, eu não sirvo a Deus pelo que Ele pode me dar, mas pelo o que Ele é! Não é uma relação de troca, é uma relação de amor!

Voltando ao assunto... Eu aprendi que o milagre vem através da transformação que a fé já produziu em nossas vidas.

Tem gente que faz tanta loucura por causa das drogas ou por causa de um relacionamento, e, no final, acabam destruídos.

Assim como tantas escolhas ruins, a fé também traz consequências! A diferença é que ela só traz coisas boas: livramento, paz, domínio próprio, milagre, além do conselho e consolo do Espírito Santo.

Quando fazemos um voto, jejuamos, nos consagramos... estabelecemos uma aliança com Deus! Aliança envolve reciprocidade, envolve entrega e envolve a relação de algo que os dois têm em comum. É algo que precisamos renovar; assim como ocorre nos nossos relacionamentos. Nós temos que, constantemente, renovar nossa aliança de amor (com nosso esposo, esposa, namorado, namorado...), através de atitudes, palavras, trabalho, doação... É dessa forma que nós mantemos uma aliança!

Sabe, sem fé, é impossível agradar a Deus. A fé nos liga ao Senhor. A fé envolve atitudes. Muitas vezes, precisamos passar por cima do nosso ego, dos nossos achismos, dos nossos traumas... Mas vale a pena!

A fé nos transforma! A partir do momento que você crê, suas reações mudam! É muito fácil distinguir quem tem fé e quem não tem! É só você reparar nas atitudes dos incrédulos!

As pessoas incrédulas são críticas, amargas, invejosas... não podem ver ninguém de bem com a vida... Se você fala que vai mandar um currículo, ela já vem com aquele discurso derrotista de que o mundo está em crise, de que você não tem capacidade ou a formação necessária! Elas não sabem que a última palavra é do Senhor!

Quando alguém vem com aquele papo de que eu sou trouxa por acreditar, eu, simplesmente respondo: É melhor ser assim do que ser como você, um incrédulo! Uma pessoa que está morta por dentro!

O incrédulo só serve para tirar sua alegria e zombar das coisas de Deus! Mas sabe de uma coisa? Quem não respeita sua fé não te respeita!

Os grandes filósofos incrédulos, mesmo com seu conhecimento e grandes descobertas, não eram pessoas completas! Muitos, inclusive, tiram suas próprias vidas!

Por outro lado, grandes homens e mulheres, que acreditaram e foram até as ultimas consequências, viveram o impossível! A prova disso está na Bíblia! Gigantes foram derrubados, mulheres estéreis deram à luz, o cego começou a enxergar, relacionamentos foram restaurados, pessoas ressuscitaram... A fé em Deus nos faz vencer o mundo! A fé é a nossa linha direta com Deus!

Cuidado com quem você tem depositado sua fé! Fé em coisas erradas é altamente destrutivo. Tem gente que acredita, piamente, que pode ganhar algo mentindo! Talvez, até ganhe, mas será um ganho de morte.

Existem mulheres que acreditam, piamente, que só podem ser realizadas emocionalmente se estiverem com o marido da outra! Acham que, ao destruir o casamento, entrarão na rota do “felizes para sempre!”.

Elas até podem conseguir roubar o marido da outra, mas será uma relação de desgraça para a vida de todos!

Por outro lado, a fé em Deus nos faz vencer o mundo. Isso só acontece, quando decidimos viver na maneira que Ele terminou, quando decidimos enfrentar as situações da maneira que Ele nos ensinou...

Como eu enfrento uma enfermidade? Chamando uma autoridade espiritual para orar,  buscando a cura! Fazer o que for possível. Se você prestar atenção nos milagres que Jesus realizou, certamente, perceberá que as pessoas iam ao encontro Seu encontro! Jesus não ia atrás delas!  O cego ia atrás de Jesus, o coxo ia atrás de Jesus, os leprosos faziam de tudo para se aproximarem de Jesus. Quem foi atrás de Jesus foi curado! Quem procura acha!

Como nós devemos procurar? Através da oração, através do jejum, através do clamor, através do louvor... Dessa forma, nós quebramos as resistências e as portas se abrem.

O que nos faz viver um milagre não é nossa necessidade, nosso choro ou nossa loucura, mas a nossa fé!

Pense nisso!