Páginas

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Ressurreição para uma nova vida!



Ressurreição é a morte e o surgimento de uma nova vida. Ou seja, o que havíamos vivido até então ficou definitivamente para trás... Simplesmente, não existe mais!

Essa nova vida que recebemos em Jesus requer novos pensamentos, sentimentos e reações! Se a quisermos, não podemos mais ser os mesmos! Não podemos mais querer voltar para um passado que não tem futuro!

Filipenses 3.13 e 14:  “Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

Para ressuscitarmos, muitas vezes, precisamos enterrar nossos planos! Esta em nós o poder de escolha: ressuscitar para uma vida medíocre, carregada de ressentimentos ou para uma vida melhor! Só vive uma nova vida quem sai definitivamente do ambiente de morte!

Paulo tinha outro nome – Saulo –, era respeitado, bem relacionado, tinha projeção social, era desenvolvido intelectualmente, foi um grande estudante da lei... Mas, assim como muitos de nós, não sabia que precisava ressuscitar, que precisava de libertação.

Naquela época, existiam homens que não tiveram a mesma formação intelectual e que, diferente dele, tiveram experiências profundas e pregavam com liberdade e sabedoria, como Estêvão, por exemplo. Saulo, em sua ignorância, ordenou seu apedrejamento.

Durante sua viagem em direção a Damasco, ele foi surpreendido por uma luz e pela voz de Jesus Cristo. Depois daquela experiência, ficou cego!

Durante três dias, ele entrou em contato com a escuridão que havia dentro de si, com o ambiente de morte que ele gerou! Ele percebeu que sua religião o tornou uma pessoa sanguinária e cruel! Naquele momento, entrou em contato com suas verdades e percebeu que suas percepções e sentimentos estavam distorcidos!

Após receber a palavra de um profeta, seus olhos se abriram. A palavra profética nos direciona. Saulo, até então, achava que a solução estava em suas próprias mãos.

Saulo se tornou Paulo – de perseguidor para seguidor de Cristo – quando teve uma experiência transformadora, quando ressuscitou para uma nova vida! Ele nunca mais foi o mesmo.

Esse mesmo homem que respirava ameaças e morte escreveu 1 Coríntios 13! Ele definiu o amor como ninguém, sabe por quê? Porque ele foi transformado pelo amor de Deus! Em vez de matar, passou a salvar! Ele morreu e ressuscitou para uma nova vida!

Para vivermos uma nova vida, precisamos, assim como Paulo, renascer verdadeiramente em Cristo e para Cristo, sabendo que isso é muito mais do que simplesmente acreditar que Deus existe!

Mas, para isso, é necessário ser cheia do Espírito Santo, ter a mente transformada e entregar nossas vidas nas mãos do Senhor!