Páginas

quinta-feira, 28 de março de 2019

Como ter paz em tempos de guerra?


2 Reis 6.15 a 20: “Tendo-se levantado muito cedo o moço do homem de Deus e saído, eis que tropas, cavalos e carros haviam cercado a cidade; então, o seu moço lhe disse: Ai! Meu senhor! Que faremos? Ele respondeu: Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles. Orou Eliseu e disse: SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos para que veja.

O SENHOR abriu os olhos do moço, e ele viu que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu. E, como desceram contra ele, orou Eliseu ao SENHOR e disse: Fere, peço-te, esta gente de cegueira. Feriu-a de cegueira, conforme a palavra de Eliseu. Então, Eliseu lhes disse: Não é este o caminho, nem esta a cidade; segui-me, e guiar-vos-ei ao homem que buscais.

E os guiou a Samaria. Tendo eles chegado a Samaria, disse Eliseu: Ó SENHOR, abre os olhos destes homens para que vejam. Abriu-lhes o SENHOR os olhos, e viram; e eis que estavam no meio de Samaria.”

O rei da Síria resolveu fazer guerra contra Israel. Tudo aquilo que ele planejava, o Senhor revelava ao profeta Eliseu, que, por sua vez, dava as devidas orientações ao rei de Israel.

O rei da Síria ficou enfurecido e começou a desconfiar da existência de um traidor. Os generais garantiram que não havia nenhum homem que tivesse coragem de trai-lo e explicou a verdadeira estratégia do povo inimigo.

Ao saber da existência do profeta Eliseu, o rei convocou um exército e pediu sua cabeça.

O primeiro passo foi cercar o monte em que Eliseu morava. O segundo foi vasculhar todas as casas da região. Ao ver aquele cenário pré-guerra, o ajudante de Eliseu ficou desesperado.

Eliseu, com toda a calma do mundo, disse: “Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles!”.

Eliseu pediu a Deus para que visão de seu ajudante fosse aberta! Depois disso, aquele homem passou a enxergar o mundo espiritual e viu que, entre o exército da Síria e eles, havia um exército de anjos, cavalos e carros de fogo, para defendê-los.

O profeta, então, orou e disse: “Fere, peço-te, esta gente de cegueira!”. E o Senhor o atendeu!

Eliseu, então, conduziu o exército inimigo ao centro da cidade, alegando que os levaria para o encontro do homem que eles tanto procuravam.

Depois de conduzi-los ao ponto estratégico, Eliseu pediu a Deus para que os olhos daqueles homens assassinos fossem abertos. O Senhor, mais uma vez, o atendeu. De repente, eles se depararam com o exército de Israel, que estava de prontidão.

O rei de Israel quis aproveitar a oportunidade para aniquilá- los, mas o profeta o repreendeu, dizendo: “Você vai fazer isso com quem o teu braço tiver alcançado. Você alimentará estes homens, e, antes de dispensá-los, você vai dizer: ‘Eu podia tê-los matado, mas Deus foi misericordioso com vocês!’”.

Sabe o que aconteceu depois? Enquanto Eliseu viveu, não houve mais guerra entre a Síria e Israel. O povo, finalmente, viveu um tempo de paz!

Sabe, queridos, nós estamos vivendo dias tão difíceis. Dias em que a gente se vê cercado de atrocidades! São más notícias para todos os lados. Você olha para o lado, tem uma pessoa desanimada! Você olha para o outro, tem alguém murmurando! Você assiste o noticiário, e parece que a TV sangra de tanta violência! É como se um abismo chamasse outro abismo!

Parece que os valores bons ficaram perdidos no meio do caminho. Ninguém mais se respeita, ninguém mais se tolera! Nas redes sociais, então, a gente vê cada crueldade. Fica nítido o desejo que algumas pessoas têm de destruírem as outras! É um absurdo!

Vimos isso até entre pessoas cristãs! Muitas, inclusive, falando mal de alguém que já as abençoou. No primeiro erro, vem a enxurrada de críticas e indiretas! As pessoas se valem mais dos erros do que dos acertos! E você, ao ver toda esta loucura, fica aterrorizado, pois tem medo de ser o próximo alvo.

Sabe, o Senhor cuida de cada um de nós! Ele dá ordem aos seus anjos ao nosso respeito, para que nos guarde em todo o caminho. É o que está escrito no Salmo 91. Tire o dia para meditar nele!

Se você está só enxergando um cenário de guerra, tenho alguns conselhos:

1º) Vá para a igreja e receba a oração do sacerdote!

As escamas do medo e das más notícias vão cair dos seus olhos. Você vai começar a enxergar que a misericórdia de Deus é maior na sua vida e poderosa para te dar livramentos sobrenaturais.

2º) Peça a Deus estratégias!

Em vez de sair brigando com todo mundo, em vez de se destruir, busque ao Senhor! A solução vem do autor e consumador da nossa fé!

3º) Aquiete seu coração!

Nada de fazer justiça com suas próprias mãos, porque Deus está conduzindo esta situação para melhor!

Tudo depende de como você enxerga as situações. Se você enxergar pela fé, debaixo de uma autoridade espiritual que orou por você em santidade, o mal que veio se transformará em bem! Deus transforma maldição em bênção.

Pense nisso!

quarta-feira, 27 de março de 2019

Não é o fim da linha!


Salmos 31.1 a 5 e 14. “Em Ti, Senhor, me refugio; não seja eu jamais envergonhado; livra-me por tua justiça. Inclina-me os ouvidos, livra-me depressa; sê o meu castelo forte, cidadela fortíssima que me salve.

 Porque Tu és a minha rocha e a minha fortaleza; por causa do Teu nome, Tu me conduzirás e me guiarás. Tirar-me-ás do laço que, às ocultas, me amarram, pois Tu és minha fortaleza. Quanto a mim, confio em Ti, Senhor. Eu disse: Tu és meu Deus.”.

Davi estava passando por uma situação desesperadora quando escreveu este Salmo. Talvez, hoje, você esteja passando por lutas, dificuldades e esteja, literalmente, encurralado. Parece que a única solução é desistir! Desistir da reconciliação do casamento, desistir dessa porta de emprego, desistir da salvação dos seus filhos, desistir da cura desta enfermidade...

Mas você não vai fazer isso! Deus não te deu espirito de covardia, mas de ousadia e de moderação. Você vai passar por isso de cabeça erguida e com os ânimos equilibrados.

Não se sinta impotente diante de uma notícia ruim ou por que as coisas não aconteceram da forma que você idealizou! Deus te fez livre!

Você é livre para entregar os seus dias nas mãos do Senhor e de descansar na sombra do Onipotente! Ele está no controle de tudo! Deixe que Ele dirija sua vida, ainda que o caminho esteja cheio de pedras e obstáculos.

Peça sabedoria, graça e paz. Sabe, não existe alegria maior do que estar na presença do Senhor.

Anime o seu coração! Não murmure, louve, porque Deus habita no meio dos louvores. Em vez de criar um ambiente de briga, confusão e insatisfação, crie um ambiente para o Senhor agir. Quem faz o clima somos nós! Mesmo que você esteja no deserto creia no Senhor, porque haverá água! Haverá provisão!

O que você está passando é só uma fase, para que amanhã você viva o melhor! Você vai olhar para traz e pensar: O que eu vivi não passou de uma leve tribulação, perto da glória que tem se manifestado!

Tempo de guerra não é tempo de chorar! Na guerra, buscamos forças para lutar, resistir e vencer! Depois, na hora de comemorar, você pode até chorar de alegria!


Pense nisso!

terça-feira, 26 de março de 2019

Lidando com situações inesperadas!

 

Provérbios 3.25 e 26: “Não temas o pavor repentino, nem a arremetida dos perversos, quando vier. Porque o Senhor será a tua segurança e guardará seus pés de serem presos.”

No primeiro capítulo do livro "Vivendo de Bem com a Vida”, eu falo que, muitas vezes, nos encontramos no meio de situações inesperadas. Eu até inicio o texto dizendo que “o ideal seria começar tudo do começo”, mas nem sempre dá.

Veio do nada para me tirar tudo...

Muitas vezes, você se depara com situações que você não estava preparado. Lutas que vêm do nada: a interrupção de uma gravidez, um acidente de carro, uma demissão, uma traição, o rompimento de um relacionamento, a morte de alguém que você ama... De repente, você acorda e está no meio de uma loucura.

Como dizia minha avó, são situações que te deixam de “calças curtas”. Apesar de que hoje em dia, algumas mulheres usam cada shortinho... misericórdia! É muito complicado quando em nossa vida nem sempre conseguimos levar tudo com bom humor.

Desnorteada? Não, a Bíblia já deixou um caminho

Mesmo que seja difícil, a Palavra de Deus fala para não temermos o pavor repentino. Pavor repentino é o medo que sentimos quando nos deparamos com situações novas, complicadas e aparentemente sem solução.

Na Bíblia, está escrito “não temas”. Quando Deus fala: “Não tenha medo” é porque vai dar medo mesmo. Quando o Senhor falou para Josué: “Seja forte e corajoso”, com certeza, ele enfrentaria situações que o deixaria fraco, impotente e com vontade de desistir.

Deus já preparou Josué para a situação que ele enfrentaria. É como se o Senhor falasse “Eu sei que você vai ficar espantado, mas segura essa. Você pode!”.

Hoje, se você está totalmente atordoada por causa das lutas, ou até mesmo espantada ao ver uma pessoa que era muito próxima de você ser capaz de te fazer tanto mal, não se deixe abalar.

Não tema o pavor repentino e muito menos os golpes do perverso. Não tema a arremetida daquele que é mal, que tem prazer em causar dano à sua vida, aquela pessoa que é verdadeiramente uma extensão do inferno!

Infelizmente, assim como tem gente que é uma extensão de Deus, existem pessoas que se deixam dominar pelo inimigo e vêm com tudo para roubar, matar e destruir seus sonhos.

Assuma o controle

Faça do Senhor a sua segurança. Ele te deixará de cabeça erguida, Deus vai guardar os teus pés neste campo minado, para você não ficar refém desta situação.

Faça dessa palavra a tua verdade! Sabe como? Invocando:  "Senhor, seja a minha segurança e me livra de fazer o que meus pés têm vontade. De correr covardemente, de ficar paralisada ou desequilibrada. Livra-me de todo o laço do inimigo, que quer me amarrar, me colocar em uma cama de depressão, em  uma cadeia de ódio, vingança, loucura,  desespero,  choro e de revolta contra Deus!".

Quando você faz desta palavra o teu caminho, você encontra luz e a verdade! Deus é contigo, faça d´Ele a sua segurança! Você pode todas as coisas, porque Ele te fortalece. 

Pense nisso!

quinta-feira, 21 de março de 2019

Construa o seu milagre com atitudes de fé!


Lucas 1.30 a 37: “Mas o anjo lhe disse: Maria, não temas; porque achaste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai; ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim.

Então, disse Maria ao anjo: Como será isto, pois não tenho relação com homem algum? Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus.

E Isabel, tua parenta, igualmente concebeu um filho na sua velhice, sendo este já o sexto mês para aquela que diziam ser estéril. Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.”

Deus tem muitas promessas. Talvez, Ele tenha te falado: “Sua esterilidade será quebrada. Você terá filhos”. Mas os anos passaram, e nada de engravidar. Você, então, chega à conclusão de que o milagre não é para você.

Você, neste período de espera, viu pessoas recebendo outras bênçãos e superando os seus impossíveis!  Viu o cumprimento de tantas promessas. Mas não conseguiu se enxergar em nenhuma delas.

Você, então, recebe novamente a Palavra do Senhor, mas, mais uma vez, não consegue acreditar: “Como isso vai acontecer, se não há possibilidades humanas?”, “Como eu vou casar e ter filhos, se já estou com 39 anos?”, “Como eu vou ser curada desta enfermidade, se ela já matou três pessoas da minha família?”, “Como Deus vai libertar meu marido do alcoolismo, se ele está há mais de dez anos preso neste vício?”.

Quem disse que o Senhor depende de condições humanas para realizar um milagre? Lembre-se de que Ele é o Deus do Impossível.

Um testemunho para edificar a sua fé

Nos cultos em que eu ministro, eu tenho o costume de orar por todas as pessoas que possuem algum tipo de enfermidade. Olha, eu já perdi a conta de quantos milagres eu já presenciei.

Entre as pessoas que receberam oração e foram curadas, havia uma senhora que sentia dores desde os cinco anos de idade. Ela, com os olhos marejados, disse: “As dores fazem parte da minha rotina. Eu durmo e acordo com elas!”.

Aquela senhora havia sofrido um acidente, que deixou um de seus pés com uma cicatriz enorme. “Eu quase não tenho articulações. Eu não tenho mais cartilagem, ou seja, um osso acaba raspando no outro... É uma dor inexplicável”, desabafou ela.

Depois de ouvir essa história, eu senti uma grande compaixão e, com muita convicção, eu disse a ela: “Você acha que Deus precisa de músculos, nervos, cartilagens, tendões e ossos para te curar? Com apenas uma ordem, Ele criou o universo!”.

Aquela senhora, já mais esperançosa, respondeu: “Os homens precisam, mas o Senhor não precisa!”. E eu continuei: “Tudo o que Deus precisava para te curar, Jesus entregou na cruz do Calvário. Ele levou sobre Si todas as nossas enfermidades, inclusive essa. Você crê que o Senhor pode te curar, mesmo depois de todos estes anos?”. E ela disse que sim!

Queridos, aquela senhora realmente creu! Depois de receber a oração, ela foi completamente curada. Foi realmente algo muito forte.

Para Deus, realmente, não existem limites!

Voltando ao nosso estudo...

Sabe o que muitas vezes nos impede de viver um milagre? Nós mesmos! Nós nos auto-sabotamos com nossas palavras e atitudes. Pare e pense: O que você tem declarado com seus lábios tem te levado para mais perto ou tem te afastado das promessas do Senhor?

Deus não mudou! Ele fez, Ele faz, e Ele fará! Quem precisa mudar somos nós! Nossas posturas e discursos precisam mudar!

Em vez de atrair o mal para a sua vida, profetize: “Eu vou viver essa promessa!”. Comece a construir o seu milagre com palavras e atitudes de fé!

Eu sei que o milagre vem do Senhor, mas tenha atitudes que te coloquem na rota deste milagre. Por exemplo, o voto é uma atitude de fé. O louvor é uma atitude de fé. O jejum é uma atitude de fé. Estar na Casa do Senhor e meditar em Suas Palavras são atitudes de fé. Ter alianças de oração é uma atitude de fé...

A ação do Espírito Santo de Deus

Quando o Senhor anunciou para Maria que ela teria um filho sem ter relações sexuais, a princípio, ela questionou: “Como será?”. E o Senhor, através do anjo Gabriel, explicou: “Vai descer sobre você um poder que traz à existência o que não existe! Essa virtude vai fazer nascer em você o que não poderia nascer!”.

Maria foi direcionada a se aproximar de Isabel – uma mulher que foi curada da esterilidade e já estava grávida de seis meses.

Se você deseja receber as promessas do Senhor, mas não vê possibilidades porque você tem tudo para não vivê-las, em nome de Jesus, venha renascer em Cristo. Venha ficar perto de quem crê. Nós vamos te ajudar nesta jornada.

Que, a partir de hoje, o milagre comece a se desenvolver dentro de você, até que chegue o momento de dar à luz. 

Através da sua vida, as pessoas saberão que Deus honra todas as Suas promessas, assim como aconteceu com Maria.

Pense nisso!

quarta-feira, 20 de março de 2019

O nosso bom samaritano


O Pensamento do Dia de hoje é inspirado em uma das parábolas de Jesus Cristo. 

O que são Parábolas? São histórias que Jesus contava aos seus discípulos e seguidores para ajudá-los a compreender o Reino de Deus, seus valores e a importância da meditação na Palavra de Deus, através de situações do cotidiano, ou hipotéticas.

Hoje, eu quero falar com vocês sobre a Parábola do Bom Samaritano.

Lucas 10.26 a 37: “Então, Jesus lhe perguntou: Que está escrito na Lei? Como interpretas? A isto ele (interprete da lei) respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.  Então, Jesus lhe disse: Respondeste corretamente; faze isto e viverás. Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: Quem é o meu próximo?

Jesus prosseguiu, dizendo: Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e veio a cair em mãos de salteadores, os quais, depois de tudo lhe roubarem e lhe causarem muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semimorto. Casualmente, descia um sacerdote por aquele mesmo caminho e, vendo-o, passou de largo.  Semelhantemente, um levita descia por aquele lugar e, vendo-o, também passou de largo.

Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou-lhe perto e, vendo-o, compadeceu-se dele. E, chegando-se, pensou-lhe os ferimentos, aplicando-lhes óleo e vinho; e, colocando-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e tratou dele. No dia seguinte, tirou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: Cuida deste homem, e, se alguma coisa gastares a mais, eu to indenizarei quando voltar.

Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores? Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo.”

Na figura do bom samaritano, nós vemos que, muitas vezes, a nosso socorro não vem daqueles que têm uma formação técnica ou, até mesmo, teológica, mas vem daqueles que são transformados pelo Espírito Santo de Deus.

Também podemos perceber que o nosso socorro vem do Senhor Jesus. Ele é o nosso bom samaritano. Ele pagou um preço alto por nossas vidas e, ainda, deixou o Espírito Santo para que nós pudéssemos ser completamente restaurados e restituídos.

Ele nos livrou dos salteadores, curou nossas feridas, nos acolheu e nos deu uma nova perspectiva de futuro.

Essa parábola é muito conhecida entre os cristãos, mas decorá-la pode, no máximo, te tornar aquele sacerdote. Ela não pode ser apenas decorada, ela precisa ser uma verdade em sua vida. Aquele bom samaritano não tinha tanto conhecimento como os outros homens, mas ele fez a verdadeira pregação do evangelho!

Medite nesta Palavra! Eu tenho certeza de que ela vai trazer muitos outros ensinamentos preciosos, principalmente, sobre compaixão e misericórdia!


Pense nisso!

terça-feira, 19 de março de 2019

Sem limites para Deus!


Hoje, eu quero te convidar a meditar comigo em 1 Coríntios 11.

Paulo diz: “Sejam meus imitadores, como sou de Cristo”. Isso não significa que seremos como aqueles humoristas que imitam as expressões, as vozes de pessoas famosas e até nos divertem com isso.

Na verdade, ele quis dizer: “Seja meu imitador, mas nas minhas atitudes, na minha postura, nas minhas reações, nas minhas decisões, na minha maneira de viver, assim como eu sou de Jesus Cristo.”.

Vou pegar um fato isolado, para usar como exemplo: Quando Paulo estava no seu local de oração, apareceu uma moça possuída por um espírito de adivinhão. Ela começou a perturbá-lo todos os dias, atrapalhando aquele momento de consagração.

Essa situação durou muito tempo. Até que Paulo e Silas expulsaram aquele demônio. Só que aquele espírito maligno era uma espécie de fonte de renda para aquela mulher. Ela era muito procurada para fazer adivinhações e, por consequência, seus donos enriqueciam.

Por conta disso, Paulo e Silas foram acusados de forma injusta. O que eles fizeram de errado? Nada! Eles só estavam sendo um instrumento de libertação.

Depois de serem açoitados, foram jogados em um cárcere. Qual seria a reação natural? Eles tinham todos os motivos para ficarem revoltados contra aquelas pessoas e, até mesmo, contra Deus. Mas Paulo e Silas, mesmo acorrentados no fundo do calabouço, começaram a louvar.

A adoração deles foi algo tão forte, que tomou conta de todo o ambiente. Por volta da meia-noite, todos os grilhões foram rompidos sobrenaturalmente, e as portas do calabouço se abriram. O carcereiro ficou transtornado ao ver todos os prisioneiros livres e, por desespero, quis tirar a própria vida. Mas Paulo o ministrou.

Que poder e autoridade são esses? Eles louvaram com todas as suas forças e trouxeram o milagre à existência! Eles foram injustiçados, humilhados, agredidos, mas guardaram a fé, e fizeram dela o seu escudo!

É sobre isso que eu quero falar com você hoje, querido internauta. Nos momentos de extrema pressão, nós revelamos nossas verdadeiras motivações e nossas verdadeiras convicções. Esta história serve para fortalecer a igreja e aqueles que, por qualquer crítica, negam sua fé!

Por que algumas pessoas que falam que amam Jesus se perdem tão fácil? Isso acontece, porque elas não têm autoridade! Sabe, em vez de só falarmos dos nossos problemas, precisamos falar mais sobre Deus!

Hoje é dia de você restaurar sua relação com o Senhor e zelar por ela. Jesus veio para nos salvar e nos dar poder e autoridade!

Se hoje você está vivendo “um dia daqueles”, está com um parente no hospital, cheio de contas para pagar, com uma sentença de morte.... tenha a certeza de que Deus te dá poder e autoridade para você enfrentar qualquer situação.

O seu clamor, o seu louvor, o seu jejum, os seus votos no altar e a tua comunhão com a igreja fazem com que as portas do inferno não prevalecem contra a sua vida!

Foi assim que aconteceu com Paulo e Silas. Para sermos seus imitadores, precisamos resistir até as últimas consequências! Precisamos ser incorruptíveis e inabaláveis.

Sabe, a gente busca dinheiro, casamento, descanso, mas não clamamos por autoridade. E sabe por que precisamos dela?

Porque está escrito em Salmo 34.19: “Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR o livra de todas!”. Isso quer dizer que Deus não nos livra da luta, mas no livra na luta!

Não entregue os pontos! Aquele que te enviou é o mesmo que vai te direcionar, te proteger e trazer o livramento!


Pense nisso!

segunda-feira, 18 de março de 2019

O valor que a vida merece!


Salmo 103.1 e 2: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga ao teu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nem um só dos seus benefícios”.

Eu não sei por que eu fui escolhida para ter o privilégio de valorizar cada dia de vida! Há anos, de uma forma especial, eu sei o que é ter um dia de vida com quem amo! Eu sei o que é, nesse dia, escutar a voz, abraçar e poder ser melhor para quem eu amo!

Pra vocês entenderem essa sensação, vou dividir um fato que aconteceu comigo! Certo dia, minha filha Bispa Fernanda, me chamou para assistir um filme. Ela sabia que eu ia amar! Nele, o personagem principal entrava em um guarda-roupa e poderia voltar no tempo, para viver de forma diferente os dias que ele errou. Este era um privilégio que só os homens da família tinham.

No final do filme, o garoto viu que o pai estava para morrer de câncer e, então, entendeu por que ele tinha parado de trabalhar, quando completou 50 anos. Na verdade, no fim da vida dele, ele tinha entrado armário, para voltar no tempo e, desde então, aproveitar cada simplicidade que a vida oferecia e desfrutar, ao máximo, a companhia de quem ele amava!

É claro que a nossa realidade é outra! Não temos como voltar no tempo, mas temos a oportunidade de criar um ponto de partida! Você pode, a partir de hoje, tomar um rumo totalmente diferente! Você não precisa voltar no tempo para acertar, porque você tem um Deus de amor, que pode mostrar o caminho certo!

No meu caso, o Senhor me deu uma experiência que me faz, todos os dias, comemorar e agradecer pela família que Ele me deu, pela saúde, pelo ministério e pelo suprimento de cada dia. Eu vivo na certeza de que mesmo que eu mude, o Senhor permanece o mesmo, e, desta forma, eu posso estar segura! Eu não tenho medo do amanhã, pelo contrário, eu me alegro, porque todos os dias da minha vida, eu fui sustentada e renovada por Ele!

Se eu pudesse dividir um grande segredo com cada um de vocês, eu diria: Alegre-se no Senhor todos os dias! Alegre-se nas coisas boas que Ele te deu! Ame a Deus profundamente! Comece o dia falando com Ele, essa é a garantia de que tudo lhe irá bem, você não caminhará errante!

Há dias em que nós teremos mais desafios, mas isso é sinal de que nós teremos muitas vitórias! Há dias em que nós teremos mais descanso, mas, sinceramente, pode ser que não brote nenhum louvor deles!

Não ache que os dias de desafio são ruins, porque Eles sempre vão te fazer conhecer a parte que o Senhor já transformou na sua vida e aquilo que você precisa melhorar! Nos momentos de guerra, nós descobrimos nosso poder de resistência e os nossos recursos naturais.

Em dias de diversidade, você vai descobrir o quão ungido e forte você é. Você vai perceber que, mesmo em momentos de loucura, você pode ter o controle da situação... que, mesmo em momentos de perda, você pode ser uma pessoa completamente realizada... que, mesmo em dias de choro, você pode ser feliz e, ainda, consolar as pessoas que precisam!

Você vai descobrir que este é só começo! Deus tem lugares altos e te dará condições para você levar quem você ama!

Comece o dia louvando e termine agradecendo a Deus! Dessa forma, o Espírito Santo sempre vai te guiar, te orientar e te sustentar com braço forte! Sempre haverá uma resposta certa, uma porta aberta e livramentos! Ele sempre vai te conduzir em trinfo!

Pense nisso e lembre-se: ser feliz é uma escolha! Você pode viver cada dia da melhor maneira possível!

sexta-feira, 15 de março de 2019

No pain, no gain!


Colossenses 1.9 e 10: “Por esta razão, também nós, desde o dia que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que transborde de pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual; a fim de viverdes de modo digno do Senhor, para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus.”

Quando você conhece qual é a vontade de Deus para sua vida, o medo desaparece. Quando você sabe qual é a vontade de Deus para sua vida, nenhum sacrifício é pesado, principalmente, porque Ele faz parte do que você quer alcançar.

É ilusão acharmos que, sem o mínimo esforço, conquistaremos algo. Por exemplo, se você quer ter conhecimento, não tem segredo, você precisa estudar, se matricular em uma escola, ou em uma faculdade, e separar um tempo para esse investimento valer a pena.

Se você quer emagrecer, tem de ter disciplina, procurar um nutricionista, fazer uma dieta adequada, praticar um esporte...

Qualquer meta que você queira atingir requer um investimento. O próprio Deus investiu em nós quando entregou seu próprio filho, Jesus.

A vontade do Senhor envolve crescimento e desenvolvimento, para que nós possamos alcançar Sua imagem e semelhança.

Quando você tem consciência de que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável, mesmo que ela envolva um determinado sacrifício, as lutas, as guerras e as adversidades se tornam leves e momentâneas.

O propósito de Deus é nos tornar maduros e livres de todo o mal.

Essa enfermidade veio para que você conheça o poder de cura que há no sangue de Jesus e, principalmente, para que você desenvolva a sua fé!

Essa guerra que você está enfrentando tem um propósito!

Davi enfrentou guerras, porque as riquezas que Israel precisava estavam nas mãos do inimigo. Davi passou por situações desgastantes, passou por dificuldades, precisou ter disciplina, treinar, lidar com as afrontas dos seus adversários e correu risco de morte.

Essa guerra que você está enfrentando na sua casa é para que você conquiste os tesouros que você precisa para ter um lar feliz!

No caso das mulheres, para que elas adquiram sabedoria e equilíbrio para lidar com as situações de crise, e não enlouqueçam a todos com os seus chiliques.

Em relação aos homens, as guerras acontecem para que eles aprendam a assumir a posição de sacerdote do lar, aquele que transmite confiança e segurança para o restante da família.

Mude suas prioridades. Em vez de ficar se comparando aos outros, busque saber qual é o propósito de Deus para sua vida! Busque viver, em cada situação, a vontade d´Ele.


Pense nisso!

quarta-feira, 13 de março de 2019

Eu perdoei, mas não consigo esquecer...


Falar sobre perdão é algo muito complexo. Mexe com feridas que ainda não cicatrizaram, traz dor e traz à memória situações mal resolvidas... Quem nunca passou por uma decepção? Quem nunca foi traído?

Até Jesus, um homem santo irrepreensível, o Filho de Deus, o nosso resgatador... foi vítima da maldade e da injustiça humana.

Ser traído e enganado não é mérito de ninguém, mas o que diferencia uma pessoa de outra é a capacidade de perdoar!

As reações

Para muitos, o perdão é uma barreira intransponível.

Para outros, é um pouco mais simples! Algumas pessoas até conseguem superar a situação, mas não conseguem esquecê-la! É como se fosse uma nódoa que fica impregnada em nós! É exatamente a partir desta nódoa que podem surgir muitas enfermidades, principalmente o câncer! “Que exagero, Bispa!”. Não é exagero! Isso é cientificamente comprovado.

Sentimentos reprimidos podem trazer outras doenças também, como alergias, asma, úlcera, hipertensão...

Talvez, você ache que a pessoa que te fez mal não mereça perdão, mas você merece ser liberto deste tormento! Você merece viver melhor! Você não merece ficar doente emocional e fisicamente por causa de alguém que só te fez mal! E é sobre isso que eu quero falar com vocês através deste post.

Eu quero provar que é possível dar a volta por cima e viver um novo tempo!

Para isso, vou usar como exemplo a história de José!

Sentindo na pele

José era o filho preferido de Jacó, por isso, era tão odiado por seus irmãos.

Por que ele era tão amado? Vou explicar!

Jacó teve duas esposas, Lia e Raquel. Raquel era a esposa que ele mais amou. Com ela, Jacó teve dois filhos, José e Benjamim.

Por ser filho de sua esposa amada, Jacó tinha uma ligação muito forte com José. E Benjamim? Benjamim era o mais novo. Em seu parto, Raquel acabou falecendo.

Bom, voltando à história...

Por conta dessa predileção, os irmãos de José tinham muito ódio dele. Além dessa forte ligação com o pai, José tinha muitos sonhos. Em dois deles, inclusive, ele chegou a governar sobre os irmãos, que ao saberem do sonho, passaram a odiá-lo ainda mais!

José também era o “informante” de Jacó. Tudo o que os irmãos faziam de errado, ele contava para o pai. Como se já não bastasse, Jacó deu a José uma linda túnica de linho, deixando os outros filhos mais revoltados ainda!

Cheios de inveja e ódio, eles planejaram a morte de José.

No dia em que o plano seria colocado em ação, eles levaram o rebanho do pai para muito longe. Preocupado, Jacó pediu para José ir atrás dos irmãos e trazer notícias.

Ao ver José de longe, a vontade de matá-lo aumentou. Os irmãos, então, o pegaram, arrancaram e rasgaram a túnica que ele havia ganhado do pai e o espancaram.

Sabe o que eles fizeram depois?  Lançaram José em um poço e fizeram um banquete!

É inacreditável! Imagine a dor que esse moço sentiu?

A crueldade não acabou por aí...

Eles ainda queriam matá-lo, mas Judá convenceu a todos de que vendê-lo seria melhor. E assim o fizeram! José foi vendido para uma caravana de Ismaelitas que levava escravos para o Egito.

Mesmo passando por tudo isso, José nunca se esqueceu de Deus! Isso é muito forte! Sabe, existem tantas pessoas que se afastam de Deus por causa da maldade humana, por causa de erros humanos! Não podemos misturar as coisas... O fato de você ter sido traído não quer dizer que Deus te abandonou.

A hora da virada!

No Egito, o Senhor mudou a história de José! Ele passou por mais loucuras, enganações e acabou na prisão do Faraó, ou seja, sem perspectiva nenhum de futuro.

Como é bom saber que o nosso futuro pertence a Deus, e que Ele está no controle da nossa vida!

Depois de um tempo, porque ele interpretou um sonho do Faraó, José foi levantado como governador do Egito. Ele, simplesmente, foi o segundo homem mais poderoso da terra.

O primeiro filho!

Deus restituiu José de tal forma que lhe deu dois filhos, Manassés e Efraim

Sabe o que quer dizer Manassés? Deus me fez esquecer de todos os meus trabalhos e de toda a casa do meu pai (Gênesis 41: 51)

Quem fez José esquecer? Deus!!!

A maior vingança é ser feliz sem precisar prejudicar os outros

Então, se você foi traído por pessoas que você amou, por pessoas que deviam te ajudar, por pessoas próximas que arrebentaram com sua vida – quando eu falo “próximas”, eu me refiro à família e melhores amigos mesmo –, clame a Deus: “Senhor, me ajude a esquecer tudo o que eu passei! Eu não quero achar que essa pessoa está feliz com a minha dor e que eu não posso ser feliz! Me consola, derrame o Teu bálsamo sobre minha vida e me faça uma pessoa feliz! Senhor, como vingança, me dê uma alegria tão grande, a ponto de eu achar que, assim como aconteceu com José, essa traição me levará para um lugar melhor!”.

Se você buscar ao Senhor, Ele vai derramar essa capacidade de perdoar!

Você, então, vai se reconciliar, primeiramente, consigo mesmo, porque sua sorte e sua alegria não vão depender mais daquele que te fez mal!

Se ele está bem, se ele está mal, não importa, porque você estará tão bem que é o seguinte: águas passadas mesmo!!!!!

Vai ser uma transformação tão grande que você vai achar que a história que você viveu é de outra pessoa!

O segundo filho!

Ao alcançar esse perdão, você dará à luz a Efraim. Sabe o que quer dizer Efraim? Deus me fez próspero na terra da minha aflição (Gênesis 41:52). 

Você vai esquecer este passado de dor, e Deus vai te honrar na terra da sua aflição! 

Pense nisso!

terça-feira, 12 de março de 2019

Como controlar a ansiedade?


Mateus 6.25 a 34: “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?

Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?

Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida? E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam.

Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé?

Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas; buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.”

Não tem como ter uma fé perseverante, sendo ansioso! A ansiedade traz inquietação. Quando uma pessoa está inquieta, nada é bom, nada a satisfaz, ela chega até a ficar agressiva, descontrolada, ou seja, torna-se uma presa fácil, nas mãos do inimigo.

Uma das leis de guerra mais conhecidas, entre os leões, nos deixa uma verdadeira lição. Vou explicar como funciona! No período da noite, o leão dá um rugido tão forte, que chega a causar um ataque do coração, em outros animais. Os animaizinhos menores ficam assustados, com aquele barulho, que chega até a trepidar o chão. Eles saem de suas tocas, mas mal imaginam que as leoas estão à sua espera, em uma posição estratégica, para devorá-los.

Aquele desespero, aquele medo e aquela ansiedade os fazem perder a noção do ataque. O desejo de fugir os levou para a morte! Da mesma forma, acontece conosco! Em Provérbios 19: 2, está escrito: "Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado".

Existem pessoas que preferem entregar-se à depressão, a tomarem um passo de fé. Preferem mergulhar no próprio choro, a mergulhar nas águas curadoras de Jesus Cristo.

Existem pessoas que perdem oportunidades de emprego, por causa da ansiedade. Já começam a se desesperar, na entrevista, principalmente, quando ficam sabendo da jornada de trabalho e das exigências. Em vez de ficarem felizes, já estão pensando no estresse e no cansaço que vão sentir! Calma, você nem começou ainda! O mesmo Deus que abriu essa porta vai renovar suas forças.

A ansiedade impede que a gente viva o hoje e não nos ajuda a viver o amanhã.

Quem é ansioso não consegue perseverar, não consegue manter-se estável e em paz, é inconstante, em todas as coisas. Dá um passo pra frente e dois para traz!

A ansiedade é um espirito demoníaco que nos impede de crer em Deus. É um espírito aprisionador e paralisador.

Algumas pessoas, por ansiedade, comem tudo o que veem pela frente, e acabam com a aparência e a saúde prejudicadas. E o problema? Continua onde está. Só que, agora, em vez de um, você acumula vários outros problemas: baixa autoestima, hipertensão, problemas de pele, indisposição...

Já outras, por ansiedade, estouram o cartão de crédito, com roupas e sapatos que nunca vão usar.

Existem muitas que, pela ansiedade, não comem nada! Essa obsessão de ficar magra, da noite para o dia, está prejudicando o seu desempenho, o seu humor e sua saúde. O que adianta ser magra, sem saúde?

Se você sofre de ansiedade, eu quero te deixar um conselho: Descanse no Senhor!

Salmo 37.5: “Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará.”

Quando a ansiedade vier, como uma onda para te afogar, como aqueles caldos que a gente leva na praia, que nos deixa atordoados, sem ar, você vai lançá-la ao Senhor!

Todas as situações que têm te abatido e te preocupado, você vai colocar diante de Deus, em oração, e vai pedir sabedoria, forças e paz, para lidar com todas elas.

Lembre-se: Se você quer viver promessas, é necessário perseverar! Cheio de ansiedade, você não chegará a lugar algum! Lance sobre Ele toda a ansiedade, peça para o Senhor renovar suas forças e siga em frente, sem medo de ser feliz!

Não abra mão da sua família, do seu ministério, do seu trabalho e, muito menos, dos seus sonhos! Deus é por você! 

Pense nisso!

segunda-feira, 11 de março de 2019

Uma alegria que não tem explicação


2 Coríntios 12.7  a 10: “E, para que não me ensoberbece com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de não me exalte.

Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo.”

Hoje, eu quero falar sobre alegria! Você deve estar se perguntando: O que está passagem tem a ver com este tema?  Calma! Vou te explicar!

Você já viu algum bebê nascendo embreagafdo? Claro que não! A pessoa se torna um alcoólatra com o tempo. A curiosidade vira prazer, o prazer vira dependência, e a dependência se transforma em um vício. A pessoa bebe quando está triste, para afogar as magoas... Bebe quando está feliz, para comemorar... Bebe quando anoitece, para relaxar... Bebe quando amanhece, para bater ressaca!  Mas, no fundo, é uma fonte de alegria ilusória!

A alegria é um dom de Deus! A alegria que vem d´Ele não é algo natural! Ela não depende de artifícios, situações e recompensas para se manifestar! Quando estamos cheios do Espírito Santo, ela é constante!

O álcool traz reações e sensações. Não precisa ser muito inteligente para saber quando a pessoa está sob o efeito de bebidas alcoólicas. Ela fica atrapalhada, com os ânimos alterados, tem dificuldades de realizar determinadas atividades, e o seu hálito já denuncia!

Da mesma forma, quem está cheio do Espírito Santo têm reações, atitudes e características! São marcas que edificam, abençoam, contagiam, animam, e não causam constrangimentos. A alegria é uma delas!

Você fica alegre quando acorda, porque é mais um dia que o Senhor te deu... Você está alegre ao entardecer, porque Deus conduziu seus passos. Você fica alegre ao anoitecer, porque, mesmo que você tenha enfrentado dificuldades, o Senhor te conduziu em vitória, e você não perdeu a paz!

Você se alegra com as coisas boas, mesmo que sejam simples! Você fica feliz com as coisas ruins, porque a sua alegria está na salvação, na esperança que você tem no Senhor!

Nesta passagem que lemos no começo, Paulo fala sobre o espinho que ele tinha na carne! Um espinho é algo pequeno, mas incomoda, inflama e infecciona.

Paulo orou e clamou por três vezes, para que aquele espinho fosse retirado. Mas Deus foi bem claro: “Não adianta pedir. Eu não vou tirar este espinho, mas eu vou te dar poder, força e autoridade, a tal ponto que ele será insignificante! Você nem vai perceber que ele existe. Este espinho é um propósito que Eu tenho na sua vida!”.

Paulo poderia ficar arrogante com muita facilidade. Aquele espinho, de alguma forma, o limitava, para ele entender que Deus está acima de tudo. Todos os atributos que Paulo tinha foram concedidos pelo Senhor! Paulo dependia de Deus para tudo, e ele não podia se esquecer disso! A soberba poderia destruir seu ministério.

Por incrível que pareça, aquele espinho era uma prova de amor! Da mesma forma, o Senhor faz conosco! Essa luta, esse desafio, essa enfermidade e essa confusão têm um propósito superior! Deus não é déspota, Ele é um Pai de amor!

O amor d’Ele nos conserva e nos preserva! Quando Paulo entendeu isso, tudo ficou mais leve! Existem pessoas que se perdem por causa do dinheiro, por causa da aparência, se perdem na fama... Será que Deus não permitiu que você não alcançasse determinados patamares, porque Ele não te ama, ou por que Ele quer te preservar? Nada dessas coisas que eu acabei de citar são garantia de felicidade!

Aquele espinho era para que Paulo lembrasse que a graça do Senhor o bastava! Sabe o que é graça? É um favor imerecido, é viver o inesperado, é viver livramentos, é ter vitórias, mesmo no despreparo, é ter conquistas, antes inatingíveis... é viver o sobrenatural!

Depois daquela experiência, Paulo não foi mais o mesmo. O discurso dele mudou: “Está tudo certo, vou me alegrar nas tribulações e nas guerras, porque nada disso vai me deter ou me abater; a graça do Senhor está sobre mim... Tudo será efêmero perto da glória de Deus que se manifestará!”.

Eu sei bem o que é isso! Eu tenho essa alegria! Essa alegria resistente, insistente, persistente e permanente no meu espírito!

Se você está passando pelo dia da perda, da falência, do roubo, da enfermidade, da depressão, da injustiça... que você, assim como Paulo, entenda que é só um espinho! Existem pessoas que, mesmo estando cheias de platinas e pinos pelo corpo, não sentem dor. Existem pessoas que, mesmo sem possuir os membros inferiores, conseguem chegar mais longe do que qualquer outro ser humano. Nós temos tantos atletas paraolímpicos brasileiros que bateram recordes mundiais!

O dinheiro, sua condição social, familiar e física não te limitam, o que te limita são os seus afetos!

Esse espinho é para te lembrar que a grandeza vem do Senhor. Quando você faz d´Ele o Teu pastor, nada te faltará!

sexta-feira, 8 de março de 2019

Quais foram os diferenciais de Ester?


O Pensamento do Dia de hoje está no livro de Ester 2. Uma dica! Medite no livro todo. É um manual de sabedoria! Faça um propósito de ler pelo menos um capítulo por dia!

Vamos falar hoje sobre duas mulheres totalmente diferentes, mas que tiveram a mesma oportunidade! Qual delas é você?

O rei Assuero, também conhecido como Artaxerxes, era extremamente rico e muito poderoso. Na época, ele "dominava" o mundo.

Como era de costume, ele deu um banquete para todos os príncipes e nobres. A festa real durou dias, porque, além dos quitutes, o rei mostrava aos representantes dos outros reinos todas as suas conquistas e seus exércitos.

Para o final do banquete, Assuero quis mostrar o que ele tinha de mais valioso, sua esposa Vasti, que além de linda, era com certeza filha de algum rei porque, naquela época, os casamentos eram constituídos por alianças entre reinados, com a finalidade de fortalecê-los. Apesar da boa intenção, Vasti simplesmente recusou o convite de seu marido. 

A rebeldia tem um preço

Não sei o que Vasti pensou antes de tomar aquela atitude, mas foi algo que arrebentou, literalmente, com sua vida. Muitas vezes, você precisa discernir se é a hora certa de empinar essa carroça, sabe por quê? Porque ela pode voltar e passar por cima da sua cabeça.

Com os seus chiliques, com as suas loucuras, com o seu orgulho e com sua rebeldia, você está plantando sua própria destruição. Em meio aquela situação, no mínimo vexatória, os nobres e os príncipes vieram ao rei e disseram: “Um homem poderoso como o senhor não pode passar por esse tipo de situação. Se deixarmos assim, isso vai se espalhar, de tal forma que todas as mulheres se sentirão no direito de ter a mesma postura de rebelião. É o seguinte: que ela nunca mais entre na sua presença. Nem que ela fique o resto da vida trancada. O reinado para ela acabou.” O rei, obviamente, concordou com a proposta e instituiu uma lei.

Não existe lógica humana nos propósitos do Senhor

O tempo passou e o rei Assuero estava extremamente carente de uma esposa. Apesar de ter diversas mulheres à sua disposição, faltou a oficial, a rainha. Para solucionar a crise sentimental do rei, os conselheiros decidiram criar uma espécie de concurso de beleza entre as mulheres virgens dos reinados.

Neste concurso, todas se apresentavam ao rei. Mas tem um detalhe, se Assuero não se agradece, ela estava perdida. Como ela tinha passado uma noite com o rei, ela teria que ficar jogada na casa das mulheres para o resto de sua vida. Ester, nossa personagem principal de hoje, não foi a esse concurso por opção, ela era uma das virgens, ou seja, foi praticamente obrigada. Ela era escrava, órfã... Sabe, humanamente falando, como ela poderia competir com a filha de um rei, linda e nobre como Vasti?

Ester poderia ter sua vida acabada, assim como outras mulheres. Mas seu tio, um homem muito sábio, que a havia adotado, orou por ela e a enviou, porque ele sabia que maior do que toda beleza, toda fortuna, toda educação, toda etiqueta, todo o dote do mundo, era a graça de Deus sobre a vida de Ester.

Sabe o que é graça? É favor imerecido! Debaixo daquela palavra, Ester se preparou durante um ano, na casa das mulheres, para se apresentar diante do rei. Ela alcançou favor de todos os organizadores daquela casa, não porque era “a famosa”, “a rica”, “a educada”, “a formada”, aquela que falava dez línguas, a que tinha PHD... não... porque ela tinha a presença de Deus.

Humildade traz honra e justiça

No dia em que ela foi sorteada para passar a noite com Assuero, ela pediu conselhos sobre a roupa e a postura que deveria ter. Ester, com muita humildade, aceitou todos eles. Quem respeita as autoridades que estão sobre si e as obedece com humildade, Deus a abençoa.

Deus exalta o humilde, mas resiste aos soberbos. Isso é tão verdadeiro, que na Bíblia está escrito que, quando Ester apresentou ao Rei, ele a amou mais do que todas as mulheres. Ela alcançou, perante ele, favor e benevolência. Dá para explicar o amor?

O amor faz com que a pessoa tenha uma beleza, um favor e uma graça de Deus insuperáveis. Faz com que a pessoa seja desejada. Tem gente que, ao estabelecer uma aliança com Deus, fica mais linda ainda.

Você não precisa de artifícios para ser reconhecida

Muitas vezes, você acha que não consegue as coisas, por não possuir determinados artifícios. Em nome de Jesus, busque a Deus, peça para que Ele te dê graça e favor para que você trabalhe naquela empresa que você deseja, para que você desperte desejo nas pessoas de estar com você, de andar com você.

Quando a gente tem o Espírito Santo de Deus, a gente se torna agradável, amada e insubstituível. Dizem que não existe ninguém insubstituível. Quem é esse mentiroso? As suas funções, muita gente pode até substituir, mas o espaço no coração de quem te ama, não.

Virtudes são mais importantes do que a beleza

O rei Assuero conheceu a verdadeira esposa. Ester foi uma grande bênção para a vida dele, o livrou de pessoas mal intencionadas e fez dele um rei, que até hoje, é conhecido e estimado. Isso ficou registrado na história do povo de Deus.

Ester foi amada, honrada, ela não tinha somente um titulo de rainha, ela, de fato, reinou em vida, porque a graça e o favor de Deus superabundaram, capacitando, ajudando e a abençoando. Sabe qual era o segredo dela? Ester buscava a Deus e honrava suas autoridades.

Você pode até ter pouco, humanamente falando, mas nas mãos de Deus, haverá uma multiplicação abundante, e você viverá muito além dos teus sonhos.

Não desista de você, não se conforme, levante-se, busque ao Senhor, e você saberá o que é ter sua vida transformada, como foi com Ester, que de escrava se tornou rainha e uma mulher mais que vencedora!

Pense nisso!