Páginas

terça-feira, 23 de junho de 2020

Deus traz à existência o que não existe


Romanos 4: 17 “...como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí.), perante aquele no qual creu, o Deus que vivifica os mortos e chama à existência as coisas que não existem.”

Há muitas pessoas que entram em crise e deixam de confiar em Deus, porque se deparam com situações totalmente opostas às promessas d'Ele.

Elas se sentem enganadas, traídas, usadas, frustradas e acabam trilhando o caminho da incredulidade. Tornam-se, muitas vezes, destruidoras da fé, principalmente da fé alheia.

Por que isso ocorre? Porque elas não sabem lidar com as promessas do Senhor.

Por que, afinal de contas, Deus nos dá promessas?

1- Para que a gente resista no dia mau e mantenha os olhos no autor e consumador da fé.

A fé precisa ser provada!

Abraão e Sara receberam a promessa de que teriam um filho, mas ambos não tinham condições físicas para isso. Mesmo assim, Abraão continuou acreditando, e a promessa se manifestou.

A promessa não depende de suas condições físicas, financeiras e sociais. Deus chama à existência as coisas que não existem, e ponto! O milagre vem de Deus, não dos homens ou de circunstâncias.  

2- Para que saibamos que o mal, a adversidade, a perseguição não são definitivos, mas passageiros, e logo abrirão espaço para que as promessas se manifestem!

O que vence o mundo é a nossa fé.

3- Para que sejam bússolas em nossa caminhada. Assim não andaremos por vista, mas por fé.

4- Para que mantenhamos nossa comunhão com Deus, pois só assim seremos capacitados em dons e entendimento espiritual para vivermos as promessas.


Pense nisso!