Páginas

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Lidando com situações inesperadas!

 

Provérbios 3.25 e 26: “Não temas o pavor repentino, nem a arremetida dos perversos, quando vier. Porque o Senhor será a tua segurança e guardará seus pés de serem presos.”

No primeiro capítulo do livro "Vivendo de Bem com a Vida”, eu falo que, muitas vezes, nos encontramos no meio de situações inesperadas. Eu até inicio o texto dizendo que “o ideal seria começar tudo do começo”, mas nem sempre dá.

Veio do nada para me tirar tudo...

Muitas vezes, você se depara com situações que você não estava preparado. Lutas que vêm do nada: a interrupção de uma gravidez, um acidente de carro, uma demissão, uma traição, o rompimento de um relacionamento, a morte de alguém que você ama... De repente, você acorda e está no meio de uma loucura.

Como dizia minha avó, são situações que te deixam de “calças curtas”. Apesar de que hoje em dia, algumas mulheres usam cada shortinho... misericórdia! É muito complicado quando em nossa vida nem sempre conseguimos levar tudo com bom humor.

Desnorteada? Não, a Bíblia já deixou um caminho

Mesmo que seja difícil, a Palavra de Deus fala para não temermos o pavor repentino. Pavor repentino é o medo que sentimos quando nos deparamos com situações novas, complicadas e aparentemente sem solução.

Na Bíblia, está escrito “não temas”. Quando Deus fala: “Não tenha medo” é porque vai dar medo mesmo. Quando o Senhor falou para Josué: “Seja forte e corajoso”, com certeza, ele enfrentaria situações que o deixaria fraco, impotente e com vontade de desistir.

Deus já preparou Josué para a situação que ele enfrentaria. É como se o Senhor falasse “Eu sei que você vai ficar espantado, mas segura essa. Você pode!”.

Hoje, se você está totalmente atordoada por causa das lutas, ou até mesmo espantada ao ver uma pessoa que era muito próxima de você ser capaz de te fazer tanto mal, não se deixe abalar.

Não tema o pavor repentino e muito menos os golpes do perverso. Não tema a arremetida daquele que é mal, que tem prazer em causar dano à sua vida, aquela pessoa que é verdadeiramente uma extensão do inferno!

Infelizmente, assim como tem gente que é uma extensão de Deus, existem pessoas que se deixam dominar pelo inimigo e vêm com tudo para roubar, matar e destruir seus sonhos.

Assuma o controle

Faça do Senhor a sua segurança. Ele te deixará de cabeça erguida, Deus vai guardar os teus pés neste campo minado, para você não ficar refém desta situação.

Faça dessa palavra a tua verdade! Sabe como? Invocando:  "Senhor, seja a minha segurança e me livra de fazer o que meus pés têm vontade. De correr covardemente, de ficar paralisada ou desequilibrada. Livra-me de todo o laço do inimigo, que quer me amarrar, me colocar em uma cama de depressão, em  uma cadeia de ódio, vingança, loucura,  desespero,  choro e de revolta contra Deus!".

Quando você faz desta palavra o teu caminho, você encontra luz e a verdade! Deus é contigo, faça d´Ele a sua segurança! Você pode todas as coisas, porque Ele te fortalece. 

Pense nisso!

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Será que estes pensamentos vão te ajudar ou te destruir?


Lamentação 3: 21 “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.”

Sabe, eu tenho uma experiência muito forte com este versículo. Era uma situação em que eu estava enfrentando de muita angustia, amargura e depressão. Aparentemente, não tinha justificativa para eu estar assim. Minha família estava muito bem, meus filhos cheios de saúde, eu vivia, alias, vivo até hoje com o homem que eu amo!

Busquei de diversas formas entender a origem daquela dor. Até que decidi buscar respostas no Senhor. Orei, clamei e tive uma experiência muito forte com a Palavra de Deus, que transformou a minha forma de pensar e, por consequência, meus sentimentos.

Hoje, eu quero te perguntar: Será que estes pensamentos que você está nutrindo podem te ajudar?

Sabe, foi esta a chave que eu encontrei em Deus.  De só pensar naquilo que pode me ajudar e me fortalecer.

Aqueles pensamentos que não te ajudam, deleta! Pense em solução, não nos problemas!

Quando você viver alguma situação difícil, lembre-se do quanto Deus já te abençoou, das orações atendidas, dos livramentos, de todas as vezes que você achou que não daria certo, mas deu!

Sabe qual é a origem da amargura? As lembranças ruins que, sem perceber, nós nos condicionamos a reviver. Acabamos nos sentindo do mesmo jeito! É daí que vem o ressentimento.

Vou citar um exemplo! Quando alguém te trai, você “perdoa”, aceita aquela pessoa de volta, os anos passam, mas dentro de você nada mudou! Fale a verdade: parece que você está sendo traído todos os dias. Aquela dor te consome e você não consegue se conter... Daí, vêm as brigas, as indiretas... A desconfiança é maior que o perdão. Você nem dá oportunidade da pessoa mostrar que está arrependida.

Sabe, isso é uma prisão emocional! O inimigo se aproveita disso e começa a colocar situações que te deixam mais atormentado ainda. Em nome de Jesus, isso está quebrado na sua vida! Você é livre para ser feliz, para amar e ser amado!

Quero deixar outro conselho para você! Procure uma igreja. Em Mateus 16.18, está escrito que contra a igreja as portas do inferno não prevalecem.

A igreja é um ambiente de fé, em que todos buscam o mesmo propósito. Não importa se é gordo, magro, alto, baixo, criança, adulto, rico, pobre... todos têm o mesmo objetivo: alcançar, pela fé, e se encher da graça de Deus.

Saia dos ambientes de acusação! Busque ambientes favoráveis ao milagre.

Quero voltar à questão do ressentimento. Sabe o livro de Lamentações? Foi escrito pelo profeta Jeremias, em um momento de muita dor e, ao mesmo tempo, com a preocupação de cuidar do restante do povo, que sobreviveu à destruição de Judá, por Nabucodonosor, rei da Babilônia.

Jeremias estava arrasado com a invasão de Nabucodonosor, rei da Babilônia, mas o Senhor disse-lhe: Traga à lembrança aquilo que te dá esperança.

Hoje, você vai tomar uma posição! Vai dar um basta nestes sentimentos e pensamentos destrutivos.

Curtir e cultivar essa amargura só vai trazer enfermidade para sua vida. Você sabia que a mágoa pode provocar câncer? Isso é cientificamente comprovado!

Você não será mais uma pessoa doente, pelo contrário, vai reavivar sua fé, sabendo que Deus vai te justificar!

Em vez de lamentações, você terá em seus lábios cânticos de alegria! Em vez de procurar culpados, você vai buscar a solução, que está em Jesus Cristo.



Pense nisso!

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Palavras: Veneno ou remédio para a alma?


Provérbios 18.20 e 21 “Do fruto da boca o coração se farta, do que produzem os lábios se satisfaz. A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto.”

As nossas palavras nos alimentam. Quando mais você fala: “Não vai dar certo!”, “Acho que não vou conseguir!”, “Não nasci para isso!”, “Estou com medo”... Quanto mais você exterioriza o que o inimigo quer, mais você invoca o mal para a sua vida!

Salomão compara as palavras ao alimento! Então, se você só professa coisas ruins, do que você se alimentará? De um fruto podre! Será algo que, com certeza, vai prejudicar sua saúde. Não sei... De repente, sua pressão pode subir, pode dar palpitação, tremedeira, problemas intestinais, dificuldades respiratórias... Sem contar o abalo emocional!

Vou dar um exemplo cientifico desta afirmação. Para os arqueólogos descobrirem a idade de um fóssil, sabe qual exame eles fazem? Ultrassonografia! Esse exame mede a quantidade de som acumulado! O que isso quer dizer? Que as palavras ficam acumuladas! Por isso que o inimigo quer que você declare: “Não vou conseguir!”, “Acho que Deus não me ama!”, “Acho que Deus se esqueceu de mim!”, “Não adianta orar!”, “Não adianta ir à igreja”... Ele quer que você fique intoxicado! Quer que você produza o seu próprio veneno!

A vida e a morte estão no poder da língua. Aquele que bem a utiliza vai se alimentar do seu fruto! Então, você vai mudar sua dieta! Só vai se alimentar de coisas saudáveis! Vai alinhar, a partir de hoje, as suas palavras com os ensinamentos que o Senhor deixou! Você vai fazer da Bíblia o seu manual!

O que está escrito? Que o Senhor é o Seu pastor, e nada te faltará! Então, você vai declarar: Eu vou fazer o Salmo 23 a minha oração e a minha verdade. Senhor, vem ser o meu pastor, vem ser a minha verdade, vem ser o meu suprimento! Mostre-me o caminho que eu devo andar!

Quando você deixa Jesus ser o seu pastor, não te falta nada! Isso é uma verdade absoluta! A palavra é viva e eficaz. Nenhuma promessa deixará de ser cumprida!

O fato de muitos não terem sido curados dessa enfermidade não quer dizer que você não será curado! O fato de muitos não terem passado no processo seletivo para essa vaga de emprego não quer dizer que você não vai passar! Lembre-se do que está escrito em Salmo 91.7: “Mil cairão ao seu lado, dez mil a sua direita, mas você, servo amado, não será atingido!”.

O fato de já ter passado muitos anos não quer dizer que o seu milagre não será liberado. Quem disse que Deus só resolve problema novo? Em qual Bíblia está escrito isso?

O feijão nasce da noite para o dia, já o ser humano leva nove meses! O fato de demorar mais não quer dizer que não vai nascer! A perseverança e a fé nos fazem viver a promessa de Deus.

Então, elimine todo o discurso negativo do script da sua vida! Comece a declarar as promessas de Deus: Tudo o que eu fizer eu vou prosperar, porque eu faço do Salmo 1 a minha verdade!

O Salmo 1 é uma das passagens mais conhecidas entre os cristãos, mas poucos a praticam! É um capítulo carregado de conselhos precisos. Vamos pontuar alguns?

Bem aventurado é aquele que não anda segundo o conselho dos ímpios, ou seja, daqueles que não conhecem a Deus, nem se detém no caminho dos pecadores!

Sabe, existem muitas pessoas inconsequentes. Fazem coisas erradas na sua frente, desafiam o teu Deus e, ainda, fazem questão de mostrar que estão melhores do que você!

Olha, nada como um dia após o outro! O tempo mostra quem fez a melhor escolha! De Deus ninguém zomba! O que o homem plantar, isso também ceifará!

Vamos continuar com o Salmo 1: Bem aventurado é aquele que não se assenta na roda dos escarnecedores, ou seja, daqueles que zombam das coisas espirituais, mas, antes, tem seu prazer na Palavra de Deus e, nela, medita de dia e de noite. Este será como uma árvore plantada junto ao ribeiro de águas e, na estação certa, dará frutos! Tudo o que ele fizer prosperará!

Faça desta palavra a sua palavra! Faça desta palavra o seu caminho! Faça desta palavra o seu alimento diário!


Pense nisso!

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Quando perdemos quem amamos...


Hoje, eu quero te convidar a meditar no livro de Rute. É um verdadeiro exemplo de restauração e restituição familiar!

Um dos maiores desafios que temos de enfrentar é a morte ou a separação! Acontece de repente... De manhã, você tem por perto e, à noite, não tem mais! É perder e perder para sempre... Nunca mais!

É, de repente, amanhecer cheio de saúde e anoitecer cego, paraplégico, sem família, sem marido, sem esposa, sem pai, sem mãe, sem o filho, que morreu em um acidente, sem a filha, que decidiu tirar a própria vida!

A Bíblia não nos mostra quanto tempo duraram as perdas de Noemi e muito menos como elas aconteceram. Diz somente que, primeiro, morreu o marido e que, depois de 10 anos, morreram também os seus filhos, sem lhes terem dado nenhum neto. Ela, então, ficou ela sozinha, desamparada, sem filhos e sem marido!

Talvez, você não tenha perdido seu marido, sua esposa, seus filhos... mas está se sentido desamparado (a), sozinho (a), cheio (a) de amargura, assim como Noemi se sentiu...

Deus me ensinou que, neste tempo de dor, nós:

1- Não podemos nos entregar à depressão

Se não mudarmos de atitude, nada de novo virá. Precisamos nos dispor a voltar para o lugar que nos alimentava! Aquele lugar em que somos restaurados, resgatados da dor que sentimos e que podemos aprender a viver! Este lugar é a Casa do Senhor. É lá que nos alimentamos do pão da vida, que é Jesus (Jó 6.35). 

Sabe, eu aprendi que, não podemos controlar o que aconteceu com a gente, mas podemos escolher o que vamos fazer com tudo o que vivemos. 

Você pode escolher sofrer ou superar! Você pode escolher trilhar o caminho da dor ou o caminho do aprendizado! Você pode escolher ser a vítima ou o vencedor! 

2- Expor as feridas e nos abrir para a cura.

Em Efésios 4.31, o Apóstolo Paulo fala sobre a raiz de amargura; diz que se não a arrancarmos, ela vai crescer, tomar espaço dentro de nós e frutificar ódio, incredulidade, depressão, síndrome do pânico e outras enfermidades da alma!

Não passe por isso sozinho (a)! Busque ajuda, queira ser consolado (a) e abra o seu coração para o novo tempo. Foi isso que Noemi fez: levantou-se para ajudar sua nora a viver uma nova vida (Rute 3.1 a 5).

3- Precisamos ser uma bênção para os outros e para nós mesmos! (Gênesis 12.1 e 2)

Quando você se dispõe a ser um instrumento de Deus para abençoar a vida dos outros, para ensinar o caminho do Senhor, você para de procurar culpados, de se culpar, de se achar a pessoa mais injustiçada do mundo, de se comparar com os outros e passa a cumprir o seu chamado.

O Senhor, no Seu tempo, te honrará, quebrando todo o poder da morte e da perda. Ele mudará sua sorte na frente de seus olhos, trazendo à existência o que não existe e, ainda, te fará conhecida por todos como bendita do Deus vivo.

Quero finalizar este Pensamento com uma dica! Leia o livro de Rute. Não alimente mais o que pode matar seus sonhos e sua vontade de viver! 

Alimente-se da Palavra de Deus. Ela é carregada de verdades, de conselhos, de direcionamentos e de exemplos de superação!



Pense nisso!

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Uma alegria que não tem explicação


2 Coríntios 12.7  a 10: “E, para que não me ensoberbece com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de não me exalte.

Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo.”

Hoje, eu quero falar sobre alegria! Você deve estar se perguntando: O que está passagem tem a ver com este tema?  Calma! Vou te explicar!

Você já viu algum bebê nascendo embreagafdo? Claro que não! A pessoa se torna um alcoólatra com o tempo. A curiosidade vira prazer, o prazer vira dependência, e a dependência se transforma em um vício. A pessoa bebe quando está triste, para afogar as magoas... Bebe quando está feliz, para comemorar... Bebe quando anoitece, para relaxar... Bebe quando amanhece, para bater ressaca!  Mas, no fundo, é uma fonte de alegria ilusória!

A alegria é um dom de Deus! A alegria que vem d´Ele não é algo natural! Ela não depende de artifícios, situações e recompensas para se manifestar! Quando estamos cheios do Espírito Santo, ela é constante!

O álcool traz reações e sensações. Não precisa ser muito inteligente para saber quando a pessoa está sob o efeito de bebidas alcoólicas. Ela fica atrapalhada, com os ânimos alterados, tem dificuldades de realizar determinadas atividades, e o seu hálito já denuncia!

Da mesma forma, quem está cheio do Espírito Santo têm reações, atitudes e características! São marcas que edificam, abençoam, contagiam, animam, e não causam constrangimentos. A alegria é uma delas!

Você fica alegre quando acorda, porque é mais um dia que o Senhor te deu... Você está alegre ao entardecer, porque Deus conduziu seus passos. Você fica alegre ao anoitecer, porque, mesmo que você tenha enfrentado dificuldades, o Senhor te conduziu em vitória, e você não perdeu a paz!

Você se alegra com as coisas boas, mesmo que sejam simples! Você fica feliz com as coisas ruins, porque a sua alegria está na salvação, na esperança que você tem no Senhor!

Nesta passagem que lemos no começo, Paulo fala sobre o espinho que ele tinha na carne! Um espinho é algo pequeno, mas incomoda, inflama e infecciona.

Paulo orou e clamou por três vezes, para que aquele espinho fosse retirado. Mas Deus foi bem claro: “Não adianta pedir. Eu não vou tirar este espinho, mas eu vou te dar poder, força e autoridade, a tal ponto que ele será insignificante! Você nem vai perceber que ele existe. Este espinho é um propósito que Eu tenho na sua vida!”.

Paulo poderia ficar arrogante com muita facilidade. Aquele espinho, de alguma forma, o limitava, para ele entender que Deus está acima de tudo. Todos os atributos que Paulo tinha foram concedidos pelo Senhor! Paulo dependia de Deus para tudo, e ele não podia se esquecer disso! A soberba poderia destruir seu ministério.

Por incrível que pareça, aquele espinho era uma prova de amor! Da mesma forma, o Senhor faz conosco! Essa luta, esse desafio, essa enfermidade e essa confusão têm um propósito superior! Deus não é déspota, Ele é um Pai de amor!

O amor d’Ele nos conserva e nos preserva! Quando Paulo entendeu isso, tudo ficou mais leve! Existem pessoas que se perdem por causa do dinheiro, por causa da aparência, se perdem na fama... Será que Deus não permitiu que você não alcançasse determinados patamares, porque Ele não te ama, ou por que Ele quer te preservar? Nada dessas coisas que eu acabei de citar são garantia de felicidade!

Aquele espinho era para que Paulo lembrasse que a graça do Senhor o bastava! Sabe o que é graça? É um favor imerecido, é viver o inesperado, é viver livramentos, é ter vitórias, mesmo no despreparo, é ter conquistas, antes inatingíveis... é viver o sobrenatural!

Depois daquela experiência, Paulo não foi mais o mesmo. O discurso dele mudou: “Está tudo certo, vou me alegrar nas tribulações e nas guerras, porque nada disso vai me deter ou me abater; a graça do Senhor está sobre mim... Tudo será efêmero perto da glória de Deus que se manifestará!”.

Eu sei bem o que é isso! Eu tenho essa alegria! Essa alegria resistente, insistente, persistente e permanente no meu espírito!

Se você está passando pelo dia da perda, da falência, do roubo, da enfermidade, da depressão, da injustiça... que você, assim como Paulo, entenda que é só um espinho! Existem pessoas que, mesmo estando cheias de platinas e pinos pelo corpo, não sentem dor. Existem pessoas que, mesmo sem possuir os membros inferiores, conseguem chegar mais longe do que qualquer outro ser humano. Nós temos tantos atletas paraolímpicos brasileiros que bateram recordes mundiais!

O dinheiro, sua condição social, familiar e física não te limitam, o que te limita são os seus afetos!

Esse espinho é para te lembrar que a grandeza vem do Senhor. Quando você faz d´Ele o Teu pastor, nada te faltará!

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Cuidado com os seus desejos!


2 Samuel 13.1 a 16"E aconteceu depois disto que, tendo Absalão, filho de Davi, uma irmã formosa, cujo nome era Tamar, Amnom, filho de Davi, amou-a. E angustiou-se Amnom, até adoecer, por Tamar, sua irmã, porque era virgem; e parecia aos olhos de Amnom dificultoso fazer-lhe coisa alguma.

Tinha, porém, Amnom um amigo, cujo nome era Jonadabe, filho de Siméia, irmão de Davi; e era Jonadabe homem mui sagaz. O qual lhe disse: Por que tu de dia em dia tanto emagreces, sendo filho do rei? Não mo farás saber a mim? Então lhe disse Amnom: Amo a Tamar, irmã de Absalão, meu irmão.

E Jonadabe lhe disse: Deita-te na tua cama, e finge-te doente; e, quando teu pai te vier visitar, dize-lhe: Peço-te que minha irmã Tamar venha, e me dê de comer pão, e prepare a comida diante dos meus olhos, para que eu a veja e coma da sua mão.

Deitou-se, pois, Amnom, e fingiu-se doente; e, vindo o rei visitá-lo, disse Amnom, ao rei: Peço-te que minha irmã Tamar venha, e prepare dois bolos diante dos meus olhos, para que eu coma de sua mão. Mandou então Davi à casa, a Tamar, dizendo: Vai à casa de Amnom, teu irmão, e faze-lhe alguma comida.

E foi Tamar à casa de Amnom, seu irmão (ele porém estava deitado), e tomou massa, e a amassou, e fez bolos diante dos seus olhos, e cozeu os bolos. E tomou a frigideira, e os tirou diante dele; porém ele recusou comer. E disse Amnom: Fazei retirar a todos da minha presença. E todos se retiraram dele.

Então disse Amnom a Tamar: Traze a comida ao quarto, e comerei da tua mão. E tomou Tamar os bolos que fizera, e levou-os a Amnom, seu irmão, no quarto.

E chegando-lhos, para que comesse, pegou dela, e disse-lhe: Vem, deita-te comigo, minha irmã. Porém ela lhe disse: Não, meu irmão, não me forces, porque não se faz assim em Israel; não faças tal loucura. Porque, aonde iria eu com a minha vergonha? E tu serias como um dos loucos de Israel. Agora, pois, peço-te que fales ao rei, porque não me negará a ti.

Porém ele não quis dar ouvidos à sua voz; antes, sendo mais forte do que ela, a forçou, e se deitou com ela. Depois Amnom sentiu grande aversão por ela, pois maior era o ódio que sentiu por ela do que o amor com que a amara. E disse-lhe Amnom: Levanta-te, e vai-te. Então ela lhe disse: Não há razão de me despedires assim; maior seria este mal do que o outro que já me tens feito. Porém não lhe quis dar ouvidos."

Olha só isso! Quantas pessoas não vivem o mesmo. São consumidas por desejos de trair, de abusar, de se drogar, de comer que nem um descontrolado... Aquilo fica martelando, martelando, martelando em sua cabeça, dia e noite. Você sabe que está totalmente errado, mas você se deixa dominar.

O que aparece para ajudar?  Um “amigo”, que te dá dicas e estratégias para você realizar o seu desejo, sem ser exposto, como se fosse possível!

E o que acontece? Você cede, prática aquele mal e depois não consegue nem mais ver, de tanta aversão.

Só que a consequência é inevitável. Aconteceu com Amnom! Seu irmão, Absalão, ficou sabendo do estupro e bolou uma estratégia para matá-lo.

Sabe por que Amnonm morreu e quase desgraçou toda a família? Porque não soube dominar os seus desejos.

Hoje, eu quero te perguntar: O quanto tem te custado não dominar os teus desejos? Será que realizá-los vai trazer a paz que você tanto busca, ou vai te deixar arrasado?

Talvez, seu caso não seja tão extremo como estes. Podem ser outros. Por exemplo, existem tantas pessoas que, por problemas pessoais, ficam postando um monte de indiretas na internet. E eu pergunto: Valeu a pena perder esse tempo? Por que você tem que ser um portador de más notícias? Se Deus te deu capacidade, use-a para o bem!

De onde vem tanta fofoca? De Deus, com certeza, não! Jesus veio para libertar os cativos, formar discípulos, não para fazer picuinhas. Se somos continuadores de suas obras, para que ficar criando intrigas e perder tempo com discussões improdutivas?

De repente, você é jovem e, do nada, decidiu liberar geral e se arrebentar na balada. O que você ganhou com isso?

Traidores, mentirosos, ladrões... para muitos, estes são espertos! Só que inteligente e sábio é aquele que sabe se dominar. Um dos frutos do espírito Santo é o domínio próprio.

Eu sei que muitas pessoas não conseguem, não tem forças! Se você está assim, vá para a igreja! Tenha momentos diários de oração! Não se dobre! Não seja o seu maior inimigo!

Estes impulsos e estes pensamentos são uma arma do inimigo! Contra ela, só o sangue de Jesus Cristo!

Faça um jejum! O jejum nos purifica, nos torna disciplinados e nos fortalece.

Você vai se encher da palavra de Deus! Chega de cair na mesma armadilha! Saia deste caminho de morte!

Você pode, sim, dominar todas as coisas, se fortalecendo no Senhor! Não ignore o seu adversário! Lembre-se do que está escrito em  2 Coríntios 2.11: "não ignore os desígnios de Satanás, para que ele não alcance vantagem sobre ti."

O Espírito Santo nos convence do pecado, da justiça e do juízo! Ele não traz loucura, traz paz! Ele traz amor, não uma obsessão. Ilumina nosso caminho, não nos deixa padecer nas trevas!

Se você está dominado por esses desejos, coloque a mão na sua cabeça e clame: Senhor, eu quero levar cativo todo pensamento à obediência de Jesus Cristo! Eu não quero mais errar. Eu não quero mais me destruir e prejudicar as pessoas que estão no meu caminho! Ajude-me, Senhor, e me dê graça para que eu seja uma bênção!”

O Senhor vai te fortalecer, te dar graça! Vá para a igreja, porque a Palavra de Deus nos livra daquilo que é mortal!

Se Amnom, antes de se render aos seus desejos, tivesse buscado um sacerdote, para se aconselhar, ou mostrasse suas dificuldades ao seu pai, o rei Davi, ele teria recebido uma palavra de vida, e esta história não terminaria em tragédia!



Pense nisso!

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Mais forte do que nunca!


Neemias 8: 10b “... Portanto não vos entristeceis, porque a alegria do Senhor é a nossa força.”

O caminho é árduo e difícil, mas com a alegria do Senhor e muita fé, venceremos e destruiremos as muralhas. 

Se o mar não se abrir, andaremos sobre as águas, porque servimos a um Deus vivo, o Todo-Poderoso, amável, admirável, bondoso, justo, maravilhoso, o Pai Eterno.

Em Isaías 54: 14, está escrito que nenhuma arma poderá nos derrotar, e que toda a boca que se levantar contra nós, em juízo, será condenada. Esta é a herança dos servos do Senhor e a nossa justiça vem d´Ele. Ele promete nos amar eternamente. Somo suas ovelhas amadas e queridas.

Quando aceitamos a Jesus Cristo como nosso único Senhor e Salvador, adquirimos uma linda marca que nos distingue do restante da multidão. Ele diz para cada um de nós: “Tu és meu servo, e a ti escolhi e não te rejeitarei. Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus. Eu te esforço, te ajudo, te sustento com a minha forte mão”.

Isto quer dizer que iremos passar por situações em que vamos ter medo, muito medo, que podemos até ficar em estado de choque – que é mais ou menos, o que quer dizer o termo “pasmado” – Mas a promessa é: “Não se deixe levar por esta situação! Eu estou com você.”.

Nos momentos de fraqueza, Jesus Cristo nos faz fortes e renova a nossa disposição. Este é o segredo da nossa vitória.

Não há nada mais frustrante do que você machucar, ferir, falar mal de alguém, e vê-lo em pé, alegre, como se nada houvesse acontecido!

Só que, agora, isto tem que ser verdadeiro!

Mas, Bispa, como eu vou me alegrar numa situação dessas? Alegre-se na esperança de que o teu Deus é fiel, e que isto não vai ficar deste jeito.

Deve ter algum propósito para essa situação, que você nem consegue explicar, pela dor e sofrimento que está sentindo. Entretanto, ao pensar na vitória e na honra que virá através de tudo isso, é possível se alegrar! Portanto, alegre-se no Senhor!

Levante-se! Tire essa “cara de choro”, porque maior do que o problema é aquele que habita em você!

Quero finalizar o Pensamento de hoje com 2 Coríntios 4: 17 “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz, para nós, eterno peso de glória, acima de toda comparação.”.


Pense nisso!

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Pronta para o que der e vier!


Marcos 25.1 a 13: “Então, o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram a encontrar-se com o noivo. Cinco dentre elas eram néscias, e cinco, prudentes. As néscias, ao tomarem as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo; no entanto, as prudentes, além das lâmpadas, levaram azeite nas vasilhas. E, tardando o noivo, foram todas tomadas de sono e adormeceram.

Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo! Saí ao seu encontro! Então, se levantaram todas aquelas virgens e prepararam as suas lâmpadas. E as néscias disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão-se apagando. Mas as prudentes responderam: Não, para que não nos falte a nós e a vós outras! Ide, antes, aos que o vendem e comprai-o. E, saindo elas para comprar, chegou o noivo, e as que estavam apercebidas entraram com ele para as bodas; e fechou-se a porta.

Mais tarde, chegaram as virgens néscias, clamando: Senhor, senhor, abre-nos a porta. Mas ele respondeu: Em verdade vos digo que não vos conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora.”

Eu tenho uma nécessaire em casa com tudo o que eu preciso. Como a gente sempre faz viagens curtas por conta das ministrações, conferências e simpósios, eu preciso sempre estar pronta.

A minha nécessaire sempre está organizada, com shampoo, sabonete, desodorante... Quando terminamos os eventos, eu chego em casa, faço uma lista do que eu preciso repor e providencio tudo.

Se você chegar agora e falar: "Bispa, vamos viajar!". Em 10 minutos, eu estou pronta! Eu estou sempre preparada para onde Deus quiser me levar.

O quanto você está preparada para viver as promessas de Deus?

Nós acabamos de ler a Parábola das 10 Virgens. Todas queriam muito a festa de casamento. Os preparativos começaram, mas cinco delas acabaram relaxando com o tempo.

Quando o noivo apareceu, elas não estavam prontas. Não tinham azeite para acender suas lâmpadas.

Sabe, além de levar azeite para colocar nas lâmpadas, elas tinham de levar azeite extra em outra . Dessa forma, elas tinham uma reserva para enxergar o dia em que o novo as visitaria.

Qual dessas virgens é você? Você está no grupo das sábias ou das néscias? Você tem objetivos? Você desenvolveu alguma estratégia para alcançá-los?

Em 2014, nós vimos o Brasil perder a Copa do Mundo, porque nossos atletas não estavam preparados. Nós, torcedores, amargamos e choramos a derrota. Uma grande oportunidade foi perdida! Imagina que lindo seria se o Brasil levasse o hexa no ano em que nós sediamos a Copa?

Como dizia minha avó: Não adianta chorar pelo leite derramado, mas adianta ficar atento enquanto o leite esquenta para que ele não se derrame! Pior do que perder o leite é ter de limpar a sujeira do fogão!

Como você esta se preparando para viver os últimos meses deste abo? Como você esta se preparando para passar essa semana?


Se você buscar ao Senhor, orar, jejuar e meditar na palavra, serão os melhores da sua vida! 

O preparo espiritual é fundamental para todas as áreas da nossa vida!

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

O nosso bom samaritano


O Pensamento do Dia de hoje é inspirado em uma das parábolas de Jesus Cristo. 

O que são Parábolas? São histórias que Jesus contava aos seus discípulos e seguidores para ajudá-los a compreender o Reino de Deus, seus valores e a importância da meditação na Palavra de Deus, através de situações do cotidiano, ou hipotéticas.

Hoje, eu quero falar com vocês sobre a Parábola do Bom Samaritano.

Lucas 10.26 a 37: “Então, Jesus lhe perguntou: Que está escrito na Lei? Como interpretas? A isto ele (interprete da lei) respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.  Então, Jesus lhe disse: Respondeste corretamente; faze isto e viverás. Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: Quem é o meu próximo?

Jesus prosseguiu, dizendo: Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e veio a cair em mãos de salteadores, os quais, depois de tudo lhe roubarem e lhe causarem muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semimorto. Casualmente, descia um sacerdote por aquele mesmo caminho e, vendo-o, passou de largo.  Semelhantemente, um levita descia por aquele lugar e, vendo-o, também passou de largo.

Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou-lhe perto e, vendo-o, compadeceu-se dele. E, chegando-se, pensou-lhe os ferimentos, aplicando-lhes óleo e vinho; e, colocando-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e tratou dele. No dia seguinte, tirou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: Cuida deste homem, e, se alguma coisa gastares a mais, eu to indenizarei quando voltar.

Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores? Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo.”

Na figura do bom samaritano, nós vemos que, muitas vezes, a nosso socorro não vem daqueles que têm uma formação técnica ou, até mesmo, teológica, mas vem daqueles que são transformados pelo Espírito Santo de Deus.

Também podemos perceber que o nosso socorro vem do Senhor Jesus. Ele é o nosso bom samaritano. Ele pagou um preço alto por nossas vidas e, ainda, deixou o Espírito Santo para que nós pudéssemos ser completamente restaurados e restituídos.

Ele nos livrou dos salteadores, curou nossas feridas, nos acolheu e nos deu uma nova perspectiva de futuro.

Essa parábola é muito conhecida entre os cristãos, mas decorá-la pode, no máximo, te tornar aquele sacerdote. Ela não pode ser apenas decorada, ela precisa ser uma verdade em sua vida. Aquele bom samaritano não tinha tanto conhecimento como os outros homens, mas ele fez a verdadeira pregação do evangelho!

Medite nesta Palavra! Eu tenho certeza de que ela vai trazer muitos outros ensinamentos preciosos, principalmente, sobre compaixão e misericórdia!


Pense nisso!

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Quando estamos cansados e sobrecarregados...


Mateus 11.28: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.”

Na Bíblia Apostólica, há um comentário que eu gostaria de compartilhar com vocês:

O pecado e o diabo fazem com que os homens carreguem pesados fardos, que os impedem de avançar e os fazem sentir-se cansados e oprimidos.

Jesus substitui a dor e a opressão por sua paz e alegria (Jó 5.19). Ele destrói as obras do diabo (1 João 3.8) e nos faz andar em ressurreição e em novidade de vida (Romanos 8: 9), quebrando toda a esterilidade (1 Samuel 2).

Sobre os ombros de Jesus, está o governo e o poder (Isaías 9.6), e Ele removeu o peso e o fardo malignos que estavam sobre nós, os substituindo pela Sua paz e poder.

Sabe, todo mundo quer andar com o mais bonito, com o mais rico, com o mais famoso, com o mais alegre, com o mais divertido. Mas Jesus chamou aqueles que estão cansados, sobrecarregados, aqueles que não aguentam mais...

Quem sabe hoje, enquanto você está trabalhando a duras penas, tem alguém na sua casa dormindo, sugando todas as suas forças?

Quem sabe hoje você saiu de casa chorando, deixando seus filhos para trás, para poder batalhar pelo pão de cada dia?

Quem sabe hoje você está desempregado?

Quem sabe hoje você está cansado de tanta decepção?

Venha até Jesus. É você quem Ele está chamando!

Às vezes, a gente acha que só porque estamos cansados, sobrecarregados, o Senhor se esqueceu de nós.

Nesta passagem, o Senhor está dizendo: “Eu me lembrei de você! Venha até Mim, fale comigo! Coloque tudo isso diante de Mim, porque Eu vou te aliviar!”.

Você não vai mais ficar sem paz, sem forças. Talvez, você não possa mudar esta situação, esta pessoa que tem te prejudicado. Mas você pode mudar a si mesmo. Você pode ficar melhor, melhor ainda com Jesus!

Deus pode te dar mais forças, Deus pode te dar mais graça, Deus pode te dar mais fé, Deus pode te dar autoridade para você vencer essa situação!


Pense nisso!

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Como você quer ser lembrado?


Querido internauta, hoje, eu tenho uma palavra muito especial para você! Não sei se você está no trabalho ou em casa, mas separe este tempo para refletir na Palavra de Deus!

O Pensamento do Dia de hoje está no livro de Salmo 90.12, que diz: “Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos um coração sábio.”.

Sabe, eu tenho uma história com essa passagem. Essa Palavra está na música “Ensina-me” do Renascer Praise 6. Eu já falei sobre isso em outros Pensamentos, mas, hoje, vou colocar um trecho da letra para vocês. É uma linda oração!:


Ensina-me a entregar os meus caminhos,
em tuas fortes mãos e simplesmente nelas descansar.
Ensina-me que o teu amor, teu amor Senhor
nunca falhará, insistirá em me fazer feliz.

E se eu cair, não resistir
e até desanimado me prostrar.
Sentirei teu braço forte, ouvirei tua voz de amor.
Teu Espírito me faz ressuscitar.

Ensina-me que tudo coopera para o meu bem,

Ensina-me, ensina-me,
ensina-me a viver. 

Certo dia, eu disse para uma pessoa: “Eu não sei o que você está fazendo da tua vida, mas eu sei o que eu fiz da minha! Eu sei para onde eu a dirigi e quem eu busquei! Por isso, nós temos forças para ficar em pé!”.

Existem pessoas que estão enterrando suas vidas em uma torre de depressão. Como também existem pessoas que usam suas vidas como um instrumento de destruição, e fazem isso tanto pelo prazer, quanto pelo dinheiro.

Sabe quem fez isso? Judas! Judas fez da vida dele a cruz de Jesus Cristo! Ganhou dinheiro, apareceu, ficou famoso e é conhecido até hoje como o traidor, como um suicida! O que você está fazendo com a vida que Deus te deu? Como você quer ser reconhecido?

As justificativas não anulam os erros...

Muitas pessoas vêm com um milhão de justificativas para continuarem errando.  "Estou vendo que está errado, mas eu não abro mão!”, “Não, eu prefiro viver uma mentira, ser uma amante, ser a pessoa que está destruindo uma família, do que aguardar em Deus e buscar um casamento!”, “Ah, eu faço isso, porque isso me dá uma boa condição financeira!”.

Você está bastante enganado! Olha o que você está fazendo! É isso que vai ser o teu futuro! O teu futuro começa aqui, hoje, porque de Deus ninguém zomba. Aquilo que o homem semear, ele vai colher!

O que você está fazendo com o teu filho? Isso é jeito de falar? O que você está fazendo no dia da luta? Está achando culpado? Olha, têm duas coisas que te fazem superar a luta. A primeira é lutar! Luta, a gente só vence lutando! A gente não vence luta reclamando! A gente não vence luta chorando! A gente não vence luta, sofrendo! A gente não vence luta, blasfemando! Agente não vence, achando culpado! Pense nos propósitos que o Senhor tem.

Em vez de se entregar à amargura, ao ódio, sair atrás de culpado, corra atrás da solução! Sabe qual é o segundo posicionamento que você deve tomar? Apague-se ao Senhor. Peça para Deus te ensinar a viver o dia de hoje!

Sabe quem é Jesus? Jesus é aquele que está descrito em Isaías:  Ele é conselheiro, maravilhoso, pai da eternidade e o príncipe da paz! Ore! Peça para Ele te aconselhar hoje!

Clame: “Jesus, eu não vou me conformar com isso. Ainda que eu tenha tentado dez vezes, eu vou persistir, porque na Tua Palavra fala que Espírito Santo está sobre nós para nos ensinar!”.

Em Tiago 1.5 está escrito: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.”.

A origem do erro... 

Sabe por que está dando errado? Porque você não quer aprender com a situação! Quer sair achando culpado para tudo quanto é lado! Deus não nos prova além do que podemos suportar, mas antes, com a provação, vem o escape! Seja conhecido por ser uma bênção para as outras pessoas e não por ser um peso, um fardo, uma loucura, uma acusação! Você pode ser melhor que isso!

Você pode se perguntar hoje: “Mas como serei uma bênção, se estou desempregado?”. Ah! Querido! O teu posicionamento e a tua fé no Senhor vão te dar graça! Você é mais do que o dinheiro! Deus vai te honrar e vai te abrir uma porta! A tua disposição de levantar, de ir atrás, de acreditar... vai trazer milagres para a tua vida. No dia da tua dor, seja uma bênção! Tem gente que, quando sente dor, perde até a educação. Peça para Deus te ensinar a passar pela dor da melhor maneira possível! 

Bons aliados, em dias de guerra...

Tem gente que só porque está sendo caluniado e perseguido, desconta tudo na família. Quer abrir mão de tudo. Faça da tua vida um hino de louvor a Deus! Peça para Deus te ensinar a viver! Na Palavra de Deus, está escrito que aqueles que se humilham diante de Deus serão exaltados. Peça para Deus te ensinar a organizar seus sentimentos e pensamentos.

Deus vai abrir uma porta para você e vai te mostrar o caminho na tempestade, vai te dar inteligência e você vai ser conhecido como um servo d´Ele. Os filhos de Deus nós reconhecemos no dia da luta. Nos momentos de adversidade, nossos valores são reconhecidos. Cuidado com aquilo que você está manifestando no dia da guerra. Chiliques e loucuras não vão resolver seus problemas, pelo contrário, só vão afastar as pessoas que podem te ajudar.

Desta situação, não ficará nenhum trauma, nenhuma sequela. Deus está permitindo que você passe por isso, para você ser um grande testemunho aqui na terra e ser reconhecido pelas vitórias que o Senhor te dará. Pense nisso. Deus vai te ensinar a contar todos os dias para que você tenha um coração sábio! 

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Não seja mais o seu pior inimigo!


Apocalipse 12.10: “Então, ouvi grande voz do céu, proclamando: Agora, veio a salvação, o poder, o Reino de Deus e a autoridade do seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus.”.

Queridos, quantas vezes, nós somos mais severos, mais cruéis conosco do que com outras pessoas?

Sabe o porquê disso? Nós já somos perdoados por Deus, mas a gente não se perdoa. Nós achamos que não somos merecedores de nada. Achamos que, por causa de um passado, por causa de um erro, por causa de uma cilada de Satanás – você cedeu e caiu em um pecado – você não vai mais ter direito de estar na presença do Senhor.

Para você, acabou! Mas a Palavra de Deus diz: Com o Senhor, está o perdão, para que Ele seja temido! E quem é o acusador? É Satanás!

Pior do que cair é ficar prostrado! Não seja o seu pior inimigo, não alimente mais pensamentos destrutivos, não dê mais ocasião para o diabo te acursar.

Olha! Só não tem jeito mesmo, para quem não se arrepender!

Aqueles que não se arrependem, que se escondem atrás de justificativas, que ficam arranjando culpados... Para eles não tem jeito mesmo! Mas se nós nos arrependermos e confessarmos os nossos pecados, o Senhor é fiel e justo, para nos perdoar e nos justificar de toda injustiça!

Olha, muitas coisas poderiam ser melhores, se simplesmente deixássemos o nosso orgulho de lado e admitíssemos: “Desculpe, eu errei! O meu coração me enganou! Eu estava errado, mas eu quero uma oportunidade para concertar o que fiz.”.

Não existe nada mais decepcionante do que você conversar com alguém que está errado e ainda se sente o ser mais injustiçado do mundo! Fica de cara feia, se justificando, se fazendo de vítima!

Precisamos entender que o Senhor é perdoador, mas é necessário que a gente se humilhe.

Se você já se arrependeu, se humilhou na presença do Senhor, já confessou o seu pecado e já restaurou o seu altar de adoração, sinta-se leve!

Não se deixe mais abater pelo acusador! Aquele que se humilha diante da poderosa mão do Senhor, no tempo certo, Deus o exalta, o coloca por cabeça.

É o que está escrito, em Tiago 4.6: “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.”.

As coisas vão dar certo para você, sim! Você já confessou o seu pecado ao Senhor? Já se arrependeu? Já pediu perdão? Então, você já fez a sua parte. Agora, se a outra pessoa envolvida na história não aceitou, isso é problema dela! Mas você escolheu estar limpo, diante do altar de Deus!

Se o pecado conseguiu te levar para longe da Casa de Deus, volte! É tempo de receber o amor do Pai, que cobre multidão de pecados e viver a glória da segunda casa!


Pense nisso!

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

A opinião que realmente pode te ajudar!


1 Samuel 17.39 e 40: “Davi cingiu a espada sobre a armadura e experimentou andar, pois jamais a havia usado; então, disse Davi a Saul: Não posso andar com isso, pois nunca o usei. E Davi tirou aquilo sobre si. Tomou o seu cajado na mão, e escolhei para si cinco pedras lisas do ribeiro, e a pôs no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão; e, lançando mão da sua funda, foi-se chegando ao filisteu”.

Mais cedo ou mais tarde, você vai se deparar com um gigante e terá de enfrentá-lo. 

Quando temos um gigante para enfrentar, sempre vem um monte de gente para dar opinião, não é verdade? “Ah! Faz isso! Por que você não faz aquilo? Se eu fosse você, faria diferente! Ah! Você é trouxa! Você é bobo! Você é isso! Você é aquilo”. E, muitas vezes, ainda falam: “É melhor nem tentar! Deixa pra lá! Não vai dar certo mesmo! Olha, que eu te avisei, heim!”.

Querido, Deus está falando com você no teu espírito e está permitindo que você passe por esta luta. Ele não permitirá que você passe por ela e saia derrotado!

Mas, quando a gente veste a opinião daqueles que não caminham com Deus, estamos vestindo a opinião de quem foge da luta, de quem foge da guerra. Estamos assumindo a opinião do covarde, daquele que fica ouvindo o insulto, mas tem medo de tomar uma posição, tem medo de enfrentar.

Vestimos a opinião do infiel, do que procura seus interesses ou daquele que fala mal de quem já te fez bem. Sabe qual é a consequência? Você não consegue mais caminhar, fica inerte! Você pode até estar com a armadura, pode até estar com a espada, mas você não consegue se mexer.

O que nos faz andar é a unção de Deus em nossas vidas. As opiniões são os obstáculos que encontramos no caminho. Você pode se machucar, se intimidar, ou simplesmente se desviar!

Em nome de Jesus, este gigante vai cair! Sentindo medo, você nunca vai derrubá-lo. Preocupando-se com a opinião dos outros, a derrota será o seu destino. Você não precisa de torcida. A opinião mais importante é a de Deus. A vontade d´Ele é soberana.

Deus já te entregou as armas que você precisa. Pode ser um louvor, uma oração, uma oferta, um jejum, seu ministério.

 A Palavra de Deus para sua vida hoje é: “Não temas! Porque eu sou contigo! Não te espantes, porque eu sou o teu Deus! Eu te esforço, te ajudo e te sustento com a minha destra fiel! Eis que envergonhados e confundidos serão todos os que se levantam contra ti! Você vai procurar, mas não vai encontrar!” (Isaías 41.11).

Esta é a pedra que Deus colocou hoje na sua mão! Se o inimigo vier, ela te dará vitória!

Sabe, Davi foi duplamente afrontado. Em primeiro lugar, pelos de dentro, pelos seus irmãos e o rei Saul. Eles fazem parte da turma do “deixa pra lá”. Em segundo lugar, ele foi afrontado pelos de fora. Lá, do outro lado, esteva o gigante Golias e o seu exército. Davi tinha que vencer os dois!

Se hoje, ninguém torce por você, ninguém acredita que você vai sair dessa situação ileso e vitorioso, não se preocupe! Deus é contigo! A vontade d´Ele está acima de tudo e de todos! Ele te escolheu e te conduzirá em triunfo!


Pense nisso!