Páginas

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Parece, mas não é o fim da linha


2 Reis 8.1 a 6: “E falou Eliseu àquela mulher cujo filho ele ressuscitara, dizendo: Levanta-te e vai, tu e a tua família, e peregrina onde puderes peregrinar; porque o Senhor chamou a fome, a qual também virá à terra por sete anos. E levantou-se a mulher, e fez conforme a palavra do homem de Deus; porque foi ela com a sua família, e peregrinou na terra dos filisteus sete anos.

E sucedeu que, ao fim dos sete anos, a mulher voltou da terra dos filisteus, e saiu a clamar ao rei pela sua casa e pelas suas terras. Ora o rei falava a Geazi, servo do homem de Deus, dizendo: Conta-me, peço-te, todas as grandes obras que Eliseu tem feito. E sucedeu que, contando ele ao rei como ressuscitara a um morto, eis que a mulher cujo filho ressuscitara clamou ao rei pela sua casa e pelas suas terras.

Então disse Geazi: Ó rei meu senhor, esta é a mulher, e este o seu filho a quem Eliseu ressuscitou. E o rei perguntou à mulher, e ela lho contou. Então o rei lhe deu um oficial, dizendo: Faze-lhe restituir tudo quanto era seu, e todas as rendas das terras desde o dia em que deixou a terra até agora.”

Há coisas que são bem difíceis de entender... Como é que a gente, obedecendo ao profeta, acaba, no fim, perdendo tudo? Bem, foi exatamente o que aconteceu com a mulher sunamita.

No livro de 2 Reis 4, encontramos parte de sua história, e podemos perceber que ela era uma mulher muito rica, uma supridora da obra de Deus e também do profeta do Senhor. Enfim, era uma mulher temente a Deus, que teve sua vida marcada por milagres e saiu deixando tudo o que tinha, em obediência à Palavra liberada por Eliseu.

Quem falhou? Pelo que está escrito na Bíblia, não foi ela. Será que foi Deus? Jamais! Então, foi o profeta? Muito menos! Na verdade, ninguém errou!

A dificuldade que ela passou em uma terra estranha, por obediência ao profeta, e pagando um alto preço não foi nada perto da fome e da necessidade que ela viveria, se não tivesse obedecido.

Sua fidelidade a Deus e sua submissão à autoridade espiritual que o Senhor designou sobre sua vida a fizeram não só ser restituída de tudo o que tinha, como também de tudo o que deixou de ganhar nos sete anos em que esteve fora.

Quando temos uma história com Deus, nosso trabalho nunca será em vão! Se você, apesar de ser fiel, dizimista e ofertante, está passando por dificuldades financeiras ou, simplesmente, perdeu tudo, é necessário:

1-Manter-se firme, fiel a Deus e às autoridades que Ele constituiu sobre sua vida e jamais murmurar, como fez o povo no deserto, trazendo sobre si o exterminador (2 Coríntios 10:10).

2-Rever suas atitudes, seus posicionamentos e como você tem administrado o que Deus tem te dado (2 Reis 4:13; 8: 3 a 6).

No primeiro momento, a mulher sunamita disse que não precisava de nenhuma interferência por parte do rei. Ela tinha a vida financeira tão estável, que se dava ao luxo de dispensar a ajuda dos outros. Mas, ao perder tudo, pode perceber como é importante gerar bons relacionamentos para seus negócios.

Talvez, hoje, você precise deixar de ser arrogante! 
Principalmente, se você não aceita nenhum princípio de gestão. Chegou a hora de pedir sabedoria ao Senhor, para que Ele também dê testemunho de sua fidelidade e te abra portas sobrenaturais.

Há tempo de ganhar, há tempo de perder, mas, em todo o tempo, o Senhor permanece o mesmo. Ele é abençoador, amoroso e fiel!


Pense nisso!

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

A melhor forma de enxergar a vida!


Mateus 6.22 e 23: “São os olhos a lâmpada para o corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se porém, os teus olhos forem maus, todo o seu corpo estará em trevas. Por tanto, caso a luz que há em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!".

A maneira como você se enxerga, nem sempre, reflete o que você realmente é! Você pode estar passando por situações difíceis, mas você não é nenhuma delas! O fato de você estar gripado não quer dizer que você seja a gripe!

Sabe, Deus não mudou só por que as coisas, no seu ponto de vista, viraram de ponta cabeça. Não permita que esta situação de consuma! Apegue-se a Deus.

“Por que eu, o Senhor, não mudo, por isso, vós os filhos de Jacó, não sois consumidos” - Malaquias 3.6.

Se hoje está faltando saúde, dinheiro, ou qualquer outra coisa, não se desespere! Lance toda a sua ansiedade, em oração, ao Senhor e Ele te dará a paz necessária para que, em tudo, você seja vitorioso! Ele cuidará de você!

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós” - 1 Pedro 5.7.

Lembre-se de que é apenas mais uma fase da sua vida, e Deus, só Ele, pode te tirar desse tempo de tormenta e te levará ao, tão desejado, porto seguro. Apegue-se a Ele e você viverá a verdade de Salmo 91.14 e 15: “Porque a mim se apegou com amor, eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu nome. Ele me invocará, e eu lhe responderei; na sua angustia, eu estarei com ele, livrá-lo-ei e o glorificarei.”

Deixe o Senhor te conduzir, porque somente Ele é o caminho. O caminho do justo é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais, até se transformar no dia perfeito (Provérbios 4.18).

Você está só passando por uma luta, por um período de choro, de necessidade, mas continua sendo filho de Deus.

Você pode não ter escolhido a situação pela qual você está passando, mas você pode passar por ela da melhor maneira possível!

Quero finalizar o estudo de hoje com alguns versículos:

 “A caso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti” - Isaías 49.15.

“Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.” - Provérbios 3.5 e 6.

“Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.” - 2 Coríntios 4.16 a 18


Pense nisso!

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

E quando o alvo da fofoca é você!


Neemias 6.3: “E enviei-lhes mensageiros a dizer: Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse, e fosse ter convosco?”.

O Senhor chamou Neemias para reconstruir os muros de Jerusalém. Quando os opositores da obra souberam que o muro tinha sido edificado e que nele não havia nenhuma brecha, tentaram intimidá-lo, através de uma conspiração. Eles diziam: Venha ao nosso encontro. Estamos nas aldeias e temos uma coisa muito importante para te dizer. Você não tem noção do que as pessoas estão falando ao seu respeito!

A conspiração era tão grande, que eles contrataram Noadia, uma profetisa, para falar “em nome de Deus”, para que Neemias ficasse preocupado com os comentários e deixasse a obra de lado.

Que crueldade! Sabe qual foi a reação de Neemias?

Através de seus mensageiros, ele deu o seguinte recado: Estou fazendo uma grande obra e não posso parar!

As pessoas não se limitam em apenas falar mal de você, mas fazem questão de mostrar isso! Sabe por quê? Para te intimidar, te desviar do foco, para te desestruturar, para te fazer perder a linha!

Neemias estava cercado de inveja. Os vizinhos queriam, de qualquer jeito, paralisar a obra. Enquanto Neemias motivava o povo, eles colocavam empecilhos.

 A Palavra de Deus nos adverte em relação a pessoas assim.

2 Timóteo 3.1 a 5: “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.

Por isso, nestes casos:

1- Fuja! Se puder, delete de todas as redes sociais

Já percebeu que quando você está feliz e bem resolvido, sempre aparece alguém no Facebook com indiretas para, literalmente, azedar seu dia? Você não precisa de amigos assim. Alias, quem disse que isso é amizade?


2- Ocupe-se com a obra de Deus, com sua família e com seu trabalho!

Faça o dobro! Sabe, ninguém tem inveja ou fala mal de derrotados! Estes, eles já ignorara, faz tempo!

Em Neemias 4.8 e 9, está escrito: "E ligaram-se entre si todos, para virem guerrear contra Jerusalém, e para os desviarem do seu intento. Porém nós oramos ao nosso Deus e pusemos uma guarda contra eles, de dia e de noite, por causa deles."


3- Ore, jejue e coloque esta situação diante do Senhor

A vingança pertence a Deus. Sabe, o fato de você continuar de pé, firme e inabalável já é uma grande vingança e uma prova, incontestável, de que maior é aquele que está em você.
Isso foi exatamente o que Neemias fez.

Neemias 4.3 a 5: “E estava com ele Tobias, o amonita, e disse: Ainda que edifiquem, contudo, vindo uma raposa, derrubará facilmente o seu muro de pedra. Ouve, ó nosso Deus, que somos tão desprezados, e torna o seu opróbrio sobre a sua cabeça, e dá-os por presa, na terra do cativeiro. E não cubras a sua iniquidade, e não se risque de diante de ti o seu pecado, pois que te irritaram na presença dos edificadores.”


4- Lance toda sua ansiedade diante de Deus e clame até que a paz do Senhor invada seu coração

Isso te protegerá e te ajudará a realizar, sem alteração de ritmo ou de ânimo.

Filipenses 4: 5 a 7 “Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor.
Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.”


5- Confie na justiça de Deus

Não permita que isso contamine seu coração. Tenha consciência de que quem quer falar mal de você não vai mudar de opinião com suas explicações ou com os seus revides.

Romanos 8.31 a 33: “Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.”

Pense nisso!

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Assim não dá!


Olá querido internauta, que sempre está ligadinho no meu blog! Nada melhor do que começar o dia meditando na Palavra de Deus! Ela é o nosso alimento diário!

O “Pensamento do Dia” está baseado no sexto estudo da “Primavera” da “Bíblia da Mulher +QV”.

Vamos começar meditando em 1 Samuel! Vamos falar um pouquinho sobre Ana, mãe do profeta Samuel! Ana era uma mulher estéril que, apesar de muito amada e honrada pelo seu marido, sofria uma afronta e uma humilhação constante!

Para vocês entenderem a dimensão das dificuldades que ela enfrentava, vou explicar como funcionava naquela época. Quando o homem se casava com uma mulher estéril, para poder dar continuidade à família, ele poderia ter outra mulher... Nem preciso dizer que foi assim com Ana, não é memo?

Ana ia para a Casa do Senhor e sempre chorava, por causa das humilhações que sofria... De ver a outra oferecer a seu marido tudo o que ela não podia... Em vez de se alegrar com o carinho que recebia...

Ficar se comparando com os outros não resolve seu problema! Cada um tem uma missão na terra. Mesmo a outra podendo ter filhos, Ana era a favorita! Era mais honrada e amada!

Posso falar uma coisa? Talvez vocês fiquem chocados, mas Ana sofria porque não tinha fé. Essa era a fonte dos problemas!

Na verdade, ela nunca enxergou que, na Casa de Deus, ela poderia encontrar um caminho de transformação. Ela achava que não adiantava orar. Sabe quando você só frequenta, mas não ouve a palavra? Entra e sai do culto do mesmo jeito? Só bate cartão na igreja?

Quantas vezes, Ana orou para que Deus desse a ela um filho? Quantas vezes ela orou para que seu marido não precisasse casar com outra? Quantas vezes ela orou para engravidar primeiro?

Mas sabe o que aconteceu? A outra teve mais de um filho, e Ana não teve nenhum. O maior erro dela foi não enxergar o lugar da bênção! Apesar de ir à igreja, ela não enxergava que, por meio da boca do profeta, ou por meio de uma comunhão profunda com Deus, ela poderia achar o caminho da vitória.

Quantas vezes você vai à igreja, tem uma religião, mas carrega dor, mágoa e frustração, porque Deus não te atende? Parece que Deus ouve a oração de todos, mas não presta atenção na sua. Isso é mentira!!!

Posso ser sincera? Você se chateou, porque Deus não te atendeu na hora que você achou que Ele tinha que atender! Por causa disso, você deixou de orar, perdeu a fé. Você deixou o inimigo roubar uma arma poderosa de vitória para a sua vida. Quem desiste no meio do caminho é perdedor!

Você parou de louvar, de fazer votos no altar, porque Deus não atendeu as suas expectativas. Mas sabe de uma coisa? Nós somos aqueles que, pela perseverança, alcançamos a promessa!

Em Hebreus 10, está escrito que Deus não se agrada daqueles que retrocedem. O inimigo quer que nada seja completo na sua vida. Ele quer você vá à igreja, sem fé. Ele quer que você vá para a igreja, e não se abra para receber a palavra profética.

Quer entender melhor? Leia comigo Hebreus 10.35 a 39: “Não lanceis fora, pois, a vossa confiança, que tem uma grande recompensa. Porque necessitais de perseverança, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Pois ainda em bem pouco tempo aquele que há de vir virá, e não tardará. Mas o meu justo viverá da fé; e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porém, não somos daqueles que recuam para a perdição, mas daqueles que creem para a conservação da alma.”.

Em nome de Jesus, você vai ficar firme. Você vai voltar para a Casa do Senhor, mas vai para sair, verdadeiramente, transformado. Comece este dia de uma forma diferente!

Creia no Senhor e estará seguro, creia nos profetas e prosperareis! Não dá mais para ficar do jeito que você está! Em vez de se lamentar, louve. Em vez de reclamar, clame ao Senhor. A oração do justo muito pode em seus efeitos. Uma palavra pode mudar o rumo da tua vida.

Ana viveu um grande milagre, quando entendeu isso. Ela não teve somente um filho, teve um grande profeta de Deus, Samuel! Pense nisso!

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Fugir? Pra onde?


Salmo 46.1 a 3: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. 

Portanto, não temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares; ainda que as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam”.

Querido, onde você tem se escondido? Tem muitas pessoas que começam a ficar ansiosas e acabam extrapolando! Olha, 90% dos casos de obesidade ocorrem por causa da ansiedade.

Sabe por que isso acontece?  Porque essas pessoas não têm para onde fugir! Não têm um refugio, então, começam a comer, comer, comer… Sem ao menos sentir o sabor. É um ciclo vicioso, porque se esquecem que comeram e voltam a comer de novo!  Como se aquilo fosse resolver os problemas.

Em alguns casos, o sofrimento é tanto, que há uma busca por algum tipo de compensação, ou algum tipo de prazer imediato. Algo que acalme a tribulação de seu coração, o nervosismo, a falta de segurança e a incapacidade de enxergar o futuro!

Quando você tem um refugio, em vez de se jogar na depressão, ou comer desenfreadamente, você vive o domínio próprio, que faz parte do fruto do Espírito Santo.

Tem gente que tranca a boca e vai secando… secando… secando, porque não sabe encarar mudanças. Às vezes, nem é algo ruim, é, simplesmente, algo novo em sua rotina. Pode ser um emprego novo, uma casa nova, ou sua empresa se fundiu com outra, testes, auditorias, ou o feriado está chegando e você não sabe o que fazer com os filhos… Algo novo ou diferente aparece e você fica se torturando de tanta ansiedade.

Hoje, você vai parar de se destruir e vai buscar, em Deus, o seu refúgio! Você sabia que o Senhor ordena sobre nós a sua benção todos os dias? Sabia que o Espírito do Santo é conselheiro? Nos Sete Espíritos de Deus, há o Espírito de Conselho!

Hoje, quero te ensinar alguns passos para você vencer essa inquietação:

1) Lance sobre o Senhor toda a tua ansiedade
          
1 Pedro 5.7: “lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.”

Sabe como você vai fazer isso? Orando: “Senhor, estou nervoso, estou agitado, porque estou em uma fase de mudança. Porque eu estou vendo todas as coisas irem embora! Porque eu estou sentindo que eu estou envelhecendo e eu não tenho forças para realizar! Eu não tenho mais a mesma vitalidade! Eu não tenho mais a mesma força! Eu não tenho mais o mesmo pique, mas eu quero lançar estas situações que têm me amedrontado e deposito, em Ti, a minha confiança!”.

2) Humilhe-se na presença do Senhor

Continue orando: “Eu não sei, me ajuda! Eu não estou sabendo viver! Eu estou me descontrolando! Estou prejudicando o meu próprio corpo! Eu não sei viver esta situação!”

Pode ser ridículo para todo mundo! Mas isso vai trazer libertação!

3) Coloque diante de Deus também o que te dá medo, porque Deus é amor e o amor lança fora todo o medo.

Clame: “Senhor, eu tenho medo…Eu tenho medo de falhar!….Eu tenho medo de machucar as pessoas!… Eu tenho medo de decepcionar quem depende de mim!…. Eu tenho medo de perder a minha família!… De perder o meu marido!… Eu tenho medo de não casar!… Eu tenho medo de não conseguir pagar as contas!… Eu tenho medo de ser despejado!… Eu tenho medo de ser mandado embora!… Eu tenho que aquela benção que estou esperando tanto não aconteça!”

Coloque diante de Deus! Ele é o Deus que atende a oração! Quando você busca esse refúgio no Senhor, através da oração, as portas se abrem!

A Palavra talvez não apareça instantaneamente na sua cabeça. Mas, daqui a pouquinho, o Senhor te revelará. De repente, a resposta de Deus pode estar em algo que não tem nada a ver com a situação que você está passando. Ou então, por meio dessa oração, você sentirá o óleo caindo sobre você te tranquilizando. Busque o teu refugio em uma vida de oração!


Refugie-se no Senhor e Ele vai te dar uma estratégia, uma direção, vai iluminar os teus olhos. Você vai enxergar a verdade e não vai ficar atormentado! O Senhor tem o melhor para você! Pense nisso!

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Como controlar a ansiedade?


Mateus 6.25 a 34: “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?

Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?

Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida? E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam.

Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé?

Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas; buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.”

Não tem como ter uma fé perseverante, sendo ansioso! A ansiedade traz inquietação. Quando uma pessoa está inquieta, nada é bom, nada a satisfaz, ela chega até a ficar agressiva, descontrolada, ou seja, torna-se uma presa fácil, nas mãos do inimigo.

Uma das leis de guerra mais conhecidas, entre os leões, nos deixa uma verdadeira lição. Vou explicar como funciona! No período da noite, o leão dá um rugido tão forte, que chega a causar um ataque do coração, em outros animais. Os animaizinhos menores ficam assustados, com aquele barulho, que chega até a trepidar o chão. Eles saem de suas tocas, mas mal imaginam que as leoas estão à sua espera, em uma posição estratégica, para devorá-los.

Aquele desespero, aquele medo e aquela ansiedade os fazem perder a noção do ataque. O desejo de fugir os levou para a morte! Da mesma forma, acontece conosco! Em Provérbios 19: 2, está escrito: "Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado".

Existem pessoas que preferem entregar-se à depressão, a tomarem um passo de fé. Preferem mergulhar no próprio choro, a mergulhar nas águas curadoras de Jesus Cristo.

Existem pessoas que perdem oportunidades de emprego, por causa da ansiedade. Já começam a se desesperar, na entrevista, principalmente, quando ficam sabendo da jornada de trabalho e das exigências. Em vez de ficarem felizes, já estão pensando no estresse e no cansaço que vão sentir! Calma, você nem começou ainda! O mesmo Deus que abriu essa porta vai renovar suas forças.

A ansiedade impede que a gente viva o hoje e não nos ajuda a viver o amanhã.

Quem é ansioso não consegue perseverar, não consegue manter-se estável e em paz, é inconstante, em todas as coisas. Dá um passo pra frente e dois para traz!

A ansiedade é um espirito demoníaco que nos impede de crer em Deus. É um espírito aprisionador e paralisador.

Algumas pessoas, por ansiedade, comem tudo o que veem pela frente, e acabam com a aparência e a saúde prejudicadas. E o problema? Continua onde está. Só que, agora, em vez de um, você acumula vários outros problemas: baixa autoestima, hipertensão, problemas de pele, indisposição...

Já outras, por ansiedade, estouram o cartão de crédito, com roupas e sapatos que nunca vão usar.

Existem muitas que, pela ansiedade, não comem nada! Essa obsessão de ficar magra, da noite para o dia, está prejudicando o seu desempenho, o seu humor e sua saúde. O que adianta ser magra, sem saúde?

Se você sofre de ansiedade, eu quero te deixar um conselho: Descanse no Senhor!

Salmo 37.5: “Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará.”

Quando a ansiedade vier, como uma onda para te afogar, como aqueles caldos que a gente leva na praia, que nos deixa atordoados, sem ar, você vai lançá-la ao Senhor!

Todas as situações que têm te abatido e te preocupado, você vai colocar diante de Deus, em oração, e vai pedir sabedoria, forças e paz, para lidar com todas elas.

Lembre-se: Se você quer viver promessas, é necessário perseverar! Cheio de ansiedade, você não chegará a lugar algum! Lance sobre Ele toda a ansiedade, peça para o Senhor renovar suas forças e siga em frente, sem medo de ser feliz!

Não abra mão da sua família, do seu ministério, do seu trabalho e, muito menos, dos seus sonhos! Deus é por você! 

Pense nisso!

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Não entregue os pontos!


2 Coríntios 4.16 a 19: “Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, com tudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que não se veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas”.

Como a gente faz para enxergar os contornos da nossa promessa? Sabe, eu aprendi que, independente de qualquer coisa, eu não posso desanimar! Não tem acordo! Eu não vou viver a minha promessa, porque eu tenho condição humana, porque todos acreditam, porque eu tenho uma torcida ou porque eu não tenho nenhum pecado.

Eu vou procurar me santificar, vou procurar buscar mais a Deus e não vou me deixar abater! Eu tenho que seguir em frente.

Se você quiser viver uma promessa de Deus, é necessário manter-se firme, inabalável, para poder superar os dias maus! Não desanime! Não entregue os pontos!

“Mas, bispa, eu estou destruída, eu estou mal, por causa dos erros que cometi, me sinto sujo, eu não mereço viver nenhuma promessa!”.

Você reconhece seus erros? Assumiu as consequências? Então, vamos dar um jeito! Agora, você vai para a igreja, vai buscar a Deus, vai confessar o seu pecado e vai pedir para que Ele te dê forças, para você não cair mais! Olha, pior do que cair é ficar prostrado!

Você vai levantar, em nome de Jesus, e vai buscar a bênção de Deus para sua vida! Se tiver que se limpar, pedir perdão, se tiver que recomeçar, amém! Vamos nessa! Não podemos desanimar!

Sabe, eu aprendi que nenhuma guerra dura para sempre! Lutas acabam! O que não acaba, em nossas vidas, é a bênção, a misericórdia e o amor de Deus por nós. O Senhor não muda. Por isso, nós não somos consumidos.

Quando resistimos, persistimos, buscamos, oramos, louvamos, jejuamos e caminhamos, de acordo com o que cremos, sabe o que acontece? Somos visitados pelo Senhor. O poder, o amor e o consolo do Espírito Santo invadem nossas vidas, nos agasalhando e nos abençoando, de tal forma, que sentiremos o peso da Glória de Deus.

Podem passar dias, meses, anos... mas você será renovado! O tempo não vai corroer seus sonhos e suas esperanças. Podem até questionar: Poxa, você ainda está nessa luta? Mas sabe qual vai ser sua resposta? Será a seguinte: Está tudo diferente, sabe por quê? Porque estou muito melhor, estou muito mais fortalecido, e eu sei que o que vem virá e não tardará! Eu não estou olhando para o que está acontecendo agora, eu estou olhando aquilo que eu enxergo, pela fé. A minha fé não é cega e a minha esperança nunca será frustrada!

Quando você caminha desta maneira, independente da situação que você esteja passando, tudo fica leve, tudo fica possível , começa a ficar factível, Deus honra sua fé e te dá vitória!

Em nome de Jesus, nada de desanimar, nada de entregar os pontos, nada de declarar a sua derrota e nada de acusações!


Essa leve e momentânea tribulação vai produzir um grande peso de honra! Aquilo que você não vê, porque só está no campo da fé, vai se manifestar! 

Pense nisso! O melhor ainda está por vir!

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Será que existe amor verdadeiro?

Cantares 8.6 e 7 “Põe-me como selo sobre teu coração, como selo sobre teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura, o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, são veementes labaredas. 

As muitas águas não poderiam apagar o amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens da sua casa pelo amor, seria de todo desprezado”.

Existem algumas palavras e promessas na Bíblia, que, às vezes, você lê e questiona: Será que isso existe mesmo? Será que alguém pode colocar outra pessoa como um selo em seu coração? E, assim, todo o conteúdo dele não seria violado? E, assim, todo aquele amor, toda aquela disposição, toda aquela doação, e todo aquele cuidado não seriam manchados?

Será que realmente as muitas águas não poderiam apagar o amor? Uma enfermidade, uma morte, uma dificuldade financeira, um levante, uma perseguição, calunias, difamações, dias de guerra, dias de luta, dias de ganhar, dias de perder, dias de muito choro, dias de muita alegria... Será que realmente, em meio a tantos impedimentos, o amor pode prevalecer?

Sabe, certo dia eu resolvi assistir um filme que me recomendaram... Para ser bem sincera, não consegui assistir até o final, pois era chato demais, dizem que ele ganhou um Oscar; só se for na categoria “Chatice”, né?

Mas, não vou negar que teve um trecho que me chamou a atenção, de tão absurdo que foi. O ator estava conversando com a atriz, sobre uma carta que ele escreveu aos 20 anos para ele ler quando tivesse 40. Quando completou essa idade, ele decidiu abri-la. Nela estava escrito, mais ou menos, assim: “Eu sou você com 20 nos de idade. Eu espero que ao ler esta carta, você já esteja divorciado!”.

Como pode? Que sonho é esse? Ele não estava nem casado e já pensou em se divorciar? Olha, vou ser bem honesta! Uma pessoa que casa, já como objetivo de se divorciar não pode ser normal! Eu que sou normal não posso compactuar com isso! Depois daquela cena, o filme acabou pra mim!

É absurdo? É! Mas, infelizmente, muitas pessoas vivem essa realidade. Assumem, como verdade, costumes e determinados conceitos, que divergem com a realidade que Deus tem para nós.

Eu quero dizer que todas as palavras que estão na Bíblia são verdadeiras. Quem escreveu ou viveu ou presenciou! Eu também sou testemunha dessa veracidade! Eu tenho um selo no meu coração! O selo do meu coração chama-se Estevam, uma pessoa integra, séria, limpa, um homem que me faz sonhar todos os dias, que faz meus olhos brilharem, que me protege, que me guarda, que me honra, que é fiel em todas as suas atitudes, ele é amoroso, um verdadeiro poeta...

São tantas as qualidades que ele possui, que talvez você até duvide e ache que eu tirei de algum livro! Mas é a verdade da minha vida! Ele escreveu uma história de amor no meu coração e me ensinou a andar pelo caminho do amor.

Sua fidelidade, sua integridade, sua limpeza, seu caráter, sua firmeza de convicções me fazem acreditar na humanidade. Estar com ele é tão bom, ele é o meu melhor amigo, o amor da minha vida, que me fez sonhar deste os treze anos de idade, quando me pediu em namoro; e é assim até hoje! O que falar da voz que sempre está ao meu lado para me incentivar, pra me ensinar, me motivar e me ajudar a mostrar o caminho? Meu desejo é ser cada dia melhor pra ele e honrá-lo em todos os seus caminhos!

As muitas águas, com certeza, não podem apagar um grande amor! E ainda que alguém viesse e desse todos os reinos da face da terra, de todos seria desprezado por este grande amor! São mais de 40 anos que eu vivo essa verdade, em nosso casamento!

Que o meu testemunho sirva para você entender que a Bíblia não é um livro de utopias e promessas vazias! São verdades que podem se manifestar! Abra-se para vivê-las! O que me uniu ao Apóstolo foi o nosso amor pelo evangelho e pelo Senhor! Nossa prioridade sempre foi o altar! Este é o segredo para viver um grande e verdadeiro amor! Busque, em primeiro lugar, o Reino de Deus!


Pense nisso!

terça-feira, 21 de agosto de 2018

O valor que a vida merece!


Salmo 103.1 e 2: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga ao teu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nem um só dos seus benefícios”.

Eu não sei por que eu fui escolhida para ter o privilégio de valorizar cada dia de vida! Há anos, de uma forma especial, eu sei o que é ter um dia de vida com quem amo! Eu sei o que é, nesse dia, escutar a voz, abraçar e poder ser melhor para quem eu amo!

Pra vocês entenderem essa sensação, vou dividir um fato que aconteceu comigo! Certo dia, minha filha Bispa Fernanda, me chamou para assistir um filme. Ela sabia que eu ia amar! Nele, o personagem principal entrava em um guarda-roupa e poderia voltar no tempo, para viver de forma diferente os dias que ele errou. Este era um privilégio que só os homens da família tinham.

No final do filme, o garoto viu que o pai estava para morrer de câncer e, então, entendeu por que ele tinha parado de trabalhar, quando completou 50 anos. Na verdade, no fim da vida dele, ele tinha entrado armário, para voltar no tempo e, desde então, aproveitar cada simplicidade que a vida oferecia e desfrutar, ao máximo, a companhia de quem ele amava!

É claro que a nossa realidade é outra! Não temos como voltar no tempo, mas temos a oportunidade de criar um ponto de partida! Você pode, a partir de hoje, tomar um rumo totalmente diferente! Você não precisa voltar no tempo para acertar, porque você tem um Deus de amor, que pode mostrar o caminho certo!

No meu caso, o Senhor me deu uma experiência que me faz, todos os dias, comemorar e agradecer pela família que Ele me deu, pela saúde, pelo ministério e pelo suprimento de cada dia. Eu vivo na certeza de que mesmo que eu mude, o Senhor permanece o mesmo, e, desta forma, eu posso estar segura! Eu não tenho medo do amanhã, pelo contrário, eu me alegro, porque todos os dias da minha vida, eu fui sustentada e renovada por Ele!

Se eu pudesse dividir um grande segredo com cada um de vocês, eu diria: Alegre-se no Senhor todos os dias! Alegre-se nas coisas boas que Ele te deu! Ame a Deus profundamente! Comece o dia falando com Ele, essa é a garantia de que tudo lhe irá bem, você não caminhará errante!

Há dias em que nós teremos mais desafios, mas isso é sinal de que nós teremos muitas vitórias! Há dias em que nós teremos mais descanso, mas, sinceramente, pode ser que não brote nenhum louvor deles!

Não ache que os dias de desafio são ruins, porque Eles sempre vão te fazer conhecer a parte que o Senhor já transformou na sua vida e aquilo que você precisa melhorar! Nos momentos de guerra, nós descobrimos nosso poder de resistência e os nossos recursos naturais.

Em dias de diversidade, você vai descobrir o quão ungido e forte você é. Você vai perceber que, mesmo em momentos de loucura, você pode ter o controle da situação... que, mesmo em momentos de perda, você pode ser uma pessoa completamente realizada... que, mesmo em dias de choro, você pode ser feliz e, ainda, consolar as pessoas que precisam!

Você vai descobrir que este é só começo! Deus tem lugares altos e te dará condições para você levar quem você ama!

Comece o dia louvando e termine agradecendo a Deus! Dessa forma, o Espírito Santo sempre vai te guiar, te orientar e te sustentar com braço forte! Sempre haverá uma resposta certa, uma porta aberta e livramentos! Ele sempre vai te conduzir em trinfo!

Pense nisso e lembre-se: ser feliz é uma escolha! Você pode viver cada dia da melhor maneira possível!

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Quem disse que andar sozinho é melhor?


Eclesiastes 5.9 e 10: “Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante.”.

Existem pessoas que não sabem andar em grupo! Ninguém consegue prevalecer estando sozinho! Por mais resistente que seja, sempre dois serão mais fortes que um! Por isso, nós sempre falamos da força do Corpo de Cristo!

Existem pessoas que são extremamente egoístas, inseguras e acabam ferindo outras, por medo de perderem suas posições!

Vou dar uma dica: não se compare com ninguém! Cada um tem uma missão na terra! Existem promessas de Deus para todo mundo! Na teoria, você diz: Amém! Mas, na prática, é outra história... Vou citar alguns exemplos!

Existem meninas que brigam por causa do mesmo garoto! O mais impressionante é que todas elas receberam um sinal de Deus de que ele seria o escolhido. Mas será que foi Deus mesmo? Porque pode ser uma infinidade de situações que acabam iludindo. Elas confundem a voz de Deus com uma carência, com uma expectativa, com uma atitude, com um ato de gentileza, com uma postura... Pequenas coisas que as deixam obcecadas: Bispa, se não for aquele, não é mais ninguém!

Existem pessoas que são centralizadoras no trabalho. Não delegam tarefas, não dividem informações e ficam tão acumuladas, que precisam levar serviço para casa! Ficar doente? Nem pensar!

O teu desejo de aparecer, de mostrar que você é o melhor só te torna uma pessoa mais limitada ainda! O grande ensina, treina e tem mais tempo para crescer ainda mais!

Se você não souber lidar com todo o tipo de gente, sabe quando você será um bom gerente? Nunca! Porque você vai ter uma equipe despreparada, vai ficar atolado de trabalho, enquanto os outros não fazem nada e, ainda, vai ser o primeiro a levar bronca!

Será que na sua casa não é assim? Você se mata, enquanto seus filhos ficam de pernas pro ar! Você cuida mais da casa do que de você! A raiz do seu cabelo já está escura, suas unhas estão descascadas...

Não custa nada seu filho arrumar a cama, guardar as roupas, lavar a louça, manter o ambiente limpo, guardar o que usou... Mas, não! Você é tão controladora, que prefere fazer tudo sozinha! Pare e pense! Não é melhor ensinar seus filhos e ainda ter um tempo com eles? É muito fácil aliar organização com diversão! Mesmo que eles façam o básico do básico, tudo fica mais leve!

Eu conheço mulheres que contratam faxineiras, mas em vez de deixá-las fazendo o serviço, querem mostrar que limpam a casa muito melhor!

Será que não está na hora de mudar? Sinceramente, você é uma pessoa feliz? Não tem como ser feliz vivendo a vida dos outros, sendo escravo do que os outros pensam e, ainda, ser uma pessoa solitária.  Seja livre, em Jesus.

Aprenda a andar em comunhão! É melhor serem dois do que um! Este é um segredo que faz a diferença em todas as áreas da sua vida!

Dividindo, compartilhando, delegando, repartindo, você será uma pessoa mais completa e muito mais feliz!


Pense nisso

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Confie nos propósitos de Deus


Colossenses 1.9 e 10: “Por esta razão, também nós, desde o dia que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que transborde de pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual; a fim de viverdes de modo digno do Senhor, para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus.”

Quando você conhece qual é a vontade de Deus para sua vida, o medo desaparece. Quando você sabe qual é a vontade de Deus para sua vida, nenhum sacrifício é pesado, principalmente, porque ele faz parte do que você quer alcançar.

É ilusão acharmos que sem o mínimo esforço conquistaremos algo. Por exemplo, se você quer ter conhecimento, não tem segredo, você precisa estudar, se matricular em uma escola, ou em uma faculdade e separar um tempo para esse investimento valer a pena.

Se você quer emagrecer, tem que ter disciplina, procurar um nutricionista, fazer uma dieta adequada, praticar um esporte...

Qualquer meta que você queira atingir requer um investimento. O próprio Deus investiu em nós, seres humanos, quando entregou seu próprio filho, Jesus.

A vontade do Senhor envolve crescimento e desenvolvimento, para que nós possamos alcançar Sua imagem e semelhança.

Quando você tem consciência de que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável, mesmo que ela envolva um determinado sacrifício, as lutas, as guerras e as adversidades tornam-se leves e momentâneas.

O propósito de Deus é nos tornar maduros e livres de todo o mal.

Essa enfermidade veio para que você conheça o poder de cura que há no sangue de Jesus e, principalmente, para que você desenvolva a sua fé!

Essa guerra que você está enfrentando tem um propósito!

Davi enfrentou guerras, porque as riquezas que Israel precisava estavam nas mãos do inimigo. Davi passou por situações desgastantes, por dificuldades, precisou ter disciplina, treinar, lidar com as afrontas dos seus adversários e correu risco de morte.

Essa guerra que você está enfrentando na sua casa é para que você conquiste os tesouros que você precisa para ter um lar feliz!

No caso das mulheres, para que elas adquiram sabedoria e equilíbrio para lidar com as situações de crise, e não enlouqueçam a todos com os seus chiliques.

Em relação aos homens, as guerras acontecem para que eles aprendam a assumir a posição de sacerdote do lar, aquele que transmite confiança e segurança para o restante da família.

Mude suas prioridades. Em vez de ficar se comparando aos outros, busque saber qual é o propósito de Deus para sua vida! Busque viver, em cada situação, a vontade d´Ele.


Pense nisso!

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

O versículo que mudou minha história


Hoje, eu quero repartir com vocês um versículo que me ajudou demais em um período em que eu me senti abandona e perdida! Eu não sabia nem como começar o dia! Alias, eu já acordava chorando, desesperadamente!

Eu programava o despertador para as cinco horas da manhã. Quando ele tocava, eu não levantava, eu simplesmente me jogava da cama e, quase sem forças, colocava meu joelho no chão e começava a orar!

Em um desses momentos de oração, Deus me visitou, através do livro de Isaías 11.2: “Repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do Senhor.”.

Essa Palavra me ajudou, porque eu estava desorientada, não sabia o que fazer, como fazer...Mas, a partir daquele dia, minha postura e minha oração mudaram: “Senhor, eu sei que o Espírito de conselho e de fortaleza está sobre Ti, por isso, me mostra a direção certa e me dê forças, para que eu não desista no meio do caminho”.

Na passagem que acabamos de ler, também está escrito que repousa sobre Ele também o Espírito de sabedoria e de entendimento.

Eu precisava entender o momento que eu estava vivendo e ter sabedoria para vivê-lo da melhor maneira possível.

Quando nós passamos pelas dificuldades sem murmurar, confiando em Deus, Ele nos honra.

Naquele período difícil, eu orava para que o Senhor colocasse as palavras certas em minha boca. Eu não queria ser como a mulher de Jó.

Eu pedi para que Ele derramasse sobre mim o Espírito de temor, porque, eu não queria que o sofrimento me afastasse do amor de Deus. Eu queria zelar por essa relação, acima de tudo!

Buscá-lo se tornou um hábito para mim. Quando eu fiz daquela Palavra a minha verdade, passei a encarar as situações de outra maneira. Tudo ficou mais leve!

É esse o conselho que eu quero deixar para vocês! Não viva em função dos problemas. O conselho, a força, o entendimento e a sabedoria que você tanto precisa para enfrentar cada lua estão a uma oração de distancia! Pense nisso!

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

A gratidão torna a vida mais leve!


1 Samuel 17.37: “Disse mais Davi: O Senhor me livrou das garras do leão e das do urso; ele me livrará das mãos deste filisteu. Então, disse Saul a Davi: Vai-te, e o Senhor seja contigo.”.

Davi é uma das pessoas que eu mais admiro na Bíblia. Sem sobra de dúvida, ele era um homem segundo o coração de Deus.

Esta passagem que acabamos de ler mostra qual era o Espírito que habitava nele. Davi não tinha uma memória de dor e sofrimento. Ele enfrentou dificuldades, guerras, perseguições, conflitos familiares, mas não se tornou uma pessoa amarga e pesada.

Quem luta com o leão sai, no mínimo, arranhado! Quem enfrenta um urso deve sair, no mínimo, com um hematoma ou com um membro quebrado!

Eu não sei se ele chegou a se machucar, mas uma coisa é certa: ele não saiu destas situações com a alma ferida, pelo contrário, Davi tinha um coração grato por todos os livramentos que viveu.

Em vez de se desesperar, diante das adversidades, ele pensava: O mesmo Deus que permitiu que eu vencesse um urso e um leão, me dará vitória contra o gigante Golias!

Hoje, eu quero deixar um conselho! Quando você tem uma memória de gratidão, você fica renovado! Talvez, você tenha passado por uma situação muito critica, ou uma luta que durou mais de 15 anos, mas Deus te deu graça, te fortaleceu e te supriu em tudo!

Isso é o suficiente para você enfrentar o que vier pela frente, sabendo que o Senhor é contigo e te conduzirá em triunfo.

Esse é um dos benefícios da gratidão! Se você, de repente, pensar em todas as situações difíceis que viveu e começar a “metralhar” os outros com suas reclamações e murmurações, você nunca será uma pessoa vitoriosa, você nunca vai evoluir e amadurecer como ser humano!

Qual é a diferença entre aquele que nem chegou a dar o primeiro passo e aquele que parou no meio do caminho? Nenhuma! Mas você vai até o fim, em nome de Jesus!

Davi enfrentou o leão, depois o urso e depois o gigante. Sabe o que aconteceu depois? Ele foi coroado rei!

Quando renovamos nossas forças, através da gratidão, somos curados de todas as sequelas das guerras que enfrentamos.


Pense nisso!

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Simplesmente e, ao mesmo tempo, complicadamente cansada!


Olá tudo bem? Depois de muitos pedidos, eu decidi postar um “Pensamento do Dia” baseado no livro “Coração de Mãe”. 

Quando comecei a escrever, Deus me deu uma estratégia: registrar, apontando diversas situações que envolvem a relação entre mães e filhos.

Hoje, eu quero dividir com vocês um pedacinho de uma das cartas. Esta é de mãe para mãe, falando sobre o cansaço. Como se nenhuma mãe ficasse cansada, não é mesmo?

Para você entender o contexto, abra sua Bíblia em Eclesiastes 10.16 e 17, que diz:  “Ai de ti, ó terra cujo rei é criança e cujos filhos se banqueteiam já de manhã. Ditosa, tu, ó terra cujo rei é filho de nobres e cujos príncipes se sentam à mesa ao seu tempo para refazerem as forças e não para bebedice”.

Simplesmente e, ao mesmo tempo, complicadamente cansada!

Parece que o mundo está sobre as nossas costas! E o pior! Nós não temos como parar! Não vemos nenhuma saída! Estamos no limite, mas ninguém compreende isso!

Muitas vezes, entregamos as rédeas de nossa vida e, principalmente, de nosso coração aos nossos filhos; seja pelo motivo que for! Por não querer que lhes falte nada, ou para compensá-los em razão da nossa ausência, ou ainda, buscando ser mais amadas.

A verdade é que acabamos funcionando de acordo com os seus “altos e baixos”. Com seus caprichos, seus desejos e suas crises...

Sabe, será que sua vida não está nas mãos de um filho viciado, de uma filha que apanha do namorado e quer continuar com ele, de um filho que não quer estudar, de filhos que estão passando por situações muito complicadas? Você não enxerga, mas, muitas vezes, você acaba se tornando refém das escolhas e dos problemas de seus filhos!

Nós temos o GAUF, Grupo de Apoio ao Usuário e Familiares, que são reuniões semanais que realizamos com dependentes químicos. Sabe o que nós percebemos? Que tanto os dependentes químicos quanto os seus familiares precisam de tratamento intenso, porque os parentes acabam ficando viciados também, viciados emocionalmente! Acabam perdendo suas forças, porque vivem em função de uma pessoa que é problemática.

De repente, seus filhos não têm nenhum tipo de problema grave, mas o seu excesso de amor está te mantendo refém, e por isso, você está tão cansada. Neste caso, sabe o que está faltando? Colocar limites! Você não está conseguindo se posicionar e acaba assumindo uma carga maior do que você pode suportar. Isso não ajuda seus filhos, pelo contrário, os sufoca!

Em nome de Jesus, você vai pedir ao Senhor sabedoria, graça e força para mudar seu comportamento. Esta mudança vai trazer uma alteração na engrenagem do funcionamento da sua casa! Lembre-se, a mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola a derruba com suas próprias mãos. Hoje, você vai buscar equilíbrio! Não vai deixar largado, mas também não vai sufocar!

Sabe, perdoe-me a franqueza, mas, muitas vezes, a nossa tolice é amar além do necessário. Seca mata, mas enchente mata também, sabia?

Você não vai ser aquela mãe que vai perecer no paraíso, porque isso já é algo desconexo. Padecer no inferno é até compreensível, mas no paraíso, é loucura! Você vai ser aquela que se alegrará no paraíso, com a herança que Deus deu.

Esteja seu filho passando pelo que for, você vai ter alegria e vai desfrutar da honra e da benção de ser mãe! Não deixe alguém que é imaturo emocionalmente, que não tem vitalidade, experiência, ou alguém que você ama demais, dirigir sua vida. 

Coloque Deus em primeiro lugar, e Ele te dará sabedoria para administrar qualquer situação que se levantar para abalar a estrutura da sua família. Pense nisso!