Páginas

terça-feira, 31 de julho de 2018

Vencendo a acusação!


Oi, queridos internautas! Como é bom poder compartilhar com vocês os ensinamentos que o Senhor tem me dado.

Sabe, a internet nem sempre é utilizada para nos aproximar de Deus. Sendo bem sincera, é mais um instrumento de fofoca, do que de estudos e informações relevantes. Ficamos o dia todo em redes sociais, sabemos tudo sobre todos, mas não conhecemos o único que pode mudar o curso da nossa história, Jesus Cristo!

Por isso eu sempre procuro deixar uma mensagem aqui. Você vai “curtir”, meditar e “compartilhar". Combinado?

Hoje, eu quero te ensinar a vencer as acusações do inimigo!

Sabe de uma coisa? O inimigo é especialista em acusar. Uma das estratégias que ele adota para fazer isso é usar pessoas próximas de você, com comentários, insinuações, só para te aprisionar emocionalmente ao seu passado!

Mas vamos encarar de outra forma! Será que Deus não está permitindo isso para te enriquecer? Sabe por quê? Foi dessa forma que Ele fez com o povo de Israel. No momento de maior dificuldade, eles alargaram as estacas da tenda, ou seja, aumentaram seu território. 

Com esta linha de raciocínio, eu quero te convidar a meditar comigo em Isaías 54.1 e 2:Cante alegremente, ó estéril, que não deste à luz; exulta com alegre canto e exclama, tu que não tivestes dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária do que os filhos da casada, diz o Senhor. Alarga o espaço da tua tenda; estenda-se o toldo da tua habitação, e não o impeças; alonga as tuas cordas e firma bem as tuas estacas.”.

O inimigo quer te impedir de avançar, de expandir, de ter desenvolvimento pessoal e de viver a primeira bênção que Deus derramou sobre o homem, após sua criação: crescer e multiplicar.

O inimigo quer justamente que você diminua, quer te colocar, de preferência, em uma cama de depressão, e que você perca tudo, de tal forma, que você tenha a sensação de ter desaprendido a viver.

Em nome de Jesus, você não vai fazer o que ele quer. Você vai fazer o que Deus quer. Comece hoje perguntando: “Qual será a vontade de Deus para a minha vida?”.

Na página 69 do livro “Vivendo de Bem com a Vida”, eu escrevi a seguinte mensagem:

“Tenha como base as verdades espirituais. Você sabia que, quando nos falta sabedoria para coordenar, realizar, enfrentar, vencer sejam quais forem as situações, desde as mais simples até as mais complexas, devemos pedir a Deus, que Eles nos provê? Para que realmente não nos esqueçamos disso; esse direito de provisão está registrado na Bíblia: se algum de nós precisar de sabedoria, é só pedir que Ele dará sem pedir nada em troca. Há uma diferença muito grande entre ler, saber o que está escrito na Bíblia e praticar.

A Bíblia é a verdade que, por séculos, tem se mantido sem alterações. Seja você da religião que for, precisa ter sua vida fundamentada em verdades inabaláveis, que aguentam todo o tipo de situação, sem se alterar. Eu encontrei isso na Bíblia. Interajo com ela. Acusada? Nem pensar! De bem com a vida e ainda grata por ter tantas coisas para fazer. Coisas que dão sentido e valor à minha vida e ainda abençoam e edificam a vida de muitos.

Se você está debaixo do peso esmagador da acusação, busque libertação por meio da oração ou indo a um lugar onde a Palavra esteja sendo pregada pra se sentir melhor, renovada, esclarecida, mesmo que através de uma exortação de Deus que venha corrigir a rota dos seus pensamentos, atitudes, reações, conclusões. Enfim, de toda a sua vida.”

Então, é assim que a gente vive o crescimento e a multiplicação. Isso ocorre quando buscamos, em Deus, sabedoria para entender o propósito de cada uma das coisas que estão acontecendo conosco.

Já parou pra pensar por que usam o timoneiro no navio? Para corrigir a rota, não é verdade? Tenha esse dispositivo dentro de você. Reflita: “Será que é esse o pensamento que eu tenho pensar?” ou “Será que é esse o sentimento que eu tenho que sentir?”.

Tem gente que vai ao “Encontro de Casais” e, em vez de aproveitar aquele momento para restaurar o relacionamento, começa a lembrar de tudo que é um bom motivo para fazer daquele momento um inferno. Existem pessoas que tiram férias de tudo, menos das brigas.

Tem gente que sai de viagem para ficar doente. Eu vejo, nas caravanas para Israel, pessoas levando muitos remédios. Dá até vontade de perguntar: “Você veio para ficar doente ou veio para a peregrinação?”.

Então, em nome de Jesus, busque corrigir sua rota. Comece identificando se os seus pensamentos e sentimentos vão te ajudar a ter um dia de vitória. Busque a Deus, não caia no laço do inimigo que quer te paralisar. Busque solução no Senhor, porque Ele vai te visitar grande glória e você vai viver muitas bênçãos.

Procure se consertar, receba o perdão que vem de Deus e deixe que Ele ilumine o teu caminho. Alargue as estacas, tome atitudes que tenham significando para este dia. Seja dirigido pelo Espírito Santo e não por magoas, dores, enfermidades ou crises financeiras.

Pense nisso!

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Eu pensei que a amizade fosse verdadeira!


Salmos 55.21: “A sua boca era mais macia que a manteiga, porém no coração havia guerra; as suas palavras eram mais brandas que o azeite; contudo, eram espadas desembainhadas.”.

Quando poderíamos imaginar que aquela amiga que ligava todos os dias, que só faltava adivinhar nossos pensamentos, que sempre esteva ali apoiando, nos dando razão em tudo e nos chamando de irmãs era só uma ilusão?

Quem poderia imaginar que esta pessoa que você amava tanto, na realidade, era só sua amiga por conveniência? O limite da amizade eram os seus próprios interesses. E você, por outro lado, deu o seu melhor.

E pensar que por esta fulana você até começou a questionar sua fé e as pessoas que realmente abençoaram sua vida com frutos concretos e permanentes! Sabe, pior do que inimigos declarados são aqueles que se vestem de amigos e entram em nossas vidas, de tal forma que vão nos dominando, nos tornando dependentes de suas opiniões e aprovações para tudo. Pessoas que usam elogios para maquiarem sua inveja e o desejo de manipular tudo o que é seu.

Todos já passaram por isso! Quantas vezes, você já foi levado por aquela fala mansa, elogios, palavras de incentivo e foi surpreendido com uma traição? É a falsidade que sempre existiu e sempre existirá.

Infelizmente, o convívio com estes tipos de pessoas é inevitável! Ser surpreendido por elas, nem sempre!
Existem alguns segredinhos básicos para lidarmos com esse tipo de situação e não sermos presas fáceis:

1-Tenha como amigos somente os amigos de Deus

A base do amor é o respeito! Quem tem problemas em respeitar sua fé, sua igreja, suas autoridades e suas entregas não é a pessoa ideal para te aconselhar.

Essas pessoas estão realmente preocupadas com você ou com o dinheiro e com o destino que você está dando a ele, assim como Judas? (João 12.1 a 8).

2-Busque do Senhor discernimento, sabedoria e não abra seus tesouros!

O rei Ezequias, por confiar nas pessoas erradas, foi roubado em tudo (2 Reis 20.12 a 18).

3- Mantenha sua relação com Deus inabalável e tenha maturidade

Entenda que, a qualquer momento, Satanás pode encher o coração de pessoas que estão dispostas a te vender por 30 moedas de prata.

4- Confie na justiça de Deus

A ira do homem não produz a justiça de Deus. Mantenha-se integro, honesto e temente ao Senhor!

5-Assim como está em Mateus 10: 16, seja simples como a pomba e prudente como a serpente!


Pense nisso!

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Como ficar mais perto de Deus?


Eu tenho o hábito de tirar dúvidas dos ouvintes e telespectadores do “De Bem com a Vida”. E eu percebi que a maioria está buscando ter um relacionamento mais profundo com Deus, mas não sabe como. Então, eu decidi falar sobre isso neste post. Hoje, eu quero te convidar a meditar comigo no livro de Atos.

Jesus morreu e depois ressuscitou, mas nem todos acreditaram. Os discípulos estavam inconsoláveis. Afinal de contas, Jesus era pastor, mestre e amigo deles. Eles testemunharam tantos milagres! Imagine andar com o Filho de Deus 24 horas por dia! Sentir aquela presença, sempre ter uma palavra de vida, viver aquelas experiências e, depois, simplesmente, não ter mais nada!?

Eu imagino que eles tenham ficando perdidos: O que eu faço agora? Para onde eu vou? Eu sei que Deus existe, mas eu preciso de algo tangível, preciso de uma resposta imediata.

Talvez, você esteja nesta situação! Obviamente, você não teve o privilégio de caminhar com Jesus Cristo, como os discípulos tiveram, para sentir esse vazio. Mas, muitas vezes, parece que você está clamando em um deserto escuro, pois não vê nada nem ninguém.

Você ora, ora, ora... mas não acontece nada! Busca, busca, busca... mas não encontra nada!

Mas, será que é isso mesmo? Jesus não estava mais entre eles, mas Deus é onipresente, ou seja, eles não estavam desamparados. Já parou para pensar que, muitas vezes, os seus sentimentos estão te impedindo de se relacionar com Senhor?

Vou te explicar melhor!

Em primeiro lugar, a sua vida de oração precisa ser despida de toda a ansiedade!

Em Hebreus 11, está escrito que é necessário que aqueles que se acheguem a Deus creiam que Ele existe, e que Ele é galardoador daqueles que o amam.

Com essa ansiedade e esse desespero, você não vai alcançar nada! Pelo contrário, só vai arrumar mais tormento para a sua alma!

Vamos combinar uma coisa? Chega de estresse! Busque ao Senhor na certeza de que você será ouvido. Peça a Ele capacidade para você conseguir enxergá-lo.

A ansiedade bloqueia a nossa mente, nos paralisa e faz com que a gente perca a percepção das coisas que estão ao nosso redor!

Você já viu alguém desesperado, porque perdeu os óculos, mas não percebeu que eles estavam o tempo todo em cima da cabeça? É até cômico, mas isso é muito comum!

Eu conheci uma pessoa que estava viajando com um grupo muito grande e, de repente, um dos participantes da caravana começou a dar chilique, porque havia perdido uma sacola. Todo mundo que estava perto dele começou a procurar! Foi quase um dia inteiro de viagem perdido! Sabe onde a bendita sacola estava? Na mão de uma amiga dele, que havia pegado por engano!

Sabe o que é isso? Ansiedade! A moça estava tão empolgada com a viagem, que nem prestou atenção na bagagem!

Será que você não está agindo da mesma maneira? Está procurando algo que está bem na sua frente!

Sabe, só de você sentir falta da presença do Senhor já é um sinal que o Espírito Santo está agindo na sua vida! O próximo passo é buscar o altar! Ir à igreja, jejuar, louvar, orar, clamar, ouvir um louvor...

Em segundo lugar, é necessário permanecer! A fé precisa ser uma constante, não uma variável!

Como os discípulos, que se sentiram abandonados, desorientados, sem saber o que fazer, conseguiram resolver aquela situação?

O próprio Jesus, ressurreto, disse a eles em Atos 1.4 e 5: “E, comendo com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, a qual, disse ele, de mim ouvistes. Porque João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.”.

Jesus, depois que ressuscitou, ficou 40 dias reunindo os discípulos e explicando a importância deles permanecerem firmes! O Senhor tinha para eles um revestimento de poder e autoridade para que eles fossem consolados da perda física de Jesus.

Eles receberam o Espírito Santo, que é a presença de Jesus em nossas vidas

Em Atos 1 e 2, está escrito que eles buscaram presença de Deus, incessantemente, até que veio do céu um vento impetuoso, e todos foram cheios do Espírito Santo. Foi algo tão forte que todos começaram a falar em línguas espirituais.

Deus tem este revestimento espiritual para as nossas vidas! Essa herança também nos alcançou!

No próprio livro de João, Jesus falou: Se eu não for, não poderei enviar o Espírito. E a única maneira de vocês terem vitória contra as obras do inferno é sendo cheios do Espírito Santo!

Este é o caminho para chegar mais perto de Deus!


Pense nisso!

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Isso não pode ficar assim!


Hoje, quero te convidar a meditar comigo em 1 Samuel 21.1 a 6, 8 e 9

Queridos internautas, muitas vezes, quando a gente menos espera, encontramo-nos no meio de uma guerra. Davi estava enfrentando sua segunda guerra, foi uma verdadeira loucura.

 A primeira guerra, para quem não sabe, foi contra os filisteus, quando Davi enfrentou um gigante imenso! A segunda foi a guerra da inveja e da perseguição. Detalhe: foi uma batalha sem motivos.

Sabe qual é o motivo das suas guerras? É a manifestação de um espírito de loucura. Às vezes, levanta-se na sua casa, usando pessoas que você ama. Sabe aquelas pessoas que você nunca imaginaria que poderiam se levantar contra você e que, de um dia para o outro, ficam com inveja? É uma coisa doida mesmo!

Inveja não é só a vontade de ter algo igual, é não aceitar que a outra pessoa tenha e querer sua destruição. Foi dessa forma que Saul, o “poderoso da terra”, levantou-se contra Davi. Sabe o que Davi fez? Saiu correndo, fugiu!

No meio da fuga, Davi enfrentou dificuldades e passou fome! Ele não tinha nem forças para enfrentar o que viria pela frente! Mas o Senhor o justificou!

Aprenda uma coisa: contra a inveja, quem faz a justiça é o Senhor! Ele advogou a causa de Davi e o livrou daquela perseguição e do espirito de inveja... Sabe o mesmo espírito que se levantou contra Jesus Cristo e o levou para a cruz?

Talvez, hoje, lendo essa mensagem, você esteja passando por isso e esteja sem forças. Talvez, hoje, você esteja pensando: “Deus, eu não aguento mais lutar! Eu não tenho mais esperança! Eu não consigo enfrentar, não consigo enxergar um futuro!”.

Quem sabe você até esteja com vontade de morrer! Não que você esteja com um espirito de suicídio. Mas, você ora: “Por que o Senhor não me leva logo? Eu já fiz tanta coisa mesmo. Eu não vejo mais sentido na minha vida!”.

Olha, se você não tem forças e armas para lutar, vá para a Casa do Senhor. Sabia que foi isso que Davi fez? Na Casa de Deus, ele comeu o Pão Sagrado, o Pão da Proposição! O que é Pão da Proposição? É o pão com propósito! Davi estava com o propósito de se alimentar, renovar suas forças e de aprender, que na Casa do Senhor, sempre há alimento!

Da mesma forma, há pão com propósito na Casa de Deus para a tua vida. Propósito de restaurar suas forças, teu ministério, de te dar uma família, de te curar emocionalmente, de restituir sua profissão…

Na Casa do Senhor, há armas que te ajudam a derrubar gigantes. Uma delas é a espada, que é a Palavra de Deus. Hoje, você vai sair com essa palavra, vai intimidar e derrotar seus inimigos, trazendo honra para sua vida. Isso não vai ficar assim!

Não se deixe abater! Não se deixe derrotar! Não se deixe dominar pelos seus sentimentos! Aprende uma coisa: vida espiritual não é sentimento, é espírito. Às vezes, você não está sentindo nada e acha que Deus não está se movendo na sua vida. O coração do homem é enganoso! Cuidado para não ser enganado por você mesmo!

Você está se enganando com essa compaixão, com essa desilusão, com esse desânimo, com essa falta de vontade! Isso está quebrado, em nome de Jesus!

Levante-se, porque na Casa do Senhor tem uma palavra, que te dará uma direção; o Pão, que te dará força e a arma, que de dará a vitória! Venha Renascer em Cristo!

terça-feira, 24 de julho de 2018

Lutas ou oportunidades?


Atos 15.22: “Então, pareceu bem aos apóstolos e aos presbíteros, com toda a igreja, tendo elegido homens dentre eles, enviá-los juntamente com Paulo e Barnabé, a Antioquia: foram Judas, chamado Barsabás e Silas, homens notáveis entre os irmãos.”

Ainda que você, aos olhos humanos, esteja em desvantagem e sem perspectiva de mudança de vida, em Romanos 8.28, está escrito que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e daqueles que são chamados segundo o Seu propósito.

Enxergue, hoje, esta situação como uma oportunidade que Deus está te dando para mostrar ao mundo a sua vitória. O Senhor te fará um referencial a outros, te dará notabilidade, destaque e, por consequência, a liderança que vem do Espírito.

Quando encaramos os problemas e não nos afogamos em murmurações, nas drogas, no álcool, na depressão... Deus nos concede uma capacidade realizadora, de tal maneira que um de nós vale por mil e dois, por dez mil. Ele tem como uma das bênçãos espirituais a sabedoria que vem dos céus.

Tiago 1.5: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.”

Deus tem liderança e notabilidade para sua vida, porém isso depende de sua fé e atitude diante das situações. O Senhor Jesus nos diz: “Vós sois luz do mundo e sal da terra”. Deus quer te honrar para que o mundo reconheça em você a presença do Espírito Santo de Deus.

O Apóstolo Paulo nos adverte, dizendo que não podemos ignorar os intentos do diabo. 

2 Coríntios 2.11: “Para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios.”

O inimigo quer te diminuir, subtrair, te destruir e a melhor forma de conseguir isso é tocando em seus sentimentos. É colocando pessoas para te criticar, julgar e desanimar.

Se o trabalho de Satanás é esse, o trabalho do Senhor é de nos restaurar, abençoar e acrescentar.

O grande problema é que não sabemos respeitar o tempo.  Em Eclesiastes 3, está escrito que há tempo para todas as coisas debaixo do céu. Há tempo de semear e a há tempo de colher. Entre um e outro, há um intervalo.

A única forma de realmente sermos notados, reconhecidos é nos levantando na força e na sabedoria que vêm de Deus, enfrentando, perseverando e buscando ao Senhor.

O reconhecimento vem por meio de vitórias que temos nos reverses, problemas, carências e assolações pelas quais passamos.

Passamos, muitas vezes, por tribulações, mas precisamos ter a certeza de que não estamos andando para trás. Pode ser incompreensível, mas você está debaixo da Palavra de Neemias 13.2, que diz que o Senhor transforma a maldição em benção, para que Seu nome seja glorificado em nossas vidas.


Persevere! Lembre-se! Esta luta, vergonha ou enfermidade veio para que, através de você, todos vejam a Glória de Deus. Pense nisso!

sexta-feira, 20 de julho de 2018

O que os outros vão falar realmente importa?


O Pensamento do Dia de hoje está em 2 Samuel 6: 12 a 23.

Sabe, eu acredito que grande maioria de nós cresceu ouvindo: “Menina (o), que vergonha! O que vão falar de você?”... “Faça isso e você vai ver o que todo mundo vai falar” ... “Olha o que você está fazendo! Todo mundo está olhando”...

Estas e tantas outras frases que expressam a mesmíssima preocupação acabam por se tornar, muitas vezes, um grande problema em nossa vida. A necessidade de aprovação por parte de outras pessoas nos impede de ter censo crítico próprio, de discernimos qual a opinião que é realmente importante e a quem desejamos, por fim, agradar.

Mical, apesar de ser filha de um rei e de ser a esposa do maior rei que Israel já teve (Davi), por se preocupar tanto com as aparências e o que os outros iriam falar, acabou tendo um fim terrível: perdeu o amor, a atenção e admiração do próprio marido. 

Davi, ao entrar com a Arca de Deus em Jerusalém, a procurou para trazer aquela bênção ao lar deles, mas Mical o desprezou, porque ele estava dançando e, por dar mais valor a opinião dos outros do que a de Deus, morreu estéril.

Aquilo que fez com que Mical desprezasse o rei Davi era tudo o que ela precisava para se a mulher mais feliz da Terra: a bênção de se alegrar por ter de volta a Arca da Aliança, mas não! Ela estava mais preocupada em dar satisfações aos servos, servas e aos nobres da época!

É um absurdo o que a nossa baixa autoestima faz conosco! Simplesmente, ela é quem dita as regras! Ela decide se você vai ou não à determinada festa, se você vai ou não à praia, se você tem bom  desempenho no trabalho ou não... ela até define como serão seus relacionamentos: se serão prazerosos, cheios de insegurança ou infrutíferos, como acabamos de ler!

Quando buscamos, em primeiro lugar, agradar a Deus, ter as reações e atitudes que Ele espera que tenhamos em cada situação, seja esta boa ou ruim, acabamos por ser honrados sempre, ainda que tenhamos por um tempo que enfrentar críticas e comentários.

Se você tem sido assolado por essa necessidade absurda de aprovação dos outros, e isso tem te consumido, o caminho da sua libertação está em Jesus! Busque n´Ele razão para viver! Busque se alegrar o que o agrada, a despeito de comentários e olhares maldosos!

Evite saber ou procurar saber o que estão falando de você. Se, em seu interior, você tem paz em Deus e a sua consciência está tranquila, ainda que por um tempo você venha a sofrer danos com comentários, cheios de inveja, o reconhecimento de Deus virá e Ele mesmo vai te honrar, diante dos homens, assim como está no Salmo 91!


Pense nisso e lembre-se: opiniões alheias não são verdades absolutas! 

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Escolha viver este dia da melhor maneira possível


Sabe, estamos vivendo dias de loucura e de cobranças. Pressão, metas no trabalho, mudanças hormonais, crises existenciais, faculdade, ministério, educação dos filhos, cuidar da casa, dar atenção ao marido e ainda andar sempre com a aparência impecável. 

Ser a primeira a acordar, a última a dormir e ter jogo de cintura para lidar com situações inesperadas.

Mas, por incrível que pareça, eu acredito que a maior dificuldade das mulheres é encontrar um ponto de equilíbrio, conseguir administrar seus sentimentos e impulsos. Vou te falar uma coisa: é possível e não é tão difícil!

Hoje, eu quero deixar algumas dicas para que você possa passar por todas as situações de extrema pressão de bem com a vida, assim como Deus me ensinou! Pare tudo o que você está fazendo e preste atenção nesta dica de amiga:

Só tem um jeito de você ser uma mulher de bem com a vida, em uma sociedade carregada de loucuras: se reencontrando e se reconciliando consigo mesma, e isso só é possível, quando você tem um encontro com Deus.

A missão de ser mulher

Por meio da comunhão com Deus, você passa a ter a imagem e semelhança d’Ele, ou seja, você volta a ser aquilo que Deus projetou para sua vida. Você passa a ter paz na missão que Ele te designou.

É algo natural, não tem segredo. Não importa o que esteja acontecendo, quando você tem comunhão com Deus, você tem paz. Nada te remove da sua posição. Você deixa de se sentir uma condenada, excluída, mal amada e castigada.

Você, de repente, não tem mais problema com pessoas que possuem outros tipos de missões, que muitas vezes, aos seus olhos, não são tão complicadas como as suas ou, simplesmente, não requerem uma entrega como a sua exige.

Seja bem resolvida

Então, querida, é primordial você ter um encontro com Deus. Sabe, foi por meio do evangelho que eu aprendi a lidar comigo mesma! Eu não me suportava, de tão complicada que eu era. Mas sabe de uma coisa? Quando aceitamos a Jesus e buscamos um relacionamento com Ele, nós quebramos toda barreira de inimizade interior.

Você deixa de ser sua própria inimiga e deixa de questionar coisas do tipo: “Ai meu Deus! Por que eu ainda não casei?”. De problemática, você passa a ser uma mulher bem resolvida: “Olha, eu não casei, porque eu ainda não encontrei a pessoa certa” ; “Eu não casei, porque eu não quero, porque eu tenho que estudar, viajar, aproveitar outras fases da minha vida” ; “Eu não casei, porque ainda não é o tempo certo, mas eu estou bem! Embora eu passe por muitas cobranças, eu vou esperar o tempo de Deus. Eu sei que Ele tem o melhor pra mim!”

Tem gente que tem uma crise terrível por causa de sua aparência: “Ai meu Deus, por que eu não sou magra?” ; “Por que meu cabelo é assim?” ; “Por que eu não sou mais alta? Para com isso! O que atrai um servo de Deus é uma postura digna e não um padrão de beleza.

Quando você está bem com Deus, você acaba ficando de bem consigo mesma. De repente, aquelas coisas que você utilizava para se maltratar e se punir deixam de fazer parte da sua vida. Você começa a ser a sua melhor amiga, a se cuidar, a se fazer bem. 

A comunhão com Deus nos faz ter o filtro do Espírito Santo. Você começa a discernir tudo o que vem para tirar sua paz! Você passa a identificar os planos do inimigo e adquiri autoridade para expulsar toda perturbação da sua vida.

Sabe de uma coisa? O homem e a mulher foram criados para se relacionarem com Deus todos os dias. Eva pecou, porque perdeu o foco. Quando você se mantém focada, a serpente pode chegar com todos os tipos de argumentos: “Você é trouxa!”; “Você poderia ganhar mais se aceitasse tal proposta!” ; “Tem um lado que você não conhece. Você está sendo enganada!” ; “Você está se submetendo a um trabalho escravo!”.

Vamos combinar uma coisa? “Pode ser tudo isso, mas é melhor do que o que você tem para oferecer! Vou continuar onde estou!”. Quando você mantém o foco, nenhuma pressão ou falatório te destroem. Aquilo que falam não tem nada a ver com você, tem a ver com a perspectiva de quem fala! A boca fala do que está cheio o coração.

O que dizem não muda quem você é

O importante é você saber quem você é, o que você está fazendo da sua vida e o que Deus está falando ao seu respeito. Esta é a opinião mais importante. Em vez de ficar fuçando no Facebook e no Twitter, o que seus inimigos falam de você, mude seu conceito e reflita: “O que será que Deus pensa de mim? Será que eu estou no centro da vontade d’Ele?”.

Porque se você tiver a certeza de que está agradando a Deus e estiver debaixo de autoridades constituídas por Ele, você terá paz e prosperará em todas os seus caminhos, segundo o que está escrito em 2 Crônicas 20.20: “Crede no Senhor vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis.".

Com essa consciência, você consegue tomar uma posição sábia contra aquelas situações assombrosas, terríveis e absurdas! Sabe aquelas situações que acontecem para deixar qualquer uma deprimida? Podem até se manifestar, mas você não vai perder o controle.


Você vai se posicionar e vai acreditar no livramento do Senhor. A tua base precisa ser Jesus Cristo! Você precisa renascer para adquirir a mente de Cristo e possuir o mesmo sentimento que habitava n’Ele! É o que Paulo diz em Filipenses 2.5: “Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus.”.

Pense nisso! Ser feliz é uma escolha! Escolha viver este dia da melhor maneira possível!

terça-feira, 17 de julho de 2018

Eu não aguento mais estar sozinho


Gênesis 1.18: “disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só, far-lhe-ei uma auxiliadora.”.

Só quem realmente conhece e convive com a solidão sabe o que é isso! Tudo é com você. E, quando falo tudo, é tudo mesmo!

Às vezes, não é nem o caso de não se ter uma família ou amigos. Para ser bem direta: a situação, o grande problema é dormir e acordar sozinho, não ter ninguém para formar uma família, para fazer planos para o futuro, para dividir alegrias e choros... Ter “alguém” mesmo, entendeu?

Um grande amor que preenche nossos dias, que se preocupe com a gente nos detalhes e que a gente também se preocupe com ela (e), nas pequenas coisas... Alguém que tenha tudo a ver com você!

De repente, nesta solidão, todas as suas amigas ou amigos decidiram casar! É nestes momentos que vem aquele gemido, aquele clamor ou, até mesmo, um grito carregado de raiva e tristeza: “Deus, o Senhor não está vendo o meu sofrimento? Eu simplesmente não aguento mais estar sozinho!”.

Para você que se sente assim, posso te dizer que, antes mesmo de você sofrer esta solidão, Deus, no principio de tudo, quando fez o homem, viu que a solidão poderia trazer danos, traumas e dificuldades, até mesmo de desfrutar de todo aquele paraíso.

Diante disso, só nos resta concluir que problema não está em Deus. Por incrível que pareça, está em nós! É claro que, para falar sobre isso direito, eu precisaria escrever um livro, mas vou só enumerar algumas das coisas que podem estar te impedindo de viver este sonho de amor e de família:

1-Você tem medo de sofrer ou reviver situações da sua infância!

Então, você só se associa com pessoas que você tem certeza que não correrá o risco de amar, a ponto de casar... Neste caso, você precisa procurar uma igreja e ser ministrado, em cura interior.

2- Na realidade, você não quer, porque esta muito bem assim!

Está trabalhando, estudando, viajando... a mil por hora! Na verdade, você nem tem tempo para pensar nisso! O duro é a cobrança da família e os programas que você gostaria de fazer que só teria graça com mais um. Busque em Jesus a sua verdade! Assim você se reconciliará consigo mesmo!

3-Você teve alguém e, simplesmente, não deu certo!

Existem dois grandes problemas: manter um namoro, sabendo que não dará certo, pois você não consegue se desligar emocionalmente do relacionamento anterior ou não acreditar em mais ninguém. Você precisa de libertação!

4- Você está procurando alguém no lugar errado!

Lembro-me de uma moça que aconselhei, que posso chamar de “sedentária feliz”. Por conta disso, era “gordinha”, não fazia ginástica, dieta, caminhadas, ou coisa parecida... Mas só entrava em sites de relacionamentos de homens que tinham, como suas prioridades, a aparência, a prática de esportes, exercícios, suplementos alimentares... Resultado: não passava do primeiro encontro! E, ainda, voltava frustrada e decepcionada com Deus.

Tem pessoas que procuram relacionamentos duradouros em lugares de relacionamentos superficiais, como baladas e bares!

Você precisa entregar sua vida para Jesus, porque até agora o que tem dirigido sua vida é uma carência e um modismo!

5- você está no lugar errado!

Também baseada em minhas experiências de gabinete ministerial: havia uma moça que tinha um chamado, uma missão de Deus para pregar o evangelho, mas ela não queria, achava que não conseguiria, em fim... Sempre se escondia atrás da desculpa do trabalho e por aí vai...

Mas a pessoa que Deus tinha preparado para ela, porém, tinha em seu coração que encontraria sua esposa no altar da igreja pregando, louvando, ministrando...

Às vezes, quem aumenta o tempo da solidão somos nós mesmos. Cada um de nós, além de uma profissão, temos uma missão na Terra. Ao nos dispormos a cumpri-la, trabalhando para Deus, fazendo a vontade d´Ele, encentramos o que só Ele pode nos dar: o bom, perfeito e agradável!

Em suma, esta é uma área da sua vida estéril, simplesmente improdutiva e te faz sofrer a carência do “fruto” que ela deveria dar? Para vencer a esterilidade, seja em que área for, há algumas atitudes que você deve tomar:

1-Entregar sua vida para Jesus!

Deixe que Ele seja realmente o teu Senhor, frequentando uma igreja, a prendendo e praticando a Palavra de Deus. Foi assim que Isaque venceu a esterilidade na terra que ele habitava!

2-Campanhas de jejum e oração!

Foi assim que Isaque venceu a esterilidade de sua mulher, que acabou não só engravidando, mas gerando gêmeos, em uma época em que nem de longe se sonhava com inseminação artificial ou coisa parecida.

Pense nisso!

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Onde está o seu coração?


Mateus 6: 21 “porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.”.

Preste bem atenção, porque esta escolha determinará se você será uma pessoa livre ou uma pessoa escrava. Esta escolha determinará se você será uma pessoa feliz ou infeliz nos seus relacionamentos. Esta escolha determinará se você terá paz ou se você será uma pessoa atormentada. Esta escolha determinará se você será amado ou dispensável.

Onde está o teu tesourou?

Existem pessoas que tem como o seu tesouro os bens materiais. Existem mulheres que ficam desesperadas, porque a cunhada tem uma bolsa da moda, e elas não. Porque a amiga tem o carro do ano, e elas andam de ônibus. Porque a vizinha viajou, e elas passaram as férias em casa. O tesouro delas está nas coisas que elas podem ter. Sabe qual é a consequência desta escolha? Um inferno nos relacionamentos, principalmente familiares.

O marido, de repente, já não presta. Não importa se ele é trabalhador, se ele é fiel, se ele é uma pessoa honesta... O que importa é o que ele pode dar!

A esposa briga todo o dia, fica de cara feia, porque o tesouro dela está naquilo que ela pode mostrar para os outros. Ela quer mostrar para todo mundo o quanto está bem! De repente, o status ficou mais importante que a realidade.

Sabe de uma coisa? Eu nunca vi alguém ser curado por causa de um bem material. Eu nunca vi alguém, por exemplo, ganhar um carro e, depois, ser curado de um câncer. Eu nunca vi alguém comprar uma bolsa e, com ela, ganhar um marido.

Onde está o teu tesouro?

Existem pessoas que fazem do trabalho o seu tesouro. A pessoa trabalha tanto que nem tem tempo de usufruir de suas conquistas. Trabalha tanto que não tem nem tempo para a família. É uma escrava.

Existem pessoas que fazem da família o seu tesouro. Quantas mulheres eu vejo que, após os filhos casaram, simplesmente, perdem o sentido da vida! Ter filho é maravilhoso, mas não pode ser nossa única razão de viver.

Quando Jesus fala para colocarmos o Reino de Deus em primeiro lugar, Ele quis dizer: “Se você me colocar em primeiro ligar, todas as outras coisas vão para o lugar certo.”.

Restabeleça suas prioridades

Quando eu coloco Deus em primeiro lugar, eu organizo a minha vida! Antes de começar qualquer atividade pergunte-se: “O que o Senhor espera de mim? O que é melhor para Ele?”.

Quando você prioriza o seu relacionamento com o Senhor, você recebe paz na família, sabedoria para lidar com as questões financeiras, luz para aproveitar cada fase da minha vida e força para conquistar.

Veja bem onde você está colando a sua prioridade, para você não jogar sua vida fora e não ficar sozinho.

Veja bem o que você está fazendo com cada dia de vida que o Senhor te deu.

Coloque o Senhor em primeiro lugar, e as outras coisas serão acrescentadas. 

Pense nisso!

sexta-feira, 6 de julho de 2018

A superação de Rute e Noemi


Rute 4: 13 a 22 “Assim, tomou Boaz a Rute, e ela passou a ser sua mulher; coabitou com ela, e o SENHOR lhe concedeu que concebesse, e teve um filho.  Então, as mulheres disseram a Noemi: Seja o SENHOR bendito, que não deixou, hoje, de te dar um neto que será teu resgatador, e seja afamado em Israel o nome deste. Ele será restaurador da tua vida e consolador da tua velhice, pois tua nora, que te ama, o deu à luz, e ela te é melhor do que sete filhos.

Noemi tomou o menino, e o pôs no regaço, e entrou a cuidar dele. As vizinhas lhe deram nome, dizendo: A Noemi nasceu um filho. E lhe chamaram Obede. Este é o pai de Jessé, pai de Davi.  São estas, pois, as gerações de Perez: Perez gerou a Esrom,  Esrom gerou a Rão, Rão gerou a Aminadabe, Aminadabe gerou a Naassom, Naassom gerou a Salmom, Salmom gerou a Boaz, Boaz gerou a Obede,  Obede gerou a Jessé, e Jessé gerou a Davi.

Esta passagem narra uma crise terrível que afetou Israel. 

Pressionado com aquela situação de calamidade, o marido de Noemi achou que a melhor alternativa seria fugir dali, assim como existem muitas pessoas que saem do Brasil em busca de novas perspectivas e oportunidades.

Ele e a família, então, se mudaram para outra região, mas o mal que aquele homem tanto temia o alcançou. Ele perdeu tudo o que tinha e morreu. Seus filhos também morreram, deixando suas mulheres – Rute e Orfa – em uma situação de vulnerabilidade. Por esse motivo, Noemi achou melhor que cada uma seguisse seu próprio rumo. 

De acordo com as leis daquela época, quando a mulher ficasse viúva, ela poderia se casar com o irmão do marido que morreu. Desta forma, as gerações se perpetuavam, mas Noemi não tinha mais filhos.

Voltando à história...

O que aconteceu depois? Realmente uma das noras, Orfa, seguiu o conselho de Noemi e foi embora, mas Rute decidiu permanecer, porque, independente das perdas, era fiel à família: “Onde você for, eu vou. O teu Deus é o meu Deus. O teu povo é o meu povo!”.  

As duas, então, decidem voltar para Belém, onde viveram, literalmente, como mendigas. Elas viviam das sobras das colheitas de outras pessoas. Mas, como os planos de Deus são surpreendentes, Rute foi parar no campo de Boaz, um homem muito rico. E, então, sua sorte começou a mudar. 

Aquele home enxergou todas as virtudes de Rute e decidiu abençoá-la. 

Chegando em casa, ela contou as boas novas para Noemi, que teve uma excelente ideia: “Aquele homem pode ser o nosso resgatador, porque ele é o nosso parente próximo. Eu não tenho mais filhos, mas ele pode resgatar. E o seu filho pode, inclusive ser meu neto!”. 

Rute, com sua fidelidade e dedicação, conquistou o coração de Boaz. Além de se casar com ela, Boaz conquistou o direito de ser seu resgatador. 

O primeiro filho do casal foi entregue para Noemi. Olha que deseixo emocionante esta história teve: A sogra sem filhos teve um neto através da nora!

Que maneira incrível que Deus escolheu para restituir Rute e Noemi. Depois de conhecer esta história, não tem como duvidar das promessas do Senhor.

Sabe, aquele neto veio para restaurar tudo o que estava perdido. Aquela que Noemi não gerou deu-lhe um neto. E aquele neto foi avô de Davi, o maior rei da história de Israel, e, consequentemente, entrou para a genealogia de Jesus. 

Hoje, com base nesta história, eu quero deixar uma palavra para você!

Entregue seu caminho ao Senhor e confie, porque o fim da sua história não será a calamidade, não será esta perda ou a solidão, mas será um futuro glorioso, para você e para toda a sua família.

Pense nisso!

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Quem disse que é o fim da linha?


Provérbios 3.5 a 8: “Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal; será isto saúde para o teu corpo e refrigério, para os teus ossos.”

Em um de nossos cultos, nós lemos este texto e falamos sobre Daniel. Daniel era um homem que tinha todos os motivos para não querer caminhar mais com Deus! Ele era um príncipe e, de repente, foi colocado como escravo. Foi tirado de sua casa e, durante dois meses, foi arrastado até a Babilônia.

Chegando lá, para servir no palácio do rei, foi mutilado em seu corpo! Todos seus sonhos e projetos de vida desmoronaram diante dos seus olhos. Que futuro teria um homem escravo? Que futuro teria um homem cujo órgão reprodutor foi decepado?

Mas Daniel, em nenhum momento, considerou Deus o causador do seu mal! Pelo contrário, ele viu, no Senhor, a solução de todos os problemas.

Sabe, meu pai é advogado, e ele me ensinou que cada um interpreta a lei de uma forma diferente, ou seja, uma mesma lei pode absolver ou condenar alguém!

Na passagem que nós acabamos de ler, está escrito: "Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento!". O que isso quer dizer? Que, muitas vezes, somos enganados por nossas próprias deduções. 

Você acaba interpretando as situações da maneira que o inferno quer que você interprete! Por isso, existem tantas pessoas machucadas, assoladas, fora da igreja e culpando a Deus! Chegou a hora de dar um basta nesta situação!

Chega de fazer de Deus o culpado! Comece a fazer, d’Ele, a sua solução! Foi isso que Daniel fez! Ele não culpou Deus, porque teve que deixar sua casa, porque sua família foi destruída, porque seu povo foi assolado...

Ele não culpou Deus por ter sido arrastado até a Babilônia! Ou você acha que ele foi a cavalo? Não! Foi acorrentado como um prisioneiro!

No versículo 6, do terceiro capítulo de Provérbios, está escrito: "Reconheça a Deus em todos os seus caminhos!".

Esse, justamente, foi o segredo de Daniel!

Hoje, você vai começar a se posicionar como ele. Comece orando: “Deus, eu acho que o Senhor não está comigo, mas, se o Senhor estiver, ajude-me a enxergá-Lo!”.

Você vai ver que, apesar das dificuldades da vida, Deus tem te acompanhado! Se você não enxerga nada, pelo menos, enxergue a Deus! Ele está, através deste texto, falando para você: “Você pode estar machucado, abandonado, com a saúde comprometida, mas Eu estou contigo! Se você Me invocar, Eu te responderei!”.

Daniel pensou dessa forma e, ainda, jejuou! No meio de tantas incertezas, ele entregou uma oferta! O que ele tinha para entregar? Os banquetes do rei! Deus deu graça a ele. Em dez dias, ele já estava melhor que os outros príncipes.

Faça o mesmo! Não se conforme em estar nessa situação que você está! Não se conforme em ser essa pessoa assolada, magoada, aflita, invejosa e cheia de ódio! Mas levante-se e busque ao Senhor! Ele é a solução! Ele enviou Jesus para nos salvar! Salvar de quê? Dos nossos sentimentos, pensamentos e deduções!

No versículo 7, da passagem que eu citei acima, está escrito: "Não seja sábio aos seus próprios olhos!".  Você está distante de Deus e ainda acha que está certo? Para onde este caminho está te levando? Volte enquanto há tempo!
  
Seja o tempo bom ou ruim, favorável ou desfavorável, Deus vai te honrar, porque Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente!

Os grandes caem, mas aqueles que buscam a Deus, estes permanecem! Esta situação pela qual você está passando não é o fim da linha, mas o início de um tempo de vitórias!


Pense nisso!

terça-feira, 3 de julho de 2018

Está na hora de mudar...


Olá querido internauta que sempre está conectado no meu blog! Não há nada melhor do que começar o dia meditando na Palavra de Deus! Ela é o nosso alimento diário!

Hoje, eu quero falar sobre Ana, mãe do profeta Samuel! Ana era uma mulher estéril, que, apesar de muito amada e honrada pelo seu marido, sofria constantes humilhações.

Para vocês entenderem a dimensão das dificuldades que ela enfrentava, vou explicar como funcionava naquela época. Quando o homem se casava com uma mulher estéril, para poder dar continuidade à família, ele poderia ter outra mulher... Nem preciso dizer que foi assim com Ana, não é mesmo?

Ana ia para a Casa do Senhor e sempre chorava, por causa das humilhações que sofria... De ver a outra oferecer a seu marido tudo o que ela não podia... Em vez de se alegrar com o carinho que tinha, ela só olhava para o que faltava...

Sabe, querido leitor, eu aprendi que ficar se comparando aos outros não resolve os nossos problemas! Cada um tem uma missão na terra. Mesmo a outra podendo ter filhos, Ana era a favorita! Era mais honrada e amada! 

Posso falar uma coisa? Talvez, vocês fiquem chocados, mas Ana sofria, porque não tinha fé. Essa era a verdadeira fonte dos problemas dela!

Na verdade, ela nunca enxergou que, na Casa de Deus, poderia encontrar o caminho da transformação. Ela achava que não adiantava orar. Sabe quando você só frequenta, mas não ouve a palavra? Entra e sai do culto, do mesmo jeito? Só bate cartão na igreja?

Quantas vezes, Ana não orou para que Deus desse a ela um filho? Quantas vezes ela não orou para que seu marido não precisasse casar com outra? Quantas vezes ela não orou para engravidar primeiro?

Mas sabe o que aconteceu? A outra teve mais de um filho e Ana não teve nenhum. 

O maior erro dela foi não enxergar o lugar da bênção! Apesar de ir à igreja, ela não enxergava que, por meio da boca do profeta, ou por meio de uma comunhão profunda com Deus, ela poderia achar o caminho da vitória.

Quantas vezes você vai à igreja, tem uma religião, mas carrega dor, mágoa e frustração, porque Deus não te atende? Parece que Deus ouve a oração de todos, mas não presta atenção na sua. Isso é mentira!!!

Posso ser sincera? Você se chateou, porque Deus não te atendeu na hora que você achou que Ele tinha que atender! Por causa disso, você deixou de orar, perdeu a fé. Você deixou o inimigo roubar uma arma poderosa de vitória para a sua vida. Quem desiste no meio do caminho é perdedor!

Você parou de louvar, de fazer votos no altar, porque Deus não atendeu as suas expectativas. Mas sabe de uma coisa? Nós somos aqueles que, pela perseverança, alcançamos a promessa!

Em Hebreus 10, está escrito que Deus não se agrada daqueles que retrocedem. O inimigo quer que nada seja completo na sua vida. Ele quer você vá à igreja, mas sem fé. Ele quer que você vá para a igreja, mas não se abra para receber a palavra profética.

Quer entender melhor? Leia comigo Hebreus 10.35 a 39: “Não lanceis fora, pois, a vossa confiança, que tem uma grande recompensa. Porque necessitais de perseverança, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. 

Pois ainda em bem pouco tempo aquele que há de vir virá, e não tardará. Mas o meu justo viverá da fé; e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porém, não somos daqueles que recuam para a perdição, mas daqueles que creem para a conservação da alma.”.

Em nome de Jesus, você vai ficar firme! Você vai voltar para a Casa do Senhor, mas vai para sair, verdadeiramente, transformado. Termine esta semana de uma forma diferente! Assuma novos comportamentos.

Creia no Senhor e estará seguro, creia nos profetas e prosperareis! Não dá mais para ficar do jeito que você está! Em vez de se lamentar, louve. Em vez de reclamar, clame ao Senhor. A oração do justo muito pode em seus efeitos. Uma palavra pode mudar o rumo da tua vida.


Ana viveu um grande milagre, quando entendeu isso. Ela não teve somente um filho, teve um grande profeta de Deus, Samuel e teve outros filhos também! Pense nisso!