Páginas

sexta-feira, 2 de março de 2018

Não fuja, supere!


Lucas 24. 45 a 49: “Então, lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras; e lhes disse: Assim está escrito que o Cristo havia de padecer e ressuscitar dentre os mortos no terceiro dia e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações, começando de Jerusalém.

Vós sois testemunhas destas coisas. Eis que envio sobre vós a promessa de meu Pai; permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder.”

Jesus estava explicando aos seus discípulos que já estava registrado, nas Escrituras Sagradas, a missão que Deus tinha para Ele na terra: padecer e, ao terceiro dia, ressuscitar dentre os mortos.

Naquele momento, eles foram libertos da dor, das frustrações, do sentimento de abandono e da incompreensão relacionada aos planos superiores do Senhor.

Eles foram consolados e iluminados em seu entendimento. Eles perceberam que Jesus estava cumprindo a revelação dada aos profetas e, acima de tudo, cumprindo a vontade do Pai.

Jesus estava mostrando que eles estavam revestidos de autoridade para cumprir a missão que o Senhor também tinha lhes reservado na terra e que parte desta missão estava Jerusalém.

Sabe o que Jerusalém representava para eles? Um local de confronto, desprezo, zombaria, perseguição e de dor, mas muita dor. Foi o local em que Jesus foi condenado injustamente e crucificado. Meu Deus! Por que eles teriam que permanecer ali? Por que não ficar em Cafarnaum, onde eles tiveram tantas experiências boas? Por que ficar, justamente, no local da falta de reconhecimento?

Porque, querido leitor, Jesus Cristo não chama ninguém para, depois, deixá-lo traumatizado. Pelo contrário, no lugar da nossa vergonha, Ele tem para nós a dupla honra! Ele tem cura e libertação.

Jesus estava mostrando que não podemos fugir daquilo que nós temos que enfrentar! Se for para entrar no local da dor, do desprezo, da vergonha, da falta de amor, entre em oração e crendo que as promessas que o Senhor tem para a sua vida são superiores.

Neste lugar onde você perdeu, sofreu, foi envergonhado, perseguido, anulado, onde te deram como morto, Deus vai derramar sobre você o poder do Espírito Santo, de tal forma, que você superará todos os traumas e, ainda, será reconhecido como aquele a quem Deus que honrar. 

Não é fácil viver na casa onde fomos maltratados. Não é fácil permanecer em um emprego onde fomos humilhados. Não é fácil investir em um relacionamento que só nos trouxe tristeza.

Não é fácil, depois de anos, continuar crendo, mas, hoje, no meio destas incertezas, o Senhor te fala: “Não será fácil, mas será leve, porque eu vou te revestir de poder e autoridade. É aí, neste lugar,  que você vai receber minha promessa! Persevere, ore, jejue, clame... Porque aquele que vem virá e não tardará!”.


Pense nisso e receba esta palavra como resposta de Deus para a sua vida!