Páginas

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Vencendo a solidão...

Gênesis 1.18: “disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só, far-lhe-ei uma auxiliadora.”.

Só quem realmente conhece e convive com a solidão sabe o que é isso! Tudo é com você. E quando falo tudo, é tudo mesmo!

Às vezes, não é nem o caso de não se ter uma família ou amigos. Para ser bem direta: a situação, o grande problema é dormir e acordar sozinho, não ter ninguém para formar uma família, para fazer planos para o futuro, para dividir alegrias e choros... Ter “alguém” mesmo, entendeu? Um grande amor que preenche nossos dias, que se preocupe com a gente nos detalhes e que a gente também se preocupe com ela (e), nas pequenas coisas... Alguém que tenha tudo a ver com você!

De repente, nesta solidão, todas as suas amigas ou amigos decidiram casar! É nestes momentos que vem aquele gemido, aquele clamor, ou até mesmo um grito carregado de raiva e tristeza: “Deus, o Senhor não está vendo o meu sofrimento? Eu simplesmente não aguento mais estar sozinho!”.

Para você que se sente assim, posso te dizer que, antes mesmo de você sofrer esta solidão, Deus, no principio de tudo, quando fez o homem, viu que a solidão poderia trazer danos, traumas e dificuldades, até mesmo de desfrutar de todo aquele paraíso.

Diante disso, só nos resta concluir que problema não está em Deus. Por incrível que pareça, está em nós! É claro que, para falar sobre isso direito, eu precisaria escrever um livro, mas vou só enumerar algumas das coisas que podem estar te impedindo de viver este sonho de amor e de família:

1-Você tem medo de sofrer ou reviver situações da sua infância!

Então, você só se associa com pessoas que você tem certeza que não correrá o risco de amar, a ponte de casar... Neste caso, você precisa procurar uma igreja e ser ministrado, em cura interior.

2- Na realidade, você não quer, porque esta muito bem assim!

Está trabalhando, estudando, viajando... a mil por hora! Na verdade, você nem tem tempo para pensar nisso! O duro é a cobrança da família e os programas que você gostaria de fazer que só teria graça com mais um. Busque em Jesus a sua verdade! Assim você se reconciliará consigo mesma!

3-Você teve alguém e, simplesmente, não deu certo!

Existem dois grandes problemas: manter um namoro, sabendo que não dará certo, pois você não consegue se desligar emocionalmente do relacionamento anterior ou não acreditar em mais ninguém. Você precisa de libertação!

4- Você está procurando alguém no lugar errado!

Lembro-me de uma moça que aconselhei, que posso chamar de “sedentária feliz”. Por conta disso, era “gordinha”, não fazia ginástica, dieta, caminhadas, ou coisa parecida... Mas só entrava em sites de relacionamentos de homens que tinham, como suas prioridades, a aparência, a prática de esportes, exercícios, suplementos alimentares... Resultado: não passava do primeiro encontro! E ainda, voltava frustrada e decepcionada com Deus.

Tem pessoas que procuram relacionamentos duradouros em lugares de relacionamentos superficiais, como baladas e bares!

Você precisa entregar sua vida para Jesus, porque até agora o que tem dirigido sua vida é uma carência e um modismo!

5- você está no lugar errado!

Também baseada em minhas experiências de gabinete ministerial: havia uma moça que tinha um chamado, uma missão de Deus para pregar o evangelho, mas ela não queria, achava que não conseguiria, em fim... Sempre se escondia atrás da desculpa do trabalho e por aí vai...

Mas a pessoa que Deus tinha preparado para ela, porém, tinha em seu coração que encontraria sua esposa no altar da igreja pregando, louvando, ministrando...

Às vezes, quem aumenta o tempo da solidão somos nós mesmos. Cada um de nós, além de uma profissão, temos uma missão na Terra. Ao nos dispormos a cumpri-la, trabalhando para Deus, fazendo a vontade d´Ele, encentramos o que só Ele pode nos dar: o bom, perfeito e agradável!

Em suma, esta é uma área da sua vida estéril, simplesmente improdutiva e te faz sofrer a carência do “fruto” que ela deveria dar? Para vencer a esterilidade, seja em que área for, há algumas atitudes que você deve tomar:

1-Entregar sua vida para Jesus!

Deixe que Ele seja realmente o teu Senhor, frequentando uma igreja, a prendendo e praticando a Palavra de Deus. Foi assim que Isaque venceu a esterilidade na terra que ele habitava!

2-Campanhas de jejum e oração!

Foi assim que Isaque venceu a esterilidade de sua mulher, que acabou não só engravidando, mas gerando gêmeos, em uma época em que nem de longe se sonhava com inseminação artificial ou coisa parecida.



Pense nisso!

segunda-feira, 27 de junho de 2016

É tempo de avançar!

Sabe quando as coisas na sua vida terminam dando errado, sem nem mesmo começar? Isso, geralmente, ocorre quando você já inicia algo, mas com sintomas de que vai ser um desastre. Sabe como? Colocando dificuldades.

Quando Moisés se deparou com o Mar Vermelho e viu que não tinha como passar, ele clamou a Deus, que lhe respondeu: “Por que clamas a mim? Diga aos filhos de Israel que marchem. E tu levantes a tua vara, estenda a mão sobre o mar e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo mar em seco!”.

Assim como o Senhor fez com Moisés, Ele fará contigo! Basta confiar n’Ele e no seu chamado.

Deus está te convidado a seguir em frente com Ele. Aceite este convite, porque, na Palavra, está escrito: “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor da terra.”.

Caso você não saiba o que precisa fazer para ter uma vida em Cristo, pergunte ao Senhor. Ele sabe como te fazer feliz.

Se você clamar de coração aberto, o Senhor irá te suprir e te dar o seu milagre.

Deus está te convidando para viver um segundo semestre de avanço e de portas abertas!


Pense nisso!

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Um poder transformador!

Joel 2.12 a 17 “Todavia ainda agora diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes; e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso e compassivo, tardio em irar-se e grande em benignidade, e se arrepende do mal. Quem sabe se não se voltará e se arrependerá, e deixará após si uma bênção, em oferta de cereais e libação para o Senhor vosso Deus? 

Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembleia solene; congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os meninos, e as crianças de peito; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu tálamo. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele. Por que diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?”.  

Querido, se você quer mudar situações em sua vida, em vez de ficar desesperado, se revoltar contra Deus e culpar a todos por este vazio que você sente, busque o Senhor. Peça ajuda, rasgue o teu coração.

Não maldiga aquele pode realizar um milagre em sua vida! Peça a Ele misericórdia! Peça para Ele te ensinar a viver cada situação. Desta forma, você vai ver sua história mudar.

São anos e anos buscando ao Senhor, e eu posso dizer que nunca fui frustrada!  

Sabe, se você tivesse a oportunidade falar algo, antes de morrer, para todas as pessoas que você ama, o que você falaria?

Depois de ficar 40 dias no deserto, Jesus disse aos discípulos: “Estejam reunidos na igreja, até estarem revestidos de poder, e saiam para ter vitória.”. Alguns voltaram à vida anterior, mas Jesus foi atrás e reforçou Sua palavra.  

O Senhor quer te revestir de autoridade, para que você tenha vitória. Este poder está disponível para você viver as mesmas obras que Jesus realizou e maiores ainda. É o poder de transformar um vexame de um casamento em uma festa maravilhosa. É o poder de transformar um velório em uma celebração, assim como ocorreu quando Jesus ressuscitou o filho da viúva de Naim!

Jesus está entre nós! Busque-o!


Pense nisso!

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Renovo de forças

Salmo 144.1: “Bendito seja o Senhor, minha rocha, que adestra as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra”.  

Davi estava louvando a Deus porque recebeu d’Ele forças para ir à guerra!

O que isso quer dizer? Que devemos buscar de Deus poder de resistência e condições para lutarmos.

Mas o que é mais comum acontecer? Entregarmo-nos ao desânimo, ao sentimento de impotência e de autocomiseração.

Não assuma mais a condição de vítima, mas daquele que vai sair da crise mais que vencedor!

Murmurar não resolve. Guerra a gente vence lutando, não se lamentando!

Busque poder de Deus! Ele te dará sabedoria para agir, força para lutar e fé para sair desta situação em vitória.



Pense nisso!

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Deus não mudou!

Mateus 6: 22 e 23 “São os olhos a lâmpada para o corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se porém, os teus olhos forem maus, todo o seu corpo estará em trevas. Por tanto, caso a luz que há em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!".

A maneira como você se enxerga, nem sempre, reflete o que você realmente é! Você pode estar passando por situações difíceis, mas você não é nenhuma delas! O fato de você estar gripado não quer dizer que você seja a gripe!

Sabe, Deus não mudou só por que as coisas, no seu ponto de vista, viraram de ponta cabeça. Não permita que esta situação de consuma! Apegue-se a Deus.

“Por que eu, o Senhor, não mudo, por isso, vós os filhos de Jacó, não sois consumidos” - Malaquias 3: 6.

Se hoje, está faltando saúde, dinheiro, ou qualquer outra coisa, não se desespere! Lance toda a sua ansiedade, em oração, ao Senhor e Ele te dará a paz necessária para que, em tudo, você seja vitorioso! Ele cuidará de você!

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós” - 1 Pedro 5: 7.

Lembre-se de que é apenas mais uma fase da sua vida, e Deus, só Ele, pode te tirar desse tempo de tormenta e te levará ao, tão desejado, porto seguro. Apegue-se a Ele e você viverá a verdade de Salmo 91: 14 e 15: “Porque a mim se apegou com amor, eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu nome. Ele me invocará, e eu lhe responderei; na sua angustia, eu estarei com ele, livrá-lo-ei e o glorificarei.”

Deixe o Senhor te conduzir, porque somente Ele é o caminho. O caminho do justo é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais, até se tornas o dia perfeito (Provérbios 4: 18).

Você está só passando por uma luta, por um período de choro, de necessidade, mas continua sendo filho de Deus.

Você pode não ter escolhido a situação pela qual você está passando, mas você pode passar por ela da melhor maneira possível!

Quero finalizar o estudo de hoje com alguns versículos:

 “A caso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti” - Isaías 49: 15.

“Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.” - Provérbios 3: 5 e 6.

“Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.” - 2 Coríntios 4: 16 a 18


Pense nisso!

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Três atitudes que te ajudam a ter paz em tempos de guerra

2 Reis 6.15 a 20: “Tendo-se levantado muito cedo o moço do homem de Deus e saído, eis que tropas, cavalos e carros haviam cercado a cidade; então, o seu moço lhe disse: Ai! Meu senhor! 

Que faremos? Ele respondeu: Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles. Orou Eliseu e disse: SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos para que veja.

O SENHOR abriu os olhos do moço, e ele viu que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu. E, como desceram contra ele, orou Eliseu ao SENHOR e disse: Fere, peço-te, esta gente de cegueira. Feriu-a de cegueira, conforme a palavra de Eliseu. Então, Eliseu lhes disse: Não é este o caminho, nem esta a cidade; segui-me, e guiar-vos-ei ao homem que buscais.

E os guiou a Samaria. Tendo eles chegado a Samaria, disse Eliseu: Ó SENHOR, abre os olhos destes homens para que vejam. Abriu-lhes o SENHOR os olhos, e viram; e eis que estavam no meio de Samaria.”

O rei da Síria resolveu fazer guerra contra Israel. Tudo aquilo que ele planejava, o Senhor revelava ao profeta Eliseu, que, por sua vez, dava as devidas orientações ao rei de Israel.

O rei da Síria ficou enfurecido e começou a desconfiar da existência de um traidor. Os generais garantiram que não havia nenhum homem que tivesse coragem de trai-lo e explicou a verdadeira estratégia do povo inimigo.

Ao saber da existência do profeta Eliseu, o rei convocou um exército e pediu sua cabeça.

O primeiro passo foi cercar o monte que Eliseu morava. O segundo foi vasculhar todas as casas da região. Ao ver aquele cenário pré-guerra, o ajudante de Eliseu ficou desesperado.

Eliseu, com toda a calma do mundo, disse: “Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles!”.

Eliseu pediu a Deus para que visão de seu ajudante fosse aberta! Depois disso, aquele homem passou a enxergar o mundo espiritual e viu que, entre o exército da Síria e eles, havia um exército de anjos, cavalos e carros de fogo, para defendê-los.

O profeta, então, orou e disse: “Fere, peço-te, esta gente de cegueira!”. E o Senhor o atendeu!

Eliseu, então, conduziu o exército inimigo ao centro da cidade, alegando que os levaria para o encontro do homem que eles tanto procuravam.

Depois de conduzi-los ao ponto estratégico, Eliseu pediu a Deus para que os olhos daqueles homens assassinos fossem abertos. O Senhor, mais uma vez, o atendeu. De repente, eles se depararam com o exército de Israel, que estava de prontidão.

O rei de Israel quis aproveitar a oportunidade para aniquilá- los, mas o profeta o repreendeu, dizendo: “Você alimentará estes homens, e, antes de dispensá-los, você vai dizer: ‘Eu podia tê-los matado, mas Deus foi misericordioso com vocês!’”.

Sabe o que aconteceu depois? Enquanto Eliseu viveu, não houve mais guerra entre a Síria e Israel. O povo, finalmente, viveu um tempo de paz!

Sabe, queridos, nós estamos vivendo dias tão difíceis. Dias em que a gente se vê cercado de atrocidades! São más notícias para todos os lados. Você olha para o lado, tem uma pessoa desanimada! Você olha para o outro, tem alguém murmurando! Você assiste o noticiário, e parece que a TV sangra de tanta violência! É como se um abismo chamasse outro abismo!

Parece que os valores bons se perderam no meio do caminho. Ninguém mais se respeita, ninguém mais se tolera! Nas redes sociais, então, a gente vê cada crueldade. Fica nítido o desejo que algumas pessoas têm de destruírem as outras! É um absurdo!

Vimos isso até entre os cristãos! Muitos, inclusive, falando mal de alguém que já as abençoou. No primeiro erro, vem a enxurrada de críticas e indiretas! As pessoas se valem mais dos erros do que dos acertos! E você, ao ver toda esta loucura, fica aterrorizado, pois tem medo de ser o próximo alvo.

Sabe, o Senhor cuida de cada um de nós! Ele dá ordem aos seus anjos ao nosso respeito, para que nos guarde em todo o caminho. É o que está escrito no Salmo 91. Tire o dia para meditar nele!

Se você está só enxergando um cenário de guerra, tenho três conselhos para você:

1º) Vá para a igreja e receba a oração do sacerdote!

As escamas do medo e das más notícias vão cair dos seus olhos. Você vai começar a enxergar que a misericórdia de Deus é maior na sua vida e poderosa para te dar livramentos sobrenaturais.

2º) Peça a Deus estratégias!

Em vez de sair brigando com todo mundo, em vez de se destruir, busque ao Senhor! A solução vem do autor e consumador da nossa fé!

3º) Aquiete seu coração!

Nada de fazer justiça com suas próprias mãos porque Deus está conduzindo esta situação para melhor!

Tudo depende de como você enxerga as situações. Se você enxergar pela fé, debaixo de uma autoridade espiritual que orou por você em santidade, o mal que veio se transformará em bem! Deus transforma maldição em bênção.


Pense nisso!

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Superação

Hebreus 11: 32 a 35 “E que mais direi? Certamente, me faltará o tempo necessário para referir o que há a respeito de Gideão, de Baraque, de Sansão, de Jefté, de Davi, de Samuel e dos profetas, os quais, por meio da fé, subjugaram reinos, praticaram a justiça, obtiveram promessas, fecharam a boca de leões, extinguiram a violência do fogo, escaparam ao fio da espada, da fraqueza tiraram força, fizeram-se poderosos em guerra, puseram em fuga exércitos de estrangeiros.

 Mulheres receberam, pela ressurreição, os seus mortos. Alguns foram torturados, não aceitando seu resgate, para obterem superior ressurreição...”

Nesta passagem, o escritor dá exemplos de superação. Este poder de superação vem do Espírito Santo.

Precisamos entender que o inimigo sempre vai tentar nos convencer de que não podemos, de que não vamos conseguir e de que não somos capazes.

Quando assumimos estas condições, a solução para os nossos problemas fica cada vez mais distante.

Seu abatimento, sua revolta e sua falta de fé fazem com que situações, que poderiam ser passageiras, permaneçam e te consumam.

Volte para os caminhos do Senhor, peça perdão, e peça para que Ele te ensine a vencer essa guerra!

Deus já ensinou tantos outros guerreiros! Vou citar o exemplo de Josué! Imagine você rodear os muros de uma cidade, que equivalia a três estádios do Itaquerão? Imagine você ver muros intransponíveis e, mesmo assim, crer que você terá condições de derrubá-los?

Foi isso o que aconteceu com Josué e com o seu exército. Eles rodearam seis vezes os muros e, na sétima vez, eles gritaram! O que aconteceu? As muralhas ruíram! O que eles fizeram para isso acontecer? Seguiram uma direção do Senhor.

Sabe, a fé abre caminhos. O milagre não depende das suas condições, mas da sua fé!

Quem entrega sua vida a Jesus, em vez de encarar aquele problema e falar: “As muralhas são impossíveis de serem derrubadas!”, vai dizer: “Estão próximas de cair!”

Quando você tem Jesus, você passa a enxergar as situações de uma maneira diferente! O Espirito Santo começa a trabalhar no seu interior, e o mal cai diante de você.

Levante-se e receba o poder de superação!

Você verá o Espírito Santo transformando tudo aquilo que veio para te derrubar em um grande milagre!


Pense nisso!

terça-feira, 14 de junho de 2016

O dia da despedida...

João 14.16 a 18 “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós. Não vos deixarei órfãos, voltarei para vós outros.”

Sabe, queridos, há dias de despedida. Eu costumo dizer que são dias de “até breve”. Eu aprendi que quem teve que se despedir de alguém, na verdade, não perdeu esta pessoa para sempre! O que a vida juntou a morte não tira!

O som da risada daquela pessoa, aquela luz que aquela pessoa tinha... ficarão dentro de você. O que acontece é que você não vai mais conviver com aquela pessoa, porque ela já completou sua missão aqui na terra.

Deus sabe que, junto com as lembranças, fica uma dor inexplicável, uma dor que parece ser incurável. A questão é: Como conviver com isso?

Sabe, o inimigo é oportunista. Quer fazer desta situação de despedida o seu "deus". Ele quer que a pessoa que foi o motivo da sua alegria seja o motiva da sua dor, da sua enfermidade, da sua loucura... Não deixe isso acontecer!

Clame por Jesus Cristo. Ele é o Salvador! Ele vai te salvar do poder da morte, do poder destruidor de uma separação!

Não permita que aquilo que te abençoou tanto e te deu tantos momentos de felicidade, que era a luz nos seus olhos, venha a ser trevas na sua vida. Não deixe que Satanás transforme aquela alegria em uma desgraça!

Entregue sua vida para Jesus! Ele vai te ensinar a caminhar sem esta pessoa, vai te ensinar a ter novas alegrias, vai te ensinar a viver este novo tempo da melhor maneira possível.

Invoque pelo Espírito Santo, o nosso consolador! Abra seu coração para receber este consolo!

O Senhor vai derramar o espírito de ressurreição vida (Romanos 8). Este espírito não é para quem deu um “até breve”, porque esta pessoa já está nos braços do Pai. Mas este espírito é para quem ficou!

Venha renascer em Cristo! Entregue está situação ao Senhor, e você receberá a paz que excede todo o entendimento e forças para seguir em frente.


Pense nisso!

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Em quem confiar?

Salmos 1.1 a 3: “Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. 

Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. 

Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem-sucedido.”

Nesta passagem, está um segredo espiritual. Nós estamos vivendo dias de loucura, dias de crise, dias em que as pessoas mentem, traem e agem de forma leviana.

Por isso, tome cuidado para você não caminhar de acordo com o conselho daqueles que não são amigos de Deus, daqueles que não têm Deus como seu grande valor. Estes são os ímpios! São pessoas que colocam tudo acima do Senhor, inclusive elas mesmas!

Existem pessoas que colocam, por exemplo, o dinheiro acima de tudo. Você realmente vai procurar conselhos de pessoas assim? De pessoas que estão aparentemente bem? Isso pode te levar para um abismo.

Existem pessoas que seguem os modismos impostos pela mídia, em vez de buscar um caminho em Deus. Sabe o que aconteceu depois? Muitas perderam seus casamentos, muitas perderam sua saúde – por causa de cirurgias inconsequentes –, muitas perderam seus empregos... Por quê? Porque seguiram conselhos de quem não tem Deus em primeiro lugar!

Bem-aventurado é aquele que busca conselho em Deus. Este, sim, será bem-sucedido.

Bem-aventurado é aquele que tem sua vida alicerçada na Palavra de Deus! Este será como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha.

Feche os ouvidos para aquilo que traz destruição, medo e para aquilo que te afaste de Deus.

Faça do senhor seu abrigo, seu refugio e sua verdade.


Pense nisso!

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Um novo coração!

Ezequiel 36.26 e 27: “Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis.”

Este é o milagre da graça de Deus. Não dá para ninguém ser salvo, sentindo do mesmo jeito, andando do mesmo jeito, pensando do mesmo jeito... Assim como não dá para emagrecer, comendo o mesmo tanto e não fazendo ginástica. A mudança só ocorre quando você muda também.

Ao ler isso, você deve estar se perguntando: “Mas o que eu faço para deixar de sentir o que eu sinto? O que eu faço para deixar de desejar o que tanto me prejudica? Como faço para mudar meus pensamentos?”.

É pela graça! É por esse motivo que Deus enviou Jesus ao mundo. Ele entregou seu único filho para que nós tivéssemos um novo coração. Nós somos transformados através do amor de Deus!

Quer que eu explique melhor?

Eu vou repartir uma história com vocês...

Havia família. E, nesta família, havia uma menina de 13 anos. Eles foram para uma estação de ski. Lá, todos se divertiram. De repente, aquela jovem sofre um acidente e morre. Foi um choque terrível para todos. Foi assustador. Mas o pai e a mãe dela, em oração, resolveram fazer desta tragédia um refrigério para outras pessoas. Eles decidiram doar todos os órgãos da filha, inclusive o coração, que ainda estava batendo.

Paralelamente, existia outra família que estava chorando a morte lenta de sua filha. Fazia cinco anos que ela estava na cama do hospital, porque seu coração estava enfraquecido. Eles mal sabia que, naquele momento, a ressurreição estava a caminho.

O transplante aconteceu, e aquela menina que estava quase morrendo no hospital, já enfraquecida, recebeu uma nova chance.

As famílias se encontraram. A mãe da menina que recebeu o novo coração pegou o estetoscópio, o colocou no ouvido da mãe que havia perdido a filha e no coração da jovem ressurreta.

Qual coração ela estava ouvindo? O coração da menina viva ou daquela que morreu? Ela estava ouvindo o coração vivo, pulsante, da filha que Deus já havia recolhido.

Assim também é quando você entrega sua vida para Jesus. Deus, na Sua graça, tira o coração, que já não sentia mais a presença do Senhor, que já não sentia mais amor pelo próximo, que está carregado de mágoa, que está descrente de tudo... Tira este coração de pedra e, no lugar, coloca um coração com o sentimento de Cristo.

Depois que entregamos nossas vidas para Jesus, ao olhar para nós, o Senhor enxerga o coração batendo dos filhos de Deus.

Os filhos de Deus têm o sentimento do Criador! Amam ao próximo, desejam estar mais próximos do Pai, têm um sentimento de paz, têm um desejo de ver a obra de Deus crescendo.

Se você quiser, você pode viver hoje mesmo esta experiência.
Venha renascer em Cristo! Venha receber este transplante do céu! Venha receber um coração que sinta a presença de Deus, que te mova a ter atitudes abençoadoras e que vão mudar a tua história!


Pense nisso! 

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Lute pelos seus sonhos!

Salmo 23: 1 “O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará”.

Estamos correndo atrás da realização dos nossos sonhos. Só que, no meio do caminho, aparecem aquelas situações da nossa realidade que nos deixam desesperados. A questão é: Como lidar com elas?

“Ah, meu Deus, que muralha é essa na minha frente bem agora?”; “Que notícia doida é essa que me aparece assim, do nada, sem motivo?”; “Como vou perdoar esta traição?”; Como faço para orar, se a minha cabeça não para?”.

Queridos, seja qual for a situação, não entregue os pontos! Não desista, não retroceda. Seja forte! Não pare de andar, mesmo quebrado, mesmo machucado! Busque a Deus e renove-se na força de Seu poder, revestindo-se de toda a armadura do Senhor, para poder ficar firme contra as ciladas do diabo (Efésios 6: 10 e 11).

Tomar posição e invocar as promessas de Deus, que estão em Sua Palavra, é a espada que irá acabar com o inimigo! Acredite! A certeza da promessa e da vitória vai te alimentar. Está na hora de você entender certas coisas. Está na cara que Deus vai te dar um emprego, um ministério, uma família...

Claro que vai! Está na cara que Deus vai te dar roupa. Está na cara que Deus vai te prosperar. Está na cara que você vai casar, só você mesmo não enxerga! Não tem espelho espiritual na sua casa? Você não tem Bíblia, não? Não tem o Salmo 23 na tua Bíblia para você enxergar que o Senhor é o teu pastor, e nada te faltará? 

Agora, vai ter que passar pelo desafio, derrubar a muralha, vencer o gigante, destruir o ‘cananeu canibal’, antes que ele te devore. Quer um conselho? Eu passaria por isso em jejum, orando, porque, em situações como estas, o melhor é deixar a carne para lá e deixar que o Espírito te conduza. 

Por isso é que o Senhor fala para não olharmos nem para a direita e nem para a esquerda. Ele também disse: “Escreva a minha Palavra no meio da testa. Deixe-a na tua boca, guarde-a no teu braço, coloque-a na tua mão, amarre-a com uns cordõezinhos na tua roupa para, quando for andando, lembrar!”.

Quando você esticar a mão, vai lembrar que o Senhor é o teu pastor, e que nada te faltará, entendeu? Quando for para o trabalho, você vai lembrar de novo: “O Senhor é meu pastor, e nada me faltará!”. Quando ouvir um desaforo…. “O Senhor é meu pastor, e nada me faltará!”. Isso é andar pela fé!

Andar pela fé é ter experiências com Deus. A fé traz experiências, sabe por quê? Porque ela desafia os teus limites e faz você realizar o que não conseguiria normalmente. Ela faz você enfrentar o que você morre de medo. “Mas, Senhor… logo isso o Senhor foi me pedir para fazer? Senhor, eu sou mulher.”. E o Senhor vai falar: “Ah, é? E, desde quando, eu faço acepção de pessoas? Você acha mesmo que só porque é mulher, não vai acontecer nada? Ah, você se enganou, viu?”.

Esta na hora de você entender que vai precisar batalhar pela tua fé, batalhar por aquilo que você crê, batalhar por aquilo que você sonha. Este entendimento te liberta das frustrações e medos que você tem em relação a Deus, por causa de todas as orações, votos e jejuns que você fez, e Ele não atendeu do jeito que você queria.

Batalhar pela fé quer dizer, em suma, não se arruinar ou se esconder atrás de desculpas antes de olhar para o sacrifício de Jesus na cruz feito por amor a nós e se animar, acreditando na Palavra de Romanos 8: 32 “Aquele que não poupou seu próprio Filho, mas O entregou por todos nós, como não dará juntamente com Ele, e de graça, todas as coisas?”.

Não tire conclusões precipitadas! O fato de você passar um tempo de perdas não significa que Deus não te ama mais ou não se importa com você. Antes, neste tempo, comece a semear seu futuro com atitudes de fé.


Pense nisso!

terça-feira, 7 de junho de 2016

Não espere o pior!

Mateus 14.27: “Mas Jesus imediatamente lhe disse: Tende bom ânimo. Sou eu! Não temais.”

No meio da tempestade, eles continuaram obedecendo aos direcionamentos de Deus. Ele disse: vá para o barco e atravesse para o outro lado.

Só que, muitas vezes, no meio da nossa obediência, nós enfrentamos tempestades. No meio daquela loucura, daquele agito do mar, quem apareceu? Não era um fantasma! Era Jesus Cristo. E ele apareceu com uma palavra de consolo.

Hoje, eu quero falar o mesmo! Não tenha medo do que vem pela frente! As situações que você precisa enfrentar não são impossíveis, não são insuperáveis! Não espere o pior!

Sabe, o que de pior poderia ter acontecido com eles? Além da tempestade, as assombrações. As assombrações podem representar duas coisas: o desconhecido ou os nossos medos mais profundos. Mas não aconteceu o pior, pelo contrário, eles estavam protegidos pelo Senhor.

No meio da luta, só temos pensamentos destrutivos, enxergamos tudo distorcido e achamos que tudo e todos estão contra nós! Tudo é difícil, pesado e desastroso!

Mas você vai pensar e agir diferente! Não vai entregar os pontos! Vai se apoiar no Senhor e renovar suas forças! Tenha bom ânimo, não importa a situação!

Dê liberdade para que o Senhor mova o seu coração para a vontade d´Ele! Não tenha nenhuma disposição contrária. Tenha sua fé inabalável!

Para enfrentar situações difíceis, o medo é a pior bagagem que podemos levar! Em vez disso, leve a esperança e a certeza de que Ele é contigo!

Quero finalizar o post de hoje com 1 João 4.18: “1 João 4:18 diz: "No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor.”

Pense nisso!

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Quando nos sentimos encurralados!

Daniel 6.11 a 28 “Então, aqueles homens foram juntos, e, tendo achado a Daniel a orar e a suplicar, diante do seu Deus, se apresentaram ao rei, e, a respeito do interdito real, lhe disseram: Não assinaste um interdito que, por espaço de trinta dias, todo homem que fizesse petição a qualquer deus ou a qualquer homem e não a ti, ó rei, fosse lançado na cova dos leões? Respondeu o rei e disse: Esta palavra é certa, segundo a lei dos medos e dos persas, que se não pode revogar. Então, responderam e disseram ao rei: Esse Daniel, que é dos exilados de Judá, não faz caso de ti, ó rei, nem do interdito que assinaste; antes, três vezes por dia, faz a sua oração.

Tendo o rei ouvido estas coisas, ficou muito penalizado e determinou consigo mesmo livrar a Daniel; e, até ao pôr-do-sol, se empenhou por salvá-lo. Então, aqueles homens foram juntos ao rei e lhe disseram: Sabe, ó rei, que é lei dos medos e dos persas que nenhum interdito ou decreto que o rei sancione se pode mudar. Então, o rei ordenou que trouxessem a Daniel e o lançassem na cova dos leões. Disse o rei a Daniel: O teu Deus, a quem tu continuamente serves, que ele te livre. Foi trazida uma pedra e posta sobre a boca da cova; selou-a o rei com o seu próprio anel e com o dos seus grandes, para que nada se mudasse a respeito de Daniel.

Então, o rei se dirigiu para o seu palácio, passou a noite em jejum e não deixou trazer à sua presença instrumentos de música; e fugiu dele o sono. Pela manhã, ao romper do dia, levantou-se o rei e foi com pressa à cova dos leões. Chegando-se ele à cova, chamou por Daniel com voz triste; disse o rei a Daniel: Daniel, servo do Deus vivo! Dar-se-ia o caso que o teu Deus, a quem tu continuamente serves, tenha podido livrar-te dos leões? Então, Daniel falou ao rei: Ó rei, vive eternamente! O meu Deus enviou o seu anjo e fechou a boca aos leões, para que não me fizessem dano, porque foi achada em mim inocência diante dele; também contra ti, ó rei, não cometi delito algum.

Então, o rei se alegrou sobremaneira e mandou tirar a Daniel da cova; assim, foi tirado Daniel da cova, e nenhum dano se achou nele, porque crera no seu Deus.  Ordenou o rei, e foram trazidos aqueles homens que tinham acusado a Daniel, e foram lançados na cova dos leões, eles, seus filhos e suas mulheres; e ainda não tinham chegado ao fundo da cova, e já os leões se apoderaram deles, e lhes esmigalharam todos os ossos. Então, o rei Dario escreveu aos povos, nações e homens de todas as línguas que habitam em toda a terra: Paz vos seja multiplicada! Faço um decreto pelo qual, em todo o domínio do meu reino, os homens tremam e temam perante o Deus de Daniel, porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre; o seu reino não será destruído, e o seu domínio não terá fim. Ele livra, e salva, e faz sinais e maravilhas no céu e na terra; foi ele quem livrou a Daniel do poder dos leões. Daniel, pois, prosperou no reinado de Dario e no reinado de Ciro, o persa.”

Hoje, eu tenho uma palavra de Deus para a sua vida. Quem sabe você foi jogado em lugar de humilhação. Quem sabe você foi jogado em uma cova de enfermidade. Quem sabe seus sonhos tenham sido dilacerados na cova dos impossíveis. Colocaram uma pedra nesta cova, e você tem sido devorado pelos seus problemas.

Se você se levantar para clamar a Deus, ir à igreja e, decididamente, dizer: “Eu não vou ser devorado! Eu não vou servir de alimento para esta situação!”, você sairá desta situação ileso como Daniel, ainda que os grandes da terra tenham colocado uma pedra encima desta cova!

O teu testemunho ainda há de mostrar para eles que você tem um Deus!

Levante-se e busque ao Senhor, ore, clame: “Deus de Daniel, me tire desta cova. Envie o Seu anjo para me salvar!”.

Não murmure, não reclame, clame! Clame por salvação

Em nome de Jesus, o anjo do Senhor vai ouvir sua oração!

Aquilo que foi preparado para te matar será um instrumento que o Senhor vai usar para te honrar e para te prosperar.

Você não vai viver mais com um traumatizado, mas como aquele que é honrado pela sua fé, como aquele que tem experiências, no dia da angustia, com o Deus fiel!

Pense nisso!

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Não se afaste do único que pode te ajudar!

Provérbios 3.5 a 8: “Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal; será isto saúde para o teu corpo e refrigério, para os teus ossos.”

Hoje, eu quero usar Daniel como exemplo. Ele era um homem que tinha todos os motivos para não querer mais caminhar mais com Deus! Ele era um príncipe e, de repente, foi colocado como escravo. Foi tirado de sua casa e, durante dois meses, foi arrastado até a Babilônia.

Chegando lá, para servir no palácio do rei, foi mutilado em seu corpo! Todos seus sonhos e projetos de vida desmoronaram diante dos seus olhos. Que futuro teria um homem escravo? Que futuro teria um homem cujo órgão reprodutor foi decepado?

Mas Daniel, em nenhum momento, considerou Deus o causador do seu mal! Pelo contrário, ele viu, no Senhor, a solução de todos os problemas.

Sabe, meu pai é advogado, e ele me ensinou que cada um interpreta a lei de uma forma diferente, ou seja, uma lei pode, ao mesmo tempo, absolver e condenar alguém!

Na passagem que nós acabamos de ler, está escrito: "Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento!". O que isso quer dizer? Que, muitas vezes, somos enganados por nossas próprias deduções. Às vezes, caminhar de acordo com o que você interpreta pode ser um péssimo negócio, porque você pode estar entendendo tudo errado!

Você acaba interpretando as situações da maneira que o inferno quer que você interprete! Por isso, existem tantas pessoas machucadas, assoladas, fora da igreja e culpando a Deus! Chegou a hora de dar um basta nesta situação!

Chega de fazer de Deus o culpado! Comece a fazer d’Ele sua solução! Foi isso que Daniel fez! Ele não culpou Deus porque teve que deixar sua casa, porque sua família foi destruída, porque seu povo foi assolado...

Ele não culpou Deus por ter sido arrastado até a Babilônia! Ou você acha que ele foi a cavalo? Não! Foi acorrentado como um prisioneiro!

No versículo 6, do terceiro capítulo de Provérbios, está escrito: "Reconheça a Deus em todos os seus caminhos!".

Esse, justamente, foi o segredo de Daniel!

Hoje, você vai começar a se posicionar como ele. Comece orando: “Deus, eu acho que o Senhor não está comigo, mas, se o Senhor estiver, ajude-me a enxergá-lo!”.

Você vai ver que, apesar das dificuldades da vida, Deus tem te acompanhado! Se você não enxerga nada, pelo menos, enxergue Deus! Ele está, através deste texto, falando: “Você pode estar machucado, abandonado, com a saúde comprometida, mas Eu estou contigo! Se você me invocar, Eu te responderei!”.

Daniel pensou dessa forma e ainda jejuou! Entregou uma oferta! O que ele tinha para entregar? Os banquetes do rei! Deus deu graça a ele. Em dez dias, ele já estava melhor que os outros príncipes.

Faça o mesmo! Não se conforme em estar nessa situação que você está! Não se conforme em ser essa pessoa assolada, magoada, aflita, invejosa e cheia de ódio! Mas levante-se e busque ao Senhor! Volte! Deus é a solução! Ele enviou Jesus para nos salvar! Salvar de quê? Dos nossos sentimentos, pensamentos e deduções!

No versículo 7, das passagem que eu citei acima, está escrito: "Não seja sábio aos seus próprios olhos!".  Você está distante de Deus e ainda acha que está certo? Para onde este caminho está te levando? Volte!

Deus te dará o mesmo que deu para Daniel: luz, inteligência e excelente sabedoria!

Seja o tempo bom ou ruim, favorável ou desfavorável, Deus vai te honrar, porque Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente!

Os grandes caem, mas aqueles que buscam a Deus permanecem!


Pense nisso!

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Ser livre é uma escolha!

Números 13.30 a 33 “Então, Calebe fez calar o povo perante Moisés e disse: Eia! Subamos e possuamos a terra, porque, certamente, prevaleceremos contra ela. Porém os homens que com ele tinham subido disseram: Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nós.

E, diante dos filhos de Israel, infamaram a terra que haviam espiado, dizendo: A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra que devora os seus moradores; e todo o povo que vimos nela são homens de grande estatura. Também vimos ali gigantes (os filhos de Anaque são descendentes de gigantes), e éramos, aos nossos próprios olhos, como gafanhotos e assim também o éramos aos seus olhos.”

Esse é o tipo de escravidão que você mesmo se impõe. Você mesmo se fez escravo. É uma questão de escolha, não de condição!

Vou citar um exemplo! Recentemente, eu aconselhei uma moça que perdeu a mãe. Sabe, queridos, se despedir de alguém que você ama não é nada fácil. Ninguém é substituível. Mas nós temos uma escolha! Ou escolhemos sofrer aquela perda a ponto de ficarmos enfermos, como foi o caso dela, ou podemos clamar: “Senhor, ensina-me a viver sem essa pessoa. Ensina-me a viver de forma diferente! Eu não quero que a pessoa que foi o motivo da minha alegria seja o motivo do meu sofrimento!”.

A felicidade está em nossas mãos, está ao nosso alcance. Existem pessoas que não se abrem nem para ser consoladas. Ainda que Deus tenha muitas alegrias e portas abertas, elas se convenceram de que a vida acabou.

Sua mente vira escrava desta situação, e você não admite ser livre!

Existem mulheres que falam: “Meu marido foi embora. Eu não admito ser feliz sem ele!”. Elas se tornam escravas desta perda e pagam com suas próprias vidas, sem ao menos se darem conta de que Deus tem outros caminhos.

Na passagem que lemos no início do Pensamento do Dia, vemos um povo que havia recebido uma promessa de Deus. Mas, para eles, havia só possibilidade de vitória, se eles enfrentassem um povo menor. Eles achavam que não teriam condições de enfrentar os mais fortes. Eles eram escravos desta ideia fixa. Mas, no Senhor, a vitória já estava garantida.

Não aja da mesma forma. Seja livre para crer que Deus tem o melhor! Quebre com toda a escravidão e limitação da sua vida.

Faça de Isaías 54 a sua verdade! Alargue o seu entendimento! Não feche mais as portas que Deus abriu.

Não imponha mais condições, aceite ser feliz. Existe felicidade além daquilo que nos tornava dependentes de pessoas ou situações.

Nem sempre as coisas que a gente quer vão realmente deixar a gente feliz!

Para comprovar esta afirmação, eu fiz um teste. Em um dos cultos que eu ministro, eu perguntei: “Quem aqui já deu graças a Deus porque Ele não atendeu todas as suas orações?”. Quase todos levantaram a mão!

Confie no Senhor. Seus caminhos são mais altos que os nossos! O que Ele tem é maior do que nossa capacidade ou condição!


Pense nisso!