Páginas

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Carvão ou diamante?


Romanos 8.28 e 29: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.”

Nós fomos criados com uma missão: voltar ao projeto original. Fomos criadas à imagem e semelhança de Deus. Como Jesus se relacionava com o Pai? Ele se ofertou. Despojou-se de toda sua glória para ser um homem e nos mostrar como viver aqui na terra. Depois, Ele se entregou como sacrifício vivo para a nossa salvação. No terceiro dia, venceu a morte e ressuscitou!

Sabe, muitas pessoas não sabem encarar o dia da dor e do sacrifício. Elas fogem da presença de Deus e se perdem no meio do caminho.

Os dias de dor, de pressão e de enfermidade não trazem para elas a ressurreição, mas trazem a morte, a morte de valores, a morte da fé....

O que você vai fazer no dia mau? O que você vai fazer no dia da perda?
  
Sabe, além de manifestar a glória de Deus, a natureza nos ensina! Vou citar um exemplo! Você sabia que o carvão tem a mesma composição química do diamante? Como pode serem tão iguais, mas se apresentarem de formas tão diferentes?

Os diamantes são obtidos sob altíssimas pressões a partir do magma presente no interior da Terra. Foram necessários vários séculos para que camadas de magma fossem sendo depositadas umas sobre as outras, acarretando em forte pressão. O magma foi sendo comprimido até se petrificar.

Já o carvão surge de um processo bem mais simplificado e acessível, ele é obtido a partir da decomposição de folhas, vegetação e árvores. O local escolhido é embaixo da terra, onde as temperaturas se elevam em relativa pressão. O carvão é formado a partir das mudanças físicas e químicas propícias a essas condições, num tempo bem inferior ao que origina o diamante.

O que podemos concluir?

Que o carvão representa aqueles que não suportam o dia mau e trilharam um caminho que os deixa vulneráveis.

Já o diamante representa as pessoas resistentes, que se entregam como uma oferta e não desfalecem no dia da provação. Representam as pessoas que fizeram das situações ruins um motivo para continuar!

Delas, saem luz e vida. O diamante, além de valioso, é uma das pedras mais resistentes da natureza.

Você nasceu para ser um diamante, uma joia lapidada por Deus!

Em meio à adversidade

Se tudo coopera para o bem daqueles que amam ao Senhor, não deixe que esta situação traga morte!

O Senhor há de fazer disso um diamante na sua vida, um ponto de luz que anuncia uma nova história!


Pense nisso!