Páginas

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Ser mãe já é o melhor presente!

Hoje, eu quero deixar uma mensagem sobre o “Dia das Mães”. Eu quero começar falando sobre o que é ser mãe!

Ser mãe é uma das maiores bênçãos que Deus pode dar para alguém na terra, porque nem todo mundo que quer ser mãe consegue ser, assim como nem todo mundo que é mãe (de fato) consegue ser mãe!


Como vem de Deus esta benção, a gente só consegue vivê-la, na plenitude, quando estamos conectadas a Ele. 

Quando não estamos nesta condição, a gente acaba fazendo do paraíso um inferno, assim como Eva!

Muitas vezes,  ser mãe acaba sendo um peso, uma carga, um choro sem fim, uma angústia, uma dor, e isso independe do seu filho ser o motivo do seu orgulho ou da sua vergonha. Isso independe do fato do seu filho ser aquela pessoa que te surpreende de forma negativa ou positiva! Existem filhos que precisam de mais ajuda e de mais dedicação que os outros, isso não quer dizer que o amor é maior! Isso quer dizer que você tem sensibilidade!

Ser mãe é uma dádiva de Deus, independente da situação! Eu tenho bastante propriedade para te falar isso, porque eu tenho filhos na carne, um filho adotivo na carne e filhos espirituais!

Posso dizer que eu tenho uma grande variedade de pessoas que o Senhor me deu como filhos! Todos os dias, Ele acrescenta! Mas, sabe de uma coisa? Sempre cabe mais um no coração de mãe!

Hoje, eu quero deixar uma mensagem! Não seja uma mãe frustrada, uma mãe cheia de dores,  uma mãe cheia de mágoas... Seja alguém equilibrada! Não extrapole! Os excessos são destrutivos. Seca mata, mas enchente mata também!

Não seja aquela mãe que sufoca o filho, de tão maravilhoso que ele é! Existem mães que acabam se tornando inconvenientes! Elas são mais artistas que o filho!

Não seja superprotetora, não seja aquela mãe que impede o filho de ter sua própria vida! Os nossos filhos não são nossos clones emocionais! Eles vão ter muitas características nossas, mas vão desenvolver suas próprias personalidades!

Eu desejo que vocês sejam as mães mais felizes da face da terra! Que vocês não carreguem nem culpas e nem acusações!

Busque estar todos os dias mais conectada a Deus! Ele vai te dar sabedoria para você lidar com cada fase da vida do seu filho.

Para cada fase da vida, existe uma maneira, um comportamento, uma postura e uma decisão a ser tomada. Nós temos que nos reciclar!

No encarte da “Bíblia da Mulher De Bem com a Vida”, eu deixei registrado 52 estudos, eles foram divididos em quatro capítulos, ou seja, dividos nas quatro estações do ano!

Nós, como mães, temos muitas outras estações! Sempre tem uma novidade, nós descobrimos o mundo com eles. Nossos filhos nos tiram da rotina, e isso é maravilhoso, eles trazem um novo sentido para nossas vidas.

Cada uma destas estações requer um preparo para não ficarmos reféns do saudosismo (cada fase traz as suas alegrias e as suas dificuldades), para não ficarmos à mercê de comparações (eles são únicos), para buscarmos sabedoria em Deus, para encontrarmos a renovação do nosso entendimento e para termos consciência de que, em cada etapa, nós ocuparemos um espaço diferente na vida deles...

Existem momentos em que nós seremos meros planos de fundo, como um cenário em que eles vão escrever suas próprias vidas! Isso não quer dizer que você será menos realizada, mas significa que você terá outras alegrias! Vai fazer parte desta linda história, ainda que seja só observando!

Que, em nome de Jesus, nós todas possamos fazer parte deste clube, desta tribo das eleitas de Deus, das mães mais felizes da terra, mesmo que a gente tenha que ser aquela mãe que abriu mão do próprio filho, que o viu subindo na cruz, sofrendo, cumprindo uma missão e sendo levado pelo Senhor! Que, mesmo em meio às dificuldades, a gente nunca abandone o nosso posto! Pense nisso!