Páginas

terça-feira, 31 de julho de 2018

Vencendo a acusação!


Oi, queridos internautas! Como é bom poder compartilhar com vocês os ensinamentos que o Senhor tem me dado.

Sabe, a internet nem sempre é utilizada para nos aproximar de Deus. Sendo bem sincera, é mais um instrumento de fofoca, do que de estudos e informações relevantes. Ficamos o dia todo em redes sociais, sabemos tudo sobre todos, mas não conhecemos o único que pode mudar o curso da nossa história, Jesus Cristo!

Por isso eu sempre procuro deixar uma mensagem aqui. Você vai “curtir”, meditar e “compartilhar". Combinado?

Hoje, eu quero te ensinar a vencer as acusações do inimigo!

Sabe de uma coisa? O inimigo é especialista em acusar. Uma das estratégias que ele adota para fazer isso é usar pessoas próximas de você, com comentários, insinuações, só para te aprisionar emocionalmente ao seu passado!

Mas vamos encarar de outra forma! Será que Deus não está permitindo isso para te enriquecer? Sabe por quê? Foi dessa forma que Ele fez com o povo de Israel. No momento de maior dificuldade, eles alargaram as estacas da tenda, ou seja, aumentaram seu território. 

Com esta linha de raciocínio, eu quero te convidar a meditar comigo em Isaías 54.1 e 2:Cante alegremente, ó estéril, que não deste à luz; exulta com alegre canto e exclama, tu que não tivestes dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária do que os filhos da casada, diz o Senhor. Alarga o espaço da tua tenda; estenda-se o toldo da tua habitação, e não o impeças; alonga as tuas cordas e firma bem as tuas estacas.”.

O inimigo quer te impedir de avançar, de expandir, de ter desenvolvimento pessoal e de viver a primeira bênção que Deus derramou sobre o homem, após sua criação: crescer e multiplicar.

O inimigo quer justamente que você diminua, quer te colocar, de preferência, em uma cama de depressão, e que você perca tudo, de tal forma, que você tenha a sensação de ter desaprendido a viver.

Em nome de Jesus, você não vai fazer o que ele quer. Você vai fazer o que Deus quer. Comece hoje perguntando: “Qual será a vontade de Deus para a minha vida?”.

Na página 69 do livro “Vivendo de Bem com a Vida”, eu escrevi a seguinte mensagem:

“Tenha como base as verdades espirituais. Você sabia que, quando nos falta sabedoria para coordenar, realizar, enfrentar, vencer sejam quais forem as situações, desde as mais simples até as mais complexas, devemos pedir a Deus, que Eles nos provê? Para que realmente não nos esqueçamos disso; esse direito de provisão está registrado na Bíblia: se algum de nós precisar de sabedoria, é só pedir que Ele dará sem pedir nada em troca. Há uma diferença muito grande entre ler, saber o que está escrito na Bíblia e praticar.

A Bíblia é a verdade que, por séculos, tem se mantido sem alterações. Seja você da religião que for, precisa ter sua vida fundamentada em verdades inabaláveis, que aguentam todo o tipo de situação, sem se alterar. Eu encontrei isso na Bíblia. Interajo com ela. Acusada? Nem pensar! De bem com a vida e ainda grata por ter tantas coisas para fazer. Coisas que dão sentido e valor à minha vida e ainda abençoam e edificam a vida de muitos.

Se você está debaixo do peso esmagador da acusação, busque libertação por meio da oração ou indo a um lugar onde a Palavra esteja sendo pregada pra se sentir melhor, renovada, esclarecida, mesmo que através de uma exortação de Deus que venha corrigir a rota dos seus pensamentos, atitudes, reações, conclusões. Enfim, de toda a sua vida.”

Então, é assim que a gente vive o crescimento e a multiplicação. Isso ocorre quando buscamos, em Deus, sabedoria para entender o propósito de cada uma das coisas que estão acontecendo conosco.

Já parou pra pensar por que usam o timoneiro no navio? Para corrigir a rota, não é verdade? Tenha esse dispositivo dentro de você. Reflita: “Será que é esse o pensamento que eu tenho pensar?” ou “Será que é esse o sentimento que eu tenho que sentir?”.

Tem gente que vai ao “Encontro de Casais” e, em vez de aproveitar aquele momento para restaurar o relacionamento, começa a lembrar de tudo que é um bom motivo para fazer daquele momento um inferno. Existem pessoas que tiram férias de tudo, menos das brigas.

Tem gente que sai de viagem para ficar doente. Eu vejo, nas caravanas para Israel, pessoas levando muitos remédios. Dá até vontade de perguntar: “Você veio para ficar doente ou veio para a peregrinação?”.

Então, em nome de Jesus, busque corrigir sua rota. Comece identificando se os seus pensamentos e sentimentos vão te ajudar a ter um dia de vitória. Busque a Deus, não caia no laço do inimigo que quer te paralisar. Busque solução no Senhor, porque Ele vai te visitar grande glória e você vai viver muitas bênçãos.

Procure se consertar, receba o perdão que vem de Deus e deixe que Ele ilumine o teu caminho. Alargue as estacas, tome atitudes que tenham significando para este dia. Seja dirigido pelo Espírito Santo e não por magoas, dores, enfermidades ou crises financeiras.

Pense nisso!