Páginas

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

A certeza de que tudo coopera para o nosso bem!


Salmos 141.1 a 10: “SENHOR, a ti clamo, dá-te pressa em me acudir; inclina os ouvidos à minha voz, quando te invoco. Suba à tua presença a minha oração, como incenso, e seja o erguer de minhas mãos como oferenda vespertina. Põe guarda, SENHOR, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios. 

Não permitas que meu coração se incline para o mal, para a prática da perversidade na companhia de homens que são malfeitores; e não coma eu das suas iguarias. Fira-me o justo, será isso mercê; repreenda-me, será como óleo sobre a minha cabeça, a qual não há de rejeitá-lo.

 Continuarei a orar enquanto os perversos praticam maldade. Os seus juízes serão precipitados penha abaixo, mas ouvirão as minhas palavras, que são agradáveis, ainda que sejam espalhados os meus ossos à boca da sepultura, quando se lavra e sulca a terra. 

Pois em ti, SENHOR Deus, estão fitos os meus olhos: em ti confio; não desampares a minha alma. Guarda-me dos laços que me armaram e das armadilhas dos que praticam iniquidade. Caiam os ímpios nas suas próprias redes, enquanto eu, nesse meio tempo, me salvo incólume”.

Faça deste Salmo a sua oração! Em vez de reclamar, você vai clamar a Deus! Em vez de murmurar, você vai louvar! Em vez de se entregar à depressão, você vai se reanimar no Senhor e voltar para a igreja.

Caminhe com a certeza de que todos estes desafios vão cooperar para o seu bem, desde que você seja guiado pelo Espírito Santo, não por suas emoções!

Todas estas dificuldades vão cooperar para o seu bem, quando você colocar o Senhor em primeiro lugar!

Antes de abrir a sua boca, busque, em Deus, sabedoria e equilíbrio.

Nesta passagem que acabamos de ler, o salmista fala: "Coloque guardas em minha boca...". 

Por que ele pede isso? Porque em Provérbios 18 está escrito: "A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto."

Se tudo o que você falou hoje virasse o seu alimento, ele te envenenaria ou te fortaleceria?

Se tudo que você falou sobre sua família virasse um alimento, ele os mataria ou os sustentaria?

Peça para que o Senhor proteja seus lábios, para que você não peque contra Ele e não traga mais morte e destruição para as pessoas que você ama.

O mundo foi criado através da Palavra! Tudo o que não tinha existência passou a existir.

Cuidado para que, através das palavras, você não traga à existência o mal que não existia na sua casa!  Você tem o poder de trazer vida e de transformar qualquer ambiente!

Não seja uma pessoa provocável, explosiva! Não tenha medo das armadilhas que o inimigo preparou! Deus é fiel e não permite que a mentira e a injustiça prevaleçam!

Zele para que suas atitudes e o seu discurso expressem sua fé em Jesus Cristo! 

Não se entregue mais ao desespero e às loucuras deste mundo, porque Deus é contigo, e Ele está no controle de tudo!

 Pense nisso!

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Para Deus, não há impossíveis!


Hebreus 11.32 a 35:  “E que mais direi? Certamente, me faltará o tempo necessário para referir o que há a respeito de Gideão, de Baraque, de Sansão, de Jefté, de Davi, de Samuel e dos profetas, os quais, por meio da fé, subjugaram reinos, praticaram a justiça, obtiveram promessas, fecharam a boca de leões, extinguiram a violência do fogo, escaparam ao fio da espada, da fraqueza tiraram força, fizeram-se poderosos em guerra, puseram em fuga exércitos de estrangeiros.

 Mulheres receberam, pela ressurreição, os seus mortos. Alguns foram torturados, não aceitando seu resgate, para obterem superior ressurreição...”

Nesta passagem, o escritor dá exemplos de superação. Este poder de superação vem do Espírito Santo.

Precisamos entender que o inimigo sempre vai tentar nos convencer de que não podemos, de que não vamos conseguir e de que não somos capazes.

Quando assumimos estas condições, a solução para os nossos problemas fica cada vez mais distante.

Seu abatimento, sua revolta e sua falta de fé fazem com que situações, que poderiam ser passageiras, permaneçam e te consumam.

Volte para os caminhos do Senhor, peça perdão, e peça para que Ele te ensine a vencer essa guerra!

Deus já ensinou tantos outros guerreiros! Vou citar o exemplo de Josué! Imagine você rodear os muros de uma cidade, que equivalia a três estádios do Itaquerão? Imagine você ver muros intransponíveis e, mesmo assim, crer que você terá condições de derrubá-los?

Foi isso o que aconteceu com Josué e com o seu exército. Eles rodearam seis vezes os muros e, na sétima vez, eles gritaram! O que aconteceu? As muralhas ruíram! O que eles fizeram para isso acontecer? Seguiram uma direção do Senhor.

Sabe, a fé abre caminhos. O milagre não depende das suas condições, mas da sua fé!

Quem entrega sua vida a Jesus, em vez de encarar aquele problema e falar: “As muralhas são impossíveis de serem derrubadas!”, vai dizer: “Estão próximas de cair!”

Quando você tem Jesus, você passa a enxergar as situações de uma maneira diferente! O Espirito Santo começa a trabalhar no seu interior, e o mal cai diante de você.

Levante-se e receba o poder de superação, porque, para Deus, não há impossíveis. 

Você verá o Espírito Santo transformando tudo aquilo que veio para te derrubar em um grande milagre!


Pense nisso!

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Esta luta tem dia e hora para acabar!


Salmo 30.5: “Para a sua ira durar só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã."


O salmista garante que o nosso choro não é permanente. Deus promete enxugar nossas lágrimas. Toda dor que estiver assolando a nossa vida, Ele transformará em alegria.

A Palavra de Deus é um verdadeiro refrigério para nossa alma. Em Romanos 8.18, está escrito que as aflições deste tempo não podem ser comparadas, de modo nenhum, com a glória que nos será revelada. 

Não desista! Você vai conseguir passar pelas aflições que estão tentando te amedrontar e te fazer sofrer. Mantenha os olhos focados em Jesus Cristo. Ele é nosso escudo, nossa fortaleza e o nosso socorro bem presente nos momentos de angustia e aflição.

Quando a Palavra de Deus deixa de ser um texto que lemos, para ser a verdade que praticamos, vivemos, em toda e qualquer situação, o Seu sobrenatural.

Ainda que esta noite de choro dure uma semana, um mês, um ano, a nossa certeza é que cada dia é um dia a menos. Cada hora é uma hora a menos.... Estamos cada vez mais próximo do amanhecer de Deus em nossas vidas. E toda a alegria, que este amanhecer  vai trazer, faz com que renovemos nossas forças e enxuguemos nossas lágrimas. Até porque, em tempo de guerra, não se chora, se luta! Sabemos que a alegria vem, a vitória vem!

Tenha certeza, em seu coração, de que luta tem dia para começar e para acabar. O que nunca acaba é a bênção de Deus em nossas vidas!

Hoje, quero te pedir uma coisa: mais do que ficar só pensando desta forma, viva desta maneira! Renove suas forças! Espere em Deus, porque Ele tem planos superiores para a sua vida!

Creia e ande por esta fé!

Isaías 40.1 e 10 “Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus. Eis que o Senhor virá com poder, e o seu braço dominará, eis que o nosso garladão está com Ele, e diante dele, a sua recompensa.”.

Pense nisso!

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Escolha o caminho da luz!


Atos 26.12 a 19: “Com estes intuitos, parti para Damasco, levando autorização dos principais sacerdotes e por eles comissionado. Ao meio-dia, ó rei, indo eu caminho fora, vi uma luz no céu, mais resplandecente que o sol, que brilhou ao redor de mim e dos que iam comigo.  

E, caindo todos nós por terra, ouvi uma voz que me falava em língua hebraica: Saulo, Saulo, por que me persegues? Dura coisa é recalcitrares contra os aguilhões. Então, eu perguntei: Quem és tu, Senhor? Ao que o Senhor respondeu: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. 

Mas levanta-te e firma-te sobre teus pés, porque por isto te apareci, para te constituir ministro e testemunha, tanto das coisas em que me viste como daquelas pelas quais te aparecerei ainda, livrando-te do povo e dos gentios, para os quais eu te envio,  para lhes abrires os olhos e os converteres das trevas para a luz e da potestade de Satanás para Deus, a fim de que recebam eles remissão de pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim. Pelo que, ó rei Agripa, não fui desobediente à visão celestial...”

Paulo ia para Damasco disposto a dar carta de prisão para aqueles que confessavam o nome de Jesus. Em Atos 9, está escrito que ele respirava ameaças e morte.

De repente, no meio do caminho, ele viu uma luz e ouviu a voz de Deus, que o enviou para pregar o evangelho.

Aquela experiência mudou a vida de Paulo e o transformou em um novo homem. Aquele que perseguia os cristãos tornou-se um dos maiores pregadores da história.

Hoje, eu quero te perguntar: Quais vozes você tem escutado? As vozes que te tornam uma pessoa amarga, incrédula, estressada, desanimada, enlouquecida...?

O que você enxerga para o seu futuro?

Sabe, está na hora de você ter uma experiência com Deus!

Sabe o que você precisa para sair desta depressão? Ouvir a voz do Espírito Santo e receber luz no seu interior, porque seus pensamentos e sentimentos têm te colocado em ambiente de trevas.

Hoje mesmo, você vai levantar sua mão e orar: “Senhor, derrama sua luz na minha vida e me dê a visão que me liberta desta morte, deste medo, destes pensamentos de destruição e destes sentimentos de morte!”.  Abra o seu coração! Se você fizer isso, você será liberto!

De repente, assim como Paulo, você pode estar trilhando o caminho errado e alimentando sentimentos de morte, mas esta luz vai te tirar das trevas!

Clame por Jesus, e sua vida será transformada! 

Pense nisso!

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

O perdão é o caminho para a liberdade!


Mateus 18.23 a 35: “Por isso, o reino dos céus é semelhante a um rei que resolveu ajustar contas com os seus servos. E, passando a fazê-lo, trouxeram-lhe um que lhe devia dez mil talentos. Não tendo ele, porém, com que pagar, ordenou o senhor que fosse vendido ele, a mulher, os filhos e tudo quanto possuía e que a dívida fosse paga.  Então, o servo, prostrando-se reverente, rogou: Sê paciente comigo, e tudo te pagarei.

E o senhor daquele servo, compadecendo-se, mandou-o embora e perdoou-lhe a dívida. Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos que lhe devia cem denários; e, agarrando-o, o sufocava, dizendo: Paga-me o que me deves. Então, o seu conservo, caindo-lhe aos pés, lhe implorava: Sê paciente comigo, e te pagarei. Ele, entretanto, não quis; antes, indo-se, o lançou na prisão, até que saldasse a dívida.

Vendo os seus companheiros o que se havia passado, entristeceram-se muito e foram relatar ao seu senhor tudo que acontecera. Então, o seu senhor, chamando-o, lhe disse: Servo malvado, perdoei-te aquela dívida toda porque me suplicaste; não devias tu, igualmente, compadecer-te do teu conservo, como também eu me compadeci de ti?  

E, indignando-se, o seu senhor o entregou aos verdugos, até que lhe pagasse toda a dívida. Assim também meu Pai celeste vos fará, se do íntimo não perdoardes cada um a seu irmão.”

Muitas coisas na sua vida não vão para frente porque o lugar da bênção está sendo ocupado pelo ódio, pela mágoa e pela falta de perdão.

É complicado e muito difícil perdoar quem nos fez mal ou quem prejudicou alguém que amamos. É triste ser vítima de atos de ingratidão e de injustiça.

É triste ver aquele relacionamento que você tanto investiu acabar, porque, para aquela pessoa, não é mais conveniente estar ao seu lado.

Eu não sei o que aconteceu com você.  O que eu sei que é que você pode até ter razão para não querer perdoar, mas você precisa ter um movito maior para sair de tudo isso! Um deles é a sua liberdade! Talvez a pessoa que te prejudicou não mereça perdão, mas você merece ficar livre deste tormento.  Você sabia que a falta de perdão nos deixa nas mãos dos atormentadores?

Na Bíblia, há um exemplo clássico deste tormento. Em Hebreus 12, nós vemos a história de Jacó e Esaú. Eles eram irmãos gêmeos. Esaú nasceu primeiro e teria que, teoricamente, receber o direito de primogenitura, mas Deus havia escolhido Jacó.

Esaú ficou tão descompensado, que não conseguiu usufruir as bênçãos que já havia recebido de Deus! Ele ficou enlouquecido e tomado pelo ódio!

Ele buscou um caminho de arrependimento, mas não encontrou porque, no fundo, nunca conseguiu perdoar seu irmão.

Não podemos nos esquecer de que o trabalho do diabo é matar, roubar, destruir e te amarrar em sentimentos e situações que te impedem de viver o grande do Senhor, são verdadeiras cordas infernais.

Além da falta de perdão, existem outras situações que nos mantém acorrentados:

1ª) Em vez de buscar solução, procurar sempre um culpao.

Em vez disso, deseje perdoar e seguir em frente. 

2ª) Acusação.

Isso ocorre quando não nos sentimentos dignos de progredir, por causa dos erros do passado!

Hoje, você vai quebrar estas cordas infernais! Chegou a hora do basta!

Saia desta situação e venha renascer em Cristo. Entregue sua vida a Ele. Ele vai te salvar deste ódio, desta amargura, desta acusação, deste tormento... e te dará um novo caminho.


Pense nisso!

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Alegria de viver!


2 Coríntios 12.7  a 10 “E, para que não me ensoberbece com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de não me exalte. Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. 

Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo.”

Hoje, eu quero falar sobre alegria! Você deve estar se perguntando: O que está passagem tem a ver com este tema?  Calma, vou te explicar!

Você já viu algum bebê nascendo bêbado? Claro que não! A pessoa se torna um alcoólatra com o tempo. A curiosidade vira prazer, o prazer vira dependência, e a dependência se transforma em um vício. A pessoa bebe quando está triste, para afogar as magoas... bebe quando está feliz, para comemorar... bebe quando anoitece, para relaxar... bebe quando amanhece, para bater ressaca!  Mas, no fundo, é uma fonte de alegria ilusória!

A alegria é um dom de Deus! A alegria que vem d´Ele não é algo natural! Ela não depende de artifícios, situações e recompensas para se manifestar! Quando estamos cheios do Espírito Santo, ela é constante!

O álcool traz reações e sensações. Não precisa ser muito inteligente para saber quando a pessoa está sob o efeito de bebidas alcoólicas. Ela fica atrapalhada, com os ânimos alterados, tem dificuldades de realizar algumas atividades e o seu hálito já denuncia!

Da mesma forma, quem está cheio do Espírito Santo têm reações, atitudes e algumas características! São marcas que edificam, abençoam, contagiam, animam e não causam constrangimentos. A alegria é uma delas!

Você fica alegre quando acorda, porque é mais um dia que o Senhor te deu... Você está alegre ao entardecer, porque Deus já fez grandes realizações, e ainda vem muito mais pela frente... Você fica alegre ao anoitecer, porque mesmo que você tenha enfrentado dificuldades, o Senhor te conduziu em vitória e você não perdeu a paz!

Você se alegra com as coisas boas, mesmo que sejam simples! Você fica feliz com as coisas ruins, porque a sua alegria está na salvação, na esperança que você tem no Senhor!

Nesta passagem que lemos no começo, Paulo fala sobre o espinho que ele tinha na carne! Um espinho é algo pequeno, mas incomoda, inflama e infecciona.

Paulo orou e clamou por três vezes, para que aquele espinho fosse retirado. Mas Deus foi bem claro: Não adianta pedir. Eu não vou tirar este espinho, mas eu vou te dar poder, força e autoridade, a tal ponto que ele será insignificante! Você nem vai perceber que ele existe. Este espinho é um propósito que Eu tenho na sua vida.

Paulo poderia ficar arrogante com muita facilidade, aquele espinho, de alguma forma, o limitava, para ele entender que Deus está acima de tudo. Todos os atributos que Paulo tinha foram concedidos pelo Senhor! Paulo dependia de Deus para tudo, e ele não podia se esquecer disso! A soberba poderia destruir seu ministério.

Por incrível que pareça, aquele espinho era uma prova de amor! Da mesma forma, o Senhor faz conosco! Essa luta, esse desafio, essa enfermidade e essa confusão têm um propósito maior! Deus não é déspota, Ele é um Pai de amor!

O amor de Deus nos conserva e nos preserva! Quando Paulo entendeu isso, tudo ficou mais leve!

Existem pessoas que se perdem por causa do dinheiro, por causa da aparência, perdem-se na fama... Será que Deus não permitiu que você não alcançasse determinados patamares, porque Ele não te ama, ou por que Ele quer te preservar? Nada dessas coisas que eu acabei de citar são garantia de felicidade!

Aquele espinho era para que Paulo lembrasse que a graça do Senhor bastava! Sabe o que é graça? É um favor imerecido, é viver o inesperado, é viver livramentos, é ter vitórias, mesmo no despreparo, é ter conquistas antes inatingíveis... é viver o sobrenatural!

Depois daquela experiência, Paulo não foi mais o mesmo. O discurso dele mudou: Está tudo certo, vou me alegrar nas tribulações e nas guerras, porque nada disso vai me deter; a graça do Senhor está sobre mim... Tudo será efêmero perto da glória que me será revelada!

Eu sei bem o que é isso! Eu tenho essa alegria! Essa alegria resistente, insistente, persistente e permanente no meu espírito!

Se você está passando pelo dia da perda, da falência, do roubo, da enfermidade, da depressão, da injustiça, da traição, do abandona... que você, assim como Paulo, entenda que é só um espinho! 

Existem pessoas que, mesmo estando cheias de platinas e pinos pelo corpo, não sentem dor. Existem pessoas que, mesmo sem possuir os membros inferiores, conseguem chegar mais longe do que qualquer outro ser humano. Nós temos tantos atletas paraolímpicos brasileiros que bateram recordes mundiais!

O dinheiro, sua condição social, familiar e física não te limitam, o que te limita são os seus afetos!

Esse espinho é pra te lembrar que a grandeza vem do Senhor. Quando você faz d´Ele o Teu pastor, nada te faltará!


Pense nisso!

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Lute com as armas certas!


2 Coríntios 10.4: “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas”.

Quando falamos sobre guerra espiritual, muitas pessoas acabam ignorando os sofismas. O que é sofisma: Simplificando, é aquilo que parece, mas não é.

Vou citar um exemplo! Você olha para o seu casamento e afirma: “Acabou!”. Mas será que acabou mesmo? Acabou ou existe uma arma espiritual que vai anular este sofisma?

Na verdade, não acabou! É você que não está lutando pelo seu casamento com as armas certas. Não adianta chorar, não adianta berrar, não adianta tentar achar um culpado! Ajuda, sim, usar armas espirituais que podem mudar este cenário. 

Há armas espirituais que trazem luz para os caminhos do seu marido, por exemplo, para que ele enxergue as escolhas erradas que ele tem feito. Há armas espirituais que podem transformar seus desejos, a ponto de ele não querer mais se associar com essas malignidades.

É isso que o jejum, a oração e o louvor fazem! As armas espirituais são libertadoras. Existem pessoas que estão presas em fortalezas. Fortalezas da prostituição, fortalezas das drogas, fortalezas do ódio, fortalezas da baixa autoestima...

Sem a guerra espiritual, não tem acordo. Sabe quem Deus ouve? Não é aquela pessoa que está se lamentando, mas é aquela que clama com fé!

Não se conforme com esta situação que você está vivendo. Conformar-se é tomar forma!

Levante-se, erga a cabeça e venha renascer em Cristo! Vá para a Igreja. Lute com as armas que o Senhor te deu. Em vez de ter uma vida de lamentações, tenha uma vida de oração.

Você vai ver o seu casamento ser transformado, você será renovada em forças! Você vai resistir no dia mau e vai ter vitórias no Senhor.

Sabe, existem pessoas que não conseguem se controlar, não querem errar, mas erram. Não têm forças. Não gostariam de agir como agem, não gostariam de falar o que falam. Do que elas estão precisando? De uma libertação! A pessoa só é liberta quando a luz de Deus raia no seu interior. De repente, ela começa a enxergar com uma nova perspectiva e não consegue mais ser como era. Ela passa a conhecer a verdade, e, através dela, é liberta!

Hoje, eu quero te falar que, em Cristo, há libertação. Em Cristo, há uma nova vida. Para Ele, não existem situações irreversíveis.

Se você tem uma situação na sua vida pendente, você precisa de revelação, de luz! Esta luz é Jesus Cristo. Você também precisa aprender a usar as armas espirituais, que passam também pelo perdão e pela nossa humilhação diante de Deus.

A mudança não começa nos outros, mas em nós. Começa quando a gente resolve não sofrer mais e decide buscar solução.

Em vez de se relacionar com o problema, você vai se relacionar com a solução. E esta solução está a uma oração de distância. 


Pense nisso!