Páginas

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Quem disse que andar sozinho é melhor?


Eclesiastes 5.9 e 10: “Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante.”.

Existem pessoas que não sabem andar em grupo! Ninguém consegue prevalecer estando sozinho! Por mais resistente que seja, sempre dois serão mais fortes que um! Por isso, nós sempre falamos da força do Corpo de Cristo!

Existem pessoas que são extremamente egoístas, inseguras e acabam ferindo outras, por medo de perderem suas posições!

Vou dar uma dica: não se compare com ninguém! Cada um tem uma missão na terra! Existem promessas de Deus para todo mundo! Na teoria, você diz: Amém! Mas, na prática, é outra história... Vou citar alguns exemplos!

Existem meninas que brigam por causa do mesmo garoto! O mais impressionante é que todas elas receberam um sinal de Deus de que ele seria o escolhido. Mas será que foi Deus mesmo? Porque pode ser uma infinidade de situações que acabam iludindo. Elas confundem a voz de Deus com uma carência, com uma expectativa, com uma atitude, com um ato de gentileza, com uma postura... Pequenas coisas que as deixam obcecadas: Bispa, se não for aquele, não é mais ninguém!

Existem pessoas que são centralizadoras no trabalho. Não delegam tarefas, não dividem informações e ficam tão acumuladas, que precisam levar serviço para casa! Ficar doente? Nem pensar!

O teu desejo de aparecer, de mostrar que você é o melhor só te torna uma pessoa mais limitada ainda! O grande ensina, treina e tem mais tempo para crescer ainda mais!

Se você não souber lidar com todo o tipo de gente, sabe quando você será um bom gerente? Nunca! Porque você vai ter uma equipe despreparada, vai ficar atolado de trabalho, enquanto os outros não fazem nada e, ainda, vai ser o primeiro a levar bronca!

Será que na sua casa não é assim? Você se mata, enquanto seus filhos ficam de pernas pro ar! Você cuida mais da casa do que de você! A raiz do seu cabelo já está escura, suas unhas estão descascadas...

Não custa nada seu filho arrumar a cama, guardar as roupas, lavar a louça, manter o ambiente limpo, guardar o que usou... Mas, não! Você é tão controladora, que prefere fazer tudo sozinha! Pare e pense! Não é melhor ensinar seus filhos e ainda ter um tempo com eles? É muito fácil aliar organização com diversão! Mesmo que eles façam o básico do básico, tudo fica mais leve!

Eu conheço mulheres que contratam faxineiras, mas em vez de deixá-las fazendo o serviço, querem mostrar que limpam a casa muito melhor!

Será que não está na hora de mudar? Sinceramente, você é uma pessoa feliz? Não tem como ser feliz vivendo a vida dos outros, sendo escravo do que os outros pensam e, ainda, ser uma pessoa solitária.  Seja livre, em Jesus.

Aprenda a andar em comunhão! É melhor serem dois do que um! Este é um segredo que faz a diferença em todas as áreas da sua vida!

Dividindo, compartilhando, delegando, repartindo, você será uma pessoa mais completa e muito mais feliz!


Pense nisso

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Confie nos propósitos de Deus


Colossenses 1.9 e 10: “Por esta razão, também nós, desde o dia que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que transborde de pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual; a fim de viverdes de modo digno do Senhor, para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus.”

Quando você conhece qual é a vontade de Deus para sua vida, o medo desaparece. Quando você sabe qual é a vontade de Deus para sua vida, nenhum sacrifício é pesado, principalmente, porque ele faz parte do que você quer alcançar.

É ilusão acharmos que sem o mínimo esforço conquistaremos algo. Por exemplo, se você quer ter conhecimento, não tem segredo, você precisa estudar, se matricular em uma escola, ou em uma faculdade e separar um tempo para esse investimento valer a pena.

Se você quer emagrecer, tem que ter disciplina, procurar um nutricionista, fazer uma dieta adequada, praticar um esporte...

Qualquer meta que você queira atingir requer um investimento. O próprio Deus investiu em nós, seres humanos, quando entregou seu próprio filho, Jesus.

A vontade do Senhor envolve crescimento e desenvolvimento, para que nós possamos alcançar Sua imagem e semelhança.

Quando você tem consciência de que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável, mesmo que ela envolva um determinado sacrifício, as lutas, as guerras e as adversidades tornam-se leves e momentâneas.

O propósito de Deus é nos tornar maduros e livres de todo o mal.

Essa enfermidade veio para que você conheça o poder de cura que há no sangue de Jesus e, principalmente, para que você desenvolva a sua fé!

Essa guerra que você está enfrentando tem um propósito!

Davi enfrentou guerras, porque as riquezas que Israel precisava estavam nas mãos do inimigo. Davi passou por situações desgastantes, por dificuldades, precisou ter disciplina, treinar, lidar com as afrontas dos seus adversários e correu risco de morte.

Essa guerra que você está enfrentando na sua casa é para que você conquiste os tesouros que você precisa para ter um lar feliz!

No caso das mulheres, para que elas adquiram sabedoria e equilíbrio para lidar com as situações de crise, e não enlouqueçam a todos com os seus chiliques.

Em relação aos homens, as guerras acontecem para que eles aprendam a assumir a posição de sacerdote do lar, aquele que transmite confiança e segurança para o restante da família.

Mude suas prioridades. Em vez de ficar se comparando aos outros, busque saber qual é o propósito de Deus para sua vida! Busque viver, em cada situação, a vontade d´Ele.


Pense nisso!

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

O versículo que mudou minha história


Hoje, eu quero repartir com vocês um versículo que me ajudou demais em um período em que eu me senti abandona e perdida! Eu não sabia nem como começar o dia! Alias, eu já acordava chorando, desesperadamente!

Eu programava o despertador para as cinco horas da manhã. Quando ele tocava, eu não levantava, eu simplesmente me jogava da cama e, quase sem forças, colocava meu joelho no chão e começava a orar!

Em um desses momentos de oração, Deus me visitou, através do livro de Isaías 11.2: “Repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do Senhor.”.

Essa Palavra me ajudou, porque eu estava desorientada, não sabia o que fazer, como fazer...Mas, a partir daquele dia, minha postura e minha oração mudaram: “Senhor, eu sei que o Espírito de conselho e de fortaleza está sobre Ti, por isso, me mostra a direção certa e me dê forças, para que eu não desista no meio do caminho”.

Na passagem que acabamos de ler, também está escrito que repousa sobre Ele também o Espírito de sabedoria e de entendimento.

Eu precisava entender o momento que eu estava vivendo e ter sabedoria para vivê-lo da melhor maneira possível.

Quando nós passamos pelas dificuldades sem murmurar, confiando em Deus, Ele nos honra.

Naquele período difícil, eu orava para que o Senhor colocasse as palavras certas em minha boca. Eu não queria ser como a mulher de Jó.

Eu pedi para que Ele derramasse sobre mim o Espírito de temor, porque, eu não queria que o sofrimento me afastasse do amor de Deus. Eu queria zelar por essa relação, acima de tudo!

Buscá-lo se tornou um hábito para mim. Quando eu fiz daquela Palavra a minha verdade, passei a encarar as situações de outra maneira. Tudo ficou mais leve!

É esse o conselho que eu quero deixar para vocês! Não viva em função dos problemas. O conselho, a força, o entendimento e a sabedoria que você tanto precisa para enfrentar cada lua estão a uma oração de distancia! Pense nisso!

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

A gratidão torna a vida mais leve!


1 Samuel 17.37: “Disse mais Davi: O Senhor me livrou das garras do leão e das do urso; ele me livrará das mãos deste filisteu. Então, disse Saul a Davi: Vai-te, e o Senhor seja contigo.”.

Davi é uma das pessoas que eu mais admiro na Bíblia. Sem sobra de dúvida, ele era um homem segundo o coração de Deus.

Esta passagem que acabamos de ler mostra qual era o Espírito que habitava nele. Davi não tinha uma memória de dor e sofrimento. Ele enfrentou dificuldades, guerras, perseguições, conflitos familiares, mas não se tornou uma pessoa amarga e pesada.

Quem luta com o leão sai, no mínimo, arranhado! Quem enfrenta um urso deve sair, no mínimo, com um hematoma ou com um membro quebrado!

Eu não sei se ele chegou a se machucar, mas uma coisa é certa: ele não saiu destas situações com a alma ferida, pelo contrário, Davi tinha um coração grato por todos os livramentos que viveu.

Em vez de se desesperar, diante das adversidades, ele pensava: O mesmo Deus que permitiu que eu vencesse um urso e um leão, me dará vitória contra o gigante Golias!

Hoje, eu quero deixar um conselho! Quando você tem uma memória de gratidão, você fica renovado! Talvez, você tenha passado por uma situação muito critica, ou uma luta que durou mais de 15 anos, mas Deus te deu graça, te fortaleceu e te supriu em tudo!

Isso é o suficiente para você enfrentar o que vier pela frente, sabendo que o Senhor é contigo e te conduzirá em triunfo.

Esse é um dos benefícios da gratidão! Se você, de repente, pensar em todas as situações difíceis que viveu e começar a “metralhar” os outros com suas reclamações e murmurações, você nunca será uma pessoa vitoriosa, você nunca vai evoluir e amadurecer como ser humano!

Qual é a diferença entre aquele que nem chegou a dar o primeiro passo e aquele que parou no meio do caminho? Nenhuma! Mas você vai até o fim, em nome de Jesus!

Davi enfrentou o leão, depois o urso e depois o gigante. Sabe o que aconteceu depois? Ele foi coroado rei!

Quando renovamos nossas forças, através da gratidão, somos curados de todas as sequelas das guerras que enfrentamos.


Pense nisso!

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Simplesmente e, ao mesmo tempo, complicadamente cansada!


Olá tudo bem? Depois de muitos pedidos, eu decidi postar um “Pensamento do Dia” baseado no livro “Coração de Mãe”. 

Quando comecei a escrever, Deus me deu uma estratégia: registrar, apontando diversas situações que envolvem a relação entre mães e filhos.

Hoje, eu quero dividir com vocês um pedacinho de uma das cartas. Esta é de mãe para mãe, falando sobre o cansaço. Como se nenhuma mãe ficasse cansada, não é mesmo?

Para você entender o contexto, abra sua Bíblia em Eclesiastes 10.16 e 17, que diz:  “Ai de ti, ó terra cujo rei é criança e cujos filhos se banqueteiam já de manhã. Ditosa, tu, ó terra cujo rei é filho de nobres e cujos príncipes se sentam à mesa ao seu tempo para refazerem as forças e não para bebedice”.

Simplesmente e, ao mesmo tempo, complicadamente cansada!

Parece que o mundo está sobre as nossas costas! E o pior! Nós não temos como parar! Não vemos nenhuma saída! Estamos no limite, mas ninguém compreende isso!

Muitas vezes, entregamos as rédeas de nossa vida e, principalmente, de nosso coração aos nossos filhos; seja pelo motivo que for! Por não querer que lhes falte nada, ou para compensá-los em razão da nossa ausência, ou ainda, buscando ser mais amadas.

A verdade é que acabamos funcionando de acordo com os seus “altos e baixos”. Com seus caprichos, seus desejos e suas crises...

Sabe, será que sua vida não está nas mãos de um filho viciado, de uma filha que apanha do namorado e quer continuar com ele, de um filho que não quer estudar, de filhos que estão passando por situações muito complicadas? Você não enxerga, mas, muitas vezes, você acaba se tornando refém das escolhas e dos problemas de seus filhos!

Nós temos o GAUF, Grupo de Apoio ao Usuário e Familiares, que são reuniões semanais que realizamos com dependentes químicos. Sabe o que nós percebemos? Que tanto os dependentes químicos quanto os seus familiares precisam de tratamento intenso, porque os parentes acabam ficando viciados também, viciados emocionalmente! Acabam perdendo suas forças, porque vivem em função de uma pessoa que é problemática.

De repente, seus filhos não têm nenhum tipo de problema grave, mas o seu excesso de amor está te mantendo refém, e por isso, você está tão cansada. Neste caso, sabe o que está faltando? Colocar limites! Você não está conseguindo se posicionar e acaba assumindo uma carga maior do que você pode suportar. Isso não ajuda seus filhos, pelo contrário, os sufoca!

Em nome de Jesus, você vai pedir ao Senhor sabedoria, graça e força para mudar seu comportamento. Esta mudança vai trazer uma alteração na engrenagem do funcionamento da sua casa! Lembre-se, a mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola a derruba com suas próprias mãos. Hoje, você vai buscar equilíbrio! Não vai deixar largado, mas também não vai sufocar!

Sabe, perdoe-me a franqueza, mas, muitas vezes, a nossa tolice é amar além do necessário. Seca mata, mas enchente mata também, sabia?

Você não vai ser aquela mãe que vai perecer no paraíso, porque isso já é algo desconexo. Padecer no inferno é até compreensível, mas no paraíso, é loucura! Você vai ser aquela que se alegrará no paraíso, com a herança que Deus deu.

Esteja seu filho passando pelo que for, você vai ter alegria e vai desfrutar da honra e da benção de ser mãe! Não deixe alguém que é imaturo emocionalmente, que não tem vitalidade, experiência, ou alguém que você ama demais, dirigir sua vida. 

Coloque Deus em primeiro lugar, e Ele te dará sabedoria para administrar qualquer situação que se levantar para abalar a estrutura da sua família. Pense nisso!

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Vítima ou vencedor?


Salmo 73.1 a 5:  “Com efeito, Deus é bom para com Israel, para com os de coração limpo. Quanto a mim, porém, quase me revelaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos. Para eles, não há preocupações, o seu corpo é sadio e nédio. Não partilham as canseiras dos mortais, nem são afligidos como os outros homens.”.

Hoje, quero deixar a seguinte pergunta para você: Essa luta que você está passando é para sofrer ou para vencer?

Se for para sofrer, uma boa maneira, alias, uma das melhores, é ficar olhando para os lados, se comparando com os outros. Mas não com aqueles que estão piores, mas com aqueles que estão mais felizes e vivem melhor do que você!

Se for para vencer, é melhor se conscientizar do seu desafio e buscar ao Senhor. Se os outros estão superando mais ou menos que você, sendo corruptos e indignos... Isso não é seu problema e nem sua solução!  Na verdade, olhar para os lados, só nos torna mais vulneráveis!

O nosso socorro vem do alto, vem do Senhor, que fez os céus e a terra! Ele está te guardando e te protegendo!

Por isso, em vez de ficar procurando culpados ou justificativas, vá atrás da solução. Olhe somente para Jesus e busque-o, em oração! Busque forças e ajuda aonde Ele derrama sua bênção. Sabe de qual lugar estou falando? Da Casa do Senhor.

Quero finalizar o Pensamento de hoje, com Hebreus 4.16:  "Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.".

Pense nisso!

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Fazendo das lutas grandes oportunidades!


Atos 15.22: “Então, pareceu bem aos apóstolos e aos presbíteros, com toda a igreja, tendo elegido homens dentre eles, enviá-los juntamente com Paulo e Barnabé, a Antioquia: foram Judas, chamado Barsabás e Silas, homens notáveis entre os irmãos.”.

Ainda que você, aos olhos humanos, esteja em desvantagem e sem perspectiva de mudança de vida, em Romanos 8.28, está escrito que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e daqueles que são chamados segundo o Seu propósito.

Enxergue, hoje, esta situação como uma oportunidade que Deus está te dando para mostrar ao mundo a sua vitória. O Senhor te fará um referencial a outros, te dará notabilidade, destaque e, por consequência, a liderança que vem do Espírito.

Quando encaramos os problemas e não nos afogamos em murmurações, nas drogas, no álcool, na depressão... Deus nos concede uma capacidade realizadora, de tal maneira que um de nós vale por mil e dois, por dez mil. Ele tem como uma das bênçãos espirituais a sabedoria que vem dos céus.

Tiago 1.5: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida”.

Deus tem liderança e notabilidade para sua vida, porém isso depende de sua fé e atitude diante das situações. O Senhor Jesus nos diz: “Vós sois luz do mundo e sal da terra”. Deus quer te honrar para que o mundo reconheça em você a presença do Espírito Santo de Deus.

O Apóstolo Paulo nos adverte, dizendo que não podemos ignorar os intentos do diabo. 

2 Coríntios 2.11: “Para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios.”

O inimigo quer te diminuir, subtrair, te destruir e a melhor forma de conseguir isso é tocando em seus sentimentos. Colocando pessoas para te criticar, julgar e desanimar.

Se o trabalho de Satanás é esse, o trabalho do Senhor é de nos restaurar, abençoar e acrescentar.

O grande problema é que não sabemos respeitar o tempo.  Em Eclesiastes 3, está escrito que há tempo para todas as coisas debaixo do céu. Há tempo de semear e a há tempo de colher. Entre um e outro, há um intervalo.

A única forma de realmente sermos notados, reconhecidos é nos levantando na força e na sabedoria que vêm de Deus, enfrentando, perseverando e buscando ao Senhor.

O reconhecimento vem por meio de vitórias que temos nos reverses, problemas, carências e assolações pelas quais passamos.

Passamos, muitas vezes, por tribulações, mas precisamos ter a certeza de que não estamos andando para trás. Pode ser incompreensível, mas você está debaixo da Palavra de Neemias 13.2, que diz que o Senhor transforma a maldição em benção, para que Seu nome seja glorificado em nossas vidas.

Persevere! Lembre-se de que esta luta, vergonha ou enfermidade veio para que, através de você, todos vejam a Glória de Deus.

Pense nisso!