Páginas

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Prosperidade em tempos de crise

Estamos enfrentando uma fase econômica muito difícil em nosso país! São dias de crise de falta de esperança e de más notícias. Mas, historicamente, o povo de Deus vive a diferença! O Senhor nos levantou para sermos luz do mundo! O Senhor nos levantou para mostrar que existe diferença entre aqueles que servem e aqueles que não servem a Ele!

Hoje, eu quero mostrar o quanto nossas atitudes podem cooperar ou dificultar no cumprimento do plano de Deus:

Quero te convidar a meditar comigo em 2 Crônicas 16: 7 e 8 “Naquele tempo, veio Hanani a Asa, rei de Judá, e lhe disse: Porquanto confiaste no rei da Síria e não confiaste no SENHOR, teu Deus, o exército do rei da Síria escapou das tuas mãos. Acaso, não foram os etíopes e os líbios grande exército, com muitíssimos carros e cavaleiros? Porém, tendo tu confiado no SENHOR, ele os entregou nas tuas mãos.”

Asa era filho de um rei que vivia com medo de ser atacado. Seu exército era pequeno e fraco! Para “proteger” seu povo, ele decidiu, então, fazer aliança com os inimigos! Mas, no final das contas, fez o pior negócio. A Casa de Deus ficou destruída, e o povo não tinha mais ofertas para entregar ao Senhor! Tudo o que eles produziam era desfrutado por estrangeiros!

Mesmo que a nossa realidade seja diferente, nós passamos por situações similares! Vou dar um exemplo! Quando você usa o cheque especial, qual é a taxa de juros? Em torno de 10%! Equivale ao dízimo que é do Senhor! Você não tem para entregar o dízimo, mas tem para o banco!

 Voltando à história...

Aquele reino vivia de guerra em guerra! Quando Asa assumiu, decidiu fazer tudo diferente: “Não vamos mais alimentar o inimigo! Vamos restaurar a Casa de Deus! Vamos tirar os outros deuses! Vamos entregar o que é de Deus para Deus!”.

Sabe o que aconteceu? O povo voltou a prestar cultos ao Senhor, começou a ofertar, entregar os dízimos...

Deus os prosperou e lhes concedeu um período de paz! Eles chegaram a vencer exércitos imensos! Tiveram vitória contra os líbios, contra os etíopes...

Sabe, nós precisamos entender que a nossa vitória também está ligada à nossa perseverança!

Existem pessoas que se afastam de Deus em momentos de extrema crise e nos momentos de extrema prosperidade! Isso é muito perigoso! Nós não podemos esquecer o que o Senhor já fez por nós! A arrogância e a ingratidão nos tornam presa fácil do inimigo! Nós não podemos esquecer de que a nossa vitória está mais condicionada à nossa postura no mundo espiritual do que pela força do nosso braço! E, acima de tudo, precisamos ter uma relação de amor com Deus, não de troca!

Depois de dez anos, o povo esqueceu os momentos de paz! A fé esfriou! O que aconteceu? Um reino se levantou e montou uma fortaleza ao redor do império de Asa. Ninguém podia entrar e ninguém podia sair de Judá! Ou seja, eles não podiam importar e exportar nada! A fonte de abastecimento secou! Foi uma das piores crises econômicas que aquele povo já enfrentou!

Em vez de buscarem a Deus e fazerem votos no altar, eles cometeram abominações! Pegaram os tesouros que estavam na Casa do Senhor e fizeram uma aliança com o povo inimigo. Asa preferiu trilhar o mesmo caminho que o pai!

O profeta Hanani o alertou sobre as consequências de suas escolhas: “Essa vitória escapou da sua mão, porque em vez de honrar sua aliança com Deus, você fez aliança com os inimigos! Daqui para frente, você só vai viver guerras!”. E foi exatamente isso o que aconteceu!

Em nome de Jesus, restaure o seu altar com o Senhor! Sabe quando você vai começar a viver vitória em sua vida financeira? Quando você colocar Deus em primeiro lugar!

Quando a gente honra a Deus em primeiro lugar, as vitórias não escapam da nossa mão!  Vem aquela loucura, mas o Senhor vai dando o livramento! Vai abrindo portas e vai librando o que estava retido!

Através da sua vida, o Senhor, que é dono de todo o ouro e toda a prata, vai mostrar a diferença! 

Lembres-se: Deus abençoa os retos, os íntegros e os fieis da terra!

Pense nisso!

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Nos dias de luta, não se afaste de Deus!

Muitas pessoas acham que Deus é o maior culpado das desgraças que elas enfrentam. O grande erro delas é ignorar os intentos de Satanás.

2 Coríntios 2: 11 “para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios.”

O diabo vem para roubar, matar e destruir. Como você está no meio de uma guerra, você pode ser provocado e atacado. Na Bíblia, está escrito que somos sitiados pelo inimigo. Ele fica nos rodeando em busca de uma brecha ou de alguém que ele possa tragar! Então, presente atenção!

Não faça de Deus o culpado das suas calamidades! Não fique questionando: “Por que Deus permitiu isso?” O Senhor poderia ter evitado essa situação? Poderia! Mas o propósito d’Ele é maior!

Ele enviou Jesus Cristo, seu único filho, para nos dar vitória. Ele nos protege de tal forma, que esse plano do inferno não prospera em nossas vidas!

Talvez você pense: “Como esse plano do inferno não vai prosperar, se eu pedir meu emprego?”. Queridos, perder o emprego não é o pior! Ser enganado por um sócio não é o pior. Perder uma pessoa querida não é o pior!

Eu até vou escrever um livro sobre isso, porque Deus tem me dado um consolo maravilho, nestes anos de espera!

Sabe, eu aprendi que o pior é perder a alegria de viver! O pior é você se tornar uma pessoa amarga! O pior é você se perder e se destruir nisso!

 O plano do inferno, ao contrário do que as pessoas pensam, não é tirar o dinheiro, o casamento, o emprego, um filho... O plano do inferno é nos afastar de Deus e nos destruir por dentro!

Quando satanás consegue fazer isso, viramos mortos-vivos! É como se ele roubasse nossa vida, em vida! Você deixa de ter sonhos, alegria e esperança! Tudo fica pesado e sem cor! De repente, você não quer mais viver. Sabe, é dessa forma que nós prosperamos a obra do inferno!

Ter perdido algo importante, ter dito um “até breve” para uma pessoa querida, não ter um sonho realizado... pode acontecer com todo mundo – com os bons e com os maus –.

A diferença é que quem tem Jesus como Salvador não é vencido por nada disso! Quem renasceu de verdade vence a morte, vence a traição, vence a perda, vence a frustração e vence seus próprios erros! Vence e não fica naquele estado de “acusação eterna”! Vence a baixaria deste mundo e não se deixa contaminar!

Então, o que pode me proteger? Minha comunhão com Deus! Hoje, eu quero te desafiar a fazer, no mínimo, cinco minutos de oração por dia!

Levante as mãos para o céu e fale o que está no seu espírito: “Deus, eu quero colocar minha situação diante de Ti, porque eu tenho me esforçado, mas parece que nada dá certo! Parece que eu nunca vou sair do lugar! Senhor, eu sei que isso é uma obra do inferno para me paralisar, para me arrebentar, para me destruir, para acabar com minha alegria de viver. Só que eu estou vivo (a)! Senhor, ajuda-me! O Senhor é vida! Ressuscita-me! Quero entregar minha vida em suas mãos! Ajuda-me a vencer essa situação. Dê-me o caminho, porque Jesus é o caminho!”.

No meio desta traição, existe um caminho! No meio deste funeral, existe um caminho! No meio deste abandono, existe um caminho! No meio deste desemprego, existe um caminho!

O Senhor te dará paz e alivio! Você vai sair desses momentos de oração restaurado e renovado! E, com o passar do tempo, você vai, orando, louvando, lendo a Bíblia... Isso vai te fortalecer! Isso é comunhão com Deus! Você começa a ir à igreja e ouve a Palavra de Deus, que é a fonte da nossa fé! Essa fé vence o mundo!

De repente, sem perceber, você já superou tudo, porque é um processo natural!  Ainda que no começo seja difícil, o Espírito Santo vai te ensinar a viver de uma maneira diferente, a ter outras alegrias, a ter a motivação que vem do céu!

Ele vai devolver o brilho dos seus olhos e te dar alegria de viver! É hora de começar a ser amigo de Deus! É hora de ter comunhão com o Pai!


Na igreja, lendo a Bíblia, você vai receber a palavra que te livra daquilo que é mortal. Através da oração, do louvor e do voto, o Espirito Santo vai te ensinando e te capacitando para você ser mais que vencedor em tudo! 

Pense nisso!

terça-feira, 19 de maio de 2015

Cansei de esperar!

Gênesis 18: 9 a 15 “Então, lhe perguntaram: Sara, tua mulher, onde está? Ele respondeu: Está aí na tenda. Disse um deles: Certamente voltarei a ti, daqui a um ano; e Sara, tua mulher, dará à luz um filho. Sara o estava escutando, à porta da tenda, atrás dele. Abraão e Sara eram já velhos, avançados em idade; e a Sara já lhe havia cessado o costume das mulheres. Riu-se, pois, Sara no seu íntimo, dizendo consigo mesma: Depois de velha, e velho também o meu senhor, terei ainda prazer?

Disse o Senhor a Abraão: Por que se riu Sara, dizendo: Será verdade que darei ainda à luz, sendo velha? Acaso, para o Senhor há coisa demasiadamente difícil? Daqui a um ano, neste mesmo tempo, voltarei a ti, e Sara terá um filho. Então, Sara, receosa, o negou, dizendo: Não me ri. Ele, porém, disse: Não é assim, é certo que riste.”

Sara estava desgastada e esgotada. Depois de 30 anos, andando atrás de uma promessa, ela continuou estéril. Sabe, queridos, o caso dela era bastante delicado. É diferente daquelas mulheres que chegaram a engravidar, mas tiveram um aborto espontâneo. É diferente do caso daquelas mulheres que não conseguem segurar uma gravidez por causa de problemas de saúde! Sara não chegou nem perto. Não tinha um pingo de esperança!

Naquela época, Abraão não era íntimo de Deus. Ele ouviu apenas uma vez a voz do Senhor e se dispôs a ter uma relação profunda com Ele. E, depois de tantos anos, aparecem dois anjos – dois homens cheios de autoridade que foram reconhecidos como anjos – para deixarem uma mensagem que mudaria a história daquele casal: “Daqui um ano, nós voltaremos! Nesse tempo, sua mulher terá um filho!”.

Sara, ouvindo aquela profecia, começou a rir. Aquela risada tinha um tom de desabafo, revolta, rejeição... Eu até imagino que pode ter passado pela cabeça dela: “Não, não, não! Eu estou até vendo. Eu estou com 90 anos e ele, com 100. Temos idade para sermos bisavós. Não somos aptos fisicamente para isso! Eu sempre fui estéril e já passei pela menopausa. Só pode ser brincadeira! Sinceramente, eu acho que já sofri demais acreditando nessa promessa! Já me conformei, sabe? Na minha caminhada, eu presenciei muitos milagres! O Senhor me protegeu. Mas eu preciso aceitar que não nasci para ser mãe”.

Sabe, Sara era muito bonita. Os reis a cobiçaram e, por duas vezes, a levaram para se casarem com ela... Abraão, com medo, disse que era apenas irmão de Sara. Sabe o que aconteceu? Deus a livrou, a preservou e a defendeu nas duas vezes. Nenhum rei a tocou!

Sara teve experiências com Deus, mas, no momento da profecia, ela riu no seu esgotamento, no seu estado de “eterna espera”: “Pra mim, já deu! Agora, eu estou procurando um lugar em que eu possa ir daqui para melhor!”

Sabe o que Deus fez? A repreendeu, dizendo: “Por que você riu? Acaso, haverá alguma coisa demasiadamente difícil para mim?”.

Deus queria livrá-la do peso dos trinta anos de espera! Depois daquele dia, o ânimo de Sara mudou!

Talvez, você tenha perdido todas as esperanças! Mas, posso falar uma coisa? Não é por acaso que você está lendo esse post!

Talvez você nem queira mais ouvir falar nada sobre Deus! Parece que até te ofende! Mas você está vivo! E, enquanto há vida, há uma esperança!

Deus quer te curar dessa dor! Quer te aliviar desta carga de decepção, de frustração e da falta de fé!

Então, receba o poder curador, aliviador e transformador da voz de Deus! O que o Senhor disse para Sara, Ele te diz hoje: “Acaso, haverá alguma coisa demasiada difícil para mim?”.

Comece a praticar o que está em Isaías 35: 3: “Fortalecei as mãos frouxas e firmai os joelhos vacilantes.”.

Ande de acordo com o que Deus te falou, não de acordo com as circunstâncias! Restaure seu relacionamento com o Senhor. Sabe, nesses momentos, ter uma aliança com Ele faz toda a diferença. Levante-se e faça como Gideão: “Olha, essa é a última chance que eu estou me dando de viver milagres! Não é uma chance que eu estou dando para o Senhor, porque quem sou eu para dar uma chance para Deus? Mas é a minha! Eu vou acreditar mais uma vez! Vou me permitir viver esse milagre!”.

Não entregue os pontos! Venha para a igreja! Deixe a gente orar por você! Deixe a gente te ajudar, e se dê mais uma chance! Permita-se experimentar a restauração que está em Jesus Cristo!

Permita-se ter a alegria de ter se disposto e de andar pela fé!

Pense nisso!

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Pior do que cair é ficar prostrado

Salmo 145: 14 a 21 “O Senhor sustém os que vacilam e apruma todos os prostrados. Em ti esperam os olhos de todos, e tu, a seu tempo, lhes dás o alimento. Abres a mão e satisfazes de benevolência a todo vivente. 

Justo é o Senhor em todos os seus caminhos, benigno em todas as suas obras. Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade. Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva. 

O Senhor guarda a todos os que o amam; porém os ímpios serão exterminados. Profira a minha boca louvores ao Senhor, e toda carne louve o seu santo nome, para todo o sempre.”

Sabe, queridos, eu costumo dizer que pior do que cair é ficar prostrado. Pior do que errar é se conformar e ainda se condenar ao pior!

Talvez, você tenha feito diversas tentativas e chegou à conclusão de que é melhor desistir de tudo, inclusive de você mesmo!

Não entregue os pontos!

Em primeiro lugar, quem vai te reerguer é o Senhor. Então, não tente fazer o trabalho d’Ele! Abra-se para que Deus se manifeste. Você lembra do primeiro milagre que Jesus realizou? Foi em uma festa de casamento! Sabe o que faltava naquele casamento?

Com certeza, não faltou Jesus, porque Ele esteva entre os convidados! Na verdade, faltava eles se abrirem para que Cristo fosse o Senhor daquele casamento e Senhor daquela situação!

Sabe por que você caiu e não consegue se levantar? Porque você tem lutado com sua própria força. Nós temos ministrado todos os dias sobre o poder de um voto, sobre o poder de um jejum, sobre o poder da oração... A hora que você se esforçar e se valer também de uma arma espiritual, você será completamente fortalecido!

Deus é quem vai te levantar! Deus é quem vai te reerguer! Ele é quem vai te ensinar a estar de pé e a não cair mais nessa cilada do inferno! Ele é quem vai transformar essa fraqueza em honra!

Em nome de Jesus, você não pode ficar nesta situação de calamidade! Você vai contribuir para o plano de Deus e vai se santificar. Nisso, você começará a fortalecer seus elos!

O primeiro passo para a santificação é confessar o seu pecado e se arrepender de verdade! Enquanto você se preocupa somente em ficar se justificando, você não encontrará um caminho de arrependimento! Quando você assume os seus erros e se dispõe a mudar, Deus te honra!

Não enfrente essa barra sozinho! Não lute sozinho! Esteja na igreja, porque as portas do inferno não prevalecem contra ela.

Faça votos no altar que te façam ser lembrado diante do Senhor!

No Salmo que lemos no começo do nosso estudo, está escrito que perto está o Senhor de todos os que o invocam em espírito e em verdade! Essa verdade precisa estar presente nos nossos pensamentos, nos nossos sentimentos, nas nossas palavras e nas nossas atitudes.

Comece a andar pelo que você crê, não pelo que você sente, porque essa fé vence o mundo! 

Pense nisso!

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Cansado ninguém avalia vida

Mateus 9: 36 “Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não têm pastor.”

Jesus, em sua passagem pela terra, ao ver as pessoas desgastadas pela religião que só cobrava e ameaçava, se moveu em compaixão.

Aquelas pessoas estavam naquelas condições por causa do excesso de cobranças.

Se você também está exausto, sobrecarregado e sem forças para continuar, veja o que Jesus fala em Mateus 11: 28 a 30: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.”.

Sabe, minha filha Bispa Fernanda e eu temos um combinado! Quando estamos cansadas, nós não avaliamos a vida. Nós evitamos tomar atitudes decisivas, porque isso pode trazer um dano irreversível para nossas vidas!

Sabe, o cansaço só faz a gente enxergar as coisas com maus olhos! Tudo é pesado, tudo é chato, e nada está bom!

O cansaço faz com que a gente tome atitudes que nos afasta das promessas de Deus. Foi exatamente o que aconteceu com Moisés.

Quando estava cansado e desgastando, ele acabou “ferindo a Deus” como aquele povo fazia. Ele acabou ofendendo a Deus com sua incredulidade, com sua raiva, com sua falta de paciência, e perdeu a promessa. Não entrou na Terra Prometida.

Então, tome cuidado para que esse cansaço não destrua todas as áreas da sua vida!

Queridos, precisamos ir em direção a Jesus! Precisamos aprender com Ele!

Jesus Cristo é o nosso alívio! Ele mesmo disse: “Aprenda comigo, porque eu sou manso e humilde!”. O que é ser manso? É ser uma pessoa “improvocável”. É ser uma pessoa que não se rende às intimidações, porque tem como foco a missão que recebeu de Deus!

Precisamos também de humildade! Quando estamos cansados, não damos valor à opinião dos outros! Sabe, queridos, ser humilde não é ser uma pessoa necessitada, é ser uma pessoa aberta para aprender!

Na Igreja Renascer em Cristo, nós temos o Expresso na Solidariedade. Nós distribuímos alimentos e roupas para moradores de rua. Eu já vi pessoas que estavam em uma condição de extrema miséria recusarem roupas (em excelente estado), porque simplesmente não gostaram da cor. O cara é arrogante, mesmo vivendo em uma condição de miséria!

O humilde é assim: “Eu não sei! Não está dando certo do meu jeito. Senhor Jesus, ensina-me a passar por isso e vencer. Eu não quero mais estar neste estágio de esgotamento. Ajuda-me!”

Se você está cansado, vá até Jesus! O julgo d’Ele é suave, e Seu fardo é leve!
Os religiosos da época de Jesus faziam um juramento que era conhecido como “tomar o jugo da Torah”. Ou seja, eles carregavam sobre si o peso da lei!

Jesus veio para trazer outra lei para nós: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei... O meu jugo é suave, e o meu fardo é leve”.

É isso que o Senhor tem para você! Venha renascer em Cristo! Você verá como é leve! É ter uma paz que não dá para explicar! É você passar por situações difíceis sem ser consumido pelo desespero! É ter a certeza de que Deus está no controle de tudo! É ser inabalável!

Nós não servimos a Deus por medo de sermos punidos, mas porque O amamos. A gente faz, porque ama! A gente doa, porque quer! A gente O busca, porque quer estar junto!

Estar com o Senhor faz com que tudo seja suave! Com Ele, a gente aprende a estar todo o dia de bem com a vida!

Aceite Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, e você receberá, no seu espírito, essa leveza e assa suavidade!


Pense nisso! 

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Ser mãe já é o melhor presente!

Hoje, eu quero deixar uma mensagem sobre o “Dia das Mães”. Eu quero começar falando sobre o que é ser mãe!

Ser mãe é uma das maiores bênçãos que Deus pode dar para alguém na terra, porque nem todo mundo que quer ser mãe consegue ser, assim como nem todo mundo que é mãe (de fato) consegue ser mãe!


Como vem de Deus esta benção, a gente só consegue vivê-la, na plenitude, quando estamos conectadas a Ele. 

Quando não estamos nesta condição, a gente acaba fazendo do paraíso um inferno, assim como Eva!

Muitas vezes,  ser mãe acaba sendo um peso, uma carga, um choro sem fim, uma angústia, uma dor, e isso independe do seu filho ser o motivo do seu orgulho ou da sua vergonha. Isso independe do fato do seu filho ser aquela pessoa que te surpreende de forma negativa ou positiva! Existem filhos que precisam de mais ajuda e de mais dedicação que os outros, isso não quer dizer que o amor é maior! Isso quer dizer que você tem sensibilidade!

Ser mãe é uma dádiva de Deus, independente da situação! Eu tenho bastante propriedade para te falar isso, porque eu tenho filhos na carne, um filho adotivo na carne e filhos espirituais!

Posso dizer que eu tenho uma grande variedade de pessoas que o Senhor me deu como filhos! Todos os dias, Ele acrescenta! Mas, sabe de uma coisa? Sempre cabe mais um no coração de mãe!

Hoje, eu quero deixar uma mensagem! Não seja uma mãe frustrada, uma mãe cheia de dores,  uma mãe cheia de mágoas... Seja alguém equilibrada! Não extrapole! Os excessos são destrutivos. Seca mata, mas enchente mata também!

Não seja aquela mãe que sufoca o filho, de tão maravilhoso que ele é! Existem mães que acabam se tornando inconvenientes! Elas são mais artistas que o filho!

Não seja superprotetora, não seja aquela mãe que impede o filho de ter sua própria vida! Os nossos filhos não são nossos clones emocionais! Eles vão ter muitas características nossas, mas vão desenvolver suas próprias personalidades!

Eu desejo que vocês sejam as mães mais felizes da face da terra! Que vocês não carreguem nem culpas e nem acusações!

Busque estar todos os dias mais conectada a Deus! Ele vai te dar sabedoria para você lidar com cada fase da vida do seu filho.

Para cada fase da vida, existe uma maneira, um comportamento, uma postura e uma decisão a ser tomada. Nós temos que nos reciclar!

No encarte da “Bíblia da Mulher De Bem com a Vida”, eu deixei registrado 52 estudos, eles foram divididos em quatro capítulos, ou seja, dividos nas quatro estações do ano!

Nós, como mães, temos muitas outras estações! Sempre tem uma novidade, nós descobrimos o mundo com eles. Nossos filhos nos tiram da rotina, e isso é maravilhoso, eles trazem um novo sentido para nossas vidas.

Cada uma destas estações requer um preparo para não ficarmos reféns do saudosismo (cada fase traz as suas alegrias e as suas dificuldades), para não ficarmos à mercê de comparações (eles são únicos), para buscarmos sabedoria em Deus, para encontrarmos a renovação do nosso entendimento e para termos consciência de que, em cada etapa, nós ocuparemos um espaço diferente na vida deles...

Existem momentos em que nós seremos meros planos de fundo, como um cenário em que eles vão escrever suas próprias vidas! Isso não quer dizer que você será menos realizada, mas significa que você terá outras alegrias! Vai fazer parte desta linda história, ainda que seja só observando!

Que, em nome de Jesus, nós todas possamos fazer parte deste clube, desta tribo das eleitas de Deus, das mães mais felizes da terra, mesmo que a gente tenha que ser aquela mãe que abriu mão do próprio filho, que o viu subindo na cruz, sofrendo, cumprindo uma missão e sendo levado pelo Senhor! Que, mesmo em meio às dificuldades, a gente nunca abandone o nosso posto! Pense nisso!

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Quando os maus se dão bem

Hoje, eu quero falar sobre uma situação que, além de desgastar, te paralisa e te impede de se recuperar. É uma situação que o próprio rei Davi passou.

Está no Salmo 73: 2 a 25 “Quanto a mim, porém, quase me resvalaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos. Pois eu invejava os arrogantes, ao ver a prosperidade dos perversos. Para eles não há preocupações, o seu corpo é sadio e nédio. Não partilham das canseiras dos mortais, nem são afligidos como os outros homens. Daí, a soberba que os cinge como um colar, e a violência que os envolve como manto. Os olhos saltam-lhes da gordura; do coração brotam-lhes fantasias. Motejam e falam maliciosamente; da opressão falam com altivez.

Contra os céus desandam a boca, e a sua língua percorre a terra. Por isso, o seu povo se volta para eles e os tem por fonte de que bebe a largos sorvos. E diz: Como sabe Deus? Acaso, há conhecimento no Altíssimo? Eis que são estes os ímpios; e, sempre tranqüilos, aumentam suas riquezas. Com efeito, inutilmente conservei puro o coração e lavei as mãos na inocência. Pois de contínuo sou afligido e cada manhã, castigado. Se eu pensara em falar tais palavras, já aí teria traído a geração de teus filhos. Em só refletir para compreender isso, achei mui pesada tarefa para mim; até que entrei no santuário de Deus e atinei com o fim deles.

Tu certamente os pões em lugares escorregadios e os fazes cair na destruição. Como ficam de súbito assolados, totalmente aniquilados de terror! Como ao sonho, quando se acorda, assim, ó Senhor, ao despertares, desprezarás a imagem deles. Quando o coração se me amargou e as entranhas se me comoveram, eu estava embrutecido e ignorante; era como um irracional à tua presença. Todavia, estou sempre contigo, tu me seguras pela minha mão direita. Tu me guias com o teu conselho e depois me recebes na glória. Quem mais tenho eu no céu? Não há outro em quem eu me compraza na terra.”

Esse Salmo parece até uma oração sua, não é mesmo? É como se sua missão na terra fosse viver fracasso atrás de fracasso.

E o que você faz? Começa a se comparar aos outros. Você olha para o lado e vê gente ruim, gente mentirosa, gente corrupta, gente que trai e gente que não se importa com Deus se dando muito bem! São felizes, cheios de amigos e, aparentemente, bem-sucedidos!

Agora, se existe alguém que deu errado, esse alguém é você! Logo, vêm aqueles pensamentos que te deixam ainda mais para baixo: “Olha sua situação financeira!”, “Você tem 40 anos e ainda não casou!”, “Seu chefe te trata como lixo!”, “Você é horrível, por isso, ninguém te quer!”...

E para ajudar, ou piorar ainda mais a situação, vem aquele parente que nunca fala com você, mas faz questão de tocar na ferida e ainda tira sarro da sua fé: “Pelo jeito, ir para a igreja não está dando muito certo para você, né? Acho que seu Deus está de férias, e férias prolongadas!”.

Talvez, você até esteja dependendo de pessoas assim. “Já que seu Deus não te ajudou, eu vou te ajudar!”.

Eu sei que você está desgastado, confuso, indignado... mas não se deixe abater. Tudo isso acontece para você se afastar de Deus.

O diabo não quer o seu dinheiro, ele quer seu coração, quer sua adoração, quer sua vida! A guerra espiritual também é uma guerra por territórios. E, caso você ainda não tenha percebido, o território que Satanás e seus demônios querem ocupar é você mesmo. Por quê? Porque eles são espíritos. Eles precisam de um corpo para se manifestarem aqui na terra.

Eles pressionam, rodeiam e querem te fazer acreditar que seu trabalho em vão no Senhor é em vão.

Sabe, o ouro só tem valor quando ele é purificado. A prata e as pedras preciosas, quando são lapidadas. Os valores das pessoas estão em superar, em vencer e em não em abandonarem. Toda essa situação vem para que você se convença de que você é um derrotado, que você não tem jeito e que nada, absolutamente nada, vai dar certo. Esses espíritos malignos querem que você acredite que estar com Deus só piora sua vida!

Hoje, eu quero deixar um conselho: Não procure em Deus a culpa pelas suas calamidades, busque a solução!

Davi estava todo atrapalhado! Ele olhou para os lados viu reis, príncipes e servos maus felizes e com seus trabalhos prosperando.

Sabe, ficar olhando para o lado não te ajuda! Olhe para cima, o seu socorro vem de lá! Olhar para o Senhor nos traz paz e descanso. Essas pessoas que estão se “dando bem”, na verdade, estão em um local escorregadio.

Se você não consegue acreditar nisso, olhe para a situação do Brasil. Meu Deus do céu! Pessoas que foram consideradas milionárias e poderosas estão presas ou falidas.

Não viva mais em função dos outros. Viva para o Senhor! Faça d’Ele o Seu foco, o Seu apoio, a Sua vida! Assim como fez com Davi, Ele vai renovar suas forças!

Não se contamine com falatórios. Sabe, o que as pessoas falam mal de você tem a ver mais com elas do que com você! Deus não te criou para ser um derrotado, porque Ele não é derrotado. Nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus.

Busque ao Senhor, faça um voto, vá à igreja e clame para que Ele Te tire dessa morte, dessa cova, dessa fornalha de pensamentos, desse furacão de opiniões e desse clima pesado.

Na Casa do Senhor, você vai receber o poder libertador de Cristo. Ele veio para trazer um alívio aos corações e anunciar um tempo de justiça.

Se você entregar sua vida para Jesus, você vai encontrar forças para passar pelo dia mau, sem perder a alegria, a fé, a saúde e a esperança.


 Pense nisso!