Páginas

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Um poder transformador!

Joel 2.12 a 17 “Todavia ainda agora diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes; e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso e compassivo, tardio em irar-se e grande em benignidade, e se arrepende do mal. Quem sabe se não se voltará e se arrependerá, e deixará após si uma bênção, em oferta de cereais e libação para o Senhor vosso Deus? 

Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembleia solene; congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os meninos, e as crianças de peito; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu tálamo. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele. Por que diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?”.  

Querido, se você quer mudar situações em sua vida, em vez de ficar desesperado, se revoltar contra Deus e culpar a todos por este vazio que você sente, busque o Senhor. Peça ajuda, rasgue o teu coração.

Não maldiga aquele pode realizar um milagre em sua vida! Peça a Ele misericórdia! Peça para Ele te ensinar a viver cada situação. Desta forma, você vai ver sua história mudar.

São anos e anos buscando ao Senhor, e eu posso dizer que nunca fui frustrada!  

Sabe, se você tivesse a oportunidade falar algo, antes de morrer, para todas as pessoas que você ama, o que você falaria?

Depois de ficar 40 dias no deserto, Jesus disse aos discípulos: “Estejam reunidos na igreja, até estarem revestidos de poder, e saiam para ter vitória.”. Alguns voltaram à vida anterior, mas Jesus foi atrás e reforçou Sua palavra.  

O Senhor quer te revestir de autoridade, para que você tenha vitória. Este poder está disponível para você viver as mesmas obras que Jesus realizou e maiores ainda. É o poder de transformar um vexame de um casamento em uma festa maravilhosa. É o poder de transformar um velório em uma celebração, assim como ocorreu quando Jesus ressuscitou o filho da viúva de Naim!

Jesus está entre nós! Busque-o!


Pense nisso!

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Resista porque essa luta tem dia e hora para acabar!

Mateus 4.3 e 4: “Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.”.

Jesus jejuou durante 40 dias porque ele tinha inimigos para vencer. Em Mateus 17, está escrito que há castas de demônios que só saem com jejum e oração.

Quando Ele estava próximo de terminar aquele tempo de consagração, Satanás aparece para atormentá-lo e tentá-lo: “Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães!”.

Jesus estava com fome, mas Ele tinha, como arma, a Palavra de Deus. Ele não permitiu que a necessidade momentânea matasse sua vontade de vencer.

Com sabedoria, ele resistiu às investidas do seu adversário: “Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus!’”.

Chegou o momento de você fazer o mesmo! Chegou o momento de você não ceder mais às suas carências carnais!

Não permite que uma necessidade momentânea mate o futuro de bênçãos que o Senhor tem para você!

O fato de uma portar ter fechado não significa que Deus não possa abrir uma maior e melhor.

Você não vai mais viver só de força humana, mas da graça do Senhor derramada sobre sua vida.

Quantas vezes, neste ano, você acordou sem motivações? Mas o que você fez? Levantou-se e foi à luta! Isso significa que, das suas fraquezas, você tirou forças e começou a andar pela fé.

Resista até o fim, e este mal sairá do seu caminho.


Pense nisso!

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Renovo de forças

Salmo 144.1: “Bendito seja o Senhor, minha rocha, que adestra as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra”.  

Davi estava louvando a Deus porque recebeu d’Ele forças para ir à guerra!

O que isso quer dizer? Que devemos buscar de Deus poder de resistência e condições para lutarmos.

Mas o que é mais comum acontecer? Entregarmo-nos ao desânimo, ao sentimento de impotência e de autocomiseração.

Não assuma mais a condição de vítima, mas daquele que vai sair da crise mais que vencedor!

Murmurar não resolve. Guerra a gente vence lutando, não se lamentando!

Busque poder de Deus! Ele te dará sabedoria para agir, força para lutar e fé para sair desta situação em vitória.



Pense nisso!

terça-feira, 21 de junho de 2016

Deixe Deus assumir o controle

1 Samuel 7.1 a 3: “Vieram, pois, os homens de Quiriate-Jearim, tomaram a arca do Senhor e a levaram à casa de Abinadabe, no outeiro; e consagraram a Eleazar, filho dele, para que guardasse a arca do Senhor. 

E desde e dia em que a arca ficou em Queriate-Jearim passou-se muito tempo, chegando até vinte anos; então toda a casa de Israel suspirou pelo Senhor. Samuel, pois, falou a toda a casa de Israel, dizendo: Se de todo o vosso coração voltais para o Senhor, lançai do meio de vós os deuses estranhos e as Astarotes, preparai o vosso coração para com o Senhor, e servi a ele só; e ele vos livrará da mão dos filisteus”.

Foram 20 anos de choro porque a Arca da Aliança estava perdida. Foram 20 anos de assolação nas mãos dos filisteus.

Eu não sei há quanto tempo você está passando por situações complicadas, mas eu posso te garantir que, em Deus, há solução, há caminho e há um escape.

Como você tem se dirigido ao Senhor? Você tem pedido para Ele mudar sua sorte? Tem clamado para que este choro se transforme em alegria?

Na Bíblia, está escrito que, onde não há profecia, o povo se corrompe. O que eu quero dizer hoje é que, onde há profecia, há um caminho! Você tem buscado uma direção no altar?

O que nos impede, muitas vezes, de vivermos uma libertação completa é colocarmos nossos problemas, nossas famílias, nosso casamento, nosso emprego... acima de Deus.

Quantas vezes, você fez a vontade do seu filho primeiro? Quantas vezes, você fez a vontade do seu chefe primeiro?

Coloque Deus à frente da sua guerra.

Existem tantas atitudes incoerentes. As pessoas falam que precisam de um milagre, que precisam de Deus, mas não separam nem cinco minutos do dia para buscá-lo!

Arranjam tempo para assistir novelas, jogos de futebol, para jogar conversa fora nas redes sociais, mas não separam dez minutos do dia para lerem a Bíblia.

Tenha um tempo para se relacionar com o Senhor! Volte para a igreja. Faça da sua casa um ambiente de adoração! Não prolongue mais este sofrimento. Prepare seu coração para os melhores dias da sua vida!


Pense nisso!

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Os olhos são a lâmpada do corpo


Mateus 6.22 e 23: “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. 

Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!”.

A maneira como você enxerga cada situação pode te trazer vida, luz e alegria ou morte, escuridão e tristeza.

Talvez, você esteja enxergando sua família com as “lentes” do ódio, da raiva, do medo ou, quem sabe, de um trauma. Talvez, você esteja enxergando seu emprego da perspectiva do medo, insegurança ou da falta de reconhecimento.

Cuidado para não cometer injustiças!

Eu adoro ler. Mas existe um livro, em especial, que, para mim, deixou uma mensagem muito forte. Eu vou tentar repartir um pouco da história com vocês:

O autor estava dentro de um metrô colocando suas leituras em dia quando, de repente, entra um pai com seus dois filhos dentro do vagão que ele estava. Os meninos, simplesmente, começaram a tropeçar nas pessoas e a bagunçar, uma verdadeira loucura! 

O pai, ao ver os filhos se batendo e destruindo tudo, simplesmente, ficou anestesiado, e agiu como se nada tivesse acontecendo.

Como paciência tem limite, o autor desse livro decidiu dar um basta naquela falta de respeito e, em tom de bronca, disse para o pai da crianças: “Que tipo de pai é você? Você não está vendo o que seus filhos estão aprontando? Você, simplesmente, vai ficar aí parado só olhando? Que absurdo!”.

O pai, em um tom sereno, respondeu: “O senhor me desculpe. O senhor está certo!”. Na sequência, ele chamou os filhos para perto e disse: “Sabe o que é? Nós acabamos de sair do enterro da minha esposa. Eles perderam a mãe. E eu, sinceramente, não estou sabendo lidar com esta situação. Eu acho que eles também não!”.

O autor do livro ficou totalmente desconcertado e pensou consigo mesmo: “Nossa! Meu Deus! O que eu fiz? Na minha cabeça, antes mesmo de falar com aquele homem, eu o havia xingado de tudo quanto é nome, achando que era um desqualificado. Que vergonha! Todo mundo viu o quanto eu fui precipitado.”.

Quantas vezes não agimos da mesma forma? Talvez, você esteja julgando seus pais, seus filhos, sua esposa, seu marido de maneira errônea. Para cada atitude tomada, existe um motivo e uma motivação! Por trás de uma atitude, pode existir um trauma, um complexo ou o reflexo de uma perda.

Por trás de uma atitude, pode existir uma memória de dor. Você sabia que existem situações que ativam as nossas memórias de dor?

Eu conheço uma moça que não pode chegar perto de fósforo porque ela morava perto de um cemitério. Aquele cheiro remetia a ela morte, choro e lamento.

Sabe, aquela colega de trabalho insuportável? Talvez, ela tenha essas atitudes inadequadas porque existe uma área na vida dela que ainda não foi tratada. Talvez, o ambiente ative nela muitas memórias de dor.

Crueldade

Eu estive pensando e cheguei à conclusão de que a gente costuma ser muito mais cruel com aqueles que, se a gente perder, vai doer demais. O problema é acharmos que, por termos afeto garantido, podemos, simplesmente, agir de qualquer jeito.

Ser mais cruel com os de casa, com os da nossa família, é muito comum. Mas é um grande erro! Devemos valorizar mais as pessoas que fazem parte da nossa vida, antes que seja tarde.

Enxergue com as lentes do amor!

Os olhos são a lâmpada do corpo. Em vez de brigar, julgar, despejar as suas frustrações, procure enxergar as pessoas a sua volta como Deus as enxergaria. Enxergue com amor e misericórdia! Peça sabedoria para você ser justo nas suas atitudes, sentimentos e pensamentos.

Antes de falar que não tem mais jeito, peça revelação do Espírito Santo. Peça para que Jesus dirija sua vida, seus relacionamentos. Ele será o caminho para que você encontre uma saída para esta situação.

Elimine da sua vida todo o ponto de atrito. Eu sempre costumo dizer que quem foi viciado em álcool não deve nem experimentar um bombom de licor. Para que sentir o gosto daquilo que te aprisionou? Fuja da aparência do mal!

Se você tem enxergado através da escuridão, se você tem só enxergado destruição, ódio, medo e incapacidade, entregue sua vida para Jesus Cristo. Ele é a luz, o caminho, a verdade e a vida!


Pense nisso! 

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Deus não mudou!

Mateus 6: 22 e 23 “São os olhos a lâmpada para o corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se porém, os teus olhos forem maus, todo o seu corpo estará em trevas. Por tanto, caso a luz que há em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!".

A maneira como você se enxerga, nem sempre, reflete o que você realmente é! Você pode estar passando por situações difíceis, mas você não é nenhuma delas! O fato de você estar gripado não quer dizer que você seja a gripe!

Sabe, Deus não mudou só por que as coisas, no seu ponto de vista, viraram de ponta cabeça. Não permita que esta situação de consuma! Apegue-se a Deus.

“Por que eu, o Senhor, não mudo, por isso, vós os filhos de Jacó, não sois consumidos” - Malaquias 3: 6.

Se hoje, está faltando saúde, dinheiro, ou qualquer outra coisa, não se desespere! Lance toda a sua ansiedade, em oração, ao Senhor e Ele te dará a paz necessária para que, em tudo, você seja vitorioso! Ele cuidará de você!

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós” - 1 Pedro 5: 7.

Lembre-se de que é apenas mais uma fase da sua vida, e Deus, só Ele, pode te tirar desse tempo de tormenta e te levará ao, tão desejado, porto seguro. Apegue-se a Ele e você viverá a verdade de Salmo 91: 14 e 15: “Porque a mim se apegou com amor, eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu nome. Ele me invocará, e eu lhe responderei; na sua angustia, eu estarei com ele, livrá-lo-ei e o glorificarei.”

Deixe o Senhor te conduzir, porque somente Ele é o caminho. O caminho do justo é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais, até se tornas o dia perfeito (Provérbios 4: 18).

Você está só passando por uma luta, por um período de choro, de necessidade, mas continua sendo filho de Deus.

Você pode não ter escolhido a situação pela qual você está passando, mas você pode passar por ela da melhor maneira possível!

Quero finalizar o estudo de hoje com alguns versículos:

 “A caso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti” - Isaías 49: 15.

“Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.” - Provérbios 3: 5 e 6.

“Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.” - 2 Coríntios 4: 16 a 18


Pense nisso!

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Três atitudes que te ajudam a ter paz em tempos de guerra

2 Reis 6.15 a 20: “Tendo-se levantado muito cedo o moço do homem de Deus e saído, eis que tropas, cavalos e carros haviam cercado a cidade; então, o seu moço lhe disse: Ai! Meu senhor! 

Que faremos? Ele respondeu: Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles. Orou Eliseu e disse: SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos para que veja.

O SENHOR abriu os olhos do moço, e ele viu que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu. E, como desceram contra ele, orou Eliseu ao SENHOR e disse: Fere, peço-te, esta gente de cegueira. Feriu-a de cegueira, conforme a palavra de Eliseu. Então, Eliseu lhes disse: Não é este o caminho, nem esta a cidade; segui-me, e guiar-vos-ei ao homem que buscais.

E os guiou a Samaria. Tendo eles chegado a Samaria, disse Eliseu: Ó SENHOR, abre os olhos destes homens para que vejam. Abriu-lhes o SENHOR os olhos, e viram; e eis que estavam no meio de Samaria.”

O rei da Síria resolveu fazer guerra contra Israel. Tudo aquilo que ele planejava, o Senhor revelava ao profeta Eliseu, que, por sua vez, dava as devidas orientações ao rei de Israel.

O rei da Síria ficou enfurecido e começou a desconfiar da existência de um traidor. Os generais garantiram que não havia nenhum homem que tivesse coragem de trai-lo e explicou a verdadeira estratégia do povo inimigo.

Ao saber da existência do profeta Eliseu, o rei convocou um exército e pediu sua cabeça.

O primeiro passo foi cercar o monte que Eliseu morava. O segundo foi vasculhar todas as casas da região. Ao ver aquele cenário pré-guerra, o ajudante de Eliseu ficou desesperado.

Eliseu, com toda a calma do mundo, disse: “Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles!”.

Eliseu pediu a Deus para que visão de seu ajudante fosse aberta! Depois disso, aquele homem passou a enxergar o mundo espiritual e viu que, entre o exército da Síria e eles, havia um exército de anjos, cavalos e carros de fogo, para defendê-los.

O profeta, então, orou e disse: “Fere, peço-te, esta gente de cegueira!”. E o Senhor o atendeu!

Eliseu, então, conduziu o exército inimigo ao centro da cidade, alegando que os levaria para o encontro do homem que eles tanto procuravam.

Depois de conduzi-los ao ponto estratégico, Eliseu pediu a Deus para que os olhos daqueles homens assassinos fossem abertos. O Senhor, mais uma vez, o atendeu. De repente, eles se depararam com o exército de Israel, que estava de prontidão.

O rei de Israel quis aproveitar a oportunidade para aniquilá- los, mas o profeta o repreendeu, dizendo: “Você alimentará estes homens, e, antes de dispensá-los, você vai dizer: ‘Eu podia tê-los matado, mas Deus foi misericordioso com vocês!’”.

Sabe o que aconteceu depois? Enquanto Eliseu viveu, não houve mais guerra entre a Síria e Israel. O povo, finalmente, viveu um tempo de paz!

Sabe, queridos, nós estamos vivendo dias tão difíceis. Dias em que a gente se vê cercado de atrocidades! São más notícias para todos os lados. Você olha para o lado, tem uma pessoa desanimada! Você olha para o outro, tem alguém murmurando! Você assiste o noticiário, e parece que a TV sangra de tanta violência! É como se um abismo chamasse outro abismo!

Parece que os valores bons se perderam no meio do caminho. Ninguém mais se respeita, ninguém mais se tolera! Nas redes sociais, então, a gente vê cada crueldade. Fica nítido o desejo que algumas pessoas têm de destruírem as outras! É um absurdo!

Vimos isso até entre os cristãos! Muitos, inclusive, falando mal de alguém que já as abençoou. No primeiro erro, vem a enxurrada de críticas e indiretas! As pessoas se valem mais dos erros do que dos acertos! E você, ao ver toda esta loucura, fica aterrorizado, pois tem medo de ser o próximo alvo.

Sabe, o Senhor cuida de cada um de nós! Ele dá ordem aos seus anjos ao nosso respeito, para que nos guarde em todo o caminho. É o que está escrito no Salmo 91. Tire o dia para meditar nele!

Se você está só enxergando um cenário de guerra, tenho três conselhos para você:

1º) Vá para a igreja e receba a oração do sacerdote!

As escamas do medo e das más notícias vão cair dos seus olhos. Você vai começar a enxergar que a misericórdia de Deus é maior na sua vida e poderosa para te dar livramentos sobrenaturais.

2º) Peça a Deus estratégias!

Em vez de sair brigando com todo mundo, em vez de se destruir, busque ao Senhor! A solução vem do autor e consumador da nossa fé!

3º) Aquiete seu coração!

Nada de fazer justiça com suas próprias mãos porque Deus está conduzindo esta situação para melhor!

Tudo depende de como você enxerga as situações. Se você enxergar pela fé, debaixo de uma autoridade espiritual que orou por você em santidade, o mal que veio se transformará em bem! Deus transforma maldição em bênção.


Pense nisso!